Livro sobre tráfico de drogas e crime organizado pode ser baixado gratuitamente

Está disponível para download gratuito o livro Cobertura do Tráfico de Drogas e do Crime Organizado na América Latina e no Caribe (em espanhol ou inglês).

O livro é resultado do debate entre jornalistas e estudiosos do assunto no 8° Fórum de Austin sobre Jornalismo nas Américas, realizado na Universidade do Texas em Austin (EUA) em setembro de 2010.

A obra é baseado nas discussões travadas entre aproximadamente 50 participantes durante os dois dias do Fórum de Austin e traz artigos de vários especialistas.

? Leia mais sobre o assunto no blog do Centro Knight para Jornalismo nas Américas.
Baixe o livro aqui.
? Veja outros livros digitais sobre jornalismo que podem ser baixados gratuitamente.

Plínio Bortolotti

Sobre Plínio Bortolotti

Jornalista. Diretor Institucional do Grupo de Comunicação O POVO, jornal, rádios e TV (Fortaleza, Ceará). No jornal O POVO foi repórter, editor e ombudsman por três mandatos (2005/2007). Integra o Conselho Editorial do jornal e coordena o Conselho de Leitores. Também é responsável pelo projeto Novos Talentos para estudantes de Jornalismo. Escreve um artigo semanal e faz intervenção diária no programa de rádio Revista O POVO/CBN. Diretor da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), entre os anos de 2008/2011. Cidadão Cearense, por título concedido pela Assembleia Legislativa em dezembro de 2010.

2 comentários sobre “Livro sobre tráfico de drogas e crime organizado pode ser baixado gratuitamente

  1. Homofobia

    A questão do preconceito contra homossexuais é entendida como tratar todas as pessoas de forma igual.

    Isto não quer dizer que toda a sociedade tem que apoiar as bandeiras do movimento dos homossexuais. Nem que os que discordam devam apoiar propaganda de homossexualismo para crianças em nossas escolas.

    Uma coisa é não ter preconceito, outra coisa é apoiar o movimento.

    Para evitar confusões que já chegaram a nível de congresso nacional, vamos aceitar e não apoiar as idéias homossexuais.

    Assim o respeito a todos será importante no diálogo na sociedade.

    Eu não apoio, mas respeito a causa!

  2. Eu concordo que devemos respeitar a todos em sua maneira de ser, sua crença, sua ideologia e seu gosto sexual. Agora, eu, espero não está errado, acho que o movimento dos homossexuais já se tornou um show, um desfile como o das escolas de samba do Rio de Janeiro, perdendo o seu verdadeiro foco, tornou-se um negócio de grande lucros e investimentos. Os homossexuais estão sendo usados como produtos!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>