Como montar e manter um clube de leitura

Integrantes do Clube de Leituras da Bel

Um clube de leitura é um local de encontro, amizades e partilha. Em geral, as especificações de obras, periodicidade e locais são definidas em acordos entre os participantes. Para os mediadores, que costumam fazer a produção dos clubes, é importante estar atento a aspectos como a facilidade de encontrar o livro em bibliotecas e livrarias, o silêncio do lugar escolhido para o encontro e questões logísticas como transporte e segurança.

Larissa Alverne, mediadora do Clube de Leituras da Confeitaria Sublime, diz que é importante manter um tom agradável na discussão – fazendo os participantes se sentirem confortáveis para opinar dos debates. “Para além de uma relação com a leitura, acredito que muitos relacionamentos pessoais se construíram e consolidaram nos clubes, relações baseadas no amor pelos livros”, explica. Mensalmente, Larissa reúne interessados em literatura na Confeitaria Sublime. Os encontros – pautados por livros de diferentes áreas – já chegaram a agrupar mais de 60 pessoas.

“Eu sempre procuro levar a discussão para a realidade, relacionando acontecimentos dos livros com as nossas vidas, e debatendo história, política e feminismo. Também procuro manter um tom agradável, fazendo muitas piadas para animar o pessoal. Gosto que todo mundo participe e tenha espaço para dar sua opinião, tendo gostado ou ao da obra. Geralmente a discussão fica mais animada quando as pessoa não gostam. Ah, eu também sempre faço uma breve pesquisa sobre a vida do autor, para abrir o clube e contextualizar todo mundo melhor”, exemplifica Alessandra Jarreta, estudante de Letras e mediadora dos Clubes de Leitura Dito&Feito, Leia Mulheres, Leituras Feministas e Quadrinho Rebirth.

Saiba mais
Veja lista dos clubes de leitura de Fortaleza

Fernando Alves, que é mediador de um clube e participante assíduo de outros três, acredita que a escolha das obras lidas é um momento essencial nos clubes e é necessário fazer enquetes sem restrições. “Eu vejo os próprios mediadores manipulando a votação, impondo regras para evitar certas leituras e isso desestimula a continuar participando dos clubes”, pontua.

Na próxima terça-feira, 18 de julho, o Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB) recebe um encontro de leitores e mediadores de clubes de leitura. O evento tem entrada gratuita.

Serviço
Literatura em Revista – Os livros que amamos, clubes de leituras e bibliotecas.
Convidados: Alessandra Jarreta, Fernando Alves Cardoso e Larissa Alverne
Mediação: Talles Azigon
Quando: terça-feira, 18, às 17 horas
Onde: Centro Cultural Banco do Nordeste (rua Conde D’Eu, 560 – Centro)
Outras informações: 3209 3500

Isabel Costa

Sobre Isabel Costa

Repórter do O POVO, eterna estudante de Letras da UFC, especialista em Semiótica pela Uece e apaixonada por literatura brasileira. Abriu o blog para compartilhar leituras, afetos e autores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *