Aproximadamente 61 resultados (0,194 segundos)

Media Factory oferece 75 mil dólares para jornalistas criarem site de notícias

Media Factory

A Media Factory, incubadora de mídia, oferece 75 mil dólares (e orientação) a jornalistas da América Latina que quiserem começar o próprio site de notícias. Política e economia Com o objetivo de investir em novos projetos jornalísticos digitais, a Media Factory selecionará cinco equipes de três jornalistas interessados em lançar veículos voltado para notícias de [...]

Continue lendo

“Ser progressista é combater o monopólio do Google”, diz sociólogo americano

Ilustração: Hélio Rôla (clique para ampliar)

Professor da London School of Economics e da Universidade de Nova York, Richard Sennett, 70 anos – considerado um dos mais famosos sociólogos do mundo – entende que o governo americano deve acabar com o monopólio das gigantes empresas da internet. “Ser progressista hoje é querer o desmembramento do Google”. Estado como regulador Autor do [...]

Continue lendo

Dominque Wolton: na contramão do louvor às novas tecnologias – “Internet, e depois?”

Internet

Em Internet, e depois? Uma teoria crítica das novas mídias, Dominique Wolton aprofunda a crítica que faz aos “novos meios de comunicação”, objeto também de seu livro Informar não é comunicar. Wolton é sociólogo e pesquisador do CNRS (centro nacional de pesquisa da França), e em se tratando dele, a crítica que faz à “Net”, [...]

Continue lendo

O homem que declarou guerra ao Facebook

Modestamente, eu também venho travando minha guerra particular, tentando alertar aqueles que reverenciam acriticamente a “liberdade” e a “democracia” propiciada pelas redes sociais. Escrevi vários posts sobre isso, e já reproduzi avisos de pessoas (bem) mais aptas do que eu para falar do assunto, como, por exemplo, Tim Barnes-Lee, o criador da World Wid Web [...]

Continue lendo

Facebook: a caminho da ditadura?

Como venho questionando neste blog a suposta democracia que seria uma característica inerente às redes sociais e à internet de modo geral, reproduzo, na íntegra, texto de Carlos Castilho, publicado em seu blog Código Aberto, hospedado no Observatório da Imprensa. Autoritarismo digital estilo Facebook Por Carlos Castilho em 23/11/2012 Uma nova queda de braço entre [...]

Continue lendo

O “condenado” e a regulação da mídia

Foto de Drawlio Joca, mais em: http://www.flickr.com/drawliojoca

Meu artigo no O POVO, edição de hoje (8/11/2012): O “condenado” e a regulação da mídia Plínio Bortolotti No post “As três prioridades do PT em 2013” José Dirceu anota, em seu blog, que seu partido “fez muito bem” em eleger a regulação da mídia como uma das principais metas para o próximo ano. Alguns [...]

Continue lendo

“Informar não é comunicar”: Dominique Wolton contra a “ideologia tecnicista”

A Mel só gosta de novas tecnologias para se esconder atrás delas

Não vou negar: é reconfortante quando se vê a confirmação de uma ideia, que lhe surgiu empiricamente, analisada em profundidade por um estudioso, no caso Domique Wolton em Informar não é comunicar (editora Sulina). Wolton é pesquisador do Centro Nacional de Pesquisa Científicia (CNRS – França). Seitas tecnológicas Venho, por este blog, modestamente, combatendo algumas correntes [...]

Continue lendo

“Twitter, Facebook, Google, Apple, ClubPenguin e tantos outros não têm compromisso algum com a internet”

“Os condomínios fechados do Twitter, do Facebook, do Google, da Apple, do ClubPenguin e tantos outros não têm compromisso algum com a internet em que habitam. Propriedades privadas, eles fazem o que quiserem com os dados em suas bases. Para censurá-los basta uma conversa rápida, como aquela que o governo chinês teve com o Google, [...]

Continue lendo

Steve Jobs criou uma nova seita: minha intervenção no Encontro de Tuiteiros Culturais

Uma foto de Drawlio Joca para: brinde para quem aqui chegou (http://www.flickr.com/photos/drawliojoca). Clique para ampliar

Participei como debatedor do 7º Encontro de Tuiteiros Culturais, ao lado de Glória Diógenes, José Luiz Goldfarb e de Fabrício Carpinejar. O extrato abaixo foi o que falei ao concluir minha intervenção. Quem se dispuser a lê-la na íntegra, por favor, vá em frente. Críticas e, principalmente elogios, serão bem recebidos pela casa. «No mais, [...]

Continue lendo

Alogoritmos: os novos gate keepers

Em um desses debates de que participei, em que a imprensa – chamada de “velha mídia” – é surrada sem piedade, e as redações de jornais são consideradas nada menos do que uma sucursal do inferno, normalmente por uma certa esquerda equivocada (que costuma enaltecer a internet como a nova força revolucionária mundial), me atrevi [...]

Continue lendo