Jorge Veras deixa a base do Fortaleza. Mas sua saída não significa falta de reconhecimento

Por André Victor Rodrigues

Após reuniões neste meio de semana, o Fortaleza oficializou a saída do treinador Jorge Veras das categorias de base tricolores. Chega ao fim uma história de dez anos entre profissional e clube. Veras se despede do Pici com o histórico vencedor de 14 títulos conquistados à frente das equipes aspirantes do Leão.

Para muitos o fato pode soar como falta de reconhecimento. E é compreensível o surgimento dessa forma de interpretar a notícia, devido aos feitos do treinador em questão e da sua parcela de contribuição para revelação de jogadores no Fortaleza. Porém, há de se respeitar a boa razão pela qual o clube realiza a mudança no comando técnico da base: é preciso ter novas mentes para modernizar o trabalho feito com as pratas da casa.

Nos dois últimos anos, o Tricolor apostou em nomes com perfil estudioso no futebol nacional, casos de Marcelo Chamusca e Marquinhos Santos. É também investimento recente a formação de uma equipe para análise de desempenho dos atletas, que dá frutos ao indicar o melhor caminho para se escalar o time e apoiar a elaboração de esquemas táticos eficazes ao longo da temporada.

No atual time profissional já é possível ver as vantagens desta aposta feita pelo Departamento de Futebol do Fortaleza. Então, por que não levá-lo para a base?

Em entrevista ao Portal Esportes O POVO, o presidente do clube, Jorge Mota, explicou que a saída de Jorge Veras ocorreu por “sentir que era hora de mudar”. Segundo ele, houve um desencontro de ideias entre as várias categorias do clube. Nem todos assimilaram a nova metodologia de trabalho. E atualizar os métodos de treinamento, inevitavelmente, significa reavaliar alguns nomes da folha – sejam eles jogadores, auxiliares ou técnico.

As categorias de base do Fortaleza passam por reestruturação. Recentemente, o coordenador Luciano Reis deixou o setor do clube. Quem chega para assumir o planejamento das atividades sub-20 é Evandro Forte. Segundo a diretoria, a intenção das mudanças é estender o trabalho feito com o time principal para os juniores.

Veras revelou ao O POVO que ficou chateado pela saída – obviamente, pelo seu currículo recheado de vitórias e com méritos que continuarão lembrados por quem acompanhou seus trabalhos. Contudo, também ressaltou o apoio recebido.”Queria agradecer por todos os diretores que eu trabalhei, inclusive a atual gestão, pelo apoio que me deram. No futebol, e na vida, a gente tem de estar preparado para tudo. É isso, vida que segue”, disse.

As palavras do agora ex-técnico da base tricolor resumem bem. O futebol é uma constante de evolução, como tantas outras coisas que fazem parte da vida. Jorge deixou sua marca num período relevante da base tricolor. Agora abre espaço para que uma nova etapa seja cumprida dentro do necessário desenvolvimento da equipe leonina.

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

30 thoughts on “Jorge Veras deixa a base do Fortaleza. Mas sua saída não significa falta de reconhecimento

  1. O futebol que vive de resultados,é injusto. O referido profissional abocanhou quase tudo em termos de categoria de base pelo Terceirão. Mas o fato das categorias de base terceirinas terem passado em branco em todas as categorias de base do futebol local,ano passado,pesou…E Veras pagou o pato. Injusto? Eu acho…Futebol não é centrado na figura de um homem so…
    Mas olhando do ponto futebolistico,é positivo qualquer tentativa de mudança com vistas a resultados. A diretoria triocolor,ciente da tradicao que o clube tem em revelar talentos,agiu em nome da mudança de um status…Mas acho que Veras merecia espaço nessa nova forma de pensar as categorias de base terceirizadas…Seria um alento pela dedicação ao serviço. E todo bom profissional um dia deve ser reconhecido por bons serviços…

    1. Simples Leandro, leve ele pro teu clube, idiotice nos últimos dez anos qual atleta formado no clube foi aproveitado por Fortaleza e Ceará? nenhum o tricolor ainda andou vendendo alguns que não emplacaram em time algum e até tirou parte do prejuízo, hoje o alvinegro tem um e o tricolor três no elenco e só jogam se morrer alguém dos bodes velhos contratados.

  2. eu acho que é a “Liseira “que tá grande logo..vão dispensar a TOINHA.depois o porteiro o cozinheiro e o roupeiro..etc.. se gritarem lá no Pici , ” achei uma nota de 5 Reais ” vai sair gente correndo atrás . dizendo que os 5 Reais é dele.

  3. Foi uma decisão acertada.
    A categoria de base do Leão de Aço já não tava ganhando tanto como antes, quando ganhavamos de cabo a rabo e o canal era nosso eterno freguês.
    Agora, ultimamente, a gente nunca mais nem passa mais pra segunda fase da Copinha São Paulo. Já estava na hora de contratar novo treinador do sub 17, 19 e 21. Tá bom de pensar no Corrêa, né mesmo.
    Saudações Tricolores!

  4. Eu acho que a Diretoria tá certa, tudo tem seu começo, meio e fim, as categorias de base precisam de sangue novo, o Jorge Veras merece toda nossa gratidão pelo que ele fez as categorias de base do Leão, mas acho que uma mudança de mentalidade vai dá sangue novo a nossa base, quanta a liseira citada pelo maior admirador do Leão, no caso o Carlos Lima, será que voce sabe que o Leão negociou um jogador e ganhou 850 mil, será que sabe que o Leão também fechou com Esporte Interativo e levou uma boa grana por isso, será que você sabe que o numero de sócios do Leão mesmo na serie C, é maior que o poderoso e milionário time do Ceará, o Fortaleza pode não está nadando em dinheiro igual o Ceará, mas tá sobrevivendo.

    1. Valterlan , agora diminua esses valores recebidos do seu time, pelos pagamentos das dividas trabalhistas, dos gastos com folha salarial (acima de 700 Mil Reais ) etc… e vai
      entender o motivo pelo qual o Jorge Mota não contrata jogadores de qualidade e o
      motivo que ele contrata Leozinho e trouxe de Volta o peladeiro Maranhão..
      é LISEIRA e muita.. essa é a realidade.

      1. Carlos Lima, eu sei que temos dividas trabalhistas, mas eu tenho certeza que no momento no FEC as despesas e as receitas estão pelo menos empatadas, o socio torcedor ajuda nas receitas junto com o que recebeu na Esporte interativo mais a negociação do Jean Mota, e para sua ciência o Maranhão é jogador do Fortaleza e estava emprestado para o America mineiro, e outra também vieram barato o Jean Mota e o Felipe, o primeiro já rendeu bons frutos ao Leão e o segundo ai vai render; agora lhe pergunto qual jogador o multimilionário time da avenida joão pessoa tirou de outro time da serie A ou B; porque pelo que sei todo jogador só chega no kanal no 0800, agora pergunto qual o segredo do Ceará tá nadando em dinheiro, não vai me dizer que é dinheiro da TV porque esse é parcelado em 10 vezes, e o que fatura com sócio e renda do estadio estão abaixo do FEC.

      2. Maxo esse cara, digo o nobre e douto Carlos Lima, sabe tudo do Leão de Aço.
        Ei mah, pois diz aí o tamanho dessa dívida, compartilha aê essas informações privilegiadas que vc tem do Leão.
        É muito amor, acho que até sócio torcedor do leão ele deve ser, certeza.

  5. Decisão acertada da diretoria, Jorge Veras já estava acomodado no cargo, visto que ganhou muitos títulos em cima de base amadoras, transformando o tricolor no time que mais revela jogadores do Estado.
    E vai trazer um profissional com nova mentalidade, experiência internacional e implantando o mesmo modelo tático do time principal.

    Boa sorte ao Jorge Veras e parabéns a diretoria!

  6. o Jorge Marmota, não tem dinheiro nem para pagar uma “quentinha” para os jogadores,
    essa dispensa do Jorge Veras, é para diminuir a folha salarial..o cofre tá vazio..a única coisa
    que tem no Liaum sobrando,,são Mangas verdes.. essas nunca faltam. deve ter uns 5 pés de Manga verde por lá.

  7. É inacreditável quanta bobagem postam certos internautas kanalences.
    Ninguém no FEC,deixa ou deixou de reconhecer os relevantes serviços prestados pelo Jorge Veras.
    A instituição tem que se renovar como qualquer instituição.
    Bobagens postadas por palermas , que não tem o que dizer.
    Vamos em frente FEC.
    Os cachorros ladram e a caravana passa.
    ST

  8. Afora o GRANDE TRABALHO feito pelo JORGE VERAS nas categorias de base do LEÃO DE AÇO em todos estes anos, RESULTADOS, principalmente nas Copas São Paulo pesou nessa decisão da diretoria.
    Só acho que a diretoria poderia ter APROVEITADO ele – já que a desculpa é troca de comando -, como mais um INTEGRANTE das bases, pois o tempo que ele já tem dentro do Clube, já tem conhecimento SUFICIENTE pra ajudar nos bastidores, até porque já CONHECE os garotos que lá estão.

    Afora, ainda, devo lembrar aqui pra diretoria que quando, SAPIN se perdeu no COMANDO desse mesmo time do MARQUINHOS, foi JORGE VERAS que mostrou o caminho de COMO DEVERIA SER ARMADO A EQUIPE, naquele jogo lá em Sobral, ainda pela Copa dos Campeões, onde MARQUINHOS assistia de camarote numa das cabines do Junco.
    Foi ELE(Jorge) que começou a formação TÁTICA desta equipe, e MARQUINHOS foi humilde o suficiente pra continuar seguindo a linha.

    Futebol é assim mesmo… RESULTADO ainda é a base de sustentação e manutenção de um TRABALHADOR conhecedor do que faz.

    SORTE PRO JORGE daqui pra frente.

  9. Boa sorte ao grande Profissional Jorge Veras, que em breve deve ser procurado pelo kanal, pois, como sempre, adora um ex Fortaleza.

    Vide o time atual deles.

  10. Tudo tem seu tempo, e a ora do Jorge Veras chegou. Assim como chegou a ora do Dimas e tantos outros. Deixemos de saudosismo e vamos para a praticidade. Futebol é uma empresa, não apresentando resultado, é rua. Agora os caras da ilha das COBRAS ficam aqui a criticar, como se no time deles não acontecesse a mesmo coisa. Se acham o clube mais ricos do mundo, eles têm complexo de superiorida, mas assim como o Fortaleza, mão tem um mísero título nacional. Viva o Guarany de Sobral!!!!

  11. JORGE VERAS citado pelo Post; MARQUINHOS por mim e SALGUEIRO próximo jogo LÁ(fora), é = a LEÃO DE AÇO. Então…

    CARA, sinceridade ?!
    Depois do último jogo onde MARQUINHOS de repente, decidiu encher o time de atacantes(teve uma hora tavam Juninho, Anselmo, Leozinho, Maranhão. E salvo engano, terminou assim), sem ter notado que o problema tava na articulação do jogo(falta de um MEIA), e ainda a sua EXPULSÃO, olhando pra esse(s) esqueleto(s) de time(2) agora…

    1. Erivelton; Railan, Elivelton, Edimar, Simões; Felipe, Correa, Pio, Leozinho; Juninho, Anselmo.
    2. Erivelton, Eliventon, Edimar, Lima; Felipe, Guto, Pio, Nathan, Maranhão; Juninho, Leozinho.

    É DE ARREPIAR !

    No primeiro – que é mais parecido com o que vinha jogando -, continua FALTANDO o MEIA.
    #cadê os MEIAS(Clebinho, que não aparece em nenhum dos dois esqueletos e Natan) ?

    No segundo – que surgiu com as mudanças no treino -, esse, é que ficou DESTRAMBELHADO mesmo. Totalmente fora do PADRÃO MARQUINHOS SANTOS até aqui.
    #três zagueiros; três volantes; três atacantes. Mas ai aparece a figura do meia(Natan) entre três volantes que já estão na frente de três zagueiros e + três atacantes.

    O que será que MARQUINHOS tá querendo afinal ?

    “Nera” melhor pegar o primeiro time, METER o MEIA e pronto ?

    Três, três e três ?

    E ainda tem um detalhe: MARQUINHOS não vai tá na borda do campo pra ORIENTAR a equipe por conta da sua expulsão no jogo anterior, no que seria mais aconselhável, meter o primeiro time que já vem jogando a mais tempo.

    RAPAZ…

  12. É absolutamente normal o estranhamento e até uma certa indignação de alguns tricolores ao saberem deste desenlace entre tricolor e Jorge Veras. Também tive uma primeira reação negativa à notícia, mas o fato é que a motivação da decisão é por demais razoável.

    O Fortaleza EC está apostando em uma nova filosofia de trabalho e é natural que essa nova filosofia precise de um novo perfil de profissional para ser implantada. Aliás, é absolutamente virtuoso que o clube esteja implantando esse método de forma verticalizada, desde o profissional para as categorias de base.

    Por sinal, apesar de alguns “ingênuos” (para usar um termo polido) acharem que o objetivo das categorias de base é vencer campeonatos, a verdade é que não é.

    Objetivo da categoria de base não deve ser título, o objetivo deve ser revelar bons jogadores que possam render frutos para o time principal. É assim que os grandes clubes do Brasil e do mundo trabalham.

    O Fortaleza EC e sua torcida terão sempre uma dívida de gratidão com Jorge Veras
    -que certamente receberá convites profissionais de outros clubes(“ex-Fortaleza” é uma grife irresistível para alguns clubes que sonham em ter a grandeza do tricolor)-, mas chega uma hora em que o melhor é cada um caminhar sozinho.

    Saudações Tricolores.

  13. Aproveita e chama o velho Montenegro de volta… o richarlison ta de bobeira tambem. e o gigante maleavel ta com uns contatos bons agora. abre o olho leão!

  14. ANDRÉ VITOR,
    Me perdoa, mas…

    Berna, Felipe, Edimar, Elivelton, Simões; Corrêa, Rosinei, Pio, Clebinho, Leozinho; Anselmo

    Matéria Jornal O Povo sobre o referido jogo:
    “André Victor Rodrigues.
    Dentro desta formação, Marquinhos deve lançar o Leão a campo no 4-1-4-1.
    O principal objetivo é devolver ao time o que faltou no último jogo: poder na marcação sob pressão e criação de jogadas rápidas e eficientes.”

    Vocês(jornalistas), INVENTARAM os: 4-3-3-; 4-3-2-1; 4-4-2-, 4-1-4-1 que você cita na matéria do O Povo.

    Minha pergunta É:
    Onde diabos tá o tal do 4-1-4-1, se o time tá jogando com 4 volantes(Felipe de lateral; Correa, Rosinei, Pio) ?

    Quem é quem nesse “ESQUEMA 4-1-4-1” que você descreve ?

    Berna, Felipe(volante improvisado); Edmar, Erivelton, Simões = 4(certo);

    Pio(revezando com Felipe na lateral), Correa, Rosinei, Clebinho = 4(?);

    Leozinho, Anselmo + 2(?).

    Num tá mais “prun”: 4 e sei lá o que ?
    OU… quem vai fazer os dois 1(ns) entre as duas linhas ?

    INDEPENDENTE dos 4 e mais sei lá o que, IMPORTANTE é que LEÃO DE AÇO chegue lá e faça um grande jogo.

    SOU MAIS LEÃO DE AÇO !

  15. Só um EM TEMPO providencial…

    DETALHE:
    Antes de qualquer coisa, ou pra quem não entendeu a minha indagação acima…
    … Na contagem(dentro dos, vamos chamar “aspas( )” parênteses), se perderam tempo contando e somaram, vai dá 10 jogadores.

    O 11º no jogo, claro é o BERNA.

    SEPAREI AS LINHAS.

    Tá certo ?

    Então… “VAMO” pro jogo !!!!!!

  16. Já vi que notícia em dia e fresquinha, só do canal imundo. Mas deixa prá lá.
    Só sei que o Leão que é de Aço tá enfraquecendo. Sem o Éverton, o Lima e o Daniel Sobralense o time cai pela metade. O Maranhão tá totalmente fora de forma e desaprendeu o pouco que sabia, assim como o Rosinei. O Elivelton e o William Simões são sofríveis, principalmente o Zagueiro.
    LEÃO, vamos ter que compensar nossa fragilidade com muita garra e determinação.
    Fazer o quê?
    Rezar!
    Saudações Tricolores!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *