Ex-Móveis Coloniais de Acaju, Beto Mejía lança novo projeto solo “Wahyoob”

betomejia-divulgacao7-foto-por-calu-corazzi
Depois do longo período de quatro anos de seus projetos solo, Beto Mejía divulga o sucessor do EP “Abraço” (2012): o álbum “Wahyoob”.

O lançamento é totalmente independente e beneficente. Isso porque o download acontece no modelo “doe quanto quiser”, com parte do valor arrecadado sendo destinado às ONGs Santuário Terra dos Bichos (SP) e Desabafo Social (BA). A ligação com o bem estar e a vida animal está estampada no nome do trabalho, batizado em referência a um conceito ritualístico maia. “Wahyoob” é a busca por uma força arquetípica animal para se vivenciar o cotidiano, e é essa a aura que guia o novo lançamento do músico, cantor e compositor brasiliense.

O foco do artista foi para o novo álbum que já estava saindo do forno após mais de um ano em desenvolvimento. Esse renascer também coincidiu com a chegada da paternidade na vida do músico, um acontecimento que deixou sua marca na faixa 11 do disco, “Amora”, nome de sua filha. No total, são 12 músicas de inspirações diversas, de orixás a cultura pop, passando por referências sonoras percussivas, melódicas e eletrônicas.

betomejia_wahyoob_capa

O álbum inicia com o tema instrumental “Começo, meio e fim”, composto originalmente como uma abertura do show do Móveis Coloniais de Acaju, mas que nunca vingou. A intenção é a de abrir os ouvidos de quem irá acompanhar essa viagem musical. Logo em seguida, o single “Kaningawá”, lançado no fim de outubro e um prenúncio da aura pop do disco. Em “Eu cruzei o seu caminho”, a letra reflete sobre uma troca de olhares entre desconhecidos. Na mesma onda de encontros improváveis, as notas dos sopros se unem ao synth, com o instrumental inspirado pela abertura da série de TV “The Leftovers”.

Tracklist:

Começo meio e fim
Kaningawa
Eu cruzei o seu caminho
Odoya
Bubna
Diminutivo
Eu me perdi
Fiz um feitiço
Sopra no ar
Uhuuu
Amora
Minerador

Ouça “Wahyoob”:

Spotify
Deezer
Google Play
Soundcloud

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *