Fortaleza vive o seu Dia da Marmota

Todo o dia dois de fevereiro a marmota Phil sai da sua toca e tem uma missão: fazer a previsão de quanto tempo vai durar o inverno nos EUA.

A tradição do Dia da Marmota foi retratada brilhantemente no filme ‘O Feitiço do Tempo”, de 1993. O jornalista Phil Connors (Bill Murray), que está cobrindo o evento e desesperado para ir embora, acaba ficando preso no dia dois de fevereiro. Assim, ele sempre é despertado às seis da manhã, ouvindo a mesma música no rádio – “I got you babe” – e tendo o mesmo dia pela frente. Há uma vantagem: como Phil se lembra de tudo que fez quando acorda, ele pode pode usar as informações colhidas para se dar bem.

O Fortaleza vive agora o seu Dia da Marmota. Classificado para o mata-mata com seus 27 pontos e faltando ainda seis rodadas para o fim da primeira fase da Série C, o time terá cerca de 50 dias acordando do mesmo jeito, ou seja, aguardando a fase decisiva.

Há grandes desafios neste período. Marcelo Chamusca precisa fazer o elenco não perder a concentração de forma alguma, ao mesmo tempo em que necessita dar entrosamento e poupar jogadores de contusões e suspensões quando o mata-mata estiver se aproximando.

A diretoria, por sua vez, tem como obrigação não deixar os salários atrasarem e seguir na construção de um ambiente saudável para o clube. Os torcedores, mesmo que saibam que o time está classificado, também têm sua parcela, ou seja, têm que seguir comparecendo aos jogos, avaliando, criticando, observando.

Por fim, os atletas. Esses são fundamentais no processo. As lideranças do elenco devem entrar no circuito e cobrar comportamento profissional de todos. As brigas por lugares no time titular vão ocorrer, mas o respeito no tratamento será fundamental.

E vale lembrar, assim como no filme: O Dia da Marmota tem data para terminar.

90
Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

18 thoughts on “Fortaleza vive o seu Dia da Marmota

  1. “CHAMUSCA é que tá vivendo dias de Marmota”, mas é aquela marmota, marmota mesmo: FÊIA !
    Incrível como depois daquela derrota pro Confiança(única derrota na competição), o time virou uma MARMOTA.
    As vezes tenho a impressão que CHAMUSCA tá perdendo as rédeas da coisa, e isso não é nada bom.
    E isso, também, me faz lembrar o filme 24 horas, onde o ator(me fugiu o nome dele) a cada amanhecer, revive as mesmas coisas, as coisas se repetem exatamente da mesma forma, ele demora perceber e quando percebe, consegue consertar as coisas. Pena que só, mas acaba acertando tudo no final.
    Caso do LEÃO DE AÇO é diferente POIS ISSO AQUI É VIDA REAL !

    CHAMUSCA precisa dar um jeito de mudar o roteiro deste filme que tá caminhando pra se repetir, e a repetição é muito dolorosa pra nós TRICOLORES.
    Ano passado(pra lembrar uma só decepção), já era CHAMUSCA, que como agora, começou invicto; vacilou pelo meio porque do jeito que começou foi até o final; não conseguiu mudar a forma de jogar do time; e tô vendo o mesmo roteiro agora.

    MARMOTA, FICÇÃO, MESMICE vestem a mesma camisa, e é preciso dar uma guinada grande agora, que é pra não sentir mais tarde.

    CHAMUSCA tem de dar um chega pra lá na MARMOTA, que é pra ver se finalmente a gente consegue sair deste atoleiro chamado Czona(que QUASE ninguém merece).

  2. Genial Graziani! Adorei a analogia e vi verdade no que disse. Espero mais matérias como essa (com alusão a filmes da cultura pop). E como já dizia Tom Clancy “A única diferença entre ficção e realidade é que a ficção tem que fazer sentido”. Abraços e saudações tricolores!

  3. O Leao, realmente, está classificado, ainda nao matematicamente, mas a chance, em apenas 6 rodadas, do time que está na 5a. posicao vencer 4 partidas e ultrapassar o Leao [considerando q o Leao perdesse as 6 partidas seguidas, algo q beira o absurdo] é praticamente impossivel.

    MAS o importante nao é apenas se classificar, é ser o 1o. ou 2o. colocado, para pegar times q “na teoria” sao mais “fracos”, esperando q isso realmente aconteça esse ano. Pois, vale lembrar, que em 2012 e 2014 pegamos os “piores times” do outro grupo, q acabaram se mostrando serem os melhores times da competição, consequentemente eram os melhores do outro grupo, apesar de “estarem” no momento anterior ao Mata-Mata, apenas na 4a. posicao. Afinal, mostraram-se os melhores pois foram os campeoes da Serie C! Para atingir essa meta de ser 1o. ou 2o., a gente vai precisar ganhar mais uns 3 jogos, considerando q a gente perdesse os demais, pq dificilmente o Vila Nova seria capaz de ganhar 4 jogos e obter 1 empate em 6 jogos, sendo 3 jogos fora de casa.

    No final, o q importa mesmo é o Mata-Mata e lá na outra chave o equilibrio é muito maior e qualidade é maior dos ultimos anos ! Antigamente, só ficavam entre os 4 times, normalmente, times sem muita expressao e sem tradicao, como Macae, Oeste, Madureira, etc. Agora, tem lá Portuguesa, Londrina, Guarani e Juventude todos com chances de se classificarem, alem do Brasil de Pelotas e Tupi que sao 2 times “chatos”.

    Certamente, essa é a Serie C mais dificil, creio que de TODOS OS TEMPOS, pois tem todos esses times mais expressivos no outro grupo!

    Vamos torcer para que tudo dê certo e a gente saia dessa esse ano e que o time das Vovozetes faça bom proveito da vaga que deixamos para eles e eles passem muito e muito tempo lá !

  4. O ruim da Série C é que se trata de um campeonato de pontos corridos que se transforma em torneio dentro da mesma competição.O clube até que aprendeu a jogar bem a 1 fase já que sempre se classifica com autoridade.A comissão técnica e os jogadores precisam mesmo é focar no mata-mata que diferente da 1 fase não permite erros.O Chamusca e os jogadores devem abrir os olhos para evitar o que aconteceu no ano passado.

  5. FORTALEZA VIVE O SEU DIA DE MARMOTA , ESSA FOI BOA, ESSE TIMECO JÁ NASCEU
    MARMOMATA um ETERNO TERCEIRÃO, ONDE A SUA TORCIDA CHUPA MANGA e ARROTAM
    CAVIAR .

        1. Pra falar e fazer menos besteira, pra fazer algum comentário coerente, pra particiar tipo de um diálogo esportivo … meu time é isso, o meu é aquilo, olha o Cassiano, Gol do Cassiano….Nunca fui da série c – mas ainda dá tempo….
          Sair desse besteirol e dá uma moralzinha pro blogueiro.
          O cara escreve uma coisa e a turma comenta outra…ou seja, estão usando o texto pra qualquer coisa, menos para ler e comentar…
          mas só uma dica…
          fique à vontade pra fazer a mesma coisa sempre

  6. O FEC tem um time/elenco superior aos demais, por isso que ganha sem muito esforço. Ganhou do Icasa devido a 2 gols contra. Quando jogamos em casa, bao fomos bem, tivemos pouca posse de bola. Contra o Vila, foi dominado no Serra Dourada e aqui foi um sofrimento. Contra o America-RN, um fraco 1×0, com leve superioridade. Fizemos um péssimo futebol contra Águia (segundo tempo), Confiança (primeiro tempo) e Salgueiro (segundo tempo)fora. Jogamos mal contra o Cuiabá aqui. O time só jogou bem mesmo contra o Cuiabá fora e Botafogo aqui. Essa é a verdade. O time tem que se reencontrar, encontrar motivação para realizar os ajustes no mata a mata.

  7. ÊH BONITÃO (FG), CADÊ MEU COMENTÁRIO DE ONTEM??? A CENSURA VOLTOU, FOI??? QUER DIZER QUE OS COLORIDOS PODEM TIRAR SARRO DA GENTE E NÓS NÃO PODEMOS TIRAR SARRO DELES, É???
    TEM MAIS, EU NÃO OFENDÍ NINGUÉM, TÁ SABENDO???

    Opa. Não é censura, mas no seu comentário havia claro preconceito de gênero. Não dá, mas tente de novo!
    FG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *