Clubes precisam salvar o campeonato cearense

Discordo de quem pensa que os estaduais têm que acabar. Entendo que eles precisam ser salvos. São competições que guardam importância do título, rivalidade, história e cabem no calendário, especialmente de clubes que têm poucas chances de títulos nacionais. Ocorre que a decadência da competição cearense é chocante, especialmente porque ninguém que tem o poder de decisão faz alguma coisa relevante.

Responsáveis pela escolha do regulamento, os clubes que disputam o estadual têm uma missão fundamental pela frente nesta temporada: tirar a competição do marasmo a partir do ano que vem, quando será possível mudar tudo. Depender da Federação – que é o braço local da CBF – que gosta de agradar a todos no papel, mas só pensa nela, não é o melhor método. 

Neste cenário, dirigentes de Fortaleza e Ceará são tão culpados quanto a FCF. Os dois principais clubes se mostram incapazes de tomar decisões para que o campeonato gere interesse do torcedor de forma perene. Pode ser por incompetência, por falta de talento, criatividade, inteligência para unir forças ou até vontade, mas a situação está claramente insustentável.

Números atualizados nesta terça-feira pelo portal www.esportes.opovo.com.br mostram que a média atual, já na reta final da competição 2016, é de 1606 torcedores por partida. É a pior pelo menos desde 2009. quando a Federação passou a divulgar os dados. A arrecadação geral é pífia também, somando pouco mais de um milhão de reais em todos as partidas já realizadas (mais de 50).

Entender a situação não é difícil: excesso de partidas que pouco valem,  brigas no tapetão, violência, tabelas mal feitas, arbitragens problemáticas, gramados em condições precárias e baixo nível técnico dos jogos. Não está nada boa a coisa. 

Assim, que o torcedor não seja enganado: são os clubes os responsáveis pelo cenário lamentável atual.  São os clubes os responsáveis se nada mudar.

 

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

40 thoughts on “Clubes precisam salvar o campeonato cearense

  1. Li até o final almejando ver uma sugestão. Mas…

    Uma? São muitas e óbvias…basta fazer o oposto do que está sendo feito. Pontos corridos, menos jogos, só aceitar jogos em gramados bons, qualificação real da arbitragem, profissionalismo real dos clubes do interior, inteligência para Ceará e Fortaleza efetivamente tomarem atitudes conjuntas…
    FG

    1. Ao citar os problemas, acho que fica entendido que as soluções são condutas em sentido contrário. Um pouco de interpretação de texto não faz mal.

    2. Realmente o Campeonato Cearense(falido), interessa à muita gente. Em primeiro lugar: A FCF que necessita das rendas para garantir o salário dos muitos que mamam nessas magras tetas. Segundo: Ao FEC3.7 atolado em dívidas e desesperado para sair o quanto antes da zona da lama, usa o “feijão com arroz chupando manga” para tapar o sol com a peneira. Terceiro: A imprensa esportiva colorida. Essa é a que mais deve lamentar o fim do CC (sic). Um verdadeiro efeito dominó, poria por água abaixo o passado o presente e o futuro de muito cuspidor de microfone e com certeza, daria um grande sossego.

    3. FG concordo contigo, o campeonato cearense está em franca decadência. Mas você esqueceu que um campeonato é atrativo não só por suas fórmulas, estádios, arbitragem etc… Os campeonatos de futebol amador (várzea), guardada a devida proporção, têm esses problemas e são atrativos para o seu público. O que falta ao campeonato cearense são boas equipes. Não se faz jogo bom (atrativo) com equipes medíocres. O baixo nível das equipes é algo incontestável. Tanto que Fortaleza e ceará se revezam na conquista dos títulos a anos. Não aparece outro time capaz de mexer nesse lógica, o Ferrão e o Icasa, que talvez pudessem, estão descendo a ladeira.

  2. Graziani, estava um pouco ausente né? kkk

    Futebol cearense está precário, não tem mais nd que empolgue o torcedor para assistir qualquer partida do campeonato, sem contar com a violência que a cada dia que passa está maior e trazendo medo ao torcedor.

    Outras missões, mas sempre por aqui. Valeu.
    FG

  3. Caro Graziani, infelizmente, você esqueceu de um dado, normalmente na votação da tabela do campeonato, o peso é o mesmo tanto par Ceará e Fortaleza, quanto para o resto, ou seja, se juntam os pequenos e fica do jeito que eles preferem, corroborados pela Federação Cearense. Agora, se um dos grandes propõe uma coisa boa, mirabolante mesmo, sempre o outro fica contra, só para não se dar por vencido, nisso você está certo.

  4. O Fortaleza foi tetra,07-10,o Ceará tetra 11-14, o que mudou nos clubes ou no interesse da torcida? Exceto as finais,NADA!
    Não dá para comparar o Nordestão e/ou Copa do Brasil ,que ocorrem simultaneamente , ao estadual. Se não fossem as vagas em questão para essas duas competições, eu gostaria que o Ceará jogasse com a base. Campeonato Ruim,os pequenos são horríveis, ainda vale o clássico Rei e olhe lá, por que depois da morte do torcedor do Fortaleza no último jogo,só Deus sabe o que pode acontecer com quem sair de casa domingo. Eu irei,como fui ao último, mas só vou pq é o clássico,senão…
    Se um dia acontece , o que a imprensa diz que torce, os dois grandes numa 1ª divisão, aí é a pá de cal que faltava pra enterrar quem já morreu!

  5. Um campeonato que só tem dois clubes fortes,violência nas alturas,clubes do interior sem apelo popular em seus próprios municípios e com estádios péssimos e a maioria interditados e tendo que jogar na capital para um público pagante inexistente .Como um campeonato ruim desses irá atrair torcedores?Se continuar nesse ritmo daqui a alguns anos o campeonato cearense será extinto.

  6. tem que acabar com o cearence clubes pequenos fraquissimos nao sei como os grandes ainda tem a cara de pau de perder? pontos pra eles chegaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  7. Também sou contra ACABAREM com Estaduais.

    ESTADUAIS é que dão fogo pro torcedor.
    Imaginar um campeonato deficitário agregado a CEARENSES torcendo times de outros estados seria um tiro no ouvido.

    Esses caras(dirigentes) é que não sabem fazer uso dos campeonatos.
    Tem-se várias POSSIBILIDADES pra eles(estaduais), uma vez que os Clubes teem de contratar pra formarem suas equipes pros campeonatos nacionais e outros.
    Tem Clube por aí que tem pra mais de 40 jogadores em sua folha de pagamento.
    Os caras(jogadores) tão lá.

    ENTÃO:
    1. Jogar os campeonatos com JOGADORES DE BASE;
    2. PLANTEL encharcado, jogadores da turma da laranja junto com da BASE;
    3. Suspensão… campeonato com os da base;
    4. Expulsão… campeonato com os da base
    5. Quando de contusões no PROFISSIONAL, e liberação do DM, serve de TRANSIÇÃO pro retorno pra recuperação de ritmo de jogo;

    Isso são só algumas alternativas.
    NÃO ME IMAGINO torcendo outros Clubes que não sejam os TUPINIQUIN’s.

    Esses “dirigentes” são uns verdadeiros PERNAS DE PAU em matéria de futebol.

    SÓ SABEM é CHORAMINGAR pro TORCEDOR, pedindo arrego pra irmos aos estádios nesses horários absurdos, numa cidade que não oferece a menor segurança quando do término de um jogo a MEIA NOITE.

    E agora, que começamos a contagem para um PENTA CAMPEONATO tão desejado por Eles LÁ, mas que agora, só o LEÃO DE AÇO é que pode ser(tá 1 X 0 pra nós).

    Home vão…

  8. Graziani,

    Como salvar um campeonato cujo regulamento possibilita que um time pode acabar as fases classificatórias com a melhor campanha e não se classificar para as semi-finais ?

    A combinação de resultados é meio improvável, mas pode acontecer:

    – Pontuação geral hoje: Fortaleza 28, Ceará 26, Uniclinic 25;
    – Classificação do grupo B2: Ceará 5, Guarani-J 4, Guarany-S 3;

    Nos próximos jogos acontece o seguinte:
    – Ceará vence o Fortaleza e perde para o Uniclinic;
    – Guarany-S vence Maranguape e Uniclinic;
    – Guarani-J vence Fortaleza (2 vezes) e perde do Maranguape.

    Classificação geral: Ceará 29, Fortaleza 28, Uniclinic 28, Guarani-J 24 e Guarany-S 22.

    Classificação do grupo B2: Guarani-J 10, Guarany-S 9, Ceará 8.

    Estariam classificados para as semi-finais: Fortaleza, Uniclinic, Guarani-J e Guarany-S.

    Dá para acreditar num negócio desses ???

  9. O fim dos estaduais é uma mão sem volta. Explico:
    Com o surgimento da Copa do Brasil, Campeonatos Regionais e um acesso concorrido para a série A. Não vejo saída para os regionais, a não ser para preparação. Tipo torneio. Tirando Ceará e Fortaleza, todos os ouros clubes, estão cada vez menores e falidos. Prefeituras quebradas sem grana para investir. Torna-se milagre a sobrevivência deles.

  10. Realmente você tem toda razão, FG. O campeonato cearense se não é maravilhoso é nosso atrativo maior em termo de rivalidade.Por isso não pode acabar, mas tem que ser remodelado.
    E você, juntamente com poucos, como o Wilton Bezerra e o Paulo César Norões têm coragem de conduzir essa bandeira. Só que você foi no cerne da questão, que é a dependência da nossa Federação das datas e das mazelas da CBF.

  11. O REI LEÃO está ótimo, maravilhoso. E pode melhorar mais, né?
    Mas também quero ver os outros times disputando o Campeonato Cearense com um bom nível. Por exemplo: o Ferrão, o Guarasol, o Icasa e até o arrogante desonesto e imundo canal.
    SALVE O REI LEÃO!

  12. Sabe uma fórmula boa para o nosso campeonato é aquela fórmula antiga dos dois turnos, com dois grupos encabeçados por Fortaleza e Ceara e com a classificação sendo em cada grupo do primeiro ao sexto; com os quatro primeiros de cada grupo indo para o mata mata e os dois últimos de cada grupo disputando o mata mata do descenso de dois.
    O maior problema são as datas disponíveis. Ai dá-se um jeito.

  13. Mudanças no sistema das competições locais:
    1º. Primeira divisão com 16 equipes.
    2º. Campeonato 2017, inicio agosto 2017, 1º turno com as equipes que não disputam as divisões “A,B,C e D”, o campeão do 1º turno vaga na D.
    3º. Segundo turno 4 grupos, classificam-se 2 primeiras de cada grupo, 2ª fase mata mata, os 4 classificados cruzamento ida e volta, a equipe campeã a vice e 3ª colocada Copa do Brasil.
    4º. Acabar terceira divisão e a segunda divisão somente com equipes que tenham estádios em seus domínios.
    5º. Criar uma segunda divisão da Copa do Nordeste com inicio em Maio e termino Agosto, com as equipes campeã e vice assegurar vaga na 1ª divisão da Copa do Nordeste.
    Obs: Criando desta maneira condições para equipes de menor porte possam assegurar um calendário anual, não sejam equipes de 3 meses.

  14. O que está matando o nosso futebol é a falta de profissionalismo em todos os setores, federação ( desorganização, decisões políticas, tratamento de problema dos clubes diferenciado e subserviência às imposições da CBF) ; Diretoria dos clubes, (Falta de Planejamento/organização, amadorismo nos diversos setores, decisões emocionais, desunião dos clubes fora de campo, contratações equivocadas) e Crônica E,sportiva (parcialidade, opiniões com o coração e não com a razão, queima novos de jogadores apesar de se dizerem favoráveis ao aproveitamento das bases), Torcedores (absoluta
    maioria só querem se aproveitar dos clubes, querem ingressos a preço de banana para comparecer aos estádios e exigir craques renomados vestindo a camisa de seus clubes) Torcidas Organizadas (estão enterrando os clubes com práticas violentas quebra quebra nos estádios, além de exigirem dos clubes ingressos gratuitos, liberação da marca para exploração gratuita e patrocinio de todos os materiais utilizados), Me digam como um futebol deste pode sobreviver ?

  15. Eu acho que o problema, nao é essa coisa de se ter dois times nao.
    Na maioria dos estaduais, sao so dois times que se saem bem.
    Um dos problemas que vejo, é achar que Fort x Ceará, terá(ão) de fazer pelo menos 4 jogos entre eles pra motivar (dar renda), pois assim, não há quem aguente.

    Como se faz duas chaves;
    Depois se classificam mais 4;

    Fazem uma semi final
    e Final

    Onde ja se viu isso?

    Se fosse pontos corridos, acho que motivaria mais.

    Com a decisão, FCF e os Clubes

  16. Sem o Estadual, onde ficariam os jogadores dos times pequenos???
    Como teríamos as revelações??
    Não é acabar!!!!
    Tem que ser melhorado, aprimorado etc…

  17. O Campeonato paulista já foi de pontos corridos com 20 clubes,19 rodadas, muitas rodadas. Atualmente é de chaveamento. Em 2016 irão rebaixar 6 para reduzir e subir 2. Ficando 16 em 2017. Acredito para fazer 2 grupos de 8 ou pontos Corridos. O próprio campeonato Paulista, muito rico por sinal, enfrenta problemas de público, mas consegue vender a Grade de jogos programados para PPV ou EI.
    Esta negociação da Federação Paulista rende bons frutos para todos os clubes, que podem abrir mão da renda da bilheteria.
    Para o futebol do Nordeste só vejo como solução a expansão do Nordestão para 30 clubes, mais jogos para vender e consequente uma maior receita. E pontos corridos para os campeonatos Regionais como disputa de semi final e final. Menos Jogos, mas pelo menos os clubes regionais irão conseguir negociar a grade programada para a TV.
    Quanto ao público, depende de investimento nos clubes e promoções de ingresso no estádios, já que irão receber das Tvs, E principalmente melhorar nos horários dos jogos, pois jogos as 22 hs e com preço elevado, não tem torcedor apaixonado que vá.
    Nos Borderôs só dá sócio, público pagante é apenas 40 %. Isto demonstra que tem algo errado. O retorno a fórmulas antigas de 1o e 2o turno são ultrapassadas, muitos jogos com times dos interiores que não trazem atrativo nenhum

    1. Não podemos nos basear por SP por vários motivos Francisco. São realidades diferentes.

      1) O campeonato paulista e rentável
      2) Por ser rentável possui jogadores de qualidade que são facilmente absolvidos pela série A e B logo após o paulistão.
      3) Há ótimos campos e um público razoavel nos jogos.
      4) Por ser rentável cada clube ganha uma cota autíssima da FPF para participar.
      5) A cota deles é bem maior do que ganham aqui Ceará e Fortaleza da nossa FCF.

      É outra realidade diferente da nossa realidae. Não serve como parâmentro.

      1. Prezado Bosco, concordo com vossa observações, mas se vamos remodelar o campeonato para os próximos 2 anos. Temos que nos basear em campeonatos rentáveis. Atualmente só o Paulista, O paraense e o Catarinense dão um pouco de lucro.
        Não podemos copiar por exemplo o Amazonense e o Paranaense, onde tem 1a fase que só os times pequenos se enfrentam em campos antes de começar o período de chuva. Depois na 2a fase entra os grandes da capital Remo e Paysandu. Se separar os times pequenos daqui seria decretar a falência de fato do nosso campeonato. Esta falência já existe, pois jogar contra Ceará ou Fortaleza já não dá mais renda.
        Então defendo um campeonato de pontos corridos de 10 times em um turno. Com a grade vendida para Globo, Record , EI ou qualquer um queira pagar pelo nosso pobre futebol, desta forma com Marketing e Mídia seriam as únicas formas dos times pequenos sobreviveres.
        Pois público no estádio com todos os indicadores para não ir: violência, desconforto e preço abusivo, não teremos mais igual a 2009/2010. No domingo jogo Tiradentes x Ceará, simplesmente fecharam a arquibancada com um pouco de sombra, ou seja, com um Sol de Fortaleza 16hs é para ficar em casa.

  18. Vou nem atrás de fazer uma CONTAGEM, de quantos JOGADORES ficariam na PINDAÍBA FINANCEIRA em definitivo, com a EXTINÇÃO do Estadual.
    Esses PROFISSIONAIS já contam somente com 3 meses de faturamento em seus orçamentos familiares(quando recebem), e quando passado esse tempo de competição oficial, vão se arriscam nos SUBÚRBIOS a possibilidade de se quebrarem e ficarem sem condição de jogar no ano seguinte.

    Quem pensa em EXTINÇÃO de ESTADUAIS, deveria, pelo menos, antes de tomar DECISÃO EM DEFINITIVO, se sensibilizar com os muitos, direta e indiretamente, que serão atingidos com tal ATITUDE.
    E NÃO SÃO POUCOS MEU CARO(jogador, funcionários dos clubes, pessoal do trabalho no campo, ambulantes, imprensa… íííííííí) !

    E NÓS(torcedor). COM FICAMOS ?!
    E CASTELÃO ? depois de todo INVESTIMENTO feito lá vai servir “praque” ?
    Pra criadouro de MOSQUITOS e MURIÇOCAS ?!
    Não bastasse já tá me preocupando com a ZIKA, CHICUNCUNHA, DENGUE, DILMA, LULA… agora me veem, de novo, com essa conversa de EXTINÇÃO dos estaduais ?!

    MEU AMIGO É MUITA COISA EM JOGO !

    O CERTO é procurarem alternativas mais viáveis, a começar por APOIO FINANCEIRO EXTERNO, que é pra não contribuírem ainda mais com o DESEMPREGO no país.

    ESTÃO A FRENTE DA COISA… ENTÃO SALVEM ELA, ou peçam arrego !

  19. Caro Graziani, um dos fatos que está acabando o nosso campeonato é a fórmula de disputa. Conversando com o amigo Vitor Nobre ele deu uma idéia muito boa. Veja bem, esta atual fórmula de disputa é brincadeira: a primeira fase tem dois grupos de 5 times cada e se classificam 3 de cada grupo, ou seja, Ceará e Fortaleza se entrarem com o sub 17 se classificam. A segunda fase são dois grupos de 3 times e se classificam 2 de cada grupo. Mais uma vez Ceará e Fortaleza têm tudo pra se classificarem. Qual a graça desses jogos até o fim da segunda fase? Nenhuma! O campeonato deveria ser de dois turnos, pontos corridos (se no primeiro turno o Ceará pegasse o Guarany em Sobral, no segundo pegaria o Guarany aqui, e assim por diante com todos os times). O time que fizesse mais pontos seria o campeão. Os dois primeiros seriam os representantes da Copa do Nordeste. O terceiro seria o representante na Série D. O quarto seria mais um representante na Copa do Brasil. Os dois últimos seriam rebaixados. Ou seja, todos os jogos seriam importantes e isso aumentaria a média de público. Poderia haver até uma discussão se, na final, o campeão seria quem fizesse mais pontos ao longo dos dois turnos, ou se o campeão do primeiro turno decidiria o campeonato com o campeão do segundo turno, e, no restante das colocações valeria o critério da pontuação total em todo o campeonato. Somente assim seria possível um campeonato mais emocionante. Do jeito que está, essa fórmula só interessa ao Fortaleza, por exemplo, que morre cedo na Copa do Nordeste, que morre cedo na Copa do Brasil, que não consegue sair da maldita Série C, ou seja, pro Fortaleza, ganhar do Ceará e ganhar o manjadinho é uma glória e assim a sua Diretoria vai enganando a torcida. Por isso quando jogam contra o Ceará, parecem que estão disputando uma final de mundial, pois o manjadinho é o único campeonato que eles têm alguma aspiração. Já o Ceará, entra pra ganhar a Copa do Nordeste, entra pra chegar, pelo menos, nas quartas de finais da Copa do Brasil e sempre entra pra brigar pelo acesso à Série A. É por isso que quando joga contra o Fortaleza, é mais um jogo a ser disputado. Para o Fortaleza, não, é O JOGO a ser disputado. Abraço a todos!

  20. Ótimo comentário Fernando Graziani.

    As diversas sujestões vão ter que ser experimentadas.
    Nenhuma fórmula pode ser dada como a correta, perfeita, sem que passe pelo crivo da esperimentação.

    A minha sugestão:
    Considerando que os clubes grandes não levam muito a sério desde o inicio porque sabem que estarão nas finais de qualqiuer jeito eu sugiro uma competição de pontos corridos da seguinte forma:

    1) Pontos corridos.
    2) Os dois primeiros colcados vão a final com a vantagem para o primeiro colocado.
    3) Os tres últimos colocados caem automáticamente para a série inferior.

    Considerando a necessidade de turbinar financeiramente os clubes pequenos:

    1) Todos os jogos de Ceará e Fortaleza contra os pequenos, ida e volta, seriam realizados na capital por causa do maior apelo de público e pela qualidade dos gramados.
    2) Poderá haver exceções nos jogos contra Guarani de joazeiro e Guarani de Sobral que decidiriam onde realizariam seus jogos como mandantes.
    3) As rendas, as receitas e as despesas do jogo pertencerão cem por cento ao clube mandantes no jogo conforme a tabela mostra.

    Um campeonato de pontos corridos dará a todos os jogos, desde o inicio da competição ao fim uma grande importância em cada jogo visto que pontos perdidos no inicio da competição poderão tirar um clube da grande final ou rebaixa-lol.

    Mesmo sendo uma fórmula conhecida e eficaz os pontos corridos é uma fórmula que precisa ser experimentada no estadual. Testada. Ninguém tem a fórmula perfeita até porque há interesses incofessáveis no futebol.

    Saudações MAIS QUERIDAS.

  21. A outra sugestão minha que não depende só dos nossos clubes, dependeria das outras federações nordestinas seria uma copa do Nordeste por pontos corridos aos moldes da série A. começando em Fevereirro e terminando em Maio.

    Teria duas séries.

    Inicialmente teria uma série A com tres clubes por estado e uma série B com tres clubes por estado. Seriam seis clubes ocupados. Terai acesso e decesso de quatro clubes.

    Os quatro da série B que caissem poderiam ser substituidos em seus respectivos estados por um outro clube escolhido pelos criterios acertados em cada federação.

    Saudações MAIS QUERIDAS.

  22. Os campeonatos estaduais não têm atrativo nenhum. Em todos os estados. O do Rio de Janeiro já era para ter fechado as portas. Fla x Flu no Pacaembu. Igual Itapipoca com mando de campo em Sobral. Palhaçada. A 20 anos que se revezam Ceará e Fortaleza. O último título do Ferrim ficou na memória dos torcedores corais, que hoje têm em média 30 anos de idade. Seria melhor um campeonato dos pequenos com os dois fianilistas disputando um quadrangular com Ceará e Fortaleza depois da final da Copa do Nordeste.

  23. FG, acho que a derradeira do campeonato CEARENSE assim como qualquer outro campeonato são dos torcedores.

    Ou a turma ainda não entendeu que o futebol foi feito pra eles?

    Se os torcedores não se organizarem pra cobrar, nada muda.

    Queria ver se a torcida se organizasse a não ir para os jogos as 10 da noite se não ia ter dirigente mudando todos os horários.

    Queria ver se a torcida reclamaria de contratação se ou vesse transparência financeira.

    O problema do Brasil é a Hipocrisia do ser humano que nada faz para mudar e reclama de tudo……seja no futebol, na política e até dentro da sua própria casa.

  24. É o seguinte, a salvação do futebol cearense se chama Ferroviário, o Ferrão precisa urgentemente voltar para primeira divisão mais rápido possível, pois so tem um clássico no campeonato fica difícil de ter nível técnico e também renda para os clubes.

  25. Fórmula simples:2 turnos.O 1º com 10 equipes,com pontos corridos.Para não esvaziar o clássico rei,jogo entre ambos,logo no início.Os 4 últimos seriam desclassificados e fariam um torneio como existe hoje ,para rebaixar dois.Segundo turno igual ao primeiro com seis equipes.Se o vencedor do 1º turno,vencer o segundo,será campeão,senão,uma melhor de três.No mínimo,Ceará e Fortaleza ,se enfrentarão duas vezes,e no máximo,5 vezes.Fórmula simples,e totalmente rentável,e o mais importante,com poucas datas.

  26. O regulamento do estadual atual é horrível. Qualquer fórmula que privilegie “2 turnos com mata-mata e ao fim do campeonato os 2 vencedores de turno se enfrentando na final” poderá trazer mais atratividade à disputa.

  27. Meus prezados Francisco e Bosco, deixem desse papo carniça. Afinal de contas seu time só pensa num jeito de passar na frente do LEÃO DE AÇO; mesmo que seja na base da falcatrua. Pois nunca na história desse país um time ganhou cinco campeonatos seguidos sem ter registro escrito ou audiovisual e sem NENHUMA testemunha e até sem vice-campeões. Pasmem.

  28. Uma sugestão que papel a FCF exerce sobre os clubes nenhum se não vejamos, quem é que paga as taxas de arbitragens os clubes quem é que paga as taxas de inscrição os clubes tanto na CBF como na FCF, e a cartolada ainda assina uma procuração para o presidente negociar com as TVs a preço de banana podre, portanto aí tem a velha comissão. Já é passado hora de se organizarem em torno de uma liga independente, contratarem uma pessoa que entenda um pouquinho de marketing, para um asesoramento e ponto final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *