Criando bastante e mais vulnerável na defesa, Ceará ficou muito perto da final do estadual

Tão relevante quanto os dois gols que marcou na vitória sobre o Guarani por 2 a 0 (Lele e Magno Alves), foram as chances efetivas que o Ceará criou no segundo jogo da semifinal, neste domingo, no Castelão, para um modesto público de 6777 pagantes (renda pouco maior do que 63 mil reais).

Levando em consideração os dois tempos, o Alvinegro, contando com os tentos, criou nove oportunidades reais, escancaradas, para marcar. Foi uma boa produção. No sistema defensivo, entretanto, fugindo do que vem ocorrendo, a equipe de Givanildo também sofreu. No total, correu risco iminente seis vezes.

Foi uma partida muito melhor do que o primeira, o 0 a 0 em Juazeiro, o que não obrigatoriamente quer dizer que foi uma grande apresentação das equipes. O Ceará, com a bola, fez um primeiro tempo lento, seguro na defesa, mas com pouca mobilidade e criatividade e só foi levar perigo aos 34 minutos. O Guarani, recuado demais, apostava em um sistema defensivo forte, mas suas saídas em velocidade foram atrapalhadas pelos muitos passes errados.

Na segunda etapa, o cenário melhorou bastante. Mais ágil com Lele em campo e com Magno Alves presente na área, o Ceará foi atrás da vitória. Apareceram as tabelas, aproximações, jogadas pelo lado, pelo meio, diversas chances e os gols. A consequência foi um sistema defensivo mais vulnerável, inclusive porque o Guarani, com Adenilson atuando bem, também deixou de errar muitos passes e teve mais calma pra buscar o campo ofensivo. Pecou, entretanto, nas finalizações, como no inacreditável gol feito perdido – quando o jogo estava 0x0 – por Emerson Catarina.

É complicadíssima a missão do Guarani. Precisa vencer o terceiro jogo no tempo normal, sábado que vem, e depois nos pênaltis. Só uma hecatombe tira o Ceará da final do estadual. O time ainda está longe de encantar, mas tem feito o necessário para disputar o título em um estadual que não exige muito.

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

29 thoughts on “Criando bastante e mais vulnerável na defesa, Ceará ficou muito perto da final do estadual

  1. Segundo o Aurélio:
    Hecatombe, substantivo feminino,
    1.Outrora, sacrifício de cem bois.
    2.P. ext. Mortandade, carnificina.

    Mais uma vez, Fernando, parabéns pelo seu comentário imparcial.

    Rai, uma palavra tem também, ainda bem, significado informal, que é como a aplico neste texto. Parece evidente, inclusive. E caso você não saiba, neste caso futebolístico, a aplicação é de uma grande catástrofe futebolística, uma surpresa. É bem simples entender. Bem simples.
    FG

  2. Quem não assistiu ao jogo,pode ter a noção real do que se passou hoje lendo o seu texto,Graziani. Foi isso mesmo…

    Um jogo tenso.Na minha concepção ,de tempos distintos.Embora sofrendo muito na defesa ( e isso sempre preocupa) eu prefiro o ceará do segundo tempo,um time mais agudo,procurando sempre o ataque…

    .Givanildo,por força das circunstâncias e não por convicção,pelo menos eu acho ( e isso é estranho) mexeu bem.Mas porque não entrar de inicio com a formação do segundo tempo? Lele,Magnata e Walace deram outra cara no jogo…

    Olhando as camisas,a vitória hoje não foi mais do que obrigação. Eu espero que o time entre de forma intensa no último duelo…Tem que ter os pés no chão.

    E de novo,nunca é demais lembrar : é urgente a necessidade de reforços para a série B. Eu falo de reforços.Estamos órfão de laterais.Esse Rafael Carioca quebrou a bola.Não acertou um cruzamento,deixou muitos espaços,sofrível….Cametá foi o de sempre,previsível…Quanto ao Victor Rangel,ou muda-se de vez a sua posição em campo ou definitivamente não vai render…. Na volância,como Richardson fez falta. Raul não comprometeu,mas a saída de bola carecia de velocidade…Jackson Caucaia e Pedro Ken com nitidos problemas fisicos,ok. Mas não nutro muita esperança em uma crescência,pois no time do Giva,eles serão mesmo sempre reserva,como vem acontecendo…
    Por fim a zaga.Quem vai substituir o Rafael Pereira? Sandro?!!! Valdson?!! Vai ser teste pra cardiaco…

    Como já tinha dito anteriormente.Vamos à final.De forma sofrida mas vamos…Mas precisava ser assim? hahahaaah

    Saudações alvinegras…

    Obrigado, Leandro.
    FG

  3. O time precisa mudar o esquema.

    Não sei exatamente precisar em números (4-1-4-1, 4-3-3, etc) o que seria, mas o time ideal do Ceará (com todos à disposição) hoje é assim (eu vou deixar em um 4-3-1-2, mas vou explicar melhor como funciona logo em seguida): Éverson; Cametá, Rafael Pereira, Luis Otavio e Romário; Raul, Ricardinho e Richardson; Magno Alves; Lele e Wallace P. ou Rangel.

    Bom, a linha defesiva funciona normalmente, é a parte mais acertada do time, apesar de que eu ainda gostaria muito de ver o Cametá jogando como volante de saída de jogo, ele é bom com a bola no pé, mas não é um LATERAL correto, pois afunila muito o jogo e na série B o time vai precisar MUITO de um lateral correto, que faça o feijão com arroz. O que é o Romário na esquerda, diga-se de passagem.

    O Raul também joga na dele, como primeiro volante, se não é um primor nos passes, sabe cumprir bem a função tática.

    Ricardinho e Richardson creio que irão se complementar bem. E eu ainda arriscaria em algum momento colocar o Cametá junto dos dois (sacando o Raul – isso não para iniciar um jogo, mas durante o transcorrer de uma partida, como, por exemplo, se tivesse ganhando o próximo jogo por 2a0 e faltasse aí meia hora de partida). O Richardson nessa formação teria mais liberdade para encostar na frente (aparecendo mais pelo lado direito) que o próprio Ricardinho (por isso mesmo eu iria testar o Cametá ali, pois ele iria fazer esta funçao e o Richardson passaria a ser o “trinco”, o “para brisa” na frente da área). Este último (Ricardinho) iria organizar o time, seria o “centro de gravidade”, sairia pouco do círculo central, mas o jogo todo ia passar pelos pés dele. Guardadas as abissais proporções, friso de novo e com maiúsculas (não é para “gritar” e sim para frisar) ABISSAIS PROPORÇÕES, seria o “Gerson” (da seleção) de 70 do Ceará de 2017, jogando cômodo e protegido por outros 3 companheiros que deixariam para ele a tarefa de fazer o time jogar (se o Ricardinho não chega nem a 1/10 do talento bruto do Gerson, ele tem uma capacidade sem a bola infinitamente maior que a do “canhota”, nem precisa ser tãããããõoo protegido assim).

    Na frente, o Magno não seria um “meia” de criação… ele seria um jogador livre, para se movimentar para onde quisesse e como quisesse, mas, como viria de trás dos dois homens de frente, apenas por uma questão de organização, eu coloquei o mesmo antes de Lelê e o “9” ali na escalação.

    O Lelê iria abrir mais para a esquerda, auxiliando as passagens do lateral, mas com muita liberdade para “pisar” na área.

    E o 9 (Wallace ou mesmo o Rangel) simplesmente iria ser aquele que o Dimas, como seu linguajar bem direto, chamava de “boi de piranha”, o cara que prende o zagueiro… aquilo que o Bill fazia para o Magno em 2014, por exemplo.

    Na recomposição, o Richardson ajuda o lateral direito a “dobrar” a marcação por aquele lado e o Lelê volta para ajudar o Romário, ainda restam 2 homens pelo centro (Ricardinho e Raul).

  4. Sinceramente… O Ceará do Givanildo cada vez mais se parece o Ceará do Gilmar Dal Pozzo. Um Time de Contra-Ataque.

    O Ceará mudou o Treinador, colocou um muito mais caro e não mudou nada.

    O Setor Criativo funcionou no 2o Tempo quando se expôs ao contra-ataque armando algo no chamado “Contra-ataque do contra-ataque”…

    O Ceará errava… O Guaraju ia pro contra-ataque… O Ceará, mais bem postado defensivamente, roubava e partia pro contra-ataque do contra-atque. Isso quando Everson nã salvava.

    O ataque do Ceará, com Rangel e Bianchucci, segue inofensivo.

    1. Vc lembra como jogava o CSC quando subiu pra série A?

      Quando o CSC resolveu jogar “bonito” e “dano espetáculo” na série b com o famoso SS aconteceu o q?

      Agora eu vou te contar 1 segredo: quem nao tem “bala na agulha” para formar um ELENCO qualificado. Isso custa pelo menos o dobro do que o CSC pode pagar de folha na serie b. Vc sugere q o time faça dívida ou prefere o time jogando de contra golpe mas que suba?

      Time q sobe pra serie a é certinho na defesa. Dificilmente um time q sofre poucos gols ao longo de toda serie b deixa de lutar pra subir.

      Entao, antes de reclamar do contra ataque lembre-se do time do PC Gusmao e dos times do SS… quem subiu?

  5. Uma observaçãozinha extra….Pq o Magno Alves, fica chateado quando nao dão a bola para ele?
    Tipo, coisas do Cristiano Ronaldo. Quem chega próximo a área, tem que tocar a bola pra ele, se nao….
    Só mais uma, quando Ceará faz gol, que nao seja o Magnata, ninguém ver ele comemorando com os colegas.
    É impressão minha?
    Boa semana a todos!!!

  6. Caro Graziani.
    Dois tempos distintos. No primeiro um time lento e previsível. No segundo um time mais solto, agudo porém vulnerável, por pouco não sofreu gols. Está longe de atingir um nível aceitável para disputa da série B. Abraço.

  7. Depois de tantos alertas, resolveram fazer uma arbitragem razoável nesse jogo… mas quarta volta a palhaçada de novo, ate porque é um jogo que vai valer milhões para o liaum no próximo ano…podem anotar…vão atras ate de voltar cobrança de penalty. vai ser coisa de louco.

    1. Caro Claudio, teve dois impedimentos mal marcados no ataque do Guaraju, mas como foi a favor do kanal, foi um lance muito dificil, pelo que estou vendo você ta se borrando de medo de pegar o Fortaleza na final.

      1. ola amigo,
        primeiramente, FORA TEMER.
        Depois, é consenso que a arbitragem do jogo foi boa, ao contrario das arbitragens dos jogos do FECxFER, onde os proprios torcedores admitiram a ajuda no Facebook do clube, inclusive o tricolor BECHARA em transmissão ao vivo.
        Para finalizar, fica aqui os dados ate a rodada passada do ASSALTO ate agora:

        Ceará: 37 cartões amarelos;
        Ferroviário: 35 cartões amarelos;
        Guarani: 31 cartões amarelos;

        Fortaleza: 22 cartões amarelos.

        1. ta com medo sim do Leão ir para final com aquele gol de Cassiano, e outra seu tine é um fenômeno mundial do futebol, nunca teve um erro de arbitragem a favor

  8. A cada Jogo está ficando bastante claro que esse esquema com um meia e o ataque com Max, Victor Rangel e somente o magnata sendo produtivo não tem como o Givanildo continuar insistindo pois esses esquema já foi testado insistentimente e nunca deu positivo se vai continuar na insistência ai já é teimosia para dar e vender, mais treinador adoram uma insistência até que a torcida cansa e pede a sua cabeça, o time deu uma melhorada com saída do Felipe Rangel que não é ponta esquerda e do Maxi que também não vem bem., para a serie B continuamos carente de mais um Meia, e uns três bons atacantes dois de lados e um centroavante que marque gol.

  9. Parabéns ao Ceará. Time joga somente o necessário para vencer. Se precisar um pouco mais usa, se não vence de forma cirúrgica. SEM MAIS PARA O MOMENTO, FICO POR AQUI!!!

  10. Pode-se deduzir de seu comentário, em rusumo, que o Ceará jogou bem, mesmo o Guarani jogando recuado como sói acontecer aos times médios e pequenos, representando evolução técnica em relação aos jogos passados, como também reconhece o LEANDRO GONÇALVES. Alento, pois a série B vem aí. Sendo o parâmetro, os times do Sudeste e Sudoestes – viu presidente – e não o cearense, logicamente que virão reforços, alguns já anunciados extra-oficialmente.

    O Givanildo é isso aí. É técnico de resultados, até porque, sempre vem trabalhando em times que não têm recursos pra formar uma seleção, fazendo, portanto, omelete sem ovos. Cirúrgico, como brada o VOVOZÃO 10. Não escondo que sou fã do Givanildo, pois dificilmente obtem insucesso nas temporadas. Porém, isto não quer dizer que não possa criticá-lo e até pedir sua saída, como torcedor, pois vida de técnico é assim. Acho que o RAFHAEL ESMERALDO NOGUEIRA faz críticas duras, poderia reavaliar.

    O fato de ostentar mais de 60 anos, não pode significar que esteja superado ou que seja avesso à modernidade, como insinuam alguns cronistas, alguns deles, sei bem, o taxa assim como força de expressão, pois no fundo, sabem de seu valor em nível nacional e do aspecto de que contuma mais acertar nos clubes do errar.

    Prenuncia-se mais uma vez Ceará e Fortaleza, numa final monumental com o Castelão lotado. O Ferrim, de todos nós, já fez muito em sua alavancada.

    Graziani, sabe qual é o principal Judas do futebol cearense ? O PV fechado, que se aberto estivesse, a maioria dos jogos, seria assistida por uma platéia bem acima do que vem acontecendo no Castelão, distante, caro e burocrático. Com ele, o secretário de esportes municipal, que deveria ter batido na mesa e resolvido a questão. Para usar uma palavra sua: a ausência do PV no Cearense, foi uma hecatombe financeira aos clubes, melando um melhor êxito do campeonato. Neste caso, a FCF não tem culpa. Para finalizar, que boa arbitragem a de hoje.

  11. Caro Graziani

    Data vênia ao Claudio Cabral para dizer-lhe que o espaço não é próprio para manisfestações políticas, uma vez que iniciou sua escrita bradando FORA TEMER. Mas já que tocou no assunto, peço licença ao âncora Fernando Graziani que teve atitude democrática de publicar seu ponto de vista Claudio Cabral, para debater a política nacional , não deixando de lado o futebol, que vc também comentou.

    Vou logo direto ao assunto. Está perfeitamente entendido na forma como externa sua opinião sobre o futebol que vc CC, é petista de carteirinha ou um desses estudantezinho universitário esquerdopatas que vimos por aí , que acha que fica sendo dono da verdade ao botar um livro de Marx ou Lênini debaixo do braço , sem ler, e sai dizendo que encontrou a solução para os graves problemas sociais brasileiros tentando bancar o ativista heróico salvador dos pobres e oprimidos. Ser petista não é defeito . Defeito é tornar-se petista fanático ao ponto de não admitir as mancadas desse partido e só os pontos positivos, vide primeiro governo do Lula e os dois primeiros anos da Dilma que trouxeram prosperidade e ascenção social. Vc quando fala em assalto da arbitragem no futebol cearense parece que é o seu subconciente, telvez por escutar e ler tanto notícia de assalto petista aos cofres públícos(leia-se Lava Jato e outros escândalos). Uma coisa é o juiz errar na marcação, outra é assaltar escore de uma partida propositadamente. Peço-lhe mais respeito aos juizes do nosso futebol, que são tão honestos e bons quanto os do Sul do País.O Ceará não precisa de torcedor tão fanático como vc não. Precisamos de quem saiba raciocinar com equilíbrio , pois é desse tipo de torcedor que levar o ódio aos estádios e acontece as violências que temos visto.

    Quer discutir comigo sobre política e a respeito das reformas que o Brasil vem passando(previdenciária, terceirização, educação…), vamos marcar um encontro na cidade que vou mostrar por A mais B, que elas, necessitando de ajustes que estão já sendo feitos, são necessárioas para o brasil sair do buraco que foi deixado pelo PT, que governo com pura demagogia ao proletariado, principalmente, enquanto a farra era feita com o dinheiro público e do colúio com as empreiteiras e outras empresas, tão combatidas nos primeiros anos de PT, que nem sequer admitiam empresário no partido, daí o nome PT.

    Aguardo cartas, caso o Graziani resolva publicar esse meu post.

    1. Candido, seu comentário foi show de bola, falando em politica e futebol com muita maestria, em politica sobre esse pessoal que se veste de vermelho e fica defendendo entre aspas o povo brasileiro, mas na verdade não sabem nem porque estão ali, e nem sabem que a bandeira do Brasil é verde, amarela, azul e branco, como disse um certo pensador brasileiro: O PT é o partido dos trabalhadores que não trabalham, dos estudantes que não estudam e dos intelectuais que não pensam;
      E falando em futebol que todo ano quando chega as partidas finais do manjadinho sempre insinuam que as arbitragens são a favor do Leão, duvidando da honestidade dos árbitros locais, eu se fosse algum desses árbitro pegava o IP desse povo que estão chamando eles de ladrão, processaria e exigiria provas do que estão dizendo, eu só digo uma coisa que seja campeão cearense quem realmente jogue para ser campeão e nada mais.

  12. O Ceará está se acertando,só falta contratar um lateral esquerdo e um goleador para ajudar o Magnata.

    Muito porreta o texto do Fernando Graziani. Disse tudo, como sempre.

  13. Ridículos esses comentários puxa-sacos dessa bisonha torcida canalense. Outra coisa, parece que estão falando de um Juventus ou de um Barcelona, ridículos.
    Mesmo o time estando numa série b e numa situação melhor no campeonato estadual, os públicos e rendas do Fortaleza são sempre maiores. Verdade é ao vivo, digital é imaginário, já que uma pessoa apenas pode votar várias vezes até mesmo com outra identificação.
    Francamente…..
    Saudações Tricolores Reais.

    1. Também acho, Túlio Frango. Uma torcida reconhecer que seu time é limitado realmente é muito difícil de se ver. Agora, sempre é uma palavra meio pesado, não acha? Entra no site da FCF e verifica os anos anteriores, para não ficar falando besteira, filho.

  14. Ainda tem gente que acredita que o PT é de esquerda ???

    O que é ser de esquerda hoje em dia ???

    Em um país cujo menos de 1% da população detém mais de 90% da renda e você que defende políticas de distribuição de renda ser taxado de comunista dá dó.

    Jesus Cristo seria o principal dos comunistas hoje em dia.

    Fazer o quê !!!???

    Quanto as reformas, sou totalmente a favor, desde que as mesmas exijam sacrifício dos dois lados do sistema: trabalhadores e empresários.

    No que estão propondo vejo que só quem vai perder são os trabalhadores.

    1. Não adianta Netto, esse pessoal é igual aos militontos daquele ParTido político, a verdade tá ali na frente, mas os caras insistem em propagar a mentira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *