Bruno Soares fatura dois Slams em 24 horas na Austrália e faz história

Bruno Soares faz história na edição do Austrália Open 2016. Foto: Divulgação/AO
Bruno Soares faz história na edição do Austrália Open 2016. Foto: Divulgação/AO

O tênis brasileiro está em festa. O duplista Bruno Soares venceu, nesta madrugada, 31, o título de duplas mistas no Aberto da Austrália ao lado da russa Elena Vesnina. É o segundo título de Slam do mineiro no mesmo torneio conquistado em menos de 24 horas. No sábado, 30, ao lado do britânico Jamie Murray, Soares venceu de forma inédita o título nas duplas masculinas.

Com os títulos, Bruno entrou para a história ao se tornar o primeiro jogador desde Mark Woodforde a ganhar os dois títulos em Melbourne e o primeiro brasileiro, desde Maria Esther Bueno, em 1960, a ganhar os dois no mesmo torneio. “Me sinto extremamente honrado de ter o meu nome ao lado de um cara como o Woodforde e da Maria Esther Bueno. É incrível, sensacional”.

+ Djokovic vence Murray e fatura o hexa na Austrália

A vitória veio após a dupla do brasileiro vencer os finalistas Coco Vandeweghe e Horia Tecau por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 10/5. “Eu me sinto incrível. Foram dias longos e duros. Na noite passada eu joguei até tarde, era muita adrenalina e foi difícil dormir. Mas sabia que tinha outro jogo importante hoje (domingo) e que não se tem tantas chances de disputar finais de Grand Slam. Disputar duas seguidas é algo inacreditável”, afirmou.

Bruno falou da parceria com a russa:

A gente se conhece há um bom tempo. Ela é uma menina super bacana. Falávamos sempre em jogar juntos, mas acabava não dando. Depois que a Sania não quis mais jogar comigo, falei com ela, topou na hora e deu super certo. Ela jogou um altíssimo nível de tênis e como já ganhou Grand Slam nas duplas, é experiente e manteve a calma nos momentos importantes. A ideia é jogar o ano todo com ela.

Premiação
Com os dois títulos, Bruno vai levar para casa 396 mil dólares australianos, o que soma cerca de R$ 1 milhão. A premiação de duplas é bem inferior ao valor pago ao tenista que joga simples. Novak Djokovic e Angelique Kerber, campeões da edição na chave simples, cada um desembolsou 3,8 milhões de dólares australianos, o que soma em reais cerca de 10,5 milhões.

Calendário
Bruno volta ao Brasil e vai jogar o Rio Open, realizado entre os dias 15 e 21 de fevereiro. Na sequência joga o Brasil Open.

Slams vencidos pelo brasileiro
2012 – US OPEN – Soares e Ekaterina Makarova d. Marcin Matkowski e Kveta Peschke: 6/7, 6/1 e 12/10.
2014 – US OPEN – Soares e Sania Mirza d. Santiago Gonzalez e Abigail Spears: 6/1, 2/6 e 11/9.
2016 – Austrália Open – Soares e Jamie Murray d. Daniel Nestor e Radek Stepanek: 2/6, 6/4 e 7/5.
2015 – Austrália Open – Soares e Elena Vesnina d. Coco Vandeweghe e Horia Tecau: 6/4, 4/6 e 10-5.

Coletiva do brasileiro após o título
[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=KBlNDAe5Fig[/youtube]

Cerimônia de premiação

Momento da vitória

 

Djokovic vence Murray e fatura o hexa na Austrália

19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *