Ceará supera 290 mil pagantes na Série B e segue com média maior do que 15 times da Série A

A campanha do Ceará na Série B 2018 registra até agora 17 jogos como mandante. O 18º encontro será nesta terça-feira, contra o Paysandu, jogo que pode ser o do acesso caso o Alvinegro vença, o Oeste perca do Inter e o Londrina não ganhe do Guarani.

Até agora 290.374 torcedores pagaram ingresso para os jogos do Ceará em casa nesta Série B. A média é de 17.081 pagantes por partida, o que dá ao clube o segundo lugar no ranking da competição – fica atrás apenas do Inter, com mais de 23 mil torcedores por partida – e ainda o faz superar a média de 15 times que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro. O Ceará perde apenas para Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Grêmio e Bahia.

Apesar da ótima presença de público neste ano, o Ceará ainda não superou a própria campanha do acesso de 2009, quando mais de 22 mil pagantes por partida assistiam ao sucesso de Lopes, Mota, Fabrício, Erivélton, Boiadeiro, Michel, João Marcos, Heleno, Geraldo e companhia.

Público Pagante – Adversário

5.272 Boa Esporte
40.280 Londrina
8.839 Santa Cruz
3.457 Luverdense
5.089 Oeste
21.522 Internacional
5.140 Juventude
9.131 Goiás
7.261 Criciúma
27.099 CRB
7.979 Náutico
20.062 América Mineiro
6.292 Brasil
18.380 Vila Nova
35.992 Paraná
37.347 Figueirense
31.232 Guarani

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

27 thoughts on “Ceará supera 290 mil pagantes na Série B e segue com média maior do que 15 times da Série A

  1. Em 2009 o ingresso era mais barato(Era 20 reais antes da reforma da arena) e em 2017 teve muitos jogos 19:30hs(horário quase de trabalho). Hoje com o ingresso a 30 reais ou 40 reais, fazendo uma comparação 2009/2017 em receita bruta, 2017 a receita é maior do que em 2009, mas concordo, a torcida está indo menos.

    1. Verdade, uma série de fatores influenciam na menor presença da torcida do CSC na Arena Castelão, crise financeira, transporte público ou privado, administração do castelão, televisão, horário dos jogos etc …

  2. Subindo o Vozão tem que principalmente saber contratar: esquecer figurões velhos que vem pra cá só ganhar e tentar jogar com o nome e lembrar de jogadores com perfis de raça mas com alguma qualidade técnica.

    1. Verdade, provavelmente com o acesso a Série A 2018, brigaremos pela permanência na 01° divisão, a diretoria do Ceará terá que abrir o olho e ficar mais atenta as contratações, empresários abutres, jogadores medalhões e outros oportunistas. Série A é uma competição totalmente desigual e segregadora é voltada para 12 clubes brasileiros o resto que procure se manter. Rezemos !

  3. É a parte do mérito ao acesso que cabe á torcida.Esse apoio da torcida que não faz gols,nem escolhe esquema táticos que algumas vezes é imcompreensível e náo escala jogador , é fundamental para a confiança do grupo alcançar seu objetivo maior que é recolocar o Ceará na série A.

  4. Eu só queria que algum torcedor tricolor conseguisse explicar por que o Fortaleza é o maior clube do Estado. Qual o critério?? O Fortaleza tem apenas 15 participações na série C; o Ceará, nenhuma. Há muito tempo que o Ceará é bem mais colocado no ranking da CBF, aqui sim um critério objetivo. O retrospecto de confrontos diretos entre os dois clubes favorece ao Ceará, com um maior número de vitórias. O Fortaleza já teve bem mais títulos estaduais; hoje foi ultrapassado pelo Ceará. Nesses 8 anos seguidos de série C do Fortaleza, o Ceará disputou duas séries A, 6 séries B, está quase conseguindo o acesso de novo e ganhou uma Copa do Nordeste. Ganhou 5 campeonatos regionais. Hoje, notoriamente, o Ceará é reconhecido pelo seu trabalho de gestão extracampo, com serenidade fiscal e trabalhista.

    Entendam…eu não estou dizendo que o Fortaleza é um time pequeno. A história de nosso futebol tem na rivalidade Ceará – Fortaleza o seu grande trunfo. São muitos anos de jogos memoráveis, por ambas as equipes. E já houve tempo que o Fortaleza esteve em situação melhor que o Ceará.

    Mas, de coração, qual o critério que vcs usam para afirmar que, hoje, o Fortaleza é o maior clube do Estado?? (tirando a paixão, claro, que pode cegar…).

    1. Além de ter disputado quatro finais de campeonatos brasileiros, tem os maiores publicos no estádio principalmente nesse ano, é porque estava disputando a série C.

      20:34 · 14.10.2017 / atualizado às 23:04
      A torcida tricolor deu mais um espetáculo no Brasileirão da Série C ao levar 44.778 pessoas à Arena Castelão na grande final do campeonato, contra o CSA, de Alagoas.

      No total, foram 43.778 pagantes, 1 mil não pagantes, que totalizaram renda de R$ 1.287.583,00. Antes, o maior público registrado em 2017 era da partida Ceará X Londrina, válida pela Série B. Naquela partida, 41 mil torcedores foram ao estádio.

      1. Não conseguiu encher o estádio na “grande final” da Série C, e quer falar de grande público? Não deveria ter sido 57 mil torcedores não? Pela “grandeza” do jogo?

        1. O sofrimento de sua torcida por muitos anos no andar de baixo do futebol brasileiro; poucos jogos na sua série; mata-mata. Algumas das razões para a sofrida correr pro estádio pra incentivar seu time. Agora, ninguém pode negar que o liaum tem uma grande torcida, não.

    2. Temos melhores campanhas na série A. Melhores campanhas na série B. Temos mais títulos regionais, mais títulos estaduais DENTRO DE CAMPO, mais vitórias no confronto direto em decisões, um estádio maior, melhor e apto a receber jogos, e temos o dobro de sócios torcedores! Obs: nem na série A o time da João Pessoa teve o número de sócios que temos hoje!

      1. Legal.

        1) Onde estão essas melhores campanhas da A?

        2) Quais os títulos regionais a mais? O FEC ganhou dois Norte-Nordeste. O Ceará também ganhou dois e, recentemente a Copa do Nordeste em 2015.

        3) E mais tírulos estaduais dentro de campo? E futebol joga onde? O maior campeão do Estado, de fato e de direito, é o Ceará, pois é isso que está registrado nos órgãos de cúpula do nosso futebol (FCF e CBF). Como diz o princípio popular, “aceita que dói menos”.

        4) Vc esqueceu de mencionar que o FEC (Liaum terceirinus sofrensis) possui quinze participações na série C, sendo 8 seguidas (com mais de 100 jogos pela terceira divisão, sendo o clube nacional que mais disputou essa série, outro “recorde” que vc não mencionou; parabéns!). Vão ter que passar pelo menos oitos anos na B ou na A para apagar isso aí…até hoje nem o Fluminense se livrou da marca da Terceira Divisão.

        5) E quem hoje tem a melhor gestão administrativa, fiscal e trabalhista? Ou o FEC está nadando em dinheiro?

        Um abraço.

  5. Segue abaixo rápido histórico que fiz das médias de público do vozão desde 2009!

    Ceará – Públicos

    2006
    Média: 14.896 (3ª Maior – Atl-MG 1º; Sport2º)
    Maior publico: 36518 (São Raimundo)
    Maiores Públicos: 28517 (Atl-MG); 28466 (América-RN); 22171 (Remo); 17917 (Santo André); 17766 (Paysandu)

    2007
    Média: 13.588 (4ª maior; Santa Cruz; Coritiba e Vitoria)
    Maior Público: 37.893 (Fortaleza)

    2008
    Média: 12.271 (2ª maior; Corinthians e Vila Nova)
    Maior Público: 47.308 (Corinthians)
    Maiores Públicos: 31.225 ( Fortaleza)

    2009
    Média: 22.643 (2ª maior; Vasco)
    Maior Público: 51.399 (Guarani)
    Maiores Públicos: America Rn (48.116); Bragantino (36.829); Fortaleza (33.869); Bahia (31.479) Vasco (27.629); Atletico-go (27.543); Brasiliense (23.924); Paraná (22.859); Ipatinga (18.875); Ponte Preta (17.248)

    2012
    Média: 8.853 (5ª maior; Vitória; Goiás, Criciúma, Joinvile)
    Maior Público: 16.147 (América MG – 1ª rodada)
    Maiores Públicos: Nenhum público acima de 17 mil; 15.011 (Vitória);

    2013
    Média: 13.847 (3ª maior; Sport; Palmeiras)
    Maior Público: 48.960 (Palmeiras)
    Maiores Públicos:Paraná (31.792); Avaí (26.327); Joinvile (21.992); Sport (21.077)

    2014
    Média: 11.257 (4ª maior; Vasco; Sampaio; Santa Cruz)
    Maior Público: 30 256 (Vasco)
    Maiores Públicos: 21 062 (Sampaio Corrêa); 17.834 (Joinvile)

    2015
    Média: 16.221 (2ª maior; Bahia)
    Maior Público: 45.539 (Macaé)
    Maiores Públicos: 37.692 (Botafogo); 28.601 (Criciúma); 23.261 (Vitória); 22.333 (Oeste) ; 19.076 (ABC); 18.914 (Mogi Mirim);

    2016
    Média: 11.079 (2ª maior; Bahia)
    Maior Público: 55.445 (Vasco) – MAIOR PÚBLICO PAGANTE DO CEARÁ NA HISTÓRIA DA SÉRIE B
    Maiores Públicos: 17.428 (Bahia)

  6. Abílio, como eu já postei antes, acho que a melhor contratação pro time é manter grande parte desse time. A base já está aí, entrosada e formada por bons jogadores como Richardson, Pedro Ken, Raul, Everson, Luíz Otávio, Rafael Pereira, Roberto, Leandro Carvalho, Lima…
    O Ceará deveria primeiro tentar renovar com o máximo possível desses jogadores, e só então ir às compras, contratando poucas peças de muita qualidade em setores específicos.
    O time do próximo ano (independe da série) deveria ter por base esse times, com algumas peças extras para aumentar a qualidade, mas sem perder a base e o entrosamento que já estão aí.
    Espero que o presidente tenha sobriedade e pé no chão para manter o time atual e melhorá-lo pontualmente.

  7. Em relação à campanha de 2009, duas observações:

    1º) Naquela campanha tivemos 8 jogos Sábado a tarde (horário que historicamente alcança públicos maiores). Esse ano tivemos 2 jogos sábado a tarde (Crb e Oeste). Náutico estava previsto para sábado a tarde, mas houve alteração por pedido do próprio Ceará!

    2º) Em 2009, tivemos 11 jogos com público pagante acima de 17 mil! Em 2017, por enquanto colocamos público pagante acima de 17 mil em 7 jogos ..tudo indica que serão 9 jogos no fim do campeonato! 11 x 9! A maior diferença está no menores públicos: em 2017 colocamos 3.457 contra o Luverdense, 5.089 contra o Oeste, por exemplo! Em 2009, tivemos somente 4 jogos com público pagante abaixo de 10 mil, nenhum deles abaixo de 6 mil! Esse ano tivemos 9 jogos com público abaixo de 10 mil!

    1. O problema, Samuel, fica por cinta de certas “assombrações” do passado.
      Quantas e quantas vezes, mesmo ante desta década, que o Ceará colocava público de “entupir” o velho estádio e no final… nem preciso dizer…
      Mas neste ano, observei que o torcedor ficou até o último momento/instante na indecisão de ir ou não.
      Mas com certeza, chegaremos a casa dos 390 mil pagantes, o que dará ao Ceará, uma média boa de mais de 20.000 pagantes por jogo.
      Que venha o acesso !!!!

  8. São ótimos números,sem dúvidas.

    Mas poderiam ter sido melhores não fosse uma série de fatores : horários ruins e jogos próximos uns dos outros,o fraquíssimo marketing do clube ( isso tem que ser revisto) ,começo ruim de campeonato e o mais salutar: a falta de identificação com a diretoria devido aos insucessos marcantes de 2015 (serie B) e 2016 (toda temporada). Isso minou a confiança do torcedor alvinegro e consequentemente o interesse em acompanhar o clube…

    Ao confirmar o acesso,é hora da diretoria trabalhar não apenas na montagem de um grupo forte. Mas é preciso ter um marketing mais atuante,dar uma atualizada nesse programa socio torcedor que é a mesma coisa ha uma decada.

    Resultados em campo trazem o torcedor pra junto do clube ,mas sabemos da força de um marketing bem planejado. E no caso alvinegro,sabemos que isso tem que partir dele,pois se formos depender de uma certa emissora da praça da imprensa para nos promovermos,o negocio seria desencorajador…

  9. a crise atrapalha muito pois desemprego alto e pouco dinheiro não permitem o lazer pessoas tem que se segurar para não se verem em muitas dificuldades.mas vejo próximo ano muito melhor para o vozão e brasil.vozao série A.

  10. Sei que não devo me rebaixar e entrar na conversa descolorida e triste do imundo canal, mas a verdade é que em 2005 o Fortaleza foi campeão brasileiro de público no estádio.
    E não podemos omitir que os maiores públicos e rendas do Castelão são do Leão. Revejam a tabela postada pelo Fernando Graziani na semana trasada.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  11. Mais um titulo para o time do Kurral: vice campiaum da Série C, Vice campiaum da Flarez & Lopez e Vice Campiaum de rebaixamentos…..kkkkkkkkk….essa matéria esta disponível na net….

  12. creio que não sairemos tão fácil dessa crise, mas 1ª divisão tem um apelo maior para o torcedor, visto que; os grandes do Brasil virão ao castelão, mas a diretoria tem que melhorar o marketing do vozão, por ex: grandes clubes do Brasil vendem o ingresso online, por que a diretoria do vozão não faz o mesmo. Numa carga grande de ingressos se vender 5.000 através do ingresso online, é um número expressivo, ou seja, uma forma de driblar a crise e privilegiar os torcedores que querem ir ao estádio mas não tem o dinheiro, então o cartão seria uma saída.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *