Zoação na web: entrevista épica de Marinho vira samba; confira o vídeo

A épica entrevista de Marinho, concedida após o jogo contra o Santa Cruz, em que o atacante fica espantado ao saber que estava suspenso para o próximo jogo do Ceará na Série B, rendeu muito mais que memes, montagens e ilustrações. Surgiu até Samba do Marinho, que explora, entre outras falas do atleta, o “que merda” e o “sabia não”. Vale conferir o vídeo, que já virou febre nas redes sociais:

Imagem de Amostra do You Tube

Balanço da rodada da Série B: Ceará cai mais três posições e tem pontuação de time no Z-4

Ceará foi derrotado por 2x0 pelo Náutico. Foto: Folha Press (via O POVO)
Ceará foi derrotado por 2×0 pelo Náutico. Foto: Folha Press (via O POVO)

Continue lendo

Promoção no Blog Gol: confira quem ganhou o livro do centenário do Ceará e o almanaque da Arena Castelão

Após uma semana frases de internautas, chegamos aos dois vencedores do concurso cultural que celebra os 4 anos do Portal Esportes O POVO.

O internauta Rodrigo Goyanna Pegado levará pra casa o livro “Ceará: 100 anos de paixão”, publicação oficial do centenário do Alvinegro, lançada este ano pela Fundação Demócrito Rocha.

Ao destacar a matéria que mais gostou de ter lido no esportes.opovo.com.br nos últimos quatro anos, Rodrigo destacou a notícia “Ceará anuncia que conseguiu equacionar todas as dívidas fiscais do clube”. Daí, elaborou a seguinte frase:

Quando li a noticia de que o meu clube do coração havia conseguido equacionar todas as dividas fiscais, senti mais do que alegria, senti orgulho. Em um país que promete “ordem e progresso”, mas oferece corrupção e impunidade, o Ceará me trouxe a esperança de que ainda existe recompensa para aqueles que trabalham dignamente; me alertou que o caminho da licitude não e fácil, mas há de valer a pena no final. O futebol mais do que um esporte, se mostrou exemplo de vida; não precisou de um gol pra me fazer feliz, mas precisou dessa vitória pra me fazer ser mais Ceará. Obrigado Vozão por me fazer acreditar que através do melhor de você, eu posso continuar sendo o melhor de mim.

Já o livro “Arena Castelão: templo do futebol cearense” ficou com o internauta Marcos Vasconcelos. Para ganhar o almanaque, que conta em detalhes os grandes momentos do maior estádio de esportes do Estado, ele disse que a matéria inesquecível para ele foi a que anunciou que o Ceará havia comprado o Ceten, em Itaitinga. 

“Essa notícia representou a confirmação de uma instituição gloriosa e centenária como um dos maiores clubes do País, que brinda seus milhões de torcedores com alegrias infindáveis, assim como o grupo O POVO representa a imparcialidade, o profissionalismo e a seriedade para levar aos seus milhões de acompanhantes notícias que retratam a verdade dos fatos!”

ENTREGA DOS PRÊMIOS

Os dois vencedores receberão e-mail da equipe do blog Gol informando de que forma receberão o prêmio. Obrigado a todos que participaram!

Portal Esportes O POVO completa 4 anos no ar; concorra a livros sobre a história do Ceará e da Arena Castelão

Livros que estão em disputa no concurso cultural
Livros que estão em disputa no concurso cultural

Nesta quinta-feira, dia 21 de maio, o Portal Esportes O POVO completa quatro anos no ar. Desde sua fundação, que coincidiu com o início da Série A do Campeonato Brasileiro de 2011, que contou naquele ano com a participação do Ceará Sporting Club, o site de esportes do Grupo de Comunicação O POVO cobre o dia a dia de todas as modalidades esportivas no Brasil e no mundo, em parceria com o site Lancenet, o maior do gênero esportivo no Brasil.

O foco da página, contudo, é o esporte cearense, com produção de reportagens, ilustradas com fotos e vídeos, do esporte cearense, produzida pela equipe fixa do portal, que conta ainda com a colaboração de todos os integrantes da editoria de esportes do jornal O POVO que produzem conteúdos para a página.

O carro-chefe da cobertura é o futebol, com o acompanhamento diário das notícias de Ceará, Fortaleza e outros clubes do Estado que estejam em atividade. O Portal conta ainda com tabelas e classificações de campeonato, transmissão em tempo real de eventos esportivos importantes (sobretudo os jogos dos times cearenses). A página hospeda ainda mais de 20 colunas e blogs esportivos do O POVO, que versam sobre lutas, esportes radicais, basquete, corridas.

Para marcar essa data comemorativa, o blog Gol, abrigado no Portal Esportes O POVO, vai premiar você, internauta, com os dois últimos livros esportivos produzidos pela Fundação Demócrito Rocha: “Arena Castelão: templo do futebol cearense” e “Ceará: 100 anos de paixão”.

COMO PARTICIPAR

Para concorrer ao livro que narra a trajetória centenária do Ceará Sporting, você precisa elaborar uma frase, em forma de comentário ao fim dessa postagem, dizendo que notícia sobre o Alvinegro você mais gostou de ter lido no Portal Esportes O POVO nos últimos quatro anos, justificando a escolha. Junto com o comentário, poste o link.

Já os interessados no almanaque que conta em detalhes a história de mais de 40 anos da Arena Castelão precisam escrever uma frase, também em forma de comentário ao fim dessa postagem, destacando a notícia que mais marcou você sobre o estádio publicada no Portal, explicando a escolha.

PRAZO: serão aceitadas mensagens até 23h59min do dia 28 de maio (quinta-feira). A divulgação do vencedor, que serão eleitos por uma bancada julgadora nomeada plo blog, de cada um dos dois livros ocorrerá na manhã da sexta-feira, 29 de maio. Fique ligado e Boa sorte!

Copa do Nordeste 2015: sucesso de público, receita, audiência e patrocínio

A Copa do Nordeste ganhou a denominação de "Lampions League", a em alusão ao maior torneio de clubes do mundo, a Champions League. Foto: Divulgação
A Copa do Nordeste ganhou a denominação de “Lampions League”, a em alusão ao maior torneio de clubes do mundo, a Champions League. Foto: Divulgação

Recebo agora um texto de Michele Challupe, responsável pelo setor de comunicação e relações públicas do Esporte Interativo, com números e informações que resumem o sucesso que é a Copa do Nordeste, que realiza o seu jogo derradeiro da edição de 2015 nesta quarta-feira, entre Ceará x Bahia, na Arena Castelão. Vale conferir!

A Copa do Nordeste 2015 se aproxima do final, com índices de destaque. É a competição com a maior média de público do primeiro semestre, superando inclusive o Campeonato Paulista. Garantiu receita fundamental a todos os clubes que participaram desta edição. Atraiu patrocinadores, o que fez dela mais uma vez sucesso comercial, tanto em quantidade de marcas associadas, quanto em ações diferenciadas para as marcas. Os dois jogos da final entre Ceará e Bahia irão reunir mais de cem mil torcedores, juntando a lotação dos dois estádios.

Isso não acontece desde 2009, quando Botafogo e Flamengo decidiram um Estadual, no Rio de Janeiro. Além disso, váriasações de marketing foram realizadas pra envolver ainda mais o torcedor nas emoções da Copa do Nordeste, a mais emocionante competição do Brasil.

Público e Receita

Pelo terceiro ano seguido, a Copa do Nordeste é a competição com a maior média de público do primeiro semestre. São 7.727 pagantes por partida, incluindo a primeira fase em que, normalmente, há menos público. A segunda maior média, do Campeonato Paulista, ficou em 7.598.

Mas, na fase de mata mata, a Copa do Nordeste surpreendeu até as próprias estatísticas. Em 2015, foram 21.990 pessoas, em média. Para critério de comparação, a mesma fase, no ano passado, teve média de 15.123 pagantes. É mais do que o Campeonato Brasileiro em todas as edições, desde 1983.

Torcida do Ceará vai lotar as arquibancadas da Arena Castelão para o jogo contra o Bahia. Foto: Fábio Lima/O POVO
Torcida do Ceará vai lotar as arquibancadas da Arena Castelão para o jogo contra o Bahia. Foto: Fábio Lima/O POVO

Casa cheia não foi privilégio só do mata mata. Entre os cinco maiores públicos desta temporada, dois foram na primeira fase, nos dois clássicos cearenses, sem contar, a final desta quarta-feira.

Fortaleza x Sport (quartas): 24.971
Ceará x Fortaleza (1ª rodada): 27.994
Fortaleza x Ceará (6ª rodada): 37.494
Bahia x Sport (semi): 40.205
Bahia x Ceará (final): 40.982

As bilheterias, associadas à premiação meritocrática da competição (conforme vão passando de fase, os clubes ganham mais), projetam umganho acima de R$ 5,5 milhões para o campeão, Bahia ou Ceará.

Audiência

A Copa do Nordeste também é um sucesso na transmissão pela TV. O Esporte Interativo, único canal que transmite a competição para todo o Brasil (a TV Globo transmite um jogo por rodada para o Nordeste)contabiliza quatro grandes patrocinadores e nove cotistas de apoio. Os patrocinadores são Caixa, Rede, Sportingbet, Refri Indaiá e Gillette, e os cotistas de apoio são Rota do Mar, Shineray, Sonrisal, Cimento Campeão, Boticário, Midea, Hap Vida e Penalty.

As audiências no Esporte Interativo (dados a partir de projeções do Ibope parabólicas) até agora, mais de 18,9 milhões de pessoas assistiram a programação do canal sobre Copa do Nordeste. Os confrontos semifinais, por exemplo, foram vistos por 7,2 milhões de pessoas. As semifinais, aliás, levaram o Esporte Interativo à liderança da audiência, na Pay TV, entre os canais de esportes.

Tour da Taça

A bola personalizada e a famosa Taça da Copa do Nordeste. Foto: Divulgação
A bola personalizada e a famosa Taça da Copa do Nordeste. Foto: Divulgação

Para aproximar do público, dos patrocinadores e dos atletas, o Tour da Taça percorreu dez cidades, de nove estados, num trajeto de 5.118 quilômetros. Visitou sedes de federações, de clubes, governos, prefeituras, veículos de imprensa, sedes de empresas patrocinadoras e ficou exposta em locais públicos.

Os torcedores puderam brincar de serem narradores e tiveram suas atuações expostas na programação do Esporte Interativo. Foram 53 dias em que o troféu “orelhudo”, como ficou carinhosamente conhecido, se aproximou dos fãs de Salvador, Recife, Fortaleza, São Luís, Teresina, Natal, João Pessoa, Campina Grande, Maceió e Aracaju.

O resultado veio em pesquisa recente feita para reconhecimento da taça da Copa do Nordeste. 92% das pessoas associaram a Taça – a partir deste ano, com os nove anéis que representam os nove estados do Nordeste – à competição. O mascote, Zeca Brito, que estreou neste ano e esteve presentes em todos os eventos, Tour da Taça e partidas decisivas teve 85% de identificação com a Copa do Nordeste.

Cerimonial

Quem esteve no estádio, ou assistiu pela TV qualquer partida da Copa do Nordeste, sabia que não estava vendo uma competição comum. O cerimonial de entrada foi seguido por todos os clubes, nos mais diversos estádios do país.A entrada em campo, permitia que o árbitro da partida estivesse à frente das equipes e, como primeiro ato, pegasse a bola Asa Branca II, confeccionada pela Pênalti especialmente para a competição. O único campeonato do país, aliás, que tem uma bola própria, com a marca estampada e a inscrição “Made in Nordeste”. Em seguida, os jogadores se posicionavam para ouvir o hino nacional diante de seus torcedores.

O cerimonial foi incrementado nas fases decisivas. Já a partir da quartas de final, os times passaram a usar a patch da competição, mostrando que ali estavam equipes classificadas para a fase final. O Sport, campeão de 2014, tinha um escudo que o identificava como o detentor do título. Nas semifinais, a bola ganhou a data e o local do jogo, além do confronto que estava sendo disputado.

Ídolos dos quatro clubes semifinalistas (Bahia, Ceará, Sport e Vitória) foram convidados a darem o pontapé inicial, como uma homenagem à história que escreveram com aquelas camisas. Para as finais, foram preparadas ainda mais surpresas. Os hinos nacionais foram cantados por ídolos locais. Luís Caldas teve a honra, em Salvador, e Dorgival Sanfoneiro tocará o hino em Fortaleza. A Taça tão disputada pelos vinte clubes que começaram a competição, ganhou fitinhas com as cores dos clubes finalistas, numa inspiração clara ao que acontece na Liga dos Campeões – a maior competição de clubes do mundo. E tanto Ceará quanto Bahia, jogarão com camisas especiais, que terão um detalhe informando que aqueles dois times, jogam a final da Copa do Nordeste.

Recorde de Patrocinadores

A Copa do Nordeste deste ano, já estreou com recorde de público e recorde de patrocinadores. A competição que tem os patrocínios comercializados pelo consórcio Esporte Interativo, Klefer, Sportplus e De Ponta levou 14 marcas patrocinadoras para a competição e aumentou 20% o faturamento em relação a 2014. Itaipava, Caixa, Rede, Gillette, Germed, Pitu, Subway, Midea, HapVida, Fisk, Maratá, Lupo, Penalty e Elsys, entre outras, são as marcas envolvidas esse ano com a competição. A Copa do Nordeste continua a inovar oferecendo aos patrocinadores experiências únicas no futebol brasileiro. Já na primeira rodada duas ações especiais marcaram a estreia de Gillette e Midea. A primeira patrocinou o Craque do Banco, que foi repetida em, pelo menos, outros seis jogos.

Três revendedores da marca puderam acompanhar uma partida de dentro do campo, em um banco de reservas criado e caracterizado especialmente para a ação. A Itaipava, por exemplo, fez um “banco de reservas”, em forma de lata de cerveja. A Midea, por exemplo, presenteou revendedores nordestinos da marca com o Dia de Craque. A ação consistiu em viver a experiência de um jogador. Os convidados foram ao último treino da equipe, visitaram os vestiários, fizeram um tour pelas instalações do Castelão e, no intervalo, entraram em campo para uma disputa de pênaltis.

Reforço nos cofres alvinegros

Diretoria alvinegra espera casa cheia e grande renda na final contra o Bahia. Foto: Fco Fontenele/O POVO
Diretoria alvinegra espera casa cheia e grande renda na final contra o Bahia. Foto: Fco Fontenele/O POVO

Além da possibilidade de conquistar a Copa do Nordeste pela primeira vez, o fato de ter chegado à decisão rendeu bons lucros ao alvinegro também fora de campo.

Só por ter chegado na final, o Ceará já embolsou, no mínimo, mais R$ 400 mil. Essa é a premiação do vice-campeão do torneio. Caso levante a taça, o valor passa para R$ 1,5 milhão (R$ 1 milhão por ser campeão somado aos R$ 500 mil de premiação da CBF).

Fora isso, a partida contra o Bahia é certeza de casa cheia. A renda da partida deve ultrapassar a casa de R$ 1 milhão, já que em 2014, 60.068 pessoas assistiram a final contra o Sport, registrando uma renda de R$ 1.476.187.00.

“Pode ter certeza que essa passagem pra final nos dá condição de virar mais uma folha de pagamento”, comemorou o vice-presidente do clube, Robinson de Castro, após a partida em Salvador.

Até aqui, o Ceará já conseguiu arrecadar um total de R$ 890 mil apenas somando as cotas de participação no Nordestão – R$ 365 mil pela primeira fase, R$ 250 mil pelas quartas de final e R$ 275 mil pelas semifinais.

Finalista do Cearense, Fortaleza está garantido na Copa do Brasil e no Nordestão de 2016

Empate com o Icasa garantiu Fortaleza vaga na final do Estadual. Foto: Tatiana Fortes/O POVO
Empate com o Icasa garantiu Fortaleza vaga na final do Estadual. Foto: Tatiana Fortes/O POVO

Não foi a exibição que o torcedor esperava, mas o Fortaleza fez o suficiente para avançar à final do Campeonato Cearense. Neste domingo (12), o tricolor não apresentou um bom futebol, mas empatou em 0 a 0 com o Icasa na Arena Castelão e confirmou o favoritismo na decisão.

Agora, o time de Marcelo Chamusca aguarda o vencedor da segunda semifinal, entre Ceará e Guarani (J), que ocorrerá no próximo sábado (18).

Mais importante que garantir lugar na decisão, o tricolor pode comemorar mais duas conquistas. Como está na final, o time confirmou presença na Copa do Brasil e Copa do Nordeste de 2016.

Com isso, mesmo caso não fique com o título, o Leão já sabe que, no próximo ano, irá participar de duas importantes competições, o que lhe garante, no mínimo, uma injeção financeira para a próxima temporada.

Ceará e Fortaleza vencem e praticamente se garantem na final

assisSe Ceará e Fortaleza já chegaram às semifinais do Campeonato Cearense com favoritismo – por melhores campanhas na fase classificatória – a chance dos dois avançarem à final aumentou – e muito – após os jogos de ida.

No sábado (4), mesmo não jogando bem, o alvinegro venceu o Guarani (J) por 1 a 0 e conseguiu uma grande vantagem para o jogo da volta. Agora, o Vovô avança mesmo caso perca por um gol de diferença.

Levando em conta a qualidade dos dois elencos e o histórico recente (foram três jogos em 2015, com duas vitórias do Ceará e um empate) é difícil acreditar que o Guaraju seja capaz de surpreender a ponto de eliminar o Ceará em pleno Castelão.

Situação semelhante à do Fortaleza. Embora enfrentasse o Icasa em um confronto teoricamente mais difícil e equilibrado que o do Ceará contra o Guaraju, o Leão também venceu fora de casa. No domingo (5), o tricolor bateu o Icasa por 2 a 1 e vai para o jogo de volta com vantagem de perder pelo mesmo placar e ainda assim garantir vaga na final.lucio-maranhao

Com isso, tudo leva a acreditar que Ceará e Fortaleza chegarão novamente juntos à decisão do Campeonato. Provavelmente, teremos mais dois Clássicos em breve. Além disso, caso confirmem suas classificações, os dois rivais também garantem vaga na Copa do Nordeste e Copa do Brasil do próximo ano.

Com ótimas lembranças, Ceará pega o Vitória pelo 3° ano seguido no mata-mata do Nordestão

Ceará goleou o Vitória por 5 a 1 no último confronto. Bill marcou três vezes. Foto: CearáSC.com/Divulgação
Ceará goleou o Vitória por 5 a 1 no último confronto. Bill marcou três vezes. Foto: CearáSC.com/Divulgação

Com a classificação diante do Salgueiro, o Ceará chega novamente na semifinal da Copa do Nordeste. Este é o terceiro ano seguido que o alvinegro fica entre os quatro melhores times da competição. E terá pela frente um adversário bem conhecido. O Vitória/BA será o oponente do Vovô no duelo por uma vaga na final.

+ Assisinho destaca confiança do Ceará para o título do Nordestão

Nos últimos dois anos, o Ceará foi o responsável por eliminar o Vitória do Nordestão. Ambas as ocasiões ocorreram nas quartas de final.

Em 2013, após perder a primeira partida por 2 a 0, no PV, o alvinegro cearense goleou o rubro-negro em pleno Barradão por 4 a 1 e garantiu a vaga. Porém, na sequência, foi eliminado pelo ASA/AL na semifinal em pleno Castelão lotado.

Em 2014, a história foi parecida. O primeiro jogo, em Pituaçu, terminou empatado em 1 a 1. Na volta, no PV, o Ceará não tomou conhecimento e atropelou o Vitória por 5 a 1 em noite inspirada do atacante Bill, que marcou três gols.

Agora, o duelo será pela semifinal. Isso pode ser um diferencial no duelo. Mas se for levar em conta o histórico recente, o torcedor alvinegro encara o confronto com otimismo e tem bons motivos para acreditar na classificação.