Maranhão: da base do Cruzeiro até o gol espetacular pelo Fortaleza

maranhão

Aos 13 anos, Maranhão deixou São Luis e foi morar na Toca da Raposa, centro de treinamento das categorias de base do Cruzeiro. A equipe de Minas Gerais acreditou no jogador ainda menino, depois de vê-lo em ação pelo Sampaio Corrêa.

Em Belo Horizonte as coisas não foram fáceis para um garoto distante da família e dos amigos, mas melhores do que a situação financeira difícil deixada para trás. Nos cinco anos no Cruzeiro, seu comportamento não foi dos melhores. Não era raro fugir da concentração, pular muro, aparecer dias depois. Neste período também viu seus pais morrerem, um sofrimento enorme, mas que teve que sentir sozinho porque o futebol seguia como única alternativa viável. O jogador tinha talento e em 2010 subiu para o profissional do Cruzeiro mas, no máximo, ficou no banco. As dúvidas aumentavam. Seu contrato perto de vencer e ele sem perspectivas, o Cruzeiro não o queria mais, quando surgiu em agosto de 2011 a chance de atuar na Suécia. Foi para o Hacken, mas não aguentou mais do que oito meses. Jogou apenas cinco vezes, todas entrando no decorrer das partidas. Não fez nenhum gol, mas finalmente juntou algum dinheiro.

Quando pediu para voltar, conseguiu espaço no Nacional de Minas Gerais e por lá ficou em em 2012 e 2013. Depois rodou pelo Vila Nova, também de Minas e foi parar no Guarany de Sobral , onde começou a temporada de 2014. Foram 10 jogos somando Copa do Nordeste e Campeonato Cearense, um gol marcado, mas ainda assim o Ceará o contratou em junho do mesmo ano. O problema é que atuou apenas 52 minutos no time principal. Sem chances, carregou uma grande mágoa do alvinegro e estava acertado com o América-RN para 2015 quando o Fortaleza apareceu. Sua esposa, torcedora tricolor,  teve influência direta na resposta positiva, apesar do salário baixo oferecido. Além disso, pesou a vontade do jogador em dar a resposta ao Ceará em campo.

Com Nedo Xavier, começou como titular, mas perdeu a posição. Seguiu reserva com Marcelo Chamusca, mas fez o gol da quebra do tabu nos clássicos contra o Ceará. A mágoa persistia e o jogador teve um péssimo comportamento na final do estadual contra o alvinegro. Arrumou confusão, foi expulso, provocou e pediu desculpas.

Com a contusão de Éverton, Marcelo Chamusca o escolheu para atuar pelo lado esquerdo. Maranhão não decepcionou. Apesar da dificuldade na recomposição, melhorou fisicamente e teve um bom desempenho, tanto que hoje muitos defendem que mesmo com a volta de Éverton, Chamusca arrume um lugar para Wenderson da Silva Soares, o Maranhão.

Até este sábado, antes de enfrentar o Botafogo-PB, o meio-campista de apenas 23 anos ainda e que recebeu aumento espontâneo da diretoria para renovar o contrato até o fim de 2016, tinha cinco gols e quatro assistências na temporada. Tinha, porque o Castelão viu um gol espetacular de calcanhar, o sexto de Maranhão na temporada, após jogada de Daniel Sobralense. O Fortaleza venceu por 3×0 e lidera com folga o grupo A da Série C.

[dailymotion]http://www.dailymotion.com/video/x2yh3ac_maranhao-marca-um-golaco-para-o-fortaleza_sport[/dailymotion]

Maranhão marca um golaço para o Fortaleza! – Vídeo Dailymotion.

1235
Fernando Graziani

Sobre Fernando Graziani

Fernando Graziani é jornalista. Já cobriu duas Copas do Mundo, Copa das Confederações, duas Olimpíadas e mais centenas de campeonatos. No Blog, privilegia análise do futebol cearense e nordestino.

16 thoughts on “Maranhão: da base do Cruzeiro até o gol espetacular pelo Fortaleza

  1. RESPEITANDO toda história de vida do MARANHÃO, digo:

    FORTALEZA jogou o jogo !
    MARANHÃO foi mais uma peça que funcionou hoje e ele tá de parabéns pelo grande gol que marcou. Acho que depois que mudaram o nome de FUTEBOL pra FUTEBOL MODERNO e CASTELÃO pra ARENA, nunca tinha acontecido um gol de tão bela feitura.
    Aliás de gols bonito esse MARANHÃO entende. Já são bem uns 2 ou 3 que ele da aula só na Arena.

    FORTALEZA mandou no jogo.
    FORTALEZA jogou como lhe “convia”.
    FORTALEZA soube a hora de atacar e de defender.
    FORTALEZA foi o FORTALEZA que o TORCEDOR espera.

    Do jogo todo me chamou atenção o SOBRALENSE.
    SOBRALENSE jogou na faixa de campo que lhe é destinada(o grande circulo).
    Peguei ele poucas vezes desfilando na área, e até me admirei com a participação dele no jogo, principalmente na marcação(coisa que ele nunca havia feito).
    Fosse destacar alguém, sem pestanejar escolheria SOBRALENSE.

    FORTALEZA venceu um jogo que de início deu impressão que iria acabar complicado, mas de uma maneira bem discreta foi tomando rédea das coisas e ditou o ritmo de jogo o tempo todo.
    CABERIA ATÉ MAIS GOLS se tivesse mantido o controle até o final.

    FALAR de vitória é fácil.
    Mas quando essa vitória acontece da forma que aconteceu, merece destacar a dedicação e capacidade de ORGANIZAÇÃO da equipe.
    É aí que entra o CHAMUSCA.
    THALLYSON espera mais dele. JOGOU BEM. Mas pelas entradas dele fora de sua posição, achava que ele iria ARREBENTAR na sua função.
    BERNA… sem comentários. Basta citar a forma que ele saiu do jogo.
    ERIVELTON entrou e manteve a tranquilidade do time.
    EVERTON… parece não ter parado quase 3 meses.
    Pra não esquecer ninguém ou ser injusto, melhor levar em consideração o COLETIVO e resumir:

    GANHAMOS e ganhamos BEM !
    Isso só nos deixa mais tranquilos para a continuidade na competição.

    SOU MAIS LEÃO DE AÇO !!!!!

  2. ESPETACULAR o gol do Maranhense !!!
    Não demora muito no Fortaleza. Agora que aprendeu a jogar
    futebol, atacando, marcando e recompondo, logo virão buscá-lo.
    Ainda bem que a diretoria tem visão e renovou o contrato para
    poder ganhar um bom dinheiro.
    Foi um belo sábado: Leão vencendo bem e o time do Kanal se
    aproximando com força da Série C !!!!
    Bela reportagem, Graziani, você está ficando cada vez melhor!

  3. Grande atuação do Fortaleza EC, grande gol do Maranhão.

    Destaco também a atuação de Daniel Sobralense com muito mais vontade e protagonismo no jogo. Foi dele, junto a LM a grande jogada do golaço do Maranhão.

    O desafio do Chamusca agora é fazer com que o time mantenha esse ritmo, ou pelo menos parecido, nos próximos jogos inclusive no mata-mata que parece cada dia mais real para nós Tricolores.

    Saudações Tricolores.

  4. Pra mim, o Maranhão foi o melhor jogador de ontem, principalmente pq esteve envolvido nas jogadas dos 2 primeiros gols. Parabens pra ele !!! É bom sabermos q já renovamos com ele, na pior da hipoteses, alguem leva ele, mas paga um bom valor e nao ficamos de mãos abanando, como aconteceu com o Wanderson [deve ter ficado muito pro Leao] e o Cassiano.

    Muito bom o retorno do Everton e já fazendo gol !!! E aquele gol pode até ter sido uma “falha” do goleiro do Botafogo, mas pior do q aquela falha, o Deola tomou uns 4 ou 5 gols. A bola ali estava proxima e foi um chute forte.

    Espero tb a melhora breve do Berna pra ele retornar logo. Ontem, a zaga esteve bem e o ataque do Botafogo era muito fraco e nao ameacou, por isso o Erivelton nao teve nem trabalho, nao deve ter trabalho contra o Aguia tb [q é um dos piores times q eles fizeram na Serie C nos ultimos tempos], mas depois já vai fazer falta o Berna.

  5. Se o jogo foi ótimo dentro das 4 linhas, nas arquibancadas foi ainda mais interessante com o show de lanternas que a torcida do Leão fez pra homenagear o lanternão do terreno emprestado.

    Kkkkk…

    Saudações Tricolores.

  6. Dispensando por deficiência técnica em um canto, sendo bem aproveitado em outro. Isso é apenas o resultado do trabalho do Chamusca com ele, soube trabalhar o que ele tem de bom com paciência, não se melhora da noite pro dia.

    Maranhão mereceu o destaque e espero que siga assim, sabemos tbm que em jogo importantes não costuma se esconder, como vc lembrou, fez gol em um jogo em que precisavamos ganhar contra o Ceará e um belo gol, indo embora um tabu.

    Parabéns pelo texto!

  7. Adoramos (incluo-me) queimar jogadores. Fui um dos que queriam a dispensa do Maranhão. Mas quem entende mais é o treinador, que estar com os caras no dia a dia. Talvez o motivo dele não dar vez a Elias, Hudson, Felipe…

    Será uma boa opção (mais uma) para o segundo tempo. Everton titularíssimo!

    Maranhão estar crescendo muito, com os ensinamentos do Chamusca. E sua extroversão ajuda. É um dos mais animados, junto ao Sobralense, Pio, alguns outros, e mais o Wanderson, antes de ir embora. Mérito total para o treinador, que tem o grupo na mão.

    O posicionamento do Sobralense, no segundo tempo, lembrou o do Diego Sousa, no jogo Sport x Palmeiras, quando da entrada do atacante Samuel. Diego veio armar as jogadas, jogando de volante. Daniel pode fazer isso mais vezes.

    Será uma boa “dor de cabeça” pro Chamusca, Maranhão mostrando o seu valor.

  8. ótima matéria, só faltou comentar o maior golaço dele que não foi esse, na verdade foi contra o ASA também no castelão no campeonato brasileiro desse ano! salvando o tricolor da derrota! O Maranhão foi uma aposta pessoal minha pra série C, antes de iniciar o campeonato falei pra alguns amigos que apostava que ele iria se destacar e está acontecendo! Valew Maranhão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *