Austrália Open: Decisão da chave feminina é definida; Djokovic vence Federer e Soares está na final das duplas

Em jogo tranquilo, Djokovic chega à sua 6 final do Austrália Open. Foto: Divulgação/AO
Em jogo tranquilo, Djokovic chega à sua 6ª final do Austrália Open. Foto: Divulgação/AO

O 11° dia do Austrália Open foi marcado pela vitória incontestável de Serena Williams, com direito a pneu, Djokovic vencendo Federer com certa tranquilidade, e o brasileiro Bruno Soares chegando na final do torneio de duplas.  Além disso, a alemã  Angelique Kerber confirmou o favoritismo e venceu a britânica Johanna Konta, por 7-5, 6-2, se credenciando para fazer a final com a número 1 do mundo, Serena Williams.

Jogos

No duelo mais esperado do dia, Djokovic passeou nos primeiros sets. Quem esperava um jogo equilibrado, viu uma exibição impecável do número 1 do mundo. No seu melhor estilo, o sérvio não deu chance alguma ao suíço, e abriu vantagem com impressionantes 6/1 e 6/2. Roger Federer sabia que precisava melhorar, se quisesse ter alguma chance na partida. E dessa forma, o suíço reagiu no 3° set. Após desperdiçar 3  break points, Federer conseguiu pela primeira e última vez no jogo, quebrar o serviço do sérvio, fazendo 2/4. Após isso, Federer confirmou o seu saque e fechou em 3/6.  A derrota no set anterior não abalou Djokovic, que seguiu impondo seu forte ritmo de jogo e finalizou a partida em 6/3. A vitória credenciou o sérvio para a sua 6° final do Aberto, vencendo todas que disputou até agora. Vem mais um título por aí?

Sem chances

Com um estilo de jogo agressivo e devoluções fortes, Serena já começou a partida quebrando o saque da adversária. O início arrasador se confirmou durante o set, e a número um do mundo precisou de apenas 22 minutos para aplicar um “pneu”, fechando em 6×0. No segundo set,  Radwanska esboçou uma reação ao quebrar o saque da americana, igualando a partida em 3/3. A melhora no jogo não foi suficiente. Serena quebrou novamente o saque da polonesa, e com o serviço em seu favor, não desperdiçou a chance e fechou o jogo em 6/4. Na final, a número 1 do mundo vai enfrentar a alemã Kerber, que venceu a britânica Konta, por 7-5, 6-2.

Brasileiro na final

Se no simples a campanha brasileira deixou muito a desejar, o mesmo não se pode dizer das duplas. Ao lado de Jamie Murray, Bruno Soares chegou à final do torneio. Em uma partida tranquila, a dupla venceu os franceses Adrian Mannarino/Lucas Pouille, por 6/3 e 6/1. Na final, que acontece no sábado de manhã, a dupla vai encarar o canadense Daniel Nestor e o tcheco Radek Stepanek. Antes disso, na madrugada desta quinta-feira (29), Soares volta à quadra, dessa vez pelo torneio de duplas mistas. Ao lado da russa Elena Vesnina, o brasileiro encara a dupla formada pela indiana Sania Mirza e o croata Ivan Dodig, valendo vaga na final.

Melhores lances do dia 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=TSkhnuS9CmI[/youtube]

 Ponto de vista do redator:

Com a chegada de Djokovic e Serena nas suas respectivas finais, uma dúvida surgiu. Será possível alguém parar os dois? A número 1 do mundo chegou na decisão sem perder um set sequer, já o sérvio, vem fazendo um torneio impecável. Só uma zebra muito grande pode tirar o título de ambos. Já nas duplas, destaque para Bruno Soares. A mudança de parceiro pareceu fazer muito bem ao brasileiro, que está em uma ótima fase, e é favorito na final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *