Aproximadamente 137 resultados (0,418 segundos)

Sobre o jornalista “independente” da Dinamarca: “A Copa e os ‘gringos’”

Artigo publicado na edição de hoje (17/4/2014) do O POVO. A Copa e os “gringos” Plínio Bortolotti A carta é vazada em tom um tanto colonialista, do europeu do norte que fantasia um país exótico, onde pensa encontrar o bom selvagem. Porém, ao chegar ao país “maravilhoso”, onde quer ver o maior campeonato do mundo [...]

Continue lendo
Compartilhar

O quanto o poder econômico manda na política

Hélio Rôla

Artigo para o “Menu Político”, caderno “People”, do O POVO, edição de 13/4/2014. O quanto o poder econômico manda na política Plínio Bortolotti Com a Petrobras na berlinda, correndo o risco de ver uma CPI escarafunchar os seus negócios, o jornal O Estado de S. Paulo, publicou reportagem mostrando como são pródigas em ajudar políticos [...]

Continue lendo
Compartilhar

Racismo ou desculpa para a censura?

Meu artigo, publicado no caderno “People”, coluna “Menu Político”, edição de 6/4/2014 do O POVO. Racismo ou desculpa para a censura? Plínio Bortolotti Não tenho nenhuma afinidade com os jornalistas Ricardo Noblat e Paulo Henrique Amorim. Pelo contrário, renego o fato de ambos terem abdicado de fazer jornalismo, passando a agir como militantes; o primeiro [...]

Continue lendo
Compartilhar

Iluminando as sombras

Arte: Hélio Rôla

Meu artigo publicado na edição de hoje (3/4/2014) do O POVO. Iluminando as sombras Plínio Bortolotti É difícil entender (talvez nem tanto, pelo modo como continuam a ser formados) por que a nova geração de militares ficou presa ao passado, carregando nas costas o pesado fardo dos erros e crimes cometidos por seus antecessores. Primeiro [...]

Continue lendo
Compartilhar

“Marcha com a Família” – A tragédia e a farsa

Arte: Hélio Rôla

Meu artigo publicado na coluna “Menu Político”, no caderno “People”, do O POVO, edição de 30/3/2014. A tragédia e a farsa Plínio Bortolotti “Hegel observa em uma de suas obras que todos os fatos e personagens de grande importância na história do mundo ocorrem, por assim dizer, duas vezes. Esqueceu-se de acrescentar: a primeira vez [...]

Continue lendo
Compartilhar

Marco Civil: o melhor presente

Hélio Rôla

Meu artigo, publicado na edição de 27/3/2014 do O POVO. Marco Civil: o melhor presente Plínio Bortolotti Com a aprovação da Câmara dos Deputados do Marco Civil da Internet, o Brasil está prestes a dar “o melhor presente de aniversário para os usuários da web no Brasil e no mundo”, nas palavras do físico britânico [...]

Continue lendo
Compartilhar

Carga tributária brasileira sacrifica os mais pobres

Ilustração: Hélio Rôla

Coluna “Menu Político”, publicada no caderno “People”, edição de 16/3/2014 do O POVO. Carga tributária brasileira sacrifica os mais pobres Plínio Bortolotti Escrevi vários artigos na contramão da ideia mais ou menos generalizada de que no Brasil se paga muito imposto. Comecei a pensar sobre o assunto quando as queixas foram ganhando foros de verdade [...]

Continue lendo
Compartilhar

Ucrânia, Venezuela: bom senso

Meu artigo, publicado na editoria de Opinião, do O POVO, edição de 13/3/2014. Ucrânia, Venezuela: bom senso Plínio Bortolotti O fla-flu político do Brasil está se internacionalizando. Em qualquer assunto, ocorrido em qualquer parte do mundo, se estabelece a disputa cega entre dois campos antagônicos, ambos armados de argumentos definitivos. A análise com um mínimo [...]

Continue lendo
Compartilhar

Holocausto na Coreia do Norte

Shin Dong-hyuk

Texto para a coluna “Menu Político”, do caderno “People”, edição de 9/3/2014, O POVO. Holocausto na Coreia do Norte Plínio Bortolotti Que os regimes do “comunismo real” são genocidas, isso é de amplo conhecimento, pelo menos desde que, em fevereiro de 1956, Nikita Khruschov, o primeiro-secretário da antiga União Soviética, denunciou os crimes de seu antecessor, [...]

Continue lendo
Compartilhar

Do lado negro do carnaval de Salvador

Arte: Hélio Rôla

Meu artigo publicado na edição de 6/3/2014, no O POVO. Do lado negro do carnaval de Salvador Plínio Bortolotti Notícia publicada no portal Uol (4/3/2014) mostra o lado pouco conhecido do carnaval de Salvador. A situação precária dos chamados “cordeiros” (termo que já é uma acusação): aqueles homens e mulheres que seguram as cordas para [...]

Continue lendo
Compartilhar