Gilmar Dal Pozzo: novo técnico do Ceará tem muito a provar em desafio relevante

A altura (1,94cm) de Gilmar Dal Pozzo é proporcional ao trabalho marcante realizado como técnico na Chapecoense. Subiu da Série C para a Série B em 2012 e da Série B para a Série A em 2013. Demitido em 2014, ficou longe do sucesso alcançado. Suas passagens por Criciúma (2014), ABC (2015), Náutico (2015/2016) e Paysandu (2016) foram marcadas por tropeços e ausência de títulos ou acessos.

Aos 46 anos, o ex-goleiro do Caxias, Marítimo, Goiás, Avaí, Santa Cruz e Veranópolis, chega ao Ceará em condição parecida com a do clube: precisando resgatar a competência de tempos passados porque as lembranças profissionais de 2016 não serão boas.

Esse encontro é imprevisível, como quase todos quando se fala da comunhão entre técnico e elenco (ainda mais um que vai precisar ser formado quase do zero), mas Gilmar tem condições de ter sucesso desde que haja tranquilidade para trabalhar e colocar seus métodos com o mínimo de sossego. Se foi contratado, que a diretoria agregue confiança e tempo para uma cobrança efetiva.

Taticamente, inspirado em Tite, de quem é amigo, Pozzo adotava o 4-2-3-1 em seus times, mas tem tentado – foi assim no Náutico e no Paysandu – o 4-1-4-1, o esquema mais usado no mundo hoje, com preenchimento do meio-campo que tenta chegar ao ataque e, ao mesmo tempo, marcar pra dificultar a vida do adversário.

A torcida do Ceará aguarda o 2017 para ver como as teses vão funcionar na prática. Há um trabalho intenso pela frente, de reconstrução de elenco, de introdução de uma filosofia. Fácil não será. Impossível não é.

 

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

8 thoughts on “Gilmar Dal Pozzo: novo técnico do Ceará tem muito a provar em desafio relevante

  1. Minha preferencia como técnico para 2017 seria o Givanildo ou o Fernando Diniz que fez história no Audax de São Paulo e que estava no oeste ,ele tem uma proposta de jogo excelente,com base no ataque e troca de passes…

    Mas veio o Dal Pozzo .Dentre as opções no mercado,está de bom tamanho também!A massa alvinegra tem que entender que não podemos trazer um Levir Culpi,um Marcelo Oliveira ou um Abel Braga…

    O que observei é que se a empolgação com a chegada do Ricardinho é monumental,a chegada do Dal Pozzo por outro lado está sendo vista com desconfiança ,sobretudo pelo padrao de jogo tido como retranqueiro estabelecido pelo técnico contratado .Obvio que ninguém quer um time excessivamente retranqueiro,mas não nos esqueçamos que foi com um time tido como retranqueiro que o Ceará subiu em 2009! Outra : ha 2 anos que o Ceará tem como seu ponto mais negativo justamente o sistema defensivo! Não adianta fazer gols se todo jogo, leva gols!

    Com as peças corretas em termos de jogadores,acredito que o Dal Pozzo possa fazer um trabalho de qualidade e que dê resultados.Se o seu trabalho recente no Paysandu não foi à contento ,não foi unicamente por sua causa. O elenco do clube paraense, a exemplo do alvinegro,era limitado.O Dal Pozzo saiu e nada mudou,o time terminou na rabada,brigando pra não cair…

    Então,torco para que realmente tenhamos sorte nas contrataçoes! Fazer uma garimpagem eficiente e criteriosa será importante,mas não restam dúvidas de que um pouquinho de sorte no futebol não faz mal.E que tenhamos sorte para trazer jogadores com caráter,que honrem à camisa…São esses tais fatores um dos principais motivos pela consagração de um time como atletico -GO ter se sagrado campeão com um time formado por jovens desconhecidos ,em sua maioria !

    O momento não ta fácil,mas é o jeito pensar positivo…Deixem as piadinhas da torcida terceirizada do clube de 1444 sócios torcedores (KKKKKKKKKKKKKKK) pra la,não me afetam…

  2. Pra quem esperava Levir Culpi ter que aguentar um DAL POZO da vida é cruel, muito cruel. Porém há tempos que o problema do VOZÃO não é de treinador e sim de elenco. Os elencos que as diretorias, atual e passada, têm formado é de matar qualquer um. Esperemos que em 2017 a coisa seja diferente. OXALÁ.

  3. Particularmente não tinha preferencias com relação a treinadores. sorte ao Gilmar Dal Pozzo, meu desejo é que ele tenha condições para fazer um bom trabalho, ou seja, um elenco dignamente qualificado/equilibrado e “saudável psicologicamente”. não sei o que tem o nosso futebol cearense que tanto abala os profissionais(…) da bola.

    Espero que o setor defensivo não apresente a fragilidade costumeira desses últimos anos, foi na minha opinião o fator mais determinante para o fracasso quando o acesso parecia tão perto.

  4. Não gostei, queria Marcelo Oliveira, tecnico mais do nivel financeiro do Vozao !!!

    Esse Dal Pozzo e tecnico para times fracos, como o liaum do pici !!!

    Ainda bem q o nosso selecionado independe de tecnicos pra detonar todos os times q passam pela nossa frente !!!

    Da-lhe Vozao !!!
    Da-lhe Robinson !!!

    Provavelmente, depois do terrivel incidente q aconteceu com o time da Chape, o Robinson sera convidado especial deles para ensinar-lhes como a voltar ao topo e se recuperar dessa crise !!!

  5. O alvinegro contratou um bom gerente de futebol Marcelo Segurado e um excelente técnico que é o Dal Pozzo ambos experientes, o tricolor confirmado Jorge Mota presidente trouxe César Sampaio e ao que tudo indica trará Hemerson Maria tudo sob a feroz crítica de cronistas neste último como perdedor o que é uma inverdade pois em uma situação estúpida criada por um hipócrita mercenário empatou as partidas do mata-mata e na verdade venceu a primeira claramente tomada face aquele gol legítimo de Daniel Sobralensse cinicamente anulado, as fiéis torcidas alvinegra e tricolor devem entender que há algo maior por trás do massacre que fazem a Robinson de Castro e Jorge Mota que deveriam entender que na série B tem de ter um time misto forte e técnico e na série C um time forte prevalece pois alí é a força que decide e nunca a técnica algo feito nos últimos cinco anos sem resultado, não engulam cordas ou pirulitos gente, mirem o belíssimo exemplo da Chapecoense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *