Quatro jogadores e um técnico que passaram pelo futebol cearense morreram na queda do avião da Chapecoense

A tragédia com o avião da empresa boliviana Lamia, que vitimou 76 pessoas na Colômbia na madrugada desta terça-feira, entre elas 48 membros da delegação da Chapecoense, matou cinco profissionais que passaram pelo futebol cearense.

Atual comentarista do canal Fox, Mario Sergio tinha 66 anos e foi técnico do Ceará em 2010, treinando a equipe na Série A por sete rodadas, com apenas uma vitória. Também atuaram no alvinegro o zagueiro Thiego (em 2012 ele fez 31 partidas), que tinha 30 anos, além do atacante Kempes, que estava com 34 anos e fez nove jogos pelo alvinegro em 2010.

O atacante Lucas Gomes, de 26 anos, teve passagem boa pelo Icasa em 2014, quando se destacou fazendo seis gols em 22 partidas pelo time de Juazeiro. Já o meio-campista Josimar passou pelo Fortaleza em 2008.

Os cinco estavam indo para Medellín, onde a Chapecoense enfrentaria o Atlético Nacional na primeira partida da final da Copa Sulamericana, na quarta-feira.

 

 

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

14 thoughts on “Quatro jogadores e um técnico que passaram pelo futebol cearense morreram na queda do avião da Chapecoense

  1. MEUS SENTIMENTOS A TODOS OS FAMILIARES DE JOGADORES, INTEGRANTES DO CLUBE CHAPECOENSE E AINDA A TODOS QUE NA MADRUGADA DE HOJE SOFRERAM UM ACIDENTE DE AVIÃO NA VIAGEM PRA PRIMEIRA PARTIDA DAS FINAIS DA COPA SUL-AMERICANA NA COLÔMBIA.

    LAMENTÁVEL !!!!!

  2. Registramos , nossa solidariedade a toda gente que integra a família Chapecoense.
    Que na fé encontrem forças para enfrentar este momento de sofrimento e tristeza.
    Aos que se foram , que descancem em paz , vossa missão foi cumprida.

    ST

  3. Li em algum canto que os clubes sugeriram que a Chapecoense não seja rebaixada nas próximas três edições do Campeonato Brasileiro caso termine entre os quatro últimos colocados.

    Isso é um DESRESPEITO ao time que mostrou competência para formar uma equipe barata e competitiva.
    Fortaleza e Ceará deviam aprender com eles como fazer para que os jogadores sejam mais profissionais e respeitem as torcidas.
    Ganharam em campo e saíram da série D para a elite do futebol em 5 anos.
    SEM TAPETÃO.

    O presidente do conselho deliberativo, Plínio David De Nês Filho, em que ele diz que “dinheiro demais pode atrapalhar”, e rejeita que um clube tenha de sobreviver de ajuda oficial.
    “O nosso modelo evita depender de cofres públicos. Acreditamos que a prefeitura não precisa investir no futebol, mas na educação e na saúde da população”.

    Torço para que não façam leis ou normas para beneficiar alguns.
    Assim CHAPE vai se reerguer e permanecer pelos resultados obtidos em campo, homenageando aqueles que vestiram seu manto sagrado.

  4. A vida de tantos atletas e jornalistas foram levadas pelo profissionalismo e trabalho.
    Rezo para que Deus conforte as almas desses vitimados e as famílias dos mesmos.
    Que Assim Seja!
    Saudações do Maior e Mais Belo Clube de Futebol do Estado,
    Fortaleza Esporte Clube.

  5. Realmente, muito triste !!!

    Principalmente pq, com a saida do nosso artilheiro, Bill, ja contava com a contratacao do Bruno Rangel para nosso ataque !!! 🙁

  6. Hoje acordo de um sonho que se chama Esperança.
    Não pretendo dormir de novo. Já se foram oito anos na lama e na humilhação.
    Uma torcida que chega junto e uma camisa tão poderosa não podem passar por tantas provações.
    ACREDITO NO BEM, O MAL DEIXA PARA A INVEJA CRÔNICA DO CANAL!
    DEUS É MAIOR!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  7. Lamentável mas a tragédia da brava Chape comoveu e uniu em solidariedade todas as torcidas brasileiras, deixa o simpático clube catarinense um legado de competência e fibra a ser seguido por clubes como Ceará e Fortaleza que tem muito melhores condições. Aos vitimados tudo que podemos fazer é desejar a merecida e justa paz.

  8. E o Jorge Marmota foi reeleito Presidente do Fortaleza Esporte Clube.
    Fazer o quê?
    Esperar os resultados passivamente como ele aceitar os resultados dos jogos do Leão sendo garfado e humilhado como um time pequeno. Resultados que deixaram nosso Tricolor na mesma latrina da série c.
    Quem sabe ele não tenha tomado vergonha.
    Será que ficaremos sem comando novamente?
    Passaram-se as euforias e decepções, agora é bola prá frente e fé em Deus!
    Cuidemos do nosso futebol e de nossos interesses no estado e na quarta maior Cidade do Brasil, Fortaleza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *