Papai Noel fica careca em campanha da Canon

Como pessoas comuns conseguem transformar vidas no final de ano. Essa é a mensagem que o filme de Natal da Canon quer deixar na campanha de Natal, que  traz o conceito “Tem momentos que a gente guarda para sempre”.d

Para a supervisora de marketing da Canon no Brasil, Tânia Abe, o Natal é um momento importante para se fazer o bem e inspirar pessoas a isso. “É como trabalhamos no dia a dia na Canon e faz parte da nossa filosofia corporativa, Kyosei, viver e trabalhar em conjunto para o bem comum”, afirma Abe.

O filme criado pela Dentsu, o qual integra a campanha que será veiculada no Brasil e em vários países da América Latina, retrata a visita do Papai Noel ao Hospital ITACI, Instituto de Tratamento do Câncer Infantil, ligado ao Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Entre vários “Bons Velhinhos” que foram selecionados, José Salomão Papai Noel há 11 anos, aceitou participar da surpresa. No meio da visita, quando as crianças já estavam felizes com sua presença, ele começou a cortar o próprio cabelo. Na sequência, as crianças são convidadas a ajudá-lo.

Todos os instantes foram registrados e eternizados com fotos feitas com o Papai Noel careca e as crianças. As imagens foram impressas e colocadas na árvore de Natal. Para Filipe Cuvero, VP de criação Dentsu Creative Group, “quando trabalhamos com pessoas e emoções genuínas, nunca temos certeza de como será o resultado final. Somos sempre surpreendidos com as histórias e as reações. Ver o rosto das crianças e a reação verdadeira do Papai Noel foram situações emocionantes e indescritíveis”.

Ao final, funcionários, pais e médicos deram seus depoimentos sobre a emoção que a visita do Papai Noel causou em todos, principalmente nas crianças. Uma das mães, inclusive, fez um pedido: que o Papai Noel voltasse no dia seguinte.  “O dia foi tão especial que merecia ser repetido. Se você voltar amanhã, tenho certeza que vai ser ainda mais especial do que hoje. Então volte amanhã”. Segundo Georgia Guerra-Peixe, a Joca, diretora do filme, “Dirigir esse filme foi um exercício de amor. Agradeço à toda a equipe pelo trabalho dedicado. “Não foi nada fácil encontrar o hospital e convidar as crianças, mas conseguimos. Na filmagem, nem todos sabiam de tudo. O hospital sabia da visita do Papai Noel e as crianças achavam que iríamos filmar uma festa de final de ano em que a visita era a equipe de filmagem. Apenas o Papai Noel sabia que rasparia o cabelo e isso foi uma surpresa para todos”.

Transformando o Natal das pessoas

Além do filme, a campanha conta as histórias reais de outras três pessoas que transformaram o Natal de outras famílias. Uma delas é a do Papai Noel Caiçara, Cesar Heckler, 64. Cesar adquiriu cabelos brancos muito cedo. Sua cara de alemão, com olhos verdes e barba e cabelo brancos, atraem crianças durante todo o ano. Desde 2010, assumiu a função de Papai Noel da Apae.

Tatiane Ramalho, 38 anos, vem transformando a vida de outras pessoas através da música. Moça de sorriso largo, Tatiana sempre esteve envolvida com música desde criança. Sua vida era e é a arte. Por isso, criou o Laços Sonoros, onde dá aulas de educação musical e musicoterapia.

Já a terceira história, é sobre Fátima Labigalini, de 70 anos. Tudo começou quando uma vizinha precisava encontrar uma família para receber refugiados no Natal. Na hora, a vizinha pensou em Fátima. Como era previsto, ela aceitou na hora: recebeu para o Natal uma família síria, composta por um casal e mais quatro filhos. Todas essas histórias reais estão disponíveis em www.canon.com.br.

joelmaleal

Sobre joelmaleal

Jornalista, formada pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e especialista em Gerência Executiva de Marketing – Cetrede/UFC.
Assessora de comunicação do Grupo O POVO. Titular da coluna Layout, publicada às sextas-feiras, no O POVO, e editora-adjunta do Anuário do Ceará, composto pela publicação impressa, site e especiais para TV. Apresentou o programa Faixa Conexão Layout, da TV O POVO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *