Balanço da Rodada: Fortaleza empata e se complica; Ceará vence e dispara na liderança

Com apenas duas semanas, metade da primeira fase do Campeonato Cearense já foi disputada. Nesta quarta-feira (28), três jogos encerraram a 5ª rodada do Estadual.

A rodada teve início na terça-feira (27), quando, pelo Grupo A1, o Horizonte venceu o São Benedito por 1 a 0 no estádio Domingão. O único gol foi marcado por Hélton, no início da partida. Com o resultado, o Galo do Tabuleiro chegou aos oito pontos conquistados e assumiu a liderança do grupo.

NOVO TROPEÇO TRICOLOR

Tricolor deixou o campo sob vaias da torcida. Foto: Fco Fontenele/O POVO
Tricolor deixou o campo sob vaias da torcida. Foto: Fco Fontenele/O POVO

Ainda pelo Grupo A1, na quarta-feira (28), o Fortaleza voltou a decepcionar. Precisando vencer para se recuperar na tabela, o tricolor acumulou mais um tropeço ao empatar em 0 a 0 com o Quixadá, no PV.

Criando inúmeras oportunidades, o Leão pecou nas finalizações e abusou na quantidade de gols perdidos. Após o apito final, a torcida não poupou vaias e críticas ao time.

O empate fez o Fortaleza completar três jogos seguidos sem vencer e se manter na 3ª posição, com seis pontos em cinco jogos. O Quixinha vem logo atrás, na 4ª colocação, com cinco pontos, mas possui um jogo a menos.

ASSISINHO BRILHA E VOVÔ DISPARA

Assisinho é o artilheiro do Estadual com quatro gols. Foto: Fábio Lima/O POVO
Assisinho é o artilheiro do Estadual com quatro gols. Foto: Fábio Lima/O POVO

Ao contrário do rival, o Ceará não titubeou e assegurou mais um bom resultado no Cearense. No estádio Domingão, em Horizonte, o Vovô venceu o Itapipoca por 2 a 0 e disparou na liderança do Grupo A2, com 12 pontos.

O triunfo alvinegro foi comandado pelo atacante Assisinho, que marcou os dois gols e se isolou na artilharia do Estadual, com quatro tentos. O detalhe é que todos eles foram marcados contra o Itapipoca.

Ao contrário dos últimos jogos, o Vovô impôs seu ritmo de jogo e foi superior durante toda a partida, criando inúmeras oportunidades de gol. O placar poderia ter sido mais elástico não fosse a grande atuação do goleiro Alberto, do Itapipoca, que foi bastante exigido.

Com a derrota, o Itapipoca segue lanterna da chave com apenas um ponto.

MARANGUAPE SURPREENDE
No outro jogo do grupo, o Maranguape foi até o Junco enfrentar o Guarany de Sobral e surpreendeu. O Gavião da Serra venceu os donos da casa por 1 a 0, com gol de Gugu, chegou aos seis pontos e entrou na zona de classificação para a próxima fase.

Sem tempo para descanso, o Campeonato Cearense tem sequência neste fim de semana. Confira os jogos:

Sábado
Ceara x Guarany (S) – 18h45min – PV

Domingo
Icasa x Horizonte – 16h – Romeirão
Maranguape x Guarani (J) – 16h – PV
São Benedito x Fortaleza – 16h – Domingão

Siga o Blog Gol no Twitter
Siga o André Almeida no Twitter

Balanço da rodada: Fortaleza tropeça, Ceará mantém 100% no PV em 2015 e times do Cariri triunfam

A 4ª rodada do Campeonato Cearense foi de momentos opostos para os times da capital e de vitória para os clubes da Região do Cariri.

Leão tropeça no Horizonte

Partida foi marcada por muitas faltas. Foto: Fco Fontenele/O POVO
Partida foi marcada por muitas faltas. Foto: Fco Fontenele/O POVO

No sábado (24), jogando no PV, o Fortaleza tropeçou novamente. Em um jogo muito truncado e marcado pela grande quantidade de faltas e cartões (ao todo, foram 12 amarelos e um vermelho), o tricolor não passou do empate com o Horizonte.

O Leão até saiu na frente com Maranhão, aos sete minutos do segundo tempo, mas viu o Galo do Tabuleiro empatar com Albano, nos minutos finais, após falha do goleiro Deola, que saiu mal do gol.

Após o jogo, a torcida não poupou vaias ao time. Com o resultado, o Fortaleza chegou a 5 pontos, ocupando a 3ª posição do Grupo A1 com um jogo a mais que os demais times. O Horizonte chega aos mesmos 5 pontos e ocupa a 2ª colocação pelo critério do saldo de gols.

Vovô joga mal, mas vence e retoma liderança

Magno Alves marcou o único gol da partida. Foto: Evilázio Bezerra/O POVO
Magno Alves marcou o único gol da partida. Foto: Evilázio Bezerra/O POVO

No domingo, foi a vez do Ceará jogar no PV. Como visitante, o alvinegro venceu o Maranguape por 1 a 0 e retomou a liderança do Grupo A2.

A exemplo do rival, o Vovô também não apresentou um bom futebol. Com pouca criatividade no meio-campo e poucas finalizações, a torcida alvinegra teve de se contentar com um gol de Magno Alves, aos 42 minutos do 1º tempo. O Ceará agora lidera o Grupo A2 com nove pontos. O Maranguape ocupa o 4º lugar, com três.

O Ceará volta a campo na próxima quarta-feira (28), para enfrentar o Itapipoca, às 22h, no estádio Domingão, em Horizonte. No mesmo dia, o Maranguape encara o Guarany (S), no Junco, às 20h20min.

Times do Cariri vencem e sobem na tabela

Vitória colocou o Verdão na liderança do Grupo A1. Foto: Agência Miséria
Vitória colocou o Verdão na liderança do Grupo A1. Foto: Agência Miséria

O grande vencedor da rodada foi o Icasa. O Verdão bateu o Quixadá por 1 a 0 no Romeirão com gol do atacante Diego Cear e, com o resultado, chegou aos 7 pontos conquistados e assumiu a liderança do grupo, com dois a mais que Horizonte e Fortaleza, que vêm logo atrás. Além disso, o Alviverde segue invicto.

O Icasa volta a campo no próximo domingo, 1º, para jogar com o Horizonte, às 16 horas, no estádio Romeirão. O Quixadá encara o Fortaleza na noite da próxima quarta-feira, 28, no PV.

No outro jogo da rodada, o outro representante do Cariri no Estadual também triunfou. No Grupo A2, o Guarani de Juazeiro, após sofrer com problemas de regularização de jogadores nas primeiras rodadas, derrotou o Itapipoca por 2 a 0 no estádio Vieirão, em Itapajé, e conquistou sua primeira vitória no certame.

Os gols do Leão do Mercado foram assinalados por Afonso e Gledson, ambos no segundo tempo. Com o resultado, o rubro-negro juazeirense chegou a três pontos e passou a ocupar a terceira posição.

No domingo, 1º, o Leão enfrenta o Maranguape, no PV. Já na quarta-feira, 28, o Itapipoca pega o Ceará no Domingão, em Horizonte.

Confira os jogos da 4ª rodada do Estadual

Fortaleza 1 x 1 Horizonte
Maranguape 0 x 1 Ceará
Icasa 1 x 0 Quixadá
Itapipoca 0 x 2 Guarani (J)

Confira os próximos jogos do Estadual

Terça-feira (27)
Horizonte x São Benedito – Domingão – 20h20min

Quarta-feira (28)
Fortaleza x Quixadá – PV – 20h20min
Guarany (S) x Maranguape – Junco – 20h20min
Itapipoca x Ceará – Domingão – 22h

Após 2014 sem acessos, Ceará e Fortaleza apostam na renovação

Deola e Marcos Aurélio foram algumas das principais contratações do futebol cearense para 2015. Fotos: Tatiana Fortes e Fábio Lima
Deola e Marcos Aurélio foram algumas das principais contratações do futebol cearense para 2015. Fotos: Tatiana Fortes e Fábio Lima

O início de ano foi movimentado para Ceará e Fortaleza. Após os fracassos nas competições nacionais em 2014, os dois maiores times do Estado resolveram reformular seus elencos, investindo na contratação de muitos reforços. Com isso, Vovô e Leão foram com tudo ao mercado e, juntos, contrataram nada menos que 30 jogadores para a temporada 2015.

Na busca pelo segundo pentacampeonato, o Ceará montou um time repleto de jogadores que se destacaram na Série B de 2014. Além disso, investiu em jogadores conhecidos nacionalmente, como o meia Marcos Aurélio, ex-Bahia, e o atacante Wiliam, que estava no futebol .

E o Fortaleza não ficou atrás. O goleiro Deola, ex-Palmeiras, os cearenses Éverton e Dudu Cearense, além do atacante Lúcio Maranhão são alguns dos novos jogadores do tricolor.

Confira as contratações realizadas por Ceará e Fortaleza para 2015:

Ceará
Zagueiros: Charles, Carlão e Gilvan
Laterais: Tiago Cametá e Tiago Costa
Volante: Sandro Manoel, Jean Cléber e Uillian Correia
Meias: Wescley, Elior e Marcos Aurélio
Atacantes: Marinho, William e Heré

Fortaleza
Goleiro: Deola
Laterais: Auremir, Jean e wanderson
Volantes: Vinícius Hess, Dudu Cearense, Jéfferson, Pio, Régis
Meias: Márcio Diogo, Maranhão, Samuel, Éverton e Felipe Sertânia
Atacantes: Cássio e Lúcio Maranhão

Balanço da rodada: Fortaleza vence no sufoco, Ceará perde a 1ª e Guarany é o único 100% do Estadual

Fortaleza venceu com gol da vitória aos 48 do 2° tempo. Foto: Tatiana Fortes/O POVO
Fortaleza venceu com gol da vitória aos 48 do 2° tempo. Foto: Tatiana Fortes/O POVO

Continue lendo

Campeonato Cearense começa com quebra de jejum no Ceará, empate com vaias para o Leão, problema de regularizações e 1ª queda de treinador

Assisinho, enfim, marcou pelo Ceará. Foto: Tatiana Fortes/O POVO
Assisinho, enfim, marcou pelo Ceará. Foto: Tatiana Fortes/O POVO

Apesar da tímida média de 1,75 gol por jogo, o Campeonato Cearense de 2015 começou bastante agitado. Cada um dos quatro disputados nesse meio de semana deixou uma marca.

No estádio Agenorzão, em Iguatu (a 384 km da Capital), o Fortaleza estreou no Estadual com um empate em 0×0 com o Quixadá. Resumindo: foi um jogo de muita marcação, poucas chances criadas e baixa qualidade técnica. Normal para um início de Campeonato. O gramado também atrapalhou bastante a troca de passes e criação das jogadas.

Os dois times também foram bastante prejudicados com o atraso nas regularizações provocado pela falta de organização da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Tricolor teve que mandar quatro atletas de última hora para Iguatu. Já o Quixinha só contou com quatro jogadores no banco de reservas. Aliás, isso foi um problema que prejudicou todos os oito times que entraram em campo.

Ao término da partida, a torcida do Fortaleza presente mostrou sua insatisfação com o resultado e vaiu a equipe na saída de campo.

No Agenorzão, Fortaleza e Quixadá ficaram no 0x0. Foto: Fábio Lima/O POVO
No Agenorzão, Fortaleza e Quixadá ficaram no 0×0. Foto: Fábio Lima/O POVO

Na estreia oficial do ex-jogador Júnior Cearense como técnico, o Guarany de Sobral fez o simples para vencer o Maranguape por 1×0 no estádio Presidente Vargas, em jogo de apenas 204 pagantes. No estádio do Junco, em Sobral, o Horizonte bateu o São Benedito por 2×1.

O jogo teve uma cena curiosa e lamentável. Logo após o gol do São Benedito, o técnico do time, Paulo Rossi, fez gestos obcenos para em direção á torcida e onde estava também a diretoria. Uma atitude meio como um desabafo após uma semana turbulenta com problemas internos entre treinador e diretoria. Não deu outra: Paulo Rossi foi demitido após a partida. Ou seja, logo na 1ª rodada o Campeonato Cearense já teve a sua primeira troca de comando. Sai Paulo Rossi. Entra Argeu dos Santos, que já comanda o São Benedito no jogo de domingo, contra o Fortaleza.

Fechando a rodada, nesta quinta-feira, o Ceará não teve muita dificuldade para vencer o Itapipoca por 3×0, no estádio Presidente Vargas. Os três gols foram marcados no 2° tempo. Destaque para Assisinho. Em 2014, ele não conseguiu marcar nenhum gol em quase 30 partidas pelo Alvinegro. Logo em sua 1° jogo de 2015, quebrou o jejum em grande estilo, marcando dois gols. Começou o ano com o pé direito. Vale registrar a boa presença de público: 12.503 pagantes.

RESULTADOS DA RODADA

Quixadá 0×0 Fortaleza

São Benedito 1×2 Horizonte

Maranguape 0×1 Guarany de Sobral

Ceará 3×0 Itapipoca

Balanço do mercado da bola: quem saiu e quem chegou em Ceará e Fortaleza?

Lateral Tiago Cametá foi para o Ceará e deixou o Fortaleza, que contratou o goleiro Deola. Fotos: CearáSC.com/Divulgação e FortalezaEC.net/Divulgação
Lateral Tiago Cametá foi para o Ceará e deixou o Fortaleza, que contratou o goleiro Deola. Fotos: CearáSC.com/Divulgação e FortalezaEC.net/Divulgação

Todo começo de ano é marcado por idas e vindas de jogadores nos mais diversos clubes pelo mundo. No futebol cearense, não poderia ser diferente.

Principais clubes do estado, Ceará e Fortaleza contrataram muitas caras novas. Por outro lado, vários atletas também deixaram o Alvinegro e o Tricolor.

Confira as contratações e para onde foram os jogadores que atuaram por Vovô e Leão em 2014, mas estão indo para outros clubes, e dê sua opinião: os times estarão mais fortes na próxima temporada?

Ceará
Quem chegou?

Laterais
Tiago Cametá (Fortaleza)
Tiago Costa (Santa Cruz)
Eusébio (Atlético/GO)

Zagueiros
Charles (Paysandu)
Gilvan (Ponte Preta)

Volantes
Sandro Manoel (Santa Cruz)
Carlão (Luverdense)
Uilliam Corrêa (Sampaio Corrêa)
Jean Cléber (América/RN)

Meias
Eloir (Sampaio Corrêa)
Wescley (Santa Cruz)

Atacante
Marinho (Náutico)

Quem saiu?

Zagueiros
Diego Ivo (Ponte Preta)

Laterais
Vicente (São Bernardo/SP)

Volantes
Michel

Meias
Lulinha (Redbull/SP)
Eduardo (Joinville)

Atacantes
Bill

Fortaleza
Quem chegou?

Goleiro
Deola (Palmeiras)

Lateral
Auremir (Paraná)

Volantes
Pio (Botafogo/PB)
Jéfferson (Pelotas)
Régis (Nagoya Grampus/JAP)

Meias
Éverton (Joinville)
Samuel (Luverdense)
Márcio Diogo (Sampaio Corrêa)

Atacante
Lúcio Maranhão (Buriram United/TAI)

Quem Saiu?

Goleiros
Ricardo
André Zuba

Zagueiros
Eduardo Luiz

Laterais
Tiago Cametá (Ceará)
Fernandinho

Volantes
Guto (Botafogo/PB)
Walfrido (Ituano)

Meias
Edinho (Avaí)
Marcelinho Paraíba (Internacional de Lages)
Davidson
Erick Flores
Wellington Bruno (Penapolense)

Atacantes
Robert (Sampaio Corrêa)
Waldison (Santa Cruz)

Siga o Blog Gol no Twitter
Siga o André Almeida no Twitter

Veja a relação de atletas de Ceará e Fortaleza para a Copa São Paulo de Futebol Júnior

Delegação alvinegra antes do embarque. Foto: Cearasc.com/Divulgação
Delegação alvinegra antes do embarque. Foto: Cearasc.com/Divulgação

Como de costume, a Copa São Paulo tem bola rolando logo depois do Réveillon. Em 2015, o torneio Sub-19 conta com 104 equipes e dois representantes cearenses: Ceará e Fortaleza. Ambos já estreiam nesse domingo (4). O Leão encara o Botafogo-SP, às 15h, na cidade de Leme, no interior paulista. Já o Vovô pega o Gama, no mesmo horário, em Araraquara.

O FORTALEZA

Time tricolor é comandado por Jorge Veras. Foto: Arquivo O POVO
Time tricolor é comandado por Jorge Veras. Foto: Arquivo O POVO

No Tricolor, o técnico Jorge Veras tem um grupo formado por 19 atletas. Entre os destaques, estão o lateral Felipe Bala, o zagueiro Jackson, o volante Bruno e o meia Léo Amaral, que têm experiência na equipe profissional (treinando ou jogando) são os destaques do grupo. Veja a relação de atletas:

Goleiros: Levi e Marcelo
Zagueiros: Jackson, Alan, Belga e Ernando
Laterais: Bala, Lobo, Vanderlan e Ítalo
Volantes: Cher e Nonato
Meias: Bruno, Leonardo, Léo Horizonte e Wesley
Atacantes: Micael, Toró e Renato

Situado no grupo H, o Fortaleza tem como adversários na 1ª fase o Botafogo-PB, Independente-AC e o Lemense. Todos os três jogos serão realizados no estádio municipal Bruno Lazzarani.

O CEARÁ

Já no Alvinegro, treinador por Juninho, a delegação conta com 20 atletas. Entre eles, destaque para o atacante Robinho, que teve oportunidade em atuar em vários jogos pelo time profissional esse ano. O lateral-direito Marcos Ytalo (o Buiu) e o volante Mateus são outros bons valores do time.

O Alvinegro caiu no grupo I ao lado de Monte Azul-SP, Ferroviária-SP e Gama-DF, adversário da estreia, dia 4, ás 15h, no estádio Arena da Fonte, na cidade de Araraquara.

Goleiros: Fellipe e Diego;
Laterais-direito: Marcos Ytalo e Caio Vinícius;
Laterais-esquerdo: Arnold e Sanchez;
Zagueiros: Vitor, Romulo e Mateus Mota;
Volantes: Matheus Alles, Raul, Piauí e Carlos Alberto;
Meio-campistas: Rafael, Caio Paulista e Ewerton;
Atacantes: Robinho, Rafael, Alesson e Caio César.

Tabela dos times cearenses na 1ª fase
Ceará (GRUPO I)
04/01 – 15h – Gama-DF
08/01 – 20h – Monte Azul-SP
11/01 – 15h – Ferroviária-SP

Fortaleza (GRUPO H)
04/01 – 15h – Botafogo-PB
07/01 – 15h – Independente-AC
10/01 – 15h – Lemense-SP

Com mais de 100 gols, Ceará foi o dono do segundo melhor ataque do Brasil em 2014

Magno Alves foi o artilheiro do Brasil, com 38 gols. Foto: Fco Fontenele/O POVO
Magno Alves foi o artilheiro do Brasil, com 38 gols. Foto: Fco Fontenele/O POVO

Mesmo após terminar a temporada sem o acesso à Série A, que seria a ‘cereja do bolo’ no ano do Centenário, o Ceará ficou marcado em 2014 como time que faz muitos gols. Prova disso é que o Vovô foi o segundo clube que mais balançou as redes adversárias em todo o Brasil durante o ano.

Segundo levantamento do site SrGoool, especialista em estatísticas de futebol, o alvinegro cearense foi detentor do segundo melhor ataque do Brasil, atrás apenas do Cruzeiro, campeão do brasileiro. No Nordeste, nenhum clube marcou mais gols que o Ceará.

Enquanto a Raposa marcou 125 gols, o Vovô assinalou 123, contando Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série B. Atrás do alvinegro cearense, Santos, com 114, Paysandu, com 113 e São Paulo, com 112 gols, completam o ‘Top 5′.

O Vovô foi um dos 11 clubes do país a conseguir marcar mais de 100 gols na temporada, contando os 101 times que disputaram as Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro em 2014.

Muito desse feito o clube deve ao atacante Magno Alves. Sozinho, o camisa 11 foi responsável por 38 gols, que lhe renderam o título de artilheiro do Brasil em 2014.

Confira a lista de clubes que marcaram mais de 100 gols em todo o ano

Cruzeiro
Total: 125 gols
Mandante: 78 gols
Visitante: 47 gols

Ceará
Total: 123 gols
Mandante: 80 gols
Visitante: 43 gols

Santos
Total: 114 gols
Mandante: 76 gols
Visitante: 38 gols

Paysandu
Total: 113 gols
Mandante: 66 gols
Visitante: 47 gols

São Paulo
Total: 112 gols
Mandante: 65 gols
Visitante: 47 gols

Fluminense
Total: 109 gols
Mandante: 67 gols
Visitante: 42 gols

Flamengo
Total: 108 gols
Mandante: 65 gols
Visitante: 43 gols

América de Natal
Total: 108 gols
Mandante: 64 gols
Visitante: 44 gols

Internacional
Total: 107 gols
Mandante: 71 gols
Visitante: 36 gols

Atlético Mineiro
Total: 104 gols
Mandante: 60 gols
Visitante: 44 gols

Santa Cruz
Total: 102 gols
Mandante: 65 gols
Visitante: 37 gols

Siga o Blog Gol no Twitter
Siga o André Almeida no Twitter

Futebol cearense termina o ano com artilheiro e maiores públicos do Brasil

Mosaico da torcida do Fortaleza foi destaque na festa da torcida. Foto: Bruno Balacó/O POVO
Mosaico da torcida do Fortaleza foi destaque antes da partida. Foto: Bruno Balacó/O POVO

O ano de 2014 não deu aos torcedores cearenses muitos motivos para comemorar. Após liderar as Série B, C e D, o futebol cearense ficou pelo 2° ano seguido sem nenhum acesso sequer. Pior ainda, com o rebaixamento do Icasa, perdeu um representante na Série B. Mesmo assim, o futebol do estado foi detentor de alguns recordes nacionais.

Sem contar jogos da Copa do Mundo, foi na Arena Castelão que o país registrou os maiores públicos em competições nacionais durante 2014.

O maior público do Brasil pertence ao Fortaleza. Foi no empate em 1 a 1 do tricolor contra o Macaé, nas quartas de final da Série C, que contou com a presença de 63.254 torcedores ao total (62.525 pagantes). Apesar da lotação no estádio, a pressão dos tricolores não evitou a eliminação do Leão do Pici da Série C.

Ceará deteve o recorde de público por muito tempo, mas foi superado pelo rival Fortaleza .Foto: Fco Fontenele/O POVO
Ceará deteve o recorde de público por muito tempo, mas foi superado pelo rival Fortaleza. Foto: Fco Fontenele/O POVO

Maior rival do Fortaleza, o Ceará aparece logo atrás, com o segundo maior público do país. Curiosamente, apesar da casa cheia, a partida também não terminou bem para os mandantes. A Arena Castelão recebeu 60.068 mil pagantes (61.240 no total) para acompanhar a final da Copa do Nordeste, contra o Sport, que terminou em 1 a 1 e garantiu o troféu aos pernambucanos.

Em 2014, Magno Alves ficou na segunda posição na artilharia nacional. Foto: Fábio Lima/O POVO
Em 2013, Magno Alves ficou na segunda posição na artilharia nacional. Foto: Fábio Lima/O POVO

Dentro das quatro linhas, mais recordes. O atacante Magno Alves, do Ceará, confirmou o favoritismo e terminou o ano como principal artilheiro do Brasil.

O Magnata marcou 38 gols em toda a temporada e desbancou grandes nomes do futebol nacional, como Fred (artilheiro da Série A, que marcou 27 gols no ano), Barcos (29 gols) e Ricardo Goulart (20 gols).

O atacante, que no ano passado ficou na vice-artilharia nacional, foi ainda o principal goleador da Série B (18 gols) e da Copa do Nordeste (8 gols).

Confira mais detalhes sobre os recordes cearenses

Fortaleza x Macaé
Quartas de Final da Série C
Público Pagante: 62.525
Público Não Pagante: 724
Público Total: 63.254
Renda: R$ 1.981.117,00

Ceará x Sport
Final da Copa do Nordeste
Público Pagante: 60.068
Público Não Pagante: 1172
Público Total: 61.240
Renda: R$ 1.476.187,00

Magno Alves em 2014
Taça dos Campeões Cearenses – 1 gol
Campeonato Cearense – 7 gols
Copa do Nordeste – 8 gols (artilheiro)
Copa do Brasil – 4 gols
Série B – 18 gols (artilheiro)
Total: 38 gols

Siga o Blog Gol no Twitter
Siga o André Almeida no Twitter

Após liderar as Série B, C e D, futebol cearense fica pelo 2° ano seguido sem acesso

Alvinegros e tricolores terminaram mais um ano sem conquistas nacionais. Fotos: O POVO
Alvinegros e tricolores terminaram mais um ano sem conquistas nacionais. Fotos: O POVO

Uma temporada promissora para o futebol cearense. Assim foi visto o ano de 2014 pelos clubes daqui. Porém, pelo segundo ano consecutivo, a expectativa deu lugar à frustração.

Após chegar a liderar as Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro, o futebol cearense terminou mais um ano sem sequer um acesso. Pior que isso, perdeu ainda um representante na Série B.

Começando pelo Ceará, que terminou o primeiro turno na liderança da competição e caiu vertiginosamente de produção. O Vovô terminou o campeonato apenas em 8° lugar e, novamente, bateu na trave.

O maior objetivo no ano do Centenário sempre foi claro: voltar à Série A. Porém, após os problemas enfrentados no segundo turno (afastamento de jogadores, troca de treinador, pressão da torcida), o sonho foi adiado.

Outro representante do Estado na Série B, o Icasa não resistiu e foi rebaixado. Após um ano de crises e problemas extra-campo, o Verdão do Cariri, que no ano passado brigava pelo acesso até a última rodada, terminou a Segundona no 18° lugar e fará compania ao Fortaleza na Série C 2015.

O Tricolor, por sinal, não ficou atrás dos rivais. Após se classificar com sobras na fase de grupos, chegou ao mata-mata como franco favorito. Encarar o Macaé (que quase não se classifica) seria a chance de ouro para o Leão do Pici selar o retorno à Série B após cinco anos.

A torcida fez sua parte. Lotou o Castelão, (que recebeu mais de 63 mil pessoas, maior público do futebol brasileiro no ano), mas não foi suficiente. O empate por 1 a 1 deixou o tricolor mais um ano na Série C.

O Guarany de Sobral encerrou o ano de decepções para o Estado.  Após uma boa campanha no Campeonato Cearense, o Cacique do Vale até começou bem e chegou a ocupar a primeira posição no grupo 2 da Série D, mas não conseguiu manter o desempenho sequer passou da fase de grupos.

Fica a esperança de que os clubes aprendam com os erros cometidos nesse ano e possam se planejar melhor para 2015. Não da para se contentar com vencer os rivais em campeonatos locais. Em um estado com torcidas vibrantes e fortes, é preciso traçar planos maiores para, com ambições de conquistas nacionais.

Siga o Blog Gol no Twitter
Siga o André Almeida no Twitter