Dois meses depois, Fortaleza descobriu que não deveria ter feito reformulação total no elenco

Já se foram duas eliminações precoces em 2017 – Copa do Brasil e Copa do Nordeste, com consequente perda de dinheiro com cota e renda; protestos e ameaças de torcedores contra jogadores; demissão de Hemerson Maria e César Sampaio; contratação de Marquinhos Santos; saída de diretor de futebol e cargo vago. Com todos os fatores somados, a conclusão parece geral: a reformulação radical foi um erro enorme.

O presidente Jorge Mota disse claramente que seu trabalho no fim do ano passado foi prejudicado. De acordo com o dirigente, a vontade era renovar com alguns jogadores da campanha de 2016, mas muita gente disse que ele não tinha esse direito por causa das eleições de dezembro. “Isso atrapalhou o Fortaleza e quando fui atrás, os jogadores já tinham assinado com outros clubes. Agora quero mudar o estatuto pra que as eleições não sejam mais no fim da temporada”, avaliou.

Também Marquinhos Santos se manifestou. E abro aspas para o treinador: “Eu não entendo qual foi o procedimento da reformulação que foi feito. Porque um time que elimina o Flamengo com duas vitórias, um América-MG na Copa do Brasil, quase conseguiu uma classificação frente ao Inter – todas equipes de Série A do ano passado – conquista um Estadual, não passou pelo Bahia na Copa do Nordeste por um detalhe e não subiu de série por uma ocasião, não quer dizer que tava tudo errado”. Há coerência na avaliação.

Para além disso, torcedores que também defendiam a limpeza total do elenco após a partida contra o Juventude que determinou a permanência do clube na Série C, hoje sentem saudades de Lima, Edimar, Juliano, Pio, Sobralense, Corrêa e companhia. De Éverton não mais, até porque o meio-campista se apresenta nesta quinta-feira. Os demais já são alvos de especulação e não será surpresa se mais de um retornar. E para o cargo de diretor de futebol, Marcelo Paz negocia o retorno. Ele, que ficou no cargo por dois anos seguidos, em 2015 e 2016.

479
Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

36 thoughts on “Dois meses depois, Fortaleza descobriu que não deveria ter feito reformulação total no elenco

  1. Por essas e outras que não sou mais sócio, não frequento mais estádio, etc…sou muito jovem, 30 anos, entretanto, já deixei de ser burro faz tempo…doi ver tanta mediocridade no comando do futebol brasileiro…no FEC isso estava escancarado nas pessoas do Sampaio e do Ênio Mourão…podem pôr essa na conta deles…time e treinador horroroso que arranjaram…resultado??? primeiro semestre completamente perdido…agora é rezar pra chegar na final, garantir CNE em 2018 e quem sabe duas boas rendas contra o Ceará…o tricolor vai ter que fazer pré-temporada antes da série C, caso contrário não terá a mínima chance

  2. Eu já tinha falado isso, desde o começo do ano, nenhuma novidade. Burrice das grandes da diretoria, deveriam ter me consultado.

    Eu teria mantido: Berna (apesar do Boeck ter sido uma das poucas contratações acertadas, mas a gente não sabia que iria dar certo), Pio, Everton, Lima, Sobralense, Juliano, Correa e Anselmo.

  3. se eu fosse deixar de andar em estádio por erros de diretoria nem teria ido, sempre começamos bem quem sabe terminamos esse ano com a subida para série B? errou tenta consertar, não pode persistir no erro, que esse time é fraco é verdade,acho que essas 04 contratações foram melhores que todas as outras, pode ser que com qualidade no meio o ataque funcione e os volantes voltem a fazer sua função, fomos bi-campeões com elencos considerados inferiores ao rival, fomos tertra com um time também inferior, perdemos o titulo de 2005 com um grande elenco, Fortaleza e nosso adversário maior quando jogam não existe favorito, acredito sim nom título e acredito que muitos desses jogadores vão sair ao final do campeonato e melhorando o elenco podemos sim subir.

  4. Eu só teria mantido mesmo o Éverton e o Juliano. Daniel Sobralense é ex jogador em atividade: gordo e vive no Departamento Médico. Correia já deu o que tinha que dar e Ricardo Berna falhou demais e também tá superado. A reformulação tinha que acontecer, agora as contratações foram mal feitas.

  5. CONCORDO PLENAMENTE COM TUDO QUE FOI DITO. COM RELAÇÃO AO TIME ATUAL APENAS ACHO QUE MARQUINHOS SANTOS PODERIA TRABALHAR COM APENAS UM HOMEM REFERÊNCIA E ESCALAR GABRIEL PEREIRA NA FUNÇÃO DE MEIA. GAROTO BOM DE BOLA E TODA VEZ QUE ENTRA NESSA FUNÇÃO RENDE ATÉ MAIS QUE LEANDRO LIMA. ACHO QUE LÚCIO FLÁVIO ESTÁ PREJUDICADO NESSA NOVA FUNÇÃO DE CAIR PELOS FLANCOS, APESAR DA MARCAÇÃO DOS DOIS GOLS DE ONTEM. PERCEBAM OS SENHORES QUE QUANDO ELE FOI O 9 AUTÊNTICO E O GABRIEL ESTEVE NO MEIO ARMANDO AS JOGADAS ATÉ O VINICIUS BAIANO APARECEU BEM COMO OPÇÃO OFENSIVA. NOTA DEZ PARA WESLEY NO JOGO DE ONTEM.

  6. A reformulação total do elenco não foi opção da diretoria. Alguns casos como Everton, Lima, Juliano, dentre outros que não foram noticia, optaram por aceitar propostas de outros clubes.

  7. Os jogadores Juliano,Pio e o Lima deveriam ter ficado,o resto não faz nenhuma falta!O elenco devia mesmo ser reformulado porém as contratações foram equivocadas!!

  8. Não é surpresa para ninguém. Errar é humano, persistir nesse erro é burrice.
    Amadorismo é isso ! Se fosse para renovar o elenco, o minimo, que a diretoria teria que fazer, se tivesse um certo nível de profissionalismo e maturidade, era deixar, pelo menos, uma Espinha Dorsal do time (pelo menos 50% do time titular). E agora ? EH PREJUÍZO…..

    Fortaleza NÃO pode mais errar com erros do passado. Precisamos renovar e reformular o pensamento das lideranças desse futebol tão AMADOR. Assim como na política do Estado,também ! Pensamento de miserável.
    Vários anos o futebol alencarino (amador) erra, erra e para consertar contrata um time/treinador todo do eixo Rio-Sao Paulo.

    A história se repete mais uma vez. E todo ano é assim. Fortaleza e Ceara se equivalem nos erros ainda com cartolas no comando CORONEIS. Mas parece que tem gente lucrando com isso ! Né ?
    Já sabem que o sucesso é a base (além de fortificar a Marca, em uma eventual negociação, rende lucros).

  9. O tricolor vai começar a crescer quando houver um líder que lidere não pela opinião de uma parte da mídia, que “faz a cabeça” do torcedor utilizando-se até de termos pejorativos como refugos, pé-frios, amarelões, dentre outros, e sim pela coerência de que um trabalho que deu resultados positivos ao longo de uma temporada inteira não seja totalmente jogado fora por dois jogos. Ter pulso firme diante de uma enxurrada de críticas não é fácil mas é ferramenta fundamental na tomada de decisões. Agora é recomeçar, rever os erros, trazer os que quiserem voltar (a verdade é essa), rescindir com quem não tem qualidade técnica para permanecer (que são um bom número) e buscar reforços somente para a série C, pois se for para trazer jogadores que não venham para serem titulares, melhor esperar acabar os principais campeonatos estaduais.

  10. Os dirigentes do Fortaleza, pegaram corda da crônica esportiva local, principalmente de Alan Neto e Sergio Ponte, que só fazem críticas destrutivas ao longo de suas carreiras.

  11. Dos citados só da para sentir falta de Lima, Edimar, Juliano, Everton e o Pio (este último só jogando futebol e sem dar entrevista para imprensa sensacionalista).

    Berna, W.Simões, Sobralense, Leandro Lima e Rodrigo Andrade (que voltaram) não fazem falta nenhuma desde que contratem peças razoavelmente boas para substituí-los, o que não é difícil.
    Correa é um jogador que inicia a temporada bem e cai consideravelmente de rendimento nas decisões, não faria falta tb.

    Com os que aprovaram e uma base do ano passado restaria poucas posições a contratar e teríamos para começar seis jogadores da campanha passada e ficaria bem mais fácil realizar as contratações pontuais de que o time precisasse.

    Boeck, Felipe, Edimar, Lima e Bruno Melo ; Juliano, Pio, 2 meias, Lucio e Zé Carlos.

  12. Jorge Mota “garoteou” quando resolveu dar ouvidos aos corneteiros que pediam uma “limpa geral” depois da não subida em 2016. Curiosamente, os mesmos que pediam essa renovação total, agora jogam pedras na diretoria.

    Jorge Mota, macaco velho que é, já deveria saber que esse tipo de idiota não se tenta agradar nunca.

    Errou, errou feio, agora tenta remendar um planejamento mal feito. Obviamente os gênios habituais vão reclamar pela volta de jogadores que estavam no elenco de 2016, mas esses são aqueles que jogam o bebê fora com a água do banho: idiotas cujo único compromisso é com a corneta.

    Saudações Tricolores.

  13. Acabaram de descobrir a pólvora também !
    Verdade é que Jorge Mota pegou corda quando ficou dando ouvidos a quem não devia e acabou dando uma de “MENINO DO BUCHÃO” do futebol, quando não considerou o básico do esporte: UMA BASE DE TIME PRO RECOMEÇO.
    E essa de eleição atrapalhar é mais uma desculpa esfarrapada da parte dele. Uma ova !
    Quando recomeçaram os trabalhos, pós eleição, tinha ainda pelo menos uns 4 ou 5(incluindo Juliano e Anselmo), mas o que foi dito foi: ESTE ANO VAMOS FAZER UM TIME FORTE, VALENTE, BRIGUENTO com perfil Sulista.

    MARQUINHOS sim, falou pouco e disse tudo !
    Mas, MARQUINHOS é do ramo. Não é simples torcedor.

    2016:
    Berna, Felipe, Lima, Edimar, Simões; Juliano, Correa, Rodrigo Andrade, Éverton, Sobralense; Anselmo.

    GOLEIRO salvava, e com a mesma facilidade que salvava acabava falhando; LATERAIS, um é o mesmo(volante que hoje, definitivamente virou lateral Felipe) e outro contestado(meia boca Simões); ZAGUEIROS, Um tinha o apoio da maioria(Lima), o outro de início deu duas pixotadas em dois jogos seguidos e ficou na desconfiança o resto do ano(Edimar); VOLANTES, comparado com hoje, DÁ UMA SAUDADE. Melhor setor do time; MEIO CAMPO tem pelo menos uns 4 anos que não vejo(Sobralense vivia dentro da área com a mão na cintura enquanto que Éverton era mais lateral pra ajudar o limitado Simões); ATAQUE isolado e pra pegar na bola tinha de vir buscar no meio e nas laterais(Anselmo).

    2017:
    Boeck; Felipe, Del’amore, Max Oliveira, Bruno Melo; Anderson Uchôa, Jefferson, Pablo; Wesley, Zé Carlos, Lúcio Flávio.

    GOLEIRO “era” o melhor até a dois jogos atrás(tá sentindo a carga das limitações do time e tá piscando na hora de ir pro lance); LATERAIS pela direita é o mesmo(Felipe) e do outro lado um que tem uns dois anos no grupo profissional, mas não consegue se firmar(Bruno); ZAGUEIROS ainda procura-se uma dupla. MAX até aqui é que mais mostrou capacidade de permanecer; VOLANTES, ao contrário do ano passado só tem “bordoadores” e é o pior setor do time hoje; MEIO CAMPO inexiste já tem uns 4 anos; ATAQUE tem experiência de sobra(Zé Carlos e Lúcio Flávio que já já Marquinhos vai ter de optar por UM SÓ pro jogo), assim como JUVENIS LAMPEJADORES de sobra(Wesley, Vinicius, Gabriel).

    PESANDO NA BALANÇA, assim de supetão… DÁ PRA SENTIR saudade MESMO. Mais pelo setor VOLÂNCIA que valia por dois(volância e meio campo). O resto ´parece tô vendo “de novo”.
    No entanto, se for comparar OPÇÕES DE TROCA(banco de reservas) fica um pelo o outro.

    Considerando que 2016 MARQUINHOS pegou um time que vinha do Sapim, completamente atordoado, mas que com um jogo somente à época, JORGE VERAS conseguiu dá um Norte pros jogadores e Marquinhos teve humildade pra dar sequência no que viu, e hoje pegou uns 25 jogadores, atordoados do mesmo jeito mas que nunca tiveram um Norte pra servir de referência, SIGNIFICA simplismente: MUITO TRABALHO PELA FRENTE.

    Um TIME pelo o outro…?
    Sou mais este de hoje que é o que temos pra nos representar hoje, e o que vamos ter pra tentar sair desta maldita Czona. TÔ COM ELES E NÃO ABRO.
    O que passou passou e morreu Maria preá. Jogadores que jogaram estes últimos 7 anos e não conseguiram nada do mesmo jeito, que fiquem onde estão.

  14. Penso como o treinador, futebol é coletivo onde o conhecimento dos atletas entre si é fator fundamental, além do que não temos tempo para remontar um time em todas as suas peças, com competições múltiplas e sem tempo para treinar. Deveriam ter feito um ajuste e complementar o elenco, sairia mais barato, porque seriam menos contratações e por consequência poderiam ter contratado jogadores de melhor qualidade. Agora não adianta chorar é tentar consertar e tocar para frente, só não há mais espaço para erros nas contratações. ACORDA JORGE.

  15. O Fortaleza deveria ter mantido pelo menos uns 4 ou 5 jogadores do elenco principal de 2016, como, Lima, Edimar, Juliano, Everton e Anselmo, e talvez o Rafhael Lucas que entrou bem em algumas partidas. Pelo mesmo o time teria uma base para esse ano e a partir dai se fazeria a reformulação.

    E para mim, essa historia do Jorge Mota que a eleições atraparam e quando procurou os jogadores eles já tinham assinado com outros clubes, não passa de desculpas.

    Se era para fazer uma reformulação total, que fosse atras de jogadores que vinham atuando e se destacando em seus respectivos clubes e não contratar de jogadores que não passam de futuras promessas, pois o risco de dá errado é grande. Sem falar de jogadores que eram apenas peças de composição do o elenco dos outros clubes e com baixa qualidade técnica.

    Graziane, aqui vai um questionamento e uma critica, o que foi que fizerem com a categoria de base que nos últimos anos só passa vexame na Copa São Paulo e não consegue-se aproveitar um jogador para o elenco principal e o clube acaba tendo que ir atras de jogadores da base de outros clubes para pode reforça o elenco.

    Abraço!

  16. Caro Graziani, uma pergunta fora do contexto. Domingo passado durante o jogo do Ferroviário estava sendo cobrada meia entrada para os maiores de sessente anos. Isto é uma determinação da FCF ou foi coisa da diretoria coral????
    No jogo do VOZÃO será cobrada também??? E o sócio torcedor???

  17. O erro de análise da Diretoria é evidente, claro. Tinha que ter mantido os bons e apenas reforçado alguns setores. Mas foi uma tentativa, a gente não adivinha o futuro. Foi uma aposta muito alta, uma tentativa radical de mudar, mas que não deu certo. Pelo menos não errou por omissão.
    Mudamos muito, erramos, mas o mundo não se acabou, pois ainda há tempo.
    Há prejuízos $$$ contabilizados em relação ao ano passado (cotas da CBr e CNE, porque avançamos mais em 2016), mas agora é hora de seguir adiante.
    Eu quero acreditar em duas coisas: primeiro, que REALMENTE vamos consertar os rumos e reforçar bem o time; segundo, que a história do Fortaleza mostra que o Fortaleza cresce quando menos se espera dele e decepciona quando tem a “faca e o queijo” na mão.
    Quero crer que vamos subir pra Serie B NA SUPERAÇÃO, como um dia o Macaé e o Brasil de Pelotas subiram montando nas nossas costas.
    Agora, pra quem tinha JULIANO, CORREIA, DUDU CEARENSE e JEAN MOTA um dia no meio de campo, que dá uma saudade danada, dá…
    BORA LEÃO, só tem tu mesmo!!!!
    ST

  18. Errado, o time do ano passado não era bom, um time de jogadores perdedores, a prova é que os jogadores que saíram não deram certo em lugar algum e estão voltando ao poucos. Everton dispensado do Figueirense, Daniel Sobralense reserva no Paysandu… Na verdade, o erro foi ter feito um time pior que o do ano passado. O grande equívoco foi no critério para as novas contratações, pois aí o que impera é a incompetência. O único critério dos dirigentes cearenses é esse: a incompetência!

    1. Se o time não era bom e foi BI CAMPEÃO, imagina o que ficou em 5º lugar…
      O time era de razoável para bom, mas em uma coisa eu concordo contigo, a qualidade piorou neste ano.

  19. A REFORMULAÇÃO TERIA Q SER FEITA POIS OS JOGADORES Q O FORTALEZA TINHA ESTAVAM JÁ COM O TABU NA CABEÇA DE NÃO SUBIR O TIME A SERIE B, E TDS ELES TAXADOS DE PÉ FRIO Q NA REALIDADE ERAM SIM,O ERRO Q ESSA DIRETORIA DE JORGE MOTA COMETEU É Q TROUXERAM JOGADORES MUITOS INFERIORES AOS DE 2016,A MAIORIA DESSES JOGADORES Q AI ESTÃO SÃO JOGADORES PIORES AO TIME DE 2016,SÃO JOGADORES SEM NENHUMA QUALIDADE TÉCNICA DE ASSUMIR UMA SERIE C, COM O INTUITO DE CHEGAR A SERIE B E O PREJUIZO ESTÁ SENDO GRANDE TANTO TÉCNICO COMO FINANCEIRO SAIMOS DA COPA DO BRASIL/NORDESTE, E ESTAMOS PRESTES A NÃO SER TRICAMPEÃO 2017,JORGE MOTA É UM CARA TEIMOSO E CENTRALIZADOR SE ELE CONTINUAR ASSIM FINAL DO ANO MAIS UMA TRISTEZA,E OUTRA COISA NÓS TORCEDORES DO FORTALEZA ESPORTE CLUB TEMOS Q EXIGIR DO JORGE MOTA UMA PRESTAÇÃO DE CONTAS,VISTO Q NO ANO PASSADO O FORTALEZA FATUROU MUITO DINHEIRO, E O PAPO Q TEM POR AI NA IMPRENSA Q ELE FICOU DEVENDO A TDS OS JOGADORES Q RESCINDIRAM NO ANO 2016.

  20. Do Leão de Aço do ano passado, 2016, para o Leão de Aço deste ano, 2017, eu teria mantido apenas o Juliano, o Lima, o Sobralense, o Éverton e o Felipe.
    O Berna, mão de alface, gostava muito de agradar seus ex-companheiros de times anteriores deixando passar gols horrorosos. O lateral esquerdo até que melhorou bastante no final do ano passado, posição difícil de achar bons jogadores.
    Afinal de contas o FG tem sempre razão nos seus comentários.
    Saudações Tricolores!

  21. é voces tem que repensarem porque rodrigo este que está contundido é um cracaço, provou isto, o daniel sobralense também, os zagueiros até agora os do ano passado mostram ser melhor principalmente na cabeça, mas o max ta provando que é um baita zagueiro, os outros são incognita, o anselmo não faz falta ficava pregado, e mostrou ser mercenario,o ze e flavio são melhores,agora o meio do campo vai recuperar com mancha e renatinho e everthon, pode crer, azar do ceará.

  22. Senhores presidente. Vamos tentar trazer Sobralen se .pio.correia .Anselmo Lima. PorqUE com esse time não vamos pra canto nem um esse ano.queria saber se Vcs querem afundar o Fortaleza não. Vcs não ver que a torcida todos os anos faz a maior festa nos estádios pra Vcs fazer isso .desculpem mais issob pode ser muito dinheiro

  23. Foi um erro absurdo e sempre fui contra, eu teria ficado com Lima, Everton, Juliano, Anselmo e Daniel, além do Rodrigo Andrade que não chegou a sair.

    Mas nunca é tarde para recomeçar, perdendo tudo no primeiro semestre, porém subindo, Jorge Mota ganhará uma estátua da liberdade com seu busto.

  24. Na minha opinião a maior culpa é do torcedor, pois foram os primeiros a cometer esse grande erro ter reeleito uma diretoria fracassada que teve dois anos pra conseguir o acesso e não obteve êxito. Agora colham os frutos.

  25. Não adianta querer consertar o passado, já era. Se foi certo ou errado mudar o time todo só o tempo dirá. Na minha opinião deveria ter feito o que fez, pois a maioria dos jogadores que queríamos para esse ano, são remanescentes de 02 amareladas (contra Brasil e Juventude), como Lima, Pio, Daniel Sobralense, Everton etc. O erro no planejamento foi deixar tudo com o César Sampaio, se tivesse um diretor que conhecesse o Mercado, e tivesse decidido em conjunto as contratações, provavelmente teria sido mais produtivo.

  26. Eu acredito nesse time ,pois começamos também assim no campeonato Cearense do Ano passado,e chegamos afinal com o melhor treinador e melhir equipe, mas afirmo uma ou mas duas até três peças do Ano passado faríamos um bom time.

  27. Quando ganha é ótimo, quando perde é um Deus nos acusa.
    Torcedor, bicho exigente. Principalmente o do Tricolor de Aço, que está muito judiado nesses últimos anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *