Ceará e Fortaleza: título cearense não basta

Desde 1996 há domínio completo de Fortaleza e Ceará no Campeonato Cearense. Neste período, o tricolor foi campeão 11 vezes e o alvinegro ficou com os outros 10 títulos.

A edição 2017, agora nas quartas de final, obedece também ao favoritismo da dupla, mas seja lá quem for campeão, a temporada não estará salva.

Os acontecimentos destes dois meses de trabalho deixam tudo muito evidente. Ceará e Fortaleza vivem crises muito parecidas e estão com seus torcedores em estado de indignação profunda mesclada com desânimo e resignação. Guardadas as proporções dos objetivos que cada um traçou para a temporada, ganhar o estadual serve apenas como cortina de fumaça.

Os torcedores dão muito valor quando a vitória é sobre o rival – é assim que o futebol sobrevive – mas sabem perfeitamente também que o tricampeonato do Fortaleza ou o título do Ceará têm mínima importância para os desejos deste ano.

Evidente que o estadual tem a sua importância. Não sou daqueles que defendem seu fim, apenas é certo a necessidade urgente de mudança, que clubes e federações insistem em não ver para a manutenção dos privilégios de sempre. Assim, as torcidas, dotadas de senso crítico que vem ficando mais relevante ano após ano – basta ver as irrisórias médias de público do estadual e interpretar as repercussões dos jogos – sabem que a taça vai servir mais como enfeite do que como orgulho.

É por isso que as cobranças por acesso e bom futebol, hoje perspectivas longínquas, vão continuar.

108
Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

22 thoughts on “Ceará e Fortaleza: título cearense não basta

  1. Graziani, esse campeonato está sendo, de longe, o pior estadual de décadas! Uma primeira fase em que 8 de 10 times se classificam não tem o mínimo de apelo competitivo! Sem falar no mata-mata de playoff (???) que favorece os dois grandes e tira mais competitividade e potencial de surpresa dos times pequenos..
    Ninguém vai pagar o valor absurdo q é cobrado nesse campeonato pra assistir jogos tão feios e sabendo que o resultado final dessa “marmota” toda é bem evidente: Ceará X Fortaleza na final!

    Por sinal, o nível do cearense tá péssimo! Só pegar o uniclinic que é saco de pancada no seu grupo no nordestão e empata com o Ceará sem nenhuma atuação fora da curva! O fortaleza idem na derrota para o tiradentes!

    Não sei o que se passa nas cabeças das pessoas que fazem o futebol cearense, mas sei que desse jeito o destino dos clubes do estado é ficar nas mesma peleja de sempre… Subir.. Cair.. Subir.. Cair..

  2. O que se ver é na verdade, uma coisa de comadres…. O gerente de futebol, deve ter uma parcela de recebimento de algo, so pode. Pois, nao é possível que uma pessoa que tem o poder de procurar e trazer bons valores, nao consiga entre 10 contratações, nao trazer pelo menos umas 2, que se diga que “dê pra escapar”.
    Pois, falando de Ceará, é notório que o problema é técnica e nao técnico.
    Os mesmos jogadores que eram utilizados pelo técnico anterior, está sendo pelo que aí está.
    E aí me pergunto, quem trouxe e quem indicou (Romario, Rangel, Lucas, Maxi, Tontini (que me deixo tonto), de tanta ruindade

  3. TITULO CEARENSE BASTA e chega a ser INDISPENSÁVEL para os Clubes locais e principalmente para o EGO sofrido do TORCEDOR Cearense que as vezes, mesmo INCONSCIENTEMENTE, sabe que conquistar um TITULO NACIONAL vai ser uma peleja que pode durar uma vida inteira(salve o Guarasol que já é Campeão Brasileiro(Dzona) e que agora amarga uma queda no seu campeonato local).

    CARA… dizer que somente título cearense não basta pra Eles Lá(os daqui) e LEÃO DE AÇO, é a mesma coisa que defenderem e/ou tentarem justificar a queda do Guarasol este ano, usando a célebre frase surrada: “CAIU… MAS VAI CONSEGUIR SUBIR PRÓXIMO ANO PORQUE É GRANDE E NÃO MERECE FICAR NA SEGUNDA DIVISÃO CEARENSE.”

    Pois vos digo: “CADA UM MERECE ESTÁ ONDE ESTÁ porque quem os levou pra lá foi CADA QUAL, e tá mais que na hora de pararem com essa LADAINHA DE MÉDIA COM O TORCEDOR, que já sofre tanto com o desempenho de seu clube de chegar a chorar.”(temos aqui os dois campeões em participações, e/ou permanência de Bzona e Czona’s)

    “Dirigentes locais” teem é de mudar os conceitos de direção e ACREDITAREM mais em suas torcidas(60 e até 65 mil num único jogo) e correrem atrás de melhorias financeiras pra cada um dos Clube, que é para darem uma resposta aos seus torcedores que apesar de tudo, ACREDITAM em seus “dirigentes” quando os elegem, e máximo que conseguem é decepcionarem entra ano sai ano.

    As vezes fico a conversar com meus botões e a me perguntar: “PRA QUE SUBIR, SE DE LÁ VOLTAMOS NO ANO SEGUINTE ?”(salvo LEÃO DE AÇO que conseguiu a proeza de permanecer por lá DOIS ANOS SEGUIDOS).
    Ó !… tô falando de Azona que é o objetivo final.

    Comparo o Estadual ao meu TELEFONE FIXO que para alguns está ultrapassado, é cafona, mas como já não sou mais nem um bêbê e sei das condições dos serviços oferecidos pela tecnologia, ACHO-O indispensável, e não deixo ele porque nunca saberei quando os celulares vão me deixar na mão(sem sinal). E pra maiores garantias, ainda tenho o meu telefone reserva com fio(ou analógico), pois a qualquer momento pode acontecer um apagão, meu telefone sem fio falhar e, tá lá, EU bobão, sem comunicação alguma(daí é só trocar o aparelho).

    “Torcedores dão muito valor quando a vitória é sobre o rival e acabam criando a sua própria cortina de fumaça, mas é disso que o futebol sobrevive: A RIVALIDADE.”

    Não sei se ME fiz entender, mas pra mim um TRI CAMPEONATO vai me valer: uma vitória sobre o rival; um Nordestão e uma Copa do Brasil em 2018.

    Sem essas competições é que nossos Clubes estariam arrebentados mesmos e sabe-se lá até DE PORTÕES CERRADOS.

    E VIVA O TORCEDOR que aguenta tudo “budejando a mil”, MAS, consciente de é quem está a SUSTENTAR esse nosso lindo e INDISPENSÁVEL futebol local.

    VIVA !!!!!

  4. Graziani, infelizmente para Ceará ou Fortaleza, não deixar o “rival” ser campeão é tudo. Em 2015 quando o Fortaleza foi campeão, eu li uma entrevista do Presidente do Fortaleza que dizia: Nós evitamos que o nosso rival fosse penta. Pense numa realidade ridícula. Mas que se pode esperar de um futebol de fundo de quintal.

    Entendo teu ponto Gutemberg
    FG

    1. Sempre leio a coluna, mas é a primeira vez que comento.
      É incrível como que duas diretorias se baseam pela mediocridade em suas ações, não é de hoje que Ceará e Fortaleza se debatem para sobreviver nos campeonatos nacionais e entra ano e sai ano e os dois não chegam a lugar nenhum. Tô cansado como torcedor ter no currículo do time que torço um vice da copa do brasil lá longe e o Nordeste e mais nadae imagino que os tricolores também devam pensar assim com o deles. Pessoalmente a única coisa que importa ao tentar lutar pelo cearense é a vaga do C. Nordeste pq de resto não vale mais nada.
      Pra mim falta vontade de crescer, de ser grande. Único que pode dizer alguma coisa é o único campeão brasileiro cearense. O resto é pra ficar bem caladinho na sua insignificância

      Entendo demais, obrigado Renan.
      FG

  5. Só posso tecer comentário sobre o Ceará. De uma coisa é certa esse elenco montado nao passa de um timeco. fraco mesmo. Todo ano é assim traz-se jogadores refugados ou jogadores que estao parados em condiçoes clínicas duvidosas. Este treinador nao bota o mes de maio, principalmente se perder o manjadim. Infelizmente.

  6. Está briga entre dirigentes e conselheiros nao deixa de ser salutar para o clube, pois o jogo de interesse político está acima de qualquer coisa é sinal de que farao o melhor pelo clube, pelo menos é o que se espera. 2018 anos de eleiçao.

  7. O jogo Ceará X Uniclinic confirmou que o Ceará não tem time para oferecer ao torcedor mais do que um jogo dentro da mediocridade, fruto de um elenco muito limitado tecnicamente. Mesmo enfrentando um adversário reconhecidamente muito fraco, só conseguiu empatar e assim mesmo com extrema dificuldade. E obviamente que a vitória do Fortaleza sobre o natimorto Itapipoca não apaga a certeza de que também possui um time muito ruim, bastante limitado tecnicamente.
    Temos que encarar a realidade e aceitar que o elento que os dois montaram possui baixíssimo nível técnico, torcendo – e muito – para que um desastre maior não venha nos demais campeonatos desde 2017.

  8. Estou gostando mais do jogo do Leão de Aço. Esse Marquinhos Santos tem sangue guerreiro, sangue tricolor.
    Lamento pelo nosso irmão Guarany de Sobral que foi rebaixado para a série b do estadual de 2018. Nosso único Campeão Nacional (Série D) vai se recuperar e voltar a dar alegrias a sua grande torcida, pois em Sobral só tem Tricolor do Pici e Guarassol.
    Sobral: 70% Leão de Aço. Canal imundo lá só 15%, deu em pesquisa.
    Saudações Tricolores!

  9. Não entendo, o porquê do Jurandi júnior, que já realizou excelente trabalho nos dois grandes clubes da nossa cidade, com titulos e acesso a serie A em ambos os clubes.Hoje não é lembrado pelos míopes dirigentes que só conseguem enxergar os executivos do sul e sudeste.

  10. Sim os estaduais são representativos para os torcedores.Temos estaduais em todos os Estados da federação,ou estou enganado?O que não pode acontecer é terem dado de graça 5 títulos para a carniça do Ceará no tapetão.Nesses títulos não há sumulas, um absurdo total.
    Mais vamos em frente, Leão é dentro do campo o que mais ganhou estaduais e vamos ganhar mais um em 2017!!Bora Leão!!

  11. Graziani, para seu profundo desgosto e desespero, a final do manjadinho novamente será entre Ceará x Fortaleza.

    Todos sabem que você odeia Ceará e Fortaleza, não à toa passa o ano denegrindo e secando os dois. Nunca esquecerei da sua raiva pelo Ceará não ter caído para a série C, em 2015, assim como não esqueço da sua alegria por não ter visto o Fortaleza subir, ainda ano passado.

    Te conforma, Graziani. Podemos não ser grandes nacionalmente, mas não tem quem nos vença no nível estadual.

    Hahahahahahhahahaha. Obrigado pelas risadas. Manda mais.
    FG

  12. Torcedor do Fortaleza, vamos rezar! Comentário do Presidente sobre contratações:…”vamos fazer 2 ou 3 contratações. Mas serão pontuais! Somente para reposições! Contusões,expulsões,etc”. Quer dizer, esse elenco que está aí, será o que vai garantir o acesso para a Série B! Excelente elenco!

  13. Com Robson de Castro no Ceara, no qual já estar ganhando do ex pior presidente do Ceara, Alexandre Frota, o Furtaleza pode comemorar o titulo de 2017…… Fora Robson de Castro, já vai tarde…..

  14. Graziani, quer queiram, quer não, não tem jeito. Os estaduais servem sim, servem para manter viva a rivalidade entre as torcidas locais. Ou você acha que os torcedores de Vasco, Flamengo, São Paulo, Corínthians, Grêmio, Internacional, não queiram ver seus times campeões?
    A prova é que o próprio Grêmio colocou o terceiro time para jogar contra o Ceará uma partida que poderia ser decisiva para suas pretensões na tal Primeira Liga, mesmo que essa não seja sua prioridade.
    E fez isso por que? Porque queria poupar a equipe principal e eventuais reservas para o jogo do “manjadim” deles lá contra o grande rival.
    Em suma, mesmo que a CBF, a pedido das redes de televisões que são as verdadeiras donas do futebol no Brasil, tente acabar com os estaduais eles ainda vão permanecer por muito tempo no imaginário do torcedor, ou não? Que cê acha???

  15. Ainda sobre o tema tenho a dizer o seguinte: Se os grandes resolvessem repassar para os pequenos parte dos seus elencos ociosos ou mesmo algumas das promessas da base para comporem as equipes das mesmas, isso tornaria os jogos entre grandes e pequenos mais vibrantes em face dos jogadores cedidos quererem “mostrar serviço” perante seus “donos” e jogarem com mais vontade forçando os adversários a também fazer o mesmo. E não esse duelo disconforme entre jogadores mais qualificados e outros que talvez nem salários recebam.
    É uma sugestão.

  16. FG, esse Américo Vespúcio é tão ilário quanto o Cristóvão Colombo, o Pedro Álvares Cabral e o Frei Fernandes Sardinha. Eh, eh, eh, eh, eh.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  17. Ceará e fortaleza sé tem chances de serem campeões no estadual, pois campeão da série A, B ou C nem pensar. E se acontecer é apenas uma vez perdida. Quer dizer, sem o estadual teremos times que nunca mais serão campeões. Deviam era fortalecer o estadual e torná-lo muito competitivo que então as duas equipes teriam times fortes desde o inicio do ano pois seria muito importante para os clubes e para as torcidas poderem gritar…é campeão. É lógico, e matemática não mente, que o Ceará é time de serie B e o Fortaleza é time de série C. Mas no estadual os dois se equilibram. Temos que dá mais importância ao estadual e um pouco menos esses nacionais que só enganam os já sofridos torcedores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *