Outro texto forjado como se meu fosse. Outro esclarecimento.

Fui surpreendido nesta segunda-feira, dia 16 de novembro, com a divulgação criminosa através do Twitter, Facebook e Whatsapp de um “print” de um suposto texto meu que teria sido publicado no Portal O POVO Online e no Jornal O POVO cujo o assunto seria um possível acordo de cavalheiros entre Ceará e América-MG para acerto do resultado na partida entre ambos, pela Série B, no próximo sábado.

De forma clara, explico: não fiz texto algum sobre tal tema. A montagem – não a reproduzo por motivos óbvios – foi realizada a partir de um texto que publiquei hoje quando analiso as possibilidades do Ceará até o fim do campeonato. É uma ação estapafúrdia, grosseira e criminosa. O retrato perfeito acabado da maldade humana e dos crimes que são cometidos pela internet sem qualquer punição.

Mais: não tenho conta ativa no Facebook, apenas tenho uma conta no twitter: @fgraziani, além deste blog.

O departamento jurídico do Grupo de Comunicação O POVO está ciente, como estava em caso parecido ocorrido no começo de maio deste ano. Assim, agradeço o apoio e a orientação para esta negativa e os próximos passos.

Agradeço também aos de bom senso que me avisaram da divulgação e verificaram imediatamente o tamanho da farsa. Lamento também por quem conseguiu acreditar em algo assim e que agora espalha, também de forma vil e ordinária, a farsa. É tão tosco, nojento e rasteiro como o comportamento desonesto de quem perdeu tempo para forjar tal situação.

Por fim, agradeço a quem puder divulgar este post. Jamais peço tal coisa mas, neste caso, me parece fundamental a ajuda de todos. Quem tem como ferramenta de trabalho as palavras, a seriedade, a responsabilidade e o profissionalismo, independente da concordância ou não de quem tem acesso ao que eu escrevo, sabe exatamente como estou me sentindo.

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.