Quanto valem elencos de Ceará e Fortaleza e seus rankings nas Séries A e B

R$ 63,5 milhões é a avaliação do atual elenco do Ceará. O número mostra que o grupo alvinegro é mais valioso do que dois clubes que vão disputar a Série A 2018: América-MG e Paraná Clube. Os outros 17 times têm valor de mercado maior. O líder é o Flamengo ( R$ 349 milhões), seguido de Palmeiras e Grêmio.

R$ 25,9 milhões é a avaliação conjunta dos jogadores do Fortaleza. O Tricolor aparece como o 11º elenco mais valioso da Série B. O Coritiba está no topo da Segundona (R$ 57 milhões), seguido por Avaí e Ponte Preta.

Os números são do site Transfermarkt, que faz esse acompanhamento com clubes do mundo todo. A realidade que se coloca, portanto, é que Ceará e Fortaleza terão que efetivar superações em relação aos objetivos principais na temporada: no caso do Ceará, permanecer na Série A e conseguir uma vaga na Copa Sul-Americana. No caso do Fortaleza, buscar o acesso.

Ainda de acordo com o Transfermarkt, Alan Mineiro é o jogador mais valioso do Fortaleza: R$ 3,8 milhões de reais. Os atletas mais valiosos do Ceará são o meio-campista Ricardinho e o goleiro Renan: R$ 4,6 milhões.

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

44 thoughts on “Quanto valem elencos de Ceará e Fortaleza e seus rankings nas Séries A e B

  1. Até conferi a avaliação, mas quando vi que o Everson vale hoje a metade do Renan já me questionei..

    Mas, observando a valoração, eu considero o elenco do Ceará mais equilibrado do que o do Sport, por exemplo, no qual tem jogadores que concentram maior valor (André, Marlone, Ritchely) enquanto que no Ceará tá todo mundo meio que parecido.
    Considero que o Ceará tá montando um elenco competitivo pra se manter na série A, quem sabe até aprontar se forem aplicados taticamente e fisicamente.

    1. Muito provavelmente que os critérios foram pontuais, pois é até impossível mensurar uma serie de variáveis para mais de mil atletas ao mesmo tempo. Agora, a partir do momento que o Evérson, mostrar suas qualidades com a bola rolando, logicamente essa avaliação irá mudar. Paciência!

  2. Graziani excelente analise, os números do Fortaleza e Ceará a nível local (cearense) e regional (nordeste) parecem grandiosos, mas a nível nacional são bem pequenos, temos muito que crescer no futebol brasileiro, apesar de termos torcidas grandiosas.

  3. Ainda bem que esse ranking não é determinante pra p. nenhuma.

    Hhahaha, é quase verdade. É determinante para comparar e entender as possibilidades de cada um, até mesmo para o tamanho da cobrança que esses clubes precisam ter do torcedor.
    FG

  4. Interessante mensuração sobre os valores de mercado dos elencos, porém, como todo dado estatístico, deve ser analisado conjuntamente com outros aspectos. O Fortaleza está dentro de sua realidade, apesar de ter efetuado investimento para a contratação do R.C. manteve os pés no chão no que tange ao número de contratações, possuindo um elenco reduzido, talvez isso reflita o valor apenas mediano do elenco. Contudo, levando-se em conta que o clube está retornando só agora à série B e que ainda não possuí o tão esperado patrocínio da Caixa, o valor do elenco está bem plausível e não trará desconforto econômico no primeiro semestre, em que o Leão só disputará o campeonato estadual. Já no segundo semestre, levando-se em conta a maior arrecadação oriunda do patrocinador master e da dificuldade da série B, esse valor tende a ser aumentado. O importante é fortalecer cada vez mais a marca, fixando o Fortaleza como um clube referência na região. Potencial o clube tem, tendo em vista centralizar parcela considerável da torcida da quinta maior cidade do país e oitavo maior PIB entre as capitais do Brasil.

    É isso, Felipe.
    Excelente.
    FG

  5. Graziani, fui verificar os números e encontrei algumas excrescências em relação aos valores de alguns elencos. É natural que os clubes recém rebaixados e o Goiás (que recebe valor de cota bem superior aos demais da série B) sejam mais caros que o Fortaleza, mas o que não entra na minha cabeça é como Londrina, Criciúma e principalmente o CRB possuam maior potencial de investimento que o FEC. Sei que é apenas um elemento que talvez não seja tão importante, tendo em vista que o mais importante é saber gastar do que simplesmente gastar, mas é um dado que merece análise mais aprofundada pelos nossos dirigentes. Em relação ao Ceará, os prognósticos são desastrosos. Pela história recente, quem costuma não investir tão pesado e pensa que a base da série B bastará para se segurar na elite tem quebrado a cara com frequência.

  6. Vixe….essa vai deixar os TERCEIRÕES fora de controle….vão dizer que as avaliações do site Transfermarkt não servem para nada….. disseram a mesma coisa com relação ao ranking da cbf… agora eles já sabem para que serve….

  7. COSTUMO dizer que: dinheiro, tradição, torcida não entram em campo.

    Única coisa que INSISTEM em ficarem “babozando”, e que literalmente entra em campo é CAMISA, porque é um componente do uniforme obrigatório por regulamento(além de calções, meiões…). Problema é que quando falam, falam como se as camisas fossem fazer a diferença, e não quem está por dentro delas, naquela velha tentativa te ficarem enganando o torcedor. Aquilo que sempre chamo MÉDIA com o torcedor.

    Essa “babozeira” soa igual aquela outra, quando definem(taxam) Clubes GRANDE, pequeno, e que no fringir dos ovos:
    a) GRANDES são os Clubes mais abastardos tipo o exemplo dado na matéria: Flamengo(R$ 349 milhões) e mais outros protegidos com cotas, patrocínios, que acabam capazes de estrondosos INVESTIMENTOS;
    b) Pequenos são os Clubes restantes, que ficam, todo ano, passeando em DIVISÕES do nosso futebol, e que não passam de meros COADJUVANTES.

    DOEU ?
    A VERDADE dói mesmo e não posso fazer nada meu camarada.

    Voltando pra MINHA realidade que é a Bzona{…} pois, Coritiba – com seus R$ 57 milhões – mais Avaí, Ponte Preta, e mais as outras 17 equipes que se virem pra bater os R$ 25,9 milhões do LEÃO DE AÇO.

    LEÃO DE AÇO, depois de penar anos numa maldita Czona(#xôcarniça), CHEGA a Bzona e tem pretensões gananciosas, e não somente de fincar o pé por anos a finco de novo na mesma divisão.
    LEÃO DE AÇO vai entrar no jogo pra valer e quem quiser que venha preparado.
    LEÃO DE AÇO vem demonstrando o QUER QUER pra 2018 com os “altos” INVESTIMENTOS que vem realizando, desde a contratação do CENI do Brasil.
    LEÃO DE AÇO dinamitou do Pici um grupo de “jogadores” que, até hoje me pergunto: COMO CONSEGUIRAM ?, e trouxe jogadores APOSTA e EXPERIENTES na esperança de encontrar o EQUILÍBRIO necessário e exigido pela competição(Bzona).

    SE VAI DAR CERTO OU NÃO, SOMENTE OS JOGOS DIRÃO. Não tem SEU NINGUÉM pra chegar aqui ou seja onde for, pra CRAVAR algo: “VAI E VOLTA” / “VAI SÓ PASSEAR”.
    Existem Clubes por aí que demonstram essas condições bem mais explicitamente.
    MAS, isso é problema de cada um.

    Cabe aos JOGADORES que custam a bagatela de R$ 25,9 milhões, entrarem em campo e provarem pro TORCEDOR TRICOLOR que TRABALHARAM CERTO quando os CONTRATARAM.

    Cabe ao LEÃO DE AÇO fazer a sua parte dentro dos jogos da Bzona, esquecendo de quem tá em outra divisão, seja Flamengo, Barcelona ou até mesmo Eles LÁ(os daqui), e correr atrás do seu espaço também.

    R$ 25,9 milhões ou os… SEI LÁ quanto custa o maior Clube do mundo.

    Quero é que comece logo o 2018 e LEÃO DE AÇO mostre a sua cara.
    Se vamos “butar” 5, 10, 30 mil torcedores por jogo no Castelão ou PV nessa Bzona, não importa.
    IMPORTA é que já somos 15.000 certos.
    Né nada não mais já é quase a lotação total do “PVzin”, no que só demonstra que o Castelão vai ter de se preparar pra receber os TRICOLORES que tão secos por esta Bzona.

    Que comece 2018 e “VAMO” PRO PAU !!!!!

  8. Boa tarde, Fernando. Isso, obviamente, não quer dizer que América(MG), Paraná, Ceará e o outro que vem em seguida vão cair prá B. Vejamos o exemplo da Chape, no ano passado, que fez uma excelente campanha apesar de investimentos modestos em relação a muitos dos “grandes” da série A.
    Parabéns pelo seu apanhado jornalístico.

    1. A Chape, não pode levar muito como parâmetro, pois alguns times grandes brasileiros emprestaram bons jogadores para o time catarinense, com salários divididos, devido a tragedia que abalou a Chape em 2016; então que o Ceará abra o olho e invista em um elenco bom, pois caso contrario pode ser igual a muitos times de bate e volta

  9. Fortalezinha, inferior em tudo!! Quando sera que estes iludidos vai acordar pra realidade!! Funciona assim: um jogo pela copa brasil o Ceara vai ganhar cota mais que 3 meses de campeonato cearense da stela. Chegando a 4a fase a cota Ceara será maior que 39 jogos da stela na serie B. Dá pra perceber o abismo entre os dois?? Acorda bando de iludido!

    1. Vê se depois de três longos anos, vcs alvisujos conseguem uma mísera vitória do time inferior……a arrogância kanalense se evidencia novamente….triste…..

  10. NÃO FAZ SENTIDO UM TIME GRANDE COMO O FORTALEZA, COM UMA TORCIDA ESTIMADA EM MAIS DE CINCO MILHÕES DE TORCEDORES ESPELHADOS POR AÍ, NUMA DAS MAIORES CIDADES DO MUNDO, GANHAR MENOS QUE BOCADO DE TIMES PEQUENOS OU DE POUCA TORCIDA.
    A EXPLICAÇÃO TALVEZ SEJA A DEMORA DO CLUBE NA MALDITA SÉRIE C. MAS MESMO NA SÉRIE C O LEÃO DE AÇO BATEU RECORDES E MAIS RECORDES DE PÚBLICOS E RENDAS.
    A MALBARATADA FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL CHEGA A SER RIDÍCULA, IGUAL OU PIOR QUE A FEDERAÇÃO CEARENSE.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  11. Se esse ranking valesse, na prática, a seleção brasileira nunca perderia uma copa, nem levaria de 7 x 1 da Alemanha. A prova disso está aqui, em nosso estado: o time alvinegro, há tempos figura em divisões superiores à do Leão, mas, quando encontra o patrão, a peia come, de esmola. Já vamos para três anos (em fevereiro) que o Ceará não consegue dobrar o Leão, em jogos do campeonato cearense. Ainda bem que não enfrentou em outras competições, senão, o vexame seria maior.

    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk No nordestão voces levaram peia e faz mais de 10 anos que vocês não sabem o que é ganhar do Ceará em competiões Nacionais e Regionais kkkkkkkk

      1. Qual foi a última vez que Fortaleza é Ceará jogaram por uma competição nacional ou regional? 2009, a última série b do Fortaleza? Ridículo seu comentário. Pode não ser nada, mas o Ceará, time que hoje esta na série A, não do Fortaleza há quase três anos, salvo engano, 6 jogos. Antigamente, a mídia cearense, provinciana é tendencialmente alvinegra, chamava dois anos sem vencer de “tábu”. 3 anos sem Vitória em 6 jogos é tabu, pura e simples. Não adianta distorcer estatísticas que não valem nada, pois referentes há 10 ou 15 anos atrás.

  12. Ximenes tá enganado. Não 15 mil, pois segundo a pessoa que administra a parte dos sócios disse que são somente 11.500 adimplentes, mas já é alguma coisa pra quem dormiu 8 anos na C Zona

    1. E né não MAGAL ?

      Depois de anos de Czona(#xôcarniça) e antes de começarem as competições estamos beirando o número dito… TÁ BOM DEMAIS.

      Um abraço.

    2. Inadimplência é comum. Teu time divulga por acaso a inadimplência do sócio torcedor do time de série a? Deve estar também entre 20 e 30 por cento. O importante é a base maior do sócio torcedor, quanto mais, melhor, é nesse quesito, o Fortaleza melhorou substancialmente, quase igualando um certo time que está na série a.

  13. Ué, pensei que o F3C fosse o mais valorizado! Pelo que leio e ouço, desses ” cuspidores de microfones “, todo jogador iria querer jogar F3C devido ao Rogério Ceni, ao Mito, fabricado no São Paulo, pelos Paulistas. Começaram a cair na real, as coisas não funcionam assim no futebol. Se bem que enganar os tricolores, pela carência deles, devido à 8 anos de terceira, é muito fácil.

    1. LUIS ROBERTO,

      Aproveitando a minha passagem por aqui pra falar com o MAGAL logo ai acima, me obriguei a lhe perguntar uma coisa:

      EM QUE MUNDO TU VIVE, ONDE UMA EQUIPE QUE VAI DISPUTAR UMA Azona DA VIDA, DEVE SER MENOS VALORIZADA QUE UMA OUTRA QUE VEM DE 8 ANOS EM UMA MALDITA Czona(xôcarniça) – como você faz questão de lembrar ?

      Deverias fazer diferente:

      COMPARAR O CU$TO DA TUA EQUIPE COM AS EQUIPES QUE ESTÃO CONTIGO(Azona), QUE É PRA VER SE VOCÊ ENXERGA O QUE TE ESPERA.

      Valeu !!!!!

    2. Esse comentário revela freudianamente profunda inveja do espaço que a mídia nacional, não a mídia local, tendencialmente alvinegra, dá ao Fortaleza pela aposta em um técnico com as credenciais do Rogério Ceni. Não se preocupe. Vocês costumam pegar é x técnico do Fortaleza, inclusive, o que os levou de volta à série A, logo, o Ceará como instituição confia nas escolhas do fec para o cargo de tecnico

  14. Em tempo: O Flamengo com essa valorização…!?Kkkkkkkkkkkk. Ô time ruim da gota serena! Não ganhou nadica de nada. Muralha, Pará, Vaz,.Rever, o lateral esquerdo (sei nem o nome) Marcio Araújo e o doidim V. Júnior são mais fracos do que caldo de bila!

  15. Na verdade, apesar do Ceará e Fortaleza possuírem duas torcidas apaixonadas, este número de torcedores não reflete o poder de compra e ajuda aos clubes, pois infelizmente o PIB per capita de Fortaleza é o 22° entre as 27 capitais brasileiras, o que reflete diretamente no montante financeiro que um torcedor comum pode realmente ajudar, apesar do PIB nominal ser 8°, mas aí entra a distribuição de renda, que já e outro assunto. Regiões mais ricas, onde existem times de futebol com torcida, geralmente conseguem mais investimentos. Exemplo, Goiânia tem o 11° pib per capita do país (32 mil ano), já Fortaleza (22 mil ano), no final, um Goiano recebe mais 10 mil ao ano do que Fortalezense, e olhe que existem cidades pequenas do Sul, Sudeste, Centro Oeste que o pib per capita é bem maior que isso. Claro, isso não pode ser uma máxima absoluta, pois existem inúmeros caso no futebol onde essa relação não se consolida, mas reflete bem o poder de compra de um torcedor, implicando na receita de um clube, bem como, na manutenção de projetos.

    1. É verdade, o fato de Fortaleza ser a 5ª maior população do país não quer dizer nada devido a pobreza da maioria da população; obviamente isso se reflete em todos os setores e o esporte não fica atrás.

  16. No transfermakt tem uma uma opção pra ver o valor medio por jogador. Nessa avaliação, o Fortaleza está com o quinto elenco mais valioso. Por ter um elenco reduzido, o valor total não é tão chamativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *