Ceará foi muito bem ao contratar Givanildo, mas ainda erra ao silenciar no caso Dal Pozzo

Traçar um planejamento no começo do ano não quer dizer necessariamente seguir com ele até o fim. Vale para o futebol e qualquer outra área. A diretoria do Ceará, ao contratar Gilmar Dal Pozzo, apostou em um bom trabalho que, como escrevi quando da contratação aqui neste espaço, não ocorria faz tempo. Mas era legítimo acreditar, tanto que ele foi contratado.

Apesar de considerar que a demissão foi precoce – apenas nove partidas depois – a chegada de Givanildo Oliveira deixa o elenco do Ceará sob o comando de um técnico que tem capacidade de melhorar o patamar do time atual e, sim, com os mesmos jogadores. Givanildo conhece futebol, tem uma estante cheia de títulos e está em boa fase, com recentes bons trabalhos.

O caso da saída de Dal Pozzo, entretanto, ainda está coberto de lacunas. O clube silenciou nas primeiras horas e não ia se manifestar. Os apelos dos próprios torcedores alvinegros, indignados e querendo explicações, não foram suficientes. Só com a repercussão nacional muito ruim das ameaças sofridas pelo então treinador, a decisão foi revertida e uma nota protocolar – de repúdio – foi divulgada.

O Ceará, entretanto, não explica a razão de não ter preparado o esquema de segurança adequado na chegada ao aeroporto. Não duvido que possa ter sido apenas um descuido sem má intenção, mas seria excelente explicar exatamente o que ocorreu. O clube também não deixa claro qual o tamanho do papel da ameaça da torcida na saída de Dal Pozzo, já que o treinador se manifestou com um longo e correto texto – onde citava até a tristeza que passou após o acidente com o avião da Chapecoense – garantindo seguir trabalhando no alvinegro. Esclarecer é relevante para o próprio clube e um gerenciamento de crise necessário, como a boa comunicação sugere.

Não por acaso, sabendo da enorme pressão que vai encontrar por resultados e bom futebol, Givanildo já tratou, logo na sua primeira declaração, de avisar que seu objetivo é caminhar junto com a torcida. Passado na casca do alho, quer ser o elo positivo entre a diretoria do clube e a arquibancada.

209
Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

41 thoughts on “Ceará foi muito bem ao contratar Givanildo, mas ainda erra ao silenciar no caso Dal Pozzo

  1. Entre tantos e inúmeros erros – e praticamente não há acertos – dessa diretoria incompetente do Ceará, leia-se Robinson de Castro, a contratação do Givanildo foi um aceto imenso. Sempre me perguntei porque Givanildo nunca tinha trabalhado no Ceará, e quando Gilmar caiu, sempre que me perguntavam quem eu preferia como novo técnico, eu dizia e torcia pelo nome dele: Givanildo. É experiente e vencedor, ao contrário do elenco do Ceará, cheio de jogadores perdedores. Mas atenção, Givanildo tem potencial para melhorar o patamar do elenco, como citou o jovem Graziani, mas não há técnico no mundo que faça Lelê, Alex Amado, Nathan e Baggio aprenderem a fazer gols, nem que ensine o Cametá a cruzar e dar assistências, nem que ensine o Sandro a não marcar somente a bola…. Precisamos de bons jogadores.

    1. Pq Givanildo nunca trabalhou no CSC? Simples: o que ele tem de experiente e vencedor, tem de cobrador e exigente. Ele cobra os jogadores, ele cobra a diretoria.. e é aqui que o caldo entorna… se precisar expor as mazelas de um clube, ele expõe.

      Muito cartola fica p da vida pq ele não é “vaquinha de presépio”. Por isso mesmo, ele seja tão rodado, apesar de vencedor.

      E sim, pode ser o Mourinho. Sem peças (ou com essas peças 0800 que o Robinson costuma pedir) não adianta…

    2. Uma opinião sensata. Gostei. Entra ano e sai ano e essa gestão Robinson/Leitão, não aprende. SEMPRE TRAZENDO BONDES. Acorda dupla politiqueira.
      Lelê, Alex Amado, Rafael Costa e outros letrecas, claro, só muita ¨¨peia¨¨¨
      .
      Acorda Vozão;

  2. Ficou muito feio para a diretoria, pois outros clubes lançaram nota de repúdio ao fato ocorrido e bem depois que o clube veio se manifestar.

    Se aquilo que ocorreu não configura uma ameaça, eu não sei o que é então. Uma diretoria não conivente com o que ocorreu poderia pegar as imagens de câmeras do aeroporto para identificar os valentões e tomar as devidas providências.

    Quanto ao novo técnico do rival é um bom nome, sério, comprometido e de bons trabalhos, resta saber se essa filosofia da diretoria vai “bater” com o estilo de trabalhar do Givanildo.

  3. Dos especulados ele e Jorginho tinham os melhores currículos, porém todos os nomes especulados eram bons Jorginho, Givanildo, Marquinhos e Chamusca, apesar de preferir o estilo de jogo do chamusca, Givanildo vai agregar muito valor ao time do Ceará.

  4. Agiram rápido quanto a contratação de novo treinador.
    Se vai dá certo ou não, somente os jogos dirão.
    Sei que, “REI DE ACESSOS” por aqui já passaram as “carradas”.

    DAL POZZO:
    Se providências não forem tomadas no “CASO DAL POZZO” vai ser difícil nossos Clubes encontrarem TREINADORES dispostos a trabalharem por aqui daqui por diante.

    E “SE” alguns dos torcedores do LEÃO DE AÇO – aqueles – estivesse no aeroporto quando da chegada da equipe do jogo da desclassificação da Copa do Brasil, tenho quase certeza que teria acontecido algo similar com o HEMERSON MARIA.

    Dois TREINADORES com 2 derrotas cada UM serem dispensados assim SOB PRESSÃO por parte de alguns minguados torcedores, é algo no mínimo inusitado.

    FUTEBOL é assim: PRESSÃO E + PRESSÃO.
    Quem não tiver, em alguns momentos, sangue de barata, VAI-SE EMBORA, MAIS É LIGEIRO.

    PROVIDÊNCIAS DEVEM SER TOMADAS POIS A COISA SAIU DE CONTROLE, e RÉDEAS DEVEM SER RETOMADAS ANTES QUE O NEGÓCIO ENGROSSE CADA VEZ MAIS !

    “Peça pra ir embora antes que a coisa engrosse pra você mesmo”

    É MUITO FORTE.

  5. “Peça pra ir embora antes que a coisa engrosse pro seu lado”

    Foi a frase sem tirar e nem botar.

    É MUITO FORTE.

    Até EU que sou daqui… pegava o beco e IA DORMIR !

    1. Sábias palavras João Ximenes, também não gostava do esquema Dall Pozo, mas nem por isso merecia ser enxotado daquela forma. E não tenha dúvidas meu caro colega, a torcida do fortaleza faria o mesmo.

  6. Vamos ser sinceros, Dal Pozzo vai tarde e não vai deixar a menor saudade. Diretoria alvinegra se livrou de um abacaxi. E quem pode pregar lição de moral no futebol brasileiro?! Nenhum clube. Toda essa novela mexicana em torno do Dal Pozzo foi motivada pela sua passagem pela Chapecoense, o resto é papo furado. Fosse um Júnior Cearense, Oliveira Canindé ou Flávio Araújo. eles poderiam ter sido espancados em praça pública que não renderiam uma lágrima de jacaré nas colunas esportivas. O técnico para o Ceará pode ser qualquer um, desde que ele tenha ambiente de trabalho e peças de qualidade. O Ceará é uma bagunça, um verdadeiro bordel, tem pitaqueiros profissionais, uma rede de fofocas e boatos, torcedores desocupados, escolinhas de futebol dividem cada palmo do Carlos de Alencar Pinto com os profissionais, é possível ver o interminável Dimas infiltrado nas comissões técnicas quem desfilam por Porangabuçu… uma bagunça. Até hoje não entendi o porquê da compra do CT, se ele tem sido usado apenas pelas categorias de base, um investimento altíssimo com retorno pingado. O elenco atual consegue ser pior e mais irresponsável que o dos últimos dois anos, Robinson com toda sua sabedoria lusitana preservou uma base doente que quase rebaixou o clube, uma maldição para os próximos cinco anos. Se está sendo difícil no cearense, o que dizer da montanha russa da série B. Acesso para a série A está descartado, o caminho é orar para não ser rebaixado.

  7. Fiquei feliz com a vinda do Dal Pozzo, mas vamos ser realista perder pro Fortaleza e pro Boa Vista, dois timecos, fracos, mostra o tipo de treinador que ele é – medroso – se tivesse ganho as duas partidas continuaria e com o tempo mostraria o seu trabalho, mas sempre que o assunto fosse decisão teríamos um treinador medroso no comando e isso nós já sabemos como termina.

  8. Givanildo é sem dúvida um grande nome, não tem nenhum vídeo elogioso ao seu trabalho gravado por um técnico de renome nacional, mas tem um histórico de vitórias e acessos, conhece o futebol nacional de norte a sul, sabe disputar as divisões inferiores do futebol brasileiro, além da capacidade técnica.

    Não tenho prazer em dizer isso, mas acho que o clube das cores mortas acertou dessa vez.

    Saudações Tricolores.

  9. Sobre o outro assunto do post, nem por um minuto eu acredito que a falta de um esquema de segurança no fatídico episódio no aeroporto foi apenas um descuido. Um clube minimamente organizado não cometeria um erro tão primário, ainda mais um clube que gaba-se de sua estrutura, organização e profissionalismo (supostos !).

    Não duvido que isso tenha sido ideia premeditada da cabeça de um desses gênios que pululam no futebol alencarino como forma de promover algum tipo de pressão sobre treinador e o elenco, “chacoalhar o grupo” como esse tipo de imbecil gosta de dizer.

    Aliás, se minha memória não falha, não tivemos episódios recentes de invasão de sedes durante treinamento nos dois clubes ditos grandes da capital ?

    Se foi o caso de invasão, o crime é de invasão de propriedade. Se não foi caso de invasão, alguém foi conivente com essas condutas criminosas. De um jeito ou de outro, cabe responsabilidade penal.

    Minha pergunta é: alguém está sendo processado ?

    Saudações Tricolores.

  10. Fiquei muito satisfeito com o nome! Era meu preferido,junto com o Marquinhos Santos!

    Que a estrela de Givanildo possa se sobrepor a toda incompetência e urucubaca que reveste o presidente do Ceará! Não será fácil!

    E concordo com o Felipe CSC .Condicionar todo o resultado do trabalho que virá,ao Giva,será mais um ,dentre varios equivocos! Isso é óbvio! Não precisa ser gênio para tal constatação! É preciso qualificar o elenco!

  11. Esperava mais do Dalpozzo, mas de fato não dá pra segurar um treinador após derrotas para dois timecos (Boa Vista e Fortaleza)…. E a contratação do Givanildo – Rei do Acesso (o verdadeiro), veio em boa hora. Rumo ao 44. título estadual e à Primeira Divisão!

  12. Graziane, vc está certo em cobrar falta de atos da administração do Ceará, em não proteção ao seu funcionário. Já ví isso em algumas administrações de empresas, patrão deixando seus executivos entregue aos lobos. Mas, passando para o assunto da demissão, era óbvio ocorrer. O técnico poupa jogadores numa partida no meio de semana, e time poupado viaja pro interior do Rio, quebra a bola, e depois querer jogar culpa na arbitragem! Tenha paciência. O certo é confessar que o time não estava nem aí para o jogo.

  13. Só lorota de torcedor, o cara era fraco pq nao tava “ganhando”, entra fulano, todo mundo enche a boca, se nao ganhar os desbravadores de justiça, vao ao aeroporto ou na casa do técnico, ameaçá-lo.
    A diretoria, fez papel de moleque. Se observar, nem segurança tinha. É coincidência né?
    Pode dispensar o técnico, sim poderia ser uma boa opção. Porém, a maneira como aconteceu foi muito negativo.
    E agora, o cara já disse nos meios de comunicacao que nao foi nada em comum acordo e sim por opção da diretoria, que agiu como “menino do buxao”.

  14. O Ceará merece um presidente Profissional que saiba liderar, que tenha pulso, seja homem, o que aconteceu no aeroporto com certeza foi coisa premeditada, se a torcida quer pressionar que vá a sede do clube e faça cobrança a diretoria e ao conselho.
    Presidente que se esconde é por que tem culpa no cartório e não tem justificativas, os jogadores que aí estão, também não têm culpa alguma se são contratados.
    O Robson de Castro está acabando com a imagem e a organização que foram cosntruídas ao logo dos últimos anos.
    Se duvidar as causas trabalhistas que haviam sido sanadas, já devem ter aos montes e o caixa deve está zerado.
    Presidente xxxxxxxxxxxxxxxxxxx alguém tem que socorrer esse infeliz antes que ele acabe com o VOZÃO..

  15. Gostaria de exercitar aqui o meu direito de torcedor,acima de tudo sócio-torcedor do mais querido.O que aconteceu no aeroporto Pinto Martins com a delegação do nosso clube por bandidos (travestidos de torcedores) é algo que me lembra o facismo e os que cultuam o nazismo,pois ameçar um profissional que esta trabalhando e alguns jogadores é caso de policia.Se o futebol abrigar esses bandidos muita gente seria e honesta vai se afastar do futebol.DeixAR de reconhecer a estrutura que o Ceara sc tem hoje e esta no rol dos vinte clubes mais organizado do futebol brasileiro,é não querer reconhecer a grandeza de um clube centenarioi e a seriedade de uma diretoria,que prima por fazer as coisas certas.

  16. Essa diretoria erra até na hora de demitir o técnico, não era pra ter cedido a pressão dessesbardeneiros, isso abriu um perigoso precedente, o Dalpozo merecia continuar, ano passado aguentaram o Sergio Soares até o fim com o time quebrando a bola, sem dúvida é muita incompetência.

  17. NÃO ADIANTA TER UM BOM TREINADOR SE NAIR TIVER UM BOM ELENCO. QUERO VER O TREINADOR TIRAR LEITE DE PEDRA COM ESTE TIME DO CEARÁ ONDE OS JOGADORES ENTRAM EM CAMPO SEM COMPROMISSO COM O TIME E COM A TORCIDA.

  18. O futebol cearense é muito engraçado mesmo. O ex-técnico Sérgio Soares passou 11 partidas sem ganhar e não foi despedido. Dal Pozzo perde duas partidas e vai para a rua!! Esquisito não é?

  19. Tai no que dar, a Diretoria do Ceará apenas foi cortês em não dizer que Gilmar Dalpozo foi dispensado . ( Quis protegê-lo ) em outras palavras, Robinson de castro não quis desmoralizar Dalpozo para a Imprensa do Ceará e do Brasil dizendo que o mesmo foi posto para fora do Ceará.
    Tai Presidente Robinson de castro, você ocultou a verdade para proteger o técnico, podia ter falado a verdade, que o colocou-o para fora, nada de ética, muitas vezes ética no futebol não vale.
    Agora Robson de Castro, você está sendo cobrado por ter sido educado em proteger o Técnico, podia ter falado a verdade que o mesmo foi dispensado, doa em quem doer, mas a verdade tinha que ser dito.

    Enéas Lins de mesquita.
    Goiânia/ GO.
    OBS : Só torço um time no Brasil e no Mundo: Ceará Sporting Clube. O mais querido.

    Sou Natural da Cidade de Pedra Branca/ CE.Morei lá até 1.979 e depois fui para Fortaleza e morei até 2.000. Morei 21 anos em Fortaleza.
    em 2.000 vim morar em Goiânia/ GO.

  20. Sinceramente? QUANTA BESTEIRA! Foi demitido e pronto! Já era! Acabou! Tá pegando o mal do Alan Neto?! A torcida do Ceará não quer mais saber disso. Página virada! A não ser os que gostam de fofoquinha pra lá e pra cá. O que a falta de pauta não faz!!!

    Já que o senhor é um especialista em pautas, poderia usar seu talento de uma forma melhor. Poderia colaborar muito mais do que apenas com comentários ofensivos em blogs. Sobre o Dal Pozzo ser demitido ou não, pouco me importa e nem toco nesse assunto no texto. Espanta essa interpretação. Me refiro ao silêncio pela agressão lamentável que o técnico sofreu no aeroporto e a total omissão da diretoria, com péssima repercussão local e nacional, inclusive entre os torcedores inteligentes do Ceará. Agora, sempre tem quem ache que o clube é santo e que prefere não tocar no assunto, colocando pra baixo do tapete. Ou então preferem esconder o assunto sob pano de fundo da fofoca quando, na verdade, é informação, senso crítico e responsabilidade. Mas cada um faz as suas escolhas, inclusive apoiar a ameaça lamentável ou fingir que nada ocorreu. Sinceramente? Bom fim de semana e seja feliZ. Obrigado pela audiência.
    FG

    1. “Torcedores inteligentes!” Bem, vamos lá: se ser inteligente é corroborar com cobrança de imprensa de modo a encher linguiça, não me incomodo em ser chamado de burro. A imprensa e esses “torcedores inteligentes” querem o quê? O Ceará já se pronunciou contra a atitude dos marginais de organizada (antes que você pense que, por ser um burro, eu coadune com esse tipo de coisa). Querem mais o quê, pelo amor de Deus? E meu comentário não foi ofensivo. De modo algum! Fui direto, objetivo, sincero! E sem mea culpa, adianto que lhe considero o melhor jornalista esportivo do Ceará. O que não me impede de discordar de você, de vez em quando. Nunca escrevo nada. Geralmente só leio. Hoje emiti minha opinião sobre esse fatídico fato, que já está mais que batido. Que os marginais sejam punidos e que os “torcedores inteligentes” e a imprensa parem de importunar a diretoria pelo que se sucedeu.
      Have a nice weekend!

  21. A diretoria errou neste caso. Mas fico me perguntando: Por que será que alguns torcedores (muitos), não percebem que a diretoria, os treinadores, os jogadores em fim, todos ligados ao Ceará querem o melhor. A torcida age como se a coisa mais importante do mundo fosse o Ceará ganhar de todo mundo, jogar o melhor futebol do mundo, não perder pra ninguém. E futebol é um esporte onde se ganha e se perde. É ótimo assistir jogos torcendo para um time. Mas não agredir os torcedores do outro time, os jogadores do próprio time, o treinador, a diretoria. Eu fosse jogador sairia na hora, treinador também. Ninguém vem para o Ceará para perder. Mas no jogo existe outro time também querendo ganhar. Tá se transformando em outra coisa e deixando de ser entretenimento. Façam isso não.

  22. Nada justifica o que foi feito no aeroporto. Independe se o CSC, deixou ou não de agir. Quer dizer que o CSC, tinha que levar um exercito para proteger jogadores e comissão técnica.
    Era num campo de batalha que os jogadores iam ser recebidos ?
    Ouvi um entrevista do Max Bianchucci e Magno Alves, ambos transtornados pelo episódio.
    Essas agressões nas caladas da noite. Pode custar muito cara ao clube.
    Em tempo: A contratação de Givanildo Oliveira, não partiu de Robinson de Castro.

  23. Caro Graziani,

    Mais uma vez você acerta em cheio com o seu texto, e sua isenção da paixão clubista local torna o seu texto ainda mais sensato e real. Parabéns.
    Agora, diferentemente de você, eu torço par o Ceará e nem por isso pactuo com a inércia dessa diretoria ao longo destes últimos anos e sobretudo no caso do treinador Dal Pozzo, que foi acredito e ameaçado no hall do aeroporto por um bando de marginais desocupados travestidos de torcedores alvinegros. Até quando, o CSC sofrerá com reflexos das ações desses bandidos.

    Para mim, a Cearamor deveria acabar, essa quadrilha não traz nada de positivo para o CSC, pelo contrário pois o CSC já perdeu diversos mandos de campo e já pagou varias multas por causa dessa quadrilha e por último esse bando de marginal expõe a civilidade do torcedor alvinegro nacionalmente neste caso e inúmeros outros.

    Grande abraço

  24. A diretoria incompetente e irresponsável do Ceará é totalmente conivente com esses abomináveis membros de algumas torcidas organizadas, que deveriam se banidos dos estádios. A contratação do técnico Givanildo foi muito boa, contudo são necessárias mudanças no elenco, através de dispensas de jogadores fracos que não rendem e a contratação de mais atletas, principalmente no setor ofensivo, alguém que saiba fazer gols. A atitude da diretoria para com o ex treinador Gilmar Dall Pozzo foi lamentável, extremamente antiprofissional e desrespeitosa.
    Abraço FG.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *