Entrevista: Seu Bené – Música e amizade

599017_10151026973001413_1630976019_n

Não basta apenas citar a banda, irado mesmo é conversar com eles. Depois que falamos sobre Seu Bené, tivemos a oportunidade de entrevistá-los. Legal, né? Gentilmente o Gus ( guita e vocal do grupo) bateu um papo exclusivo antes do show deles na 7º edição do Ponto.Ce. que acontecerá hoje à noite.

Música, skate, surf, cerveja e amigos. Dá pra sacar  a vibe do Seu Bené que buscou na Califórnia a sua inspiração. Parte do grupo morou um tempão por lá e descobriu que não podia viver sem fazer o que realmente gosta.  Voltaram para o Brasil e resolveram levar a música mais à sério.

Hora de  saber tudo do Seu Bené com o Gus.  Olha aê…

RM: A Banda foi formadda após uma viagem aventureira na Califórnia em 2009. Mas vocês se conhecem desde de quando?

Gus: Eu, Tito, Theo somos amigos de infância, já tínhamos outras bandas juntos desde os 13 anos de idade. O Seu Bené já existia antes da Califórnia mais como uma reunião de amigos que se juntava pra tocar sem compromisso. Todos sempre tiveram várias bandas e tocavam pela noite paulistana. O Bule eu conheci na faculdade, e ele tinha recém saido de uma banda de Ska, e entrou rapidinho pro Seu Bené. Voltando da Califórnia, a ideia de levar o Seu Bené pra frente profissionalmente se formou, e ai conhecemos o Nene e o Bruno, ambos músicos de grande experiência e nascidos em Santa Maria, RS. Ai com todo mundo junto e empolgado Seu Bené foi que foi. e agora não para mais.

RM: Seu Bené é uma banda totalmente autoral. Quem são os maiores influenciadores na hora de compor as canções?

Gus: Todos exercem o seu papel na hora de compor. Cada música é uma história diferente. Geralmente o que acontece é alguém que chega no ensaio com uma ideia, ou uma letra, ou um riff, ou uma música quase pronta, e a gente se junta e lapida a ideia até se tornar uma música pronta. 

RM: Por ser uma banda independente, existem ainda muitas dificuldades nos dias de hoje comparado a uma com gravadora?

Gus: O problema de ser independente é que não temos dinheiro pra investir nem ninguém empresariando ou correndo atras das coisas pra gente. Nos que fazemos tudo, marcamos shows, entramos em contato com as mídias, fazemos as músicas, arranjos, produzimos os clipes, dirigimos o carro até o show, cuidamos da barraquinha de CDs, etc… 

É muito difícil produzir tudo e depois ainda subir no palco pra tocar e depois sair e ainda cuidar da desmontagem e do pagamento e dos fãs querendo foto e autógrafo e ainda ter que pegar estrada e dirigir até o próximo show, mas até agora estamos conseguindo fazer tudo isso e ainda nos divertir bastante no processo hehehe … mas recebemos algumas propostas, e provavelmente esse ano Seu Bené dará mais um passo profissional e teremos gente agora investindo e correndo atras das coisas pra gente, se tudo der certo, e enfim poderemos realizar o sonho de vida q sempre tivemos: fazer música o dia inteiro sem preocupações!

 
RM: Sobre a produção do primeiro álbum do Seu Bené. Como foi selecionado as músicas, o trabalho dos arranjos, produzir   com o  produtor  David ( coincidentemente é o mesmo da banda cearense Selvagens à Procura de Lei)?
Gus: Quando o David chegou tínhamos uma tonelada de rascunhos e meias músicas, cada uma diferente da outra, mas tínhamos muita vontade de fazer algo novo, do zero, pra começar uma historia nova, diferente do que tínhamos vivido até então. Ai nos reunimos todos os dias durante um mês no estúdio e fizemos 18 musicas novas. Aí selecionamos 10, pegamos mais 2 das antigas q ainda não tínhamos gravado, e resolvemos todos juntos que seriam elas que formariam o CD e apresentariam o Seu Bené para o mundo.
RM: Quais as cidades que já tocaram e onde foram os melhores shows da turnê?
Gus: Putz… agora de cabeça difícil dizer, fizemos mais de 50 shows só em 2012, mas shows que nos marcaram muito e por isso acabamos sempre voltando pra fazer mais foi em Curitiba, Floripa, Bragança Paulista, Piracicaba.. claro, em São Paulo o show sempre é bom.
Mas o que marca mais mesmo são os festivais, porque ai temos chance de tocar pra bastante gente e a vibração que rola sempre é bastante intensa e satisfatória. Fizemos no Skarrocks em SP, o UFSCtock em Floripa, o Forró da Lua Cheia em Altinopolis, vários festivais do Fora do Eixo que funcionam também pelo interior… 
Mas temos um carinho especial pela galera de Floripa, não da pra esconder isso.. hehehe
RM: Primeira vez no nordeste. Como está o clima da banda pra tocar em Fortaleza?

Gus: Estamos animadíssimos. Primeira vez e será com certeza a primeira de muitas! O Ponto CE é um festival muito legal, e fazer parte dele ai junto de artistas grandes como BNegão e Alf (rumbora) é uma satisfação incrível. E claro, teremos o prazer de voltar a rever os nossos grandes amigos dos Selvagens. Quando eles vieram gravar o CD aqui em SP ficaram hospedados na minha casa, e acabamos ficando bem amigos. Tocar ao lado deles ai vai ser bom demais também! 

RM: O que o Seu Bené respira?
Gus: Música, muita música, skate, surfe, amizades feitas no caminho, maconha e cerveja.  E praia e mar, sempre que conseguimos fugir… 
RM: A “nova integrante” (uma cachorrinha que eles adotaram depois de um show em Guaíra) encontra-se aos cuidados de quem da banda? 
Gus: A Janis que nos adotou, e não o contrário. Agora tomamos conta dela e ela faz parte da equipe pra onde vamos. Ainda estamos procurando alguém que possa ficar com ela quando viajamos de avião (como agora em Fortaleza) e não podemos levá-la. Mas o amor que ela nos dá supera qualquer barreira. Vamos nos virando, juntos e felizes. 
482694_10151499782511413_541717129_n
RM: Quais os próximos passos da banda?
Gus:  Fazer muito mais shows esse ano do que fizemos ano passado, gravar mais um clipe ainda esse ano, e pro final do ano, gravar um segundo CD.  inclusive esse ano Seu Bené fará sua primeira turnê pela Europa! Legal né? fomos convidados pra tocar em um festival na Itália. E aproveitamos pra fazer uma mini turnê por la!

 

O mais importante de tudo, o que dá sentido a todo esse trabalho e esforço e dedicação em torno da banda são três coisas. Em primeiro a música. Ela esta acima de tudo. e em segundo a amizade entre nós, porque sem ela a banda não dura muito junto. E em terceiro as pegadas que deixamos no caminho. Afinal, quando tudo acabar só o que resta são as pegadas que deixamos. Com muita dedicação trabalhamos para deixar o melhor legado possível pra trás, e fazer o máximo que puder com a maior qualidade possível.

Esperamos poder influenciar as novas gerações, a mulecada que está começando a comprar CDs e acompanhar bandas, e montar bandas com os amigos.. assim como nos fomos influenciados e tivemos a vontade de correr atras disso tudo…
…e assim, realizar o nosso sonho de vida!

 

A banda Seu Bené está em turnê de lançamento do CD “Original Crunchy Style”, produzido por David Corcos (A procura da batida perfeita, Marcelo D2 ao vivo, The Cribs, Planet Hemp, Seu Jorge, Raimundos, varios artistas internacionais e tal…) BAIXA O CD:seubene.bandcamp.com

Acompanhe a banda no facebook: www.facebook.com/bandaseubene

Site: www.seubene.com

Lembrando na história hilária dos meninos da banda Seu Bené de amizade, morar fora do Brasil e aventuras, penso que podemos fazer novas amizades também e sem sair de casa, e a chance é usar a rede social Badoo, onde você encontra uma infinidade de maneiras para se relacionar com pessoas do Brasil e do mundo através de chat online principalmente para solteiro OU solteira e muitas outras maneiras de se relacionar e encontrar aquele amigo de infância ou aquele parente distante, não perder o contato, faça agora mesmo a experiência!

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *