A arte da Imitação

                     Verdade ou ficção? O que de verdade há nos romances e quando a ficção inspira a realidade? É bastante interessante como as pessoas têm dúvidas nesse quesito, porque, geralmente, quando se fala em narração e seus desdobramentos, o romance e o conto, automaticamente há uma associação com a Ficção. Mas quem disse que o […]

Continue lendo

A Hora de uma Estrela chamada Clarice

2017 marca os quarenta anos que Clarice Lispector nos deixou e que também nos deixou sua grandiosa obra: A Hora da Estrela. Muitos veículos de comunicação têm, desde o início do ano trazido a Senhora Lispector de volta às suas pautas, se é que um dia ela as deixou. De fato, tal movimento se intensificou […]

Continue lendo

Xica da Silva: o mito, a história e a literatura.

No “Sala de Aula” de hoje o poder de transformação da literatura com base em uma personagem (histórica e mítica) muito especial: Xica da Silva.Um assunto que envolve história, teorias filosóficas e literatura.  “Nem Santa Ifigênia, toda em festa acesa, brilha mais que a negra, na sua riqueza. Contemplai, branquinhas, na sua varanda, a Chica […]

Continue lendo

O lixo que vira arte

No “Esse cara sou eu” de hoje, a importância da educação ambiental e como o lixo pode virar arte, diminuindo a poluição, embelezando as nossas cidades. Uma das grandes preocupações do homem no século XXI é a problemática que envolve a administração dos resíduos sólidos em nosso planeta. Pouco a pouco, os paraísos inabitados, que julgamos […]

Continue lendo

O concretismo, o Neo-concretismo e o ideário da interatividade no Brasil

No “Sala dos Professores” de hoje, um assunto que, com recorrência, aparece nas avaliações do Enem: o Concretismo e o Neo-concretismo. Diferente dos antigos vestibulares que, provavelmente, nos cobrariam datas e características do Concretismo e de seu desdobramento, o Neo-concretismo, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) comumente nos apresenta tais definições e o momento […]

Continue lendo

Concreto ou Abstrato?

No “Essa nossa Língua Portuguesa” de hoje, um pouco sobre a diferença entre substantivos concretos e abstratos, que, embora simples de distinguirmos, às vezes ainda causa confusão quanto às suas classificações. Aprendi, quando criança, que substantivo concreto é o que tocamos, enquanto que substantivo abstrato é o que não se pode pegar. Entretanto, tal concepção […]

Continue lendo

O Tropicalismo, o cubismo e a intertextualidade em “Velho Chico”

No “Esse cara sou eu” de hoje, uma análise dos aspectos vanguardistas da novela das nove, de modo a entendermos melhor o movimento tropicalista da década de 1960, bem como os aspectos cubistas e a intertextualidade em algumas cenas.   Os meus alunos sabem que procuro ao máximo usar os mais variados exemplos, de modo […]

Continue lendo

A sala de aula necessária para os novos tempos

Como chamar a atenção de nossos alunos, quando, aparentemente, para eles, o que ensinamos não é tão importante assim ou mais, nunca terá serventia em suas vidas. Eis sobre o que conversaremos no Sala dos Professores de hoje.   Quem, de nós professores, nunca ouviu perguntas como: “É pra copiar professor?” ou “Isso vale nota?”. […]

Continue lendo

Volta às aulas – Orientações de Estudos

No “Sala dos Professores” de hoje, algumas dicas de como ajudar os nossos alunos em relação aos seus estudos nesse novo ano letivo que acaba de começar. Ano novo, vida nova! Mais um ano letivo se inicia e as promessas, sejam nossas ou dos nossos alunos, para que tenhamos um ano melhor e não cometermos […]

Continue lendo

A regência verbal e a pluralidade de sentidos

No “Essa nossa Língua Portuguesa” de hoje a importância do uso da regência verbal correta, de modo a fazer que nosso interlocutor compreenda a mensagem de modo pleno, sem dúvidas quanto ao seu sentido. Sem dúvidas a Língua Portuguesa oferece um enorme leque de expressões e maior ainda é o sentido que cada uma delas […]

Continue lendo