Na vitória do ASA sobre o Fortaleza, os goleiros brilharam; já a arbitragem…

Ricardo Berna e Pedro Henrique. Os goleiros de Fortaleza e ASA foram os melhores em campo na vitória do time alagoano por 1×0, gol marcado por Leandro Souza aos 49 minutos do segundo tempo, neste sábado. O resultado não atinge diretamente a campanha do Fortaleza, que segue com 27 pontos, na liderança do grupo, e foi ótimo para a equipe de Arapiraca, que agora soma 23 pontos, firme no G4 sob o comando de Vica.

Marcelo Chamusca, que não vê seu time ganhar fora de casa faz quatro jogos, montou o Fortaleza que considera ideal para o mata-mata, tendo todos os jogadores disponíveis depois de muito de tempo. Assim, atuaram Correa e Auremir na proteção da zaga, Maranhão, Everton e Daniel Sobralense na linha de três que antecedia o atacante Ricardo Jesus.

O Fortaleza teve uma atuação melhor na primeira etapa, levando em consideração que na segunda Maranhão cedeu lugar para Pio. O time não fez uma grande partida, mas também não se limitou a marcar. Criou chances, buscou se movimentar – e foi assim que teve seus melhores momentos no primeiro tempo e viu Daniel Sobralense e Auremir perderam gols inacreditáveis – e sair com velocidade também com os laterais. Defensivamente os problemas se concentraram muito na cobertura justamente dos avanços de Tinga e Thallyson. Muitos espaços foram dados ao ASA, que aproveitou para criar suas chances.

Sobre a arbitragem que citei no título, um desastre. Ricardo Jesus fez um gol no primeiro tempo em posição legal, mas foi anulado pelo auxiliar – que é de Alagoas, uma provocação sem sentido da CBF nas escalas no Campeonato Brasileiro – e confirmada a anulação pelo árbitro. Um erro que acabou por contaminar a partida. Do ponto de vista disciplinar, muitos problemas. O time da casa bateu bastante, especialmente no primeiro tempo.

Em tempo: leitores atentos me chamaram a atenção nos comentários sobre um impedimento no gol do ASA. Fui rever o lance e eles têm razão. O jogador que toca a bola de cabeça para trás está fora de posição, impedido. O auxiliar, o mesmo que anulou o gol legal do Fortaleza no primeiro tempo, muito mal colocado, deixou passar a irregularidade. 

 

Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

16 thoughts on “Na vitória do ASA sobre o Fortaleza, os goleiros brilharam; já a arbitragem…

  1. Ahh,sério…O torcedor do FEC não deve se preocupar com essa derrota…Eu não fiquei feliz,pois gosto de ver o FEC empolgado ,achando que pode tudo,pra na hora do mata mata,acontecer o que acontece há 5 anos…É do tipo de derrota que serve para o técnico consertar os erros,e inteligente como é,o chamusca fará…

  2. GOOOOOOOL de letra do asa vao comecando a pensar no pior daqui pra frente,a sorte vioru la para porangabucu e o azar ops asa la pro pici!

  3. Time jogou até bem o primeiro tempo, rendimento bem superior em relação aos últimos jogos fora (Águia, Salgueiro, Confiança, Vila..). No entanto, no segundo tempo, a entrada do Pio prejudicou a equipe, como já era de se esperar. As substituições são muito previsíveis: Azulão, Lúcio Maranhão….coisas que não acrescentaram em nada. Porém, nem discuto muito a saída do Everton e Ricardo, pois estes cairam de rendimento no segundo tempo.

  4. O Leao foi garfado em Arapiraca! O bandeirinha anulou um gol absolutamente regular e o juiz deu 5 minutos, quando no maximo deveria ter dado 3 minutos! O placar foi absurdamente injusto ! O gol deles nao era para ter acontecido, pq foi em um tempo q nao deveria ter acontecido. O Auremir perdeu um dos gols mais feitos do ano, sozinho na grande area só o goleiro na frente dele e ele chutou em cima do goleiro. E ainda teve a bola q o Correa cobrou e foi no angulo e goleiro tirou. E o Daniel Sobralense depois de grande jogada, jogou a bola em cima do Goleiro. Eles só tiveram 2 chances reais de gol e o Berna salvou. Numa hipotese, muito ruim, o jogo era pra ter sido um 2×2, mas nao com esse gol no final do jogo. O justo teria sido uma vitoria do Leao, nao uma derrota.

  5. Caro Graziani, o jogador do ASA que tocou de cabeça para o meio da área no lance do gol estava em posição irregular, adiantado em relação a defesa no momento da cobrança da falta.

  6. Resumo do jogo: A primeira boa chance da partida foi do Fortaleza. Aos 17 minutos do primeiro tempo, Ricardo Jesus mandou a bola para o fundo das redes, mas o árbitro assinalou impedimento do atacante que estava em posição legal. Ainda na primeira etapa, Auremir ficou na cara de Pedro Henrique, mas chutou em cima do goleiro do ASA e desperdiçou mais uma chance do Tricolor do Pici. Nos últimos 45 minutos, o jogo não foi muito diferente. Leão e Fantasma não tiveram pontaria na última bola e esbarram em goleiros inspirados. Aos 11 minutos, Uéderson chutou forte, de fora da área, e obrigou o arqueiro tricolor, Ricardo Berna, a fazer uma uma grande defesa. Ao longo da partida, Berna e Pedro Henrique dividiram as atenções com belas defesas. Porém, aos 48 minutos, o zagueiro Lucas Bahia aproveitou a falta batida por Chiquinho e fez o gol da vitória do Fantasma.

  7. Grazziane, você esqueceu de citar que o jogador do asa que cabeceou pro meio da área na cobrança de falta também estava impedido.

  8. Qualquer análise da partida fica prejudicada pelo erro da arbitragem que ajudou a decidir o placar.

    Mas o Fortaleza EC continua criando muito e perdendo gols incríveis.

    Sinal de alerta ligado no leão, não é hora de perder rendimento, o mata-mata se aproxima.

    Não é preocupante, preocupante é ficar 12 jogos sem ganhar de ninguém.

    Saudações Tricolores.

  9. Resumo do jogo:

    A primeira boa chance da partida foi do Fortaleza. Aos 17 minutos do primeiro tempo, Ricardo Jesus mandou a bola para o fundo das redes, mas o árbitro assinalou impedimento do atacante que estava em posição legal. Ainda na primeira etapa, Auremir ficou na cara de Pedro Henrique, mas chutou em cima do goleiro do ASA e desperdiçou mais uma chance do Tricolor do Pici.

    Nos últimos 45 minutos, o jogo não foi muito diferente. Leão e Fantasma não tiveram pontaria na última bola e esbarram em goleiros inspirados. Aos 11 minutos, Uéderson chutou forte, de fora da área, e obrigou o arqueiro tricolor, Ricardo Berna, a fazer uma uma grande defesa. Ao longo da partida, Berna e Pedro Henrique dividiram as atenções com belas defesas. Porém, aos 48 minutos, o zagueiro Lucas Bahia aproveitou a falta batida por Chiquinho e fez o gol da vitória do Fantasma.

  10. TIME NÃO MERECEU GANHAR E TEM QUE VOLTAR A JOGAR BEM. MAS TB HÁ DE SE DIZER QUE além do gol mal anulado, no GOL DO ASA O JOGADOR QUE TOCOU A BOLA PRA TRÁS APÓS O CRUZAMENTO NA ÁREA ESTAVA IMPEDIDO. E NÃO VI NGM FALAR DISSO. TEM OS MELHORES MOMENTOS DO JOGO NO YOUTUBE PRA QUEM QUISER CONFERIR. Resultado mais justo seria o empate. Um gol feito mal anulado e o levado irregular.

  11. MAIS UM JOGO QUE O LEÃO DE AÇO PERDEU PRA ELE MESMO !

    FORTALEZA era pra ter matado o jogo no PRIMEIRO TEMPO, quando o time tava lúcido no jogo.
    CHAMUSCA entrou com o time certo. Pena que não levou em consideração o jogo anterior(ou não enxergou do jogo anterior), que MARANHÃO só rende bem quando jogando do lado esquerdo.
    Acho MARANHÃO foi substituido no intervalo por contusão. Prefiro acreditar nisso. Pois até apostava que CHAMUSCA iria trocar ele de lado com o EVERTON(que se pegou na bola 10 vezes pegou muito).
    CHAMUSCA tem de “aprender” a ler o jogo com maior facilidade(clareza):
    1. MARANHÃO pelo lado esquerdo;
    2. SOBRALENSE, Chamusca tem de amarrar um cordinha nos ov… dele e ficar dando “puxarrancos” quando ele passar da linha da bola(né possível um negócio desse). Se ele joga atrás da linha(como ameaçou em alguns lances no segundo tempo), sobraria mais espaços pro Maranhão, Everton, De Jesus, e ele(Sobralense) ainda chegava junto pra finalizar;
    3. Os laterais, desde o jogo passado tão sem o corredor(Maranhão e Everton bloqueiam) e caem pra dentro;
    4. De JESUS, Lúcio, Romário, Chulapa, Dada Maravilha… pode “butar” qualquer um de atacante que vai ser a mesma coisa. Se não vierem buscar a bola vão ficar de “flôzo” na área(de novo Sobralense);
    5. Se levar a risca esse jogo – já que não deu tempo inverter as posições do Maranhão e Everton pra gente(ou EU) ver -, CHAMUSCA vai ter de voltar pros 3 volantes. CORREA quase bota os bofes pra fora de tanto correr e ainda tentar armar as jogadas(de novo Sobralense).
    Tenha santa paciência CHAMUSCA.

    MAIS UM JOGO QUE O LEÃO DE AÇO e CHAMUSCA PERDERAM PRA ELES MESMOS !
    Pior que isso – jogando bem, dominando, chegando bem mas sem concluir as jogadas a contento(nesse até concluíram e marcaram) -, só se formos imaginar a chegada lá(mata-mata).

    Arbitragem NÃO DISCUTO porque não adianta.
    Tudo bem que fomos garfados pelo bandeira alagoano. Mas só descobrimos isso depois de ver de 10 replays(assim é fácil).

    Temos de SUPERAR esse tipo de obstáculo(arbitragem), jogando bola.
    Tivemos 98 minutos pra matar o jogo e não conseguimos. E pra piorar levamos um gol de letra de um zagueiro no apagar das luzes(97 minutos).

    Só dependemos que o CHAMUSCA passe a melhorar a sua LEITURA DE JOGO, pra notar o POSICIONAMENTO dos jogadores que ele tem nas mãos.
    O time é esse que começou.

    Não gosto, mas… “Se”:
    Usar a cordinha nos ov… do SOBRALENSE pra controlar ele atrás da linha da bola, e inverter a posição do MARANHÃO(esquerda) com o EVERTON, que é mais fácil de se adaptar(direita), aposto… O TIME VAI TER MAIOR MOVIMENTAÇÃO e até o De JESUS vai conseguir tirar o dedo.

    Tamos na reta final CHAMUSCA !
    Peidar na rabichola agora… VAI SER UM DEUS NOS ACUDA.

    PRESTENÇÃO !!!!!

Comments are closed.