Aproximadamente 341 resultados (0,115 segundos)

Coluna À procura da poesia: Quando vieres ver um banzo cor de fogo, da poeta Nina Rizzi

Por Talles Azigon* Poemas são bichos selvagens. Aparentemente difíceis de entender. Aparentemente estranhos. Aparentemente impenetráveis. Porém, poemas são fáceis de comer. É possível lamber um poema. É fácil. Você precisa a boca dos olhos, e ler em voz alta com os olhos da boca, nessa pequena receita abstrata está uma das possíveis chaves para ler […]

Continue lendo

Leituras da Bel entrevista: Eduardo Luz, professor e pesquisador

O entendimento romântico que foi perpetuado sobre Helena ao longo da história sempre pareceu insatisfatório para Eduardo Luz, professor e pesquisador da Universidade Federal do Ceará (UFC). Nesta quarta-feira, 13, ele lança o livro O romance que não foi lido: Helena, de Machado de Assis, publicação das Edições UFC, resultado de pesquisa que desenvolve desde 2001. […]

Continue lendo

Coluna À procura da poesia: No tempo dividido e outros mares de Sophia

Por Talles Azigon* “Meu desejo é o rastro que ficou das aves” Sophia de Mello Breyner Andersen Em 2006, Maria Bethânia oferece ao mundo uma obra dupla, composta por Mar de Sohpia e Pirata. A mesma cantora, declaradamente fã de Sophia de Mello Breyner, que tantas vezes cantou o Mar da Bahia utilizando os versos […]

Continue lendo

Coluna Rubrica: Romeu e Julieta, de Shakespeare, nunca morrem

Por Tetê Macambira* Outro dia, contaram-me que viram, saindo do cinema onde passara Romeu + Julieta (do Baz Luhrmann, 1996), um rapaz inconformado porque o casal de Verona havia morrido. Ok. Ninguém gosta de spoiler, mas querer assistir a qualquer versão de Romeu e Julieta, de William Shakespeare, e não esperar que os dois morram tragicamente!

Continue lendo

A Literação recebe Nina Rizzi para projeto O Escritor na Universidade

O projeto O Escritor na Universidade, promovido pelo coletivo A Literação, vai receber a escritora Nina Rizzi. O encontro acontece na quarta-feira, 13 de setembro, às 18 horas. A entrada é gratuita. O coletivo, formado por alunos do Curso de Letras da Universidade Federal do Ceará (UFC), lançou o projeto literário em 2016 e recebeu […]

Continue lendo

Leia a crônica ‘Olhar com olhos de quem vê’, da escritora Ayla Andrade

Por Ayla Andrade* Ayla Andrade escreve quinzenalmente para o Leituras da Bel. Cronista, escritora e pedra de atiradeira, ela utiliza as palavras para narrar e costurar o cotidiano. Nessa semana, Ayla fala sobre os lugares e a cidade.  Confira: Leia a crônica: Há lugares na cidade que são tão habituais aos nossos olhos que já […]

Continue lendo

Coluna Artesã das Palavras: Escritor e crítico da própria obra… é possível?

Por Vanessa Passos* Leia a coluna: A escrita, em parte, é um ato solitário. Digo “em parte” porque, se levarmos em consideração os livros já lidos pelos escritores, ou as conversas roubadas dos cafés e das praças, ou, ainda, os lugares que observamos, precisaremos admitir que a escrita não é tão solitária assim. 

Continue lendo

Coluna À procura da poesia: As flores do mal – parte II

Por Talles Azigon* “Poesia é o que se perde na tradução” Robert Frost Na primeira parte de nossa conversa sobre Baudelaire fizemos uma proposta de experimentar a poesia, relaxar um pouco dessa perspectiva do texto em prosa na qual sempre buscamos entender os sentidos (ou decodificar as mensagens). No caso do poema, propomos uma leitura […]

Continue lendo

Coluna À procura da poesia: Quem tem medo de Baudelaire?

Por Talles Azigon (da página Poesia Brasileira) Quando o assunto é poesia costumamos escutar alguns nomes recorrente. Rimbaund, Verlaine e, principalmente, Baudelaire. Esses nomes aparecem ligados a um movimento literário chamado Simbolismo. Todos esses nomes têm forte influência para poetas Brasileiros – como Mario Quintana, Cecília Meireles, Manuel Bandeira, Manoel de Barros.

Continue lendo

Poeta Nina Rizzi lança o livro ‘Quando vieres ver um banzo cor de fogo’

A poeta Nina Rizzi vai lançar o livro Quando vieres ver um banzo cor de fogo no sábado, 2 de setembro, às 17 horas. Historiadora, poeta e tradutora, ela tem poemas, textos e traduções publicados em diversas revistas, jornais, suplementos e antologias. Nina também escreve, mensalmente, a coluna Cartas as poetas do nosso tempo no blog […]

Continue lendo