Em final eletrizante, Antares-Praia Grande vence Irmã Maria-Sede e fatura o título do vôlei masculino sub-13

É a primeira vez que a categoria é ofertada no Intercolegial O POVO

Antares-Praia Grande perdeu o primeiro set, mas conseguiu a virada sobre o Irmã Maria Montenegro-Sede.
Antares-Praia Grande perdeu o primeiro set, mas conseguiu a virada sobre o Irmã Maria Montenegro-Sede.

Na última quarta-feira (23), o colégio Antares-Praia Grande venceu o Irmã Maria Montenegro-Sede na casa do adversário e conquistou o título da categoria sub-13 no vôlei masculino do Intercolegial O POVO. Os campeões perderam o primeiro set, mas reagiram e ganharam os dois sets seguintes, com parciais de 25/14, 13/25 e 14/16.

O título do Antares é inédito para a equipe e também para a competição. Foi a primeira vez que o colégio se consagrou campeão nas disputas de vôlei masculino, vencendo uma categoria que estava fazendo sua estreia no Intercolegial O POVO, que até então só contava com jogos sub-15 e sub-17.

JOGO

Das arquibancadas e do banco de reservas ecoava um som ensurdecedor, que era acompanhado por cada batida da bola na quadra de madeira sinalizada pelo apito da arbitragem. O duelo era entre pequenos que mais pareciam gigantes ao tentar superar uma rede de 2,35m de altura, dimensões oficiais para o voleibol masculino na categoria sub-13.

Cada ponto era disputado com muito empenho, proporcionando ralis de até 15 toques na bola entre manchetes, levantamentos e cortadas. As equipes foram muito equilibradas, mas decidiram jogar um set de cada vez. O primeiro ponto do jogo foi marcado pelo Antares, por meio de uma falha de ataque do adversário. No entanto, o restante do set foi dominado pelo Irmã Maria Montenegro.

O maior nome do primeiro set foi Pedro, central do Irmã Maria Montenegro. O jogador conseguia bloquear as investidas rivais com facilidade e ainda fez seis pontos de saque. Do outro lado, o Antares demonstrava dificuldades na recepção e utilizava muito os pontas do time. O primeiro set terminou com um placar avassalador para os mandantes: 25/14.

O segundo set parecia iniciar com o mesmo roteiro do anterior. O Irmã Maria Montenegro seguia trabalhando o passe com mais equilíbrio e defendendo forte com seus atletas de fundo. A torcida começava a vibrar ainda mais com os pontos dos donos da casa, fator que acabou os contagiando e desconcentrando, fazendo o Antares crescer no jogo. João, o capitão do time, e Bernardo, ponta, assumiram a responsabilidade e levaram os visitantes ao empate na partida, finalizando o set com 13/25.

Diferentemente dos outros sets, que cada equipe dominou e venceu com facilidade, o último e decisivo foi disputado ponto a ponto. Os dois times cometeram muitos erros de saque e o jogo simples passou a ser a melhor solução. A partida foi decidida com o controle emocional dos jogadores e dos técnicos. No fim, por apenas dois pontos de diferença, o Antares virou a partida e se tornou o primeiro campeão de vôlei masculino sub-13 da história do Intercolegial O POVO.

SUPERAÇÃO

Confiança nos atos, demonstração de força e foco. Esses são alguns dos elementos que podem fazer parte de uma equipe vitoriosa. A equipe do Antares-Praia Grande, entretanto, precisou disso e de superação para vencer o Intercolegial O POVO.

O atleta João, 13 anos, é capitão do Antares e treina voleibol desde os 11. O jogador destacou o crescimento do time na reta final. “Foi o primeiro ano do nosso sub-13 e a gente conseguir ganhar é uma felicidade muito grande para o nosso time. A gente não acreditava que ia chegar na final, mas lutamos, treinamos, suamos durante o ano todo e acabamos ganhando”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *