PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA DIZ ABERTAMENTE QUE A LUTA É CONTRA A FISIOTERAPIA.

Em entrevista para o JORNAL DO BRASIL, o Presidente do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, Roberto D’avila, afirma que a necessidade de regulamentação da Medicina se deve ao avanço da Fisioterapia.

A crítica dos profissionais de saúde de que a aprovação do ato médico fará com eles fiquem sob a tutela dos médicos procede?Não, não procede, isso é um equívoco. Na verdade é um equívoco mal intencionado. Porque algumas lideranças de algumas profissões da área da saúde têm interesse em que não haja regulamentação da medicina. Enquanto não houver regulamentação poderão avançar sobre o campo tanto teórico quanto prático da medicina. A hora que você estabelece uma regulamentação e diz o que é privativo, e nós estamos dizendo que é privativo o diagnóstico e o tratamento das doenças, eles disseminam um equívoco no sentido de dizer que nós vamos acabar com a integralidade do SUS, que nós vamos impedir as outras profissões de trabalharem, que nós vamos mandar em todas as profissões, que todo paciente terá que passar primeiro pelo médico para depois ir neles, quando na verdade não fomos nós que dissemos isso. O que diz isso é a lei. A lei dos fisioterapeutas, por exemplo, diz que é privativo do fisioterapeuta aplicar métodos fisioterápicos. A lei não diz que eles podem fazer o diagnóstico e que eles podem fazer tratamento por conta própria. O que os fisioterapeutas querem? Não querem que a pessoa vá mais no médico. Querem que a pessoa vá neles para que eles então determinem que tipo de fisioterapia fazer. Isso não tem o menor sentido. Então, da nossa parte, nós estamos trabalhando com a consciência tranquila de que estamos querendo algo que protege a sociedade, que não é corporativismo.

Além dos fisioterapeutas, que outros profissionais estão contra o ato médico?Basicamente os fisioterapeutas. Os outros profissionais seriam, por exemplo, a psicologia, que está querendo passar remédios igual aos psiquiatras, está querendo fazer diagnóstico de doença mental. Não pode. A lei da psicologia diz que eles só podem fazer diagnóstico psicológico, que só podem aplicar testes para medir a função intelectual, psicotécnica – os testes psicotécnicos. Eles não podem e querem fazer o mesmo que o psiquiatra faz. Isso não pode acontecer. O curso de psicologia é um e o para ser psiquiatra tem que ser médico. Então são formações completamente diferentes. Os enfermeiros obedecem à lei deles. Em alguns pequenos pontos é que há algum desvio. Por exemplo, nós consideramos a casa d e parto um desvio da enfermagem que não tem nada a ver com o ato médico, mas que repercute porque a lei da enfermagem diz que o enfermeiro pode fazer parto, não tem nenhum problema e nós concordamos com isso, desde que integrante de uma equipe e desde que o parto corra sem problemas e que na hora que aparecer o primeiro problema, deve imediatamente chamar o médico. Então a gente só concebe que isso seja dentro de uma maternidade, com médico, pediatra na sala de parto, enfermeira, e ela pode fazer o parto que esteja ocorrendo de modo normal.

http://jbonline.terra.com.br/pextra/2009/12/31/e311210983.asp

Compartilhar

94 comentários sobre “PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA DIZ ABERTAMENTE QUE A LUTA É CONTRA A FISIOTERAPIA.

  1. EU TENHO TANTO COLEGAS, PARENTES QUANTO PACIENTES MÉDICOS, E CADA VEZ QUE CONVERSAMOS FICO MAIS ESPANTADO COM O QUANTO ELES DESCONHECEM A NOSSA ATUAÇÃO.
    OS QUE SÃO MEUS PACIENTES CONCORDAM QUE NUNCA TERIAM ESTE TIPO DE TRATAMENTO (OSTEOPATIA)SE TIVESSEM QUE SER INDICADOS POR COLEGAS MÉDICOS.
    EXISTEM PÉSSIMOS PROFISSIONAIS EM TODAS AS PROFISSÕES, NÃO DEVEMOS JULGAR A CLASSE POR EVENTUALIDADES OU FATALIDADES, MAS CREIO QUE OS “REPRESENTANTES” DA MEDICINA AINDA TEM MUITO O QUE APRENDER E ACEITAR PARA FAZER O REAL BEM A SOCIEDADE.
    E ACREDITO QUE ESSA NOVA GERAÇÃO JÁ ESTÁ NADANDO EM DIREÇÃO DIFERENTE.

  2. Eu fiz faculdade 4 anos pra nao poder exercer!?
    Sim, nós podemos fazer o fisiodiagnóstico e cabe ao fisioterapeuta escolher o melhor tratamento, ELE é o profissional que estudou para isso; e outra, se o tratamento escolhido pelo médico prejudica o paciente, quem é processado é o fisioterapeuta que utilizou o mesmo, então é óbvio que temos que rever o diagnóstico e principalmente o tratamento. Se os médicos pretendem escolher qual o melhor tratamento fisioterápico, encarem mais 5 anos de faculdade e formem-se fisioterapeutas também. Absurdo ler certas coisas.

  3. É TRISTE LER E PENSAR COMO UMA PESSOA PODE SE PRESTAR A DAR UM ESCLARECIMENTO REPUDIANDO UMA CLASSE QUE SÓ QUER SEU ESPAÇO QUE POR ELE BEM VISTO QUE ESTA SEMPRE EVOLUINDO ISSO POR QUE BUSCAMOS CONHECIMENTO E PROCURAMOS ABRANGER CONHECIMENTOS.

  4. A reportagem não foi muito clara com a essencia da notícia, a impressão que se mostrou que todos devem ir primeiro para o médico primeiro se diagnosticar e na verdade essa cultura já está na “pele” dos brasileiros, falta muita informação a população quanto a isso, tratamos qualquer alteração, seja fisio, psico e etc. como doença e o primeiro profissional que vem a cabeça é o médico, mas com isso temos profissionais que usam o cargo e beneficios de prestigio na área para se beneficiar levantando uma briga antigo que é o “Ato Médico” nos termos que querem, vamos falar no popular “sem condições”, o médico não pode querer dominar outra área da saúde na qual não tem conhecimento nem embasamento necessário a isto. Temos que de forma consciente orientar e informar a população e também pedir a todos profissionais de saúde (médicos, fisioterapeutas, Pscicologos, etc) que trabalhem isso também , o médico tem que se aperfeiçoar a medicina, o fisioterapeuta a fisioterapis e assim por diante…

  5. Se dentro da área de saúde cada um fizesse com competência sua parte, sem ficar criticando ou vigiando o trabalho do outro, não estaríamos passando por essa calamidade no Brasil……o importante é mostrar serviço e competência, e não ficar discutindo espaço…..nós fisioterapeutas somos competentes e não costumamos dizer não a palavra trabalho, que esta sempre acima da palavra dinheiro……

  6. Vejo com tristeza a entrevista do presidente do conselho federal de medicina; Porem consigo entende-lo ! Nao e nada facil perder o ar de semi deuses que alguns medicos incorporaram, muito menos serem questionados quanto a certos procedimentos medicos .Amigos o ato medico e uma decisão politica e nos somos a maioria… vamos pro jogo !!! Apoio a quem nos apoia e repudio a quem e contra ou que nao se pronuncie.Digo mais ,e preciso uma campanha para que nos profissionais de saude nao votemos em nenhum medico, pois so assim fariamos um numero maior de vereadores, prefeitos ,deputados… ai sim era hora do xeque mate.Pense amigos!! bate boca com medico nao resolve nada. A soluçao e articulaçao politica; so isso muda a situaçao.

  7. Não sou fisioterapeuta, muito menos médica mas, acho que esse senhor está muito equivocado, sou leiga nas duas profissões mas, já fiz precisei de tratamento médico e fisioterápico, quando isso aconteceu, o médico me atendeu,examinou,diagnosticou minha doença,medicou, fui operada, tudo realizado por médico, depois de tudo isso ele me indicou o tratamento fisioterápico e aí sim o profissional da área tratou do meu problema com técnicas de fisioterapia em cima do diagnóstico do médico, acho que é assim que já funciona, não vi nenhum fisioterapeuta fazer diagnóstico nem precrever nenhum medicamento para ninguém na clínica que me tratei.
    Esse senhor está achando que médico é Deus e que eles entendem de tudo o que se relaciona a todas as outras áreas da medicina, bom se fosse assim, porque indicam psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas, etc.,se já são conhecedores de tudo.As faculadades de medicina estão muito longe de conseguir um ensino desse nível. Toda vez que converso com fisioterapeutas eles dizem que o paciente tem que procurar o médico primeiro,não sei, sinceramente de onde o CFM tirou essa idéia, só sei que os médicos são incapazes de fazer o tratamento que os fisioteraputas fazem, até mesmo porque eles não tem conhecimento técnico pra isso, trabalho com médicos e sei disso.

  8. É no mínimo lamentável o que o Dr° Roberto D’avila pensa sobre a fisioterapia. Não queremos tomar o espaço de ninguém, muito pelo contrário. Nós fisioterapêutas lutamos pela saúde e bem-estar de nossos pacientes. Talvez o senhor pense então o porque de escolhermos tal profissão. Talvez seja porque nós os fisioterapêutas lutamos em prol de nossos pacientes e para nossos pacientes, o que queremos é reintegrar essas pessoas novamente a sociedade, se não proporcionando a elas a saúde plena, ao menos dando-lhes melhores condições de vida. Fica a dica para alguns caros colegas da medicina: Lutem pela saúde de seus pacientes, não pela “integridade” de seus bolsos!

  9. Mas foi uma pena Roberto D’avila ter esquecido de comentar o quão superiores os médicos são… que foram eles que indicaram os melhores recursos pra Deus utilizar ao criar o mundo. Deixando bem claro que os medicos são semi-Deuzes e os demais profissionais meros coadjuvantes e totalmente dispensaveis.
    Eu só não entendo pq os outros profissionais teimam em estudar por tantos anos pra poder escolher o melhor recurso para tratar seu paciente, se é tão simples receber pronta uma “receita de bolo” de um semi-Deus e aplicar.

    aiai é tanta hipocrisia!!

  10. Esse cara não sabe nem onde é o umbigo dele! A dor de cotovelo consiste no crescimento da Fisioterapia, e cada vez mais, médicos despreparados estão cometendo desde erros simples como um fácil diagnóstico até erros gravíssimos como cirurgias. E com tudo isso querem mandar em que? Senhores médicos (não todos, mas uma grande maioria) cuidem de sua atuação que cuidamos da nossa!

  11. quando o Sr sabe tudo sofrer um acidente automobilístico e ocorrer uma fratura de fêmur e utilizar um fixador externo ilizarov e for encaminhado a FISIOTERAPIA vou torcer para o fisioterapeuta virar e falar para o Sr sabe tudo, faça vc mesmo pois já que queres tanto a nossa técnica pois então se vire… estou na torcida

  12. Acho engraçado alguém que estuda praticamente o mesmo tempo que nós fisioterapeutas, achar que tem a capacidade e a formação necessarias de diversas profissões, caso você não saiba os fisiotepeutas dão o diagnostico cinético-funcional e não o diagnótico clinico que este sim é determinado por vocês, nós ao contrario de vocês não estamos querendo tomar a área de atuação profissional de ninguém, vocês salvam a vidas e nos é que fazemos ela continuar valendo a pena, é só perguntar a todos os milhares de pacientes por nós recuperados pelo mundo inteiro, e nunca dizemos a eles que não retornem ao médico, pelo contrário sempre incentivamos a idá ao médico para controle e prevenção de doenças, em uma verdadeira promoção de saúde.

    Estudamos tanto ética, e vocês agora o que estão fazendo, estão sendo éticos?

  13. Lamentável. Se a Fisioterapia vem crescendo e progredindo mais do que a Medicina a culpa é da própria classe médica. Ainda acho que o médico deverá prescrevea/solicitar avaliação da FST. O diagnóstico realizado pela FST é funcional, e não médico. Infelizmente os próprios médicos vêm perdendo o foco de quais são as suas obrigações, não sabem diagnosticar adequadamente, e portanto não têm capacidade de dirigir o tratamento. Infelizmente a Graduação da Medicina vem se tornando cada vez mais falha, deplorável, é a falta de conhecimento e “humildade” que torna o ATO MÉDICO uma realidade. Deveríamos, antes de mais nada, nos preocuparmos com o PACIENTE, e não com o próprio ego ferido.
    Aceito as indicações e prescições/solicitações médicas, mas quem decide qual procedimento utilizar sou eu! Já ouvi absurdos, já solicitaram que realizasse técnicas fisioterapêuticas Contra-indicadas em alguns casos, mas nada que um bom diálogo não resolvesse. Parte da culpa é da FST, não ganhamos para assumir responsabilidades dos médicos, que são muito bem pagos para isso. Fisioterapeutas… Não se revoltem… Basta continuarmos atuando de acordo com a lei…

  14. Médicos estamos em 2011, a era da pedra já passou, a Fisioterapia vem crescendo e provando através de pesquisas seus bons resultados na avaliação, diagnóstico cinético funcional e tratamento, não é atuação do médico decidir tratamento fisioterapeutico, pois os médicos não estudam fisioterapia.

  15. A classe medica teme mt o avanço da fisioterapia, isso está mais que claro, em nenhum momento o pct ira de deixar de passar no medico, mas NAO É CORRETO O MEDICO PASSAR PRO FISIOTERAPEUTA A SERIE DE EXERCICIOS QUE IRAO SER REALIZADOS, eles nao estudam pra isso! QUE ESTUDA PRA ISSO È O FISIOTERAPEUTA!
    isso tudo é medo, pois como eles mecionam, o ‘ AVANÇO DA FISIOTERAPIA’!

  16. Não entendi o que ele quis dizer com: o fisioterapeuta NÃO PODE determinar que tipo de fisioterapia fazer. Também não acho que o fisioterapeuta possa fazer diagnóstico clínico e sim o diagnóstico FUNCIONAL como aprendemos na faculdade, assim como é função do fisioterapeuta determinar que tipos de métodos fisioterapêuticos serão usados no tratamentos e não o médico com indicação de: US, infravermelho e TENS, como se isso fosse a única coisa que se faz na fisioterapia.

  17. Nossa! Que texto mal escrito. Cheio de erros de português. ..dói só e ler e idenificar tanto” assassinato” na língua portuguesa…o conteúdo então,sem comentários… um porém: se ao fisioterapeuta não cabe estabelecer as condutas fisioterapicas e sim aos médico s (conforme
    relato desse senhor)a eles tbm pertence o poder de estabelecer as condutas para os cuidados de uma VACA doente…ho palhaço

  18. Vergonhoso! Por que uma grande parcela dos médicos acham que são os donos do mundo? Desçam daí, abaixem esses narizes empinados e trabalhem junto com os demais profissionais da saúde. Ridículo quando ele comenta que o Fisioterapeuta não deve decidir pelo tratamento fisioterapêutico. Eles só sabem prescrever: US X POR DIA.Será que eles acham que sabem mais dos procedimentos fisioterapêuticos que os próprios FISIOTERAPEUTAS?

  19. Art 1º – Fica incluída no Grupo-Outras Atividades de Nível Superior estruturado pelo Decreto nº 72.493, de 19 de julho de 1973, com as alterações posteriores a Categoria Funcional de Fisioterapeuta, designada pelo código NS-943 ou LT-NS-943.
    Parágrafo único – A categoria funcional de que trata este artigo compreende atividades de nível superior, envolvendo supervisão, coordenação, programação e execução especializada referente a trabalhos relativos à utilização de métodos e técnicas fisioterápicas, avaliação e reavaliação de todo processo terapêutico utilizado em prol da reabilitação física e mental do paciente.
    Art 2º – As classes integrantes da categoria funcional prevista no artigo anterior distribuir-se-ão na forma do anexo deste decreto e terão as seguintes características:
    Classe “C’’ – atividades de planejamento, supervisão, coordenação, orientação, avaliação, controle e execução em grau de maior complexidade;
    Classe ‘’B’’ – atividades de supervisão, coordenação, orientação, programação, controle, avaliação e execução especializada, em grau de maior complexidade;
    Classe “A’’ – atividades de supervisão, coordenação, orientação, controle, programação e execução especializada.

  20. RETIRADO DO CÓDIGO DE ÉTICA DA FISIOTERAPIA: VII – informar ao cliente quanto ao diagnóstico e prognóstico fisioterápico e/ou terapêutico ocupacional e objetivos do tratamento, salvo quanto tais informações possam causar-lhe dano; Art. 9º. O fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional fazem o diagnóstico fisioterápico e/ou terapêutico ocupacional e elaboram o programa de tratamento.

  21. É repudiante ler tantos absurdos escritos pelo presidente do conselho federal da medicina!! A quem você está querendo enganar?! NÃO AO ATO MÉDICO e a verticalização da saúde que os médicos estão querendo fazer todos os demais profissionais da saúde e os usuários dela engolirem a seco!! Sr. presidente, tenha um pingo de respeito por si mesmo e principalmente aos demais profissionais da saúde, pois sem eles, você também não trabalha!!!

  22. No PL do ato médico, está escrito que é privativo do médico fazer diagnóstico nosológico. Ok. Vocês estudam para ter esta competência.
    Nós fisioterapeutas estudamos entre 4 e 5 anos para ser capazes de fazer uma ótima avaliação, concluindo um Diagnóstico Cinético-Funcional, que pode e até deve ser complementado pelo Nosológico, e montar um tratamento com vários recursos para melhorar a FUNÇÃO, ADM, qualidade das AVDs.
    Mas agora a PL quer deixar privativo aos médicos prescrição de tratamento…
    Acredito que depois de 4 anos, se virando com falta de aparelhos, seja por estar estragado (acontece muito em faculdade federal) ou por apenas não ter, e ainda assim ver o paciente ir embora evoluindo e sentindo-se bem, nos dá tal direito.

  23. essas pessoas são podres, sou fisioterapeuta e vejo a cada dia que a fisioterapia, psicologia, nutrição, odonto, educação física e etc estão crescendo a cada dia e a classe médica está com medo de perder espaço na sociedade. sei que as nossas classes estão melhorando pq trabalha com amor e respeito às pessoas que estão nos procurando, agora da parte deles( tenho serias dúvidas). estão com medinho……

  24. Lamentável!!!!!! Ano passado passei por um problema de saúde, usei vários remédios, mas a única solução foi a fisioterapia!! Fui encaminhada a fisioterapia por uma médica excelente, e que realmente reconhece a importância da fisioterapia.. porém, a própria fisioterapeuta relatou que sempre precisa explicar o seu trabalho aos médicos, pois a maioria desconhece o que ela faz. Parabéns aos fisioterapeutas pela linda profissão, e tenho certeza que são muito bem capacitados para realiza-lá.. E seguindo a discussão a medicina é muito importante sim, existem médicos excelentes, porém não são capazes de fazer tudo, precisam dos demais profissionais da saúde.

  25. Tem uns médicos se achando especialista em fisioterapia, quando encaminha o paciente para a fisioterapia já encaminha com o exercicios, uso de eletro, calor e gelo para o paciente. como se eles soubessem e tivessem avaliado o paciente. kkkkkkkkkkkkkkkkk bando de incompetente.

  26. SEMI DEUSES!!! COITADOS!!! DEVERIAM TODOS ELES ALÉM DE TODOS OS TANTOS ANOS QUE DIZEM QUE ESTUDAM (POUCOS SÃO OS QUE ESTUDAM DE VERDADE E O RESTO TEM O DIPLOMA COMPRADO PELO PAPAI) INCLUIR TRABALHOS E TRABALHOS DE HUMANIZAÇÃO, CARGA HORÁRIA DURANTE TODO O CURSO SOBRE COMO CUIDAR DE GENTE COM AMOR E RESPEITO. MÉDICO QUE TEM AMOR E RESPEITO NÃO EXISTE, SE EXISTEM CONTAMOS NOS DEDOS.

  27. Médicos pensão que são deuses, o que ele diz é um absurdo e diz ainda que e presidente do conselho de medicina aff…

  28. O presidente do conselho de medicina, deveria se informar antes de sair dizendo besteiras. temos competencia para realizar diagnosticos cinetico funcionais e tambem pedir exames complementares.
    Entao nao venha com esse papo furado sr.presidente historia!

  29. Absurdo? Absurdo é fisioterapeuta se achando Doutor. Já fizeram doutorado por um acaso? Q eu saiba nenhuma profissão só com a graduação tem dieiro a esse título (exceto médico). Nem advogados (q se acham os Doutores) não têm esse direito.. Faço fisioterapia na “Ortopedia Sudoeste” em Brasília e não suporto ficar ouvindo as secretárias chamarem os fisioterapeutas de doutores!!! É ridículo, parece q é p impor uma competência q eles NÃO têm, não têm pq a habilidade deles é outra. Mas não são doutores!

  30. Absurdo? Absurdo é fisioterapeuta se achando Doutor. Já fizeram doutorado por um acaso? Q eu saiba nenhuma profissão só com a graduação tem direito a esse título (exceto médico). Nem advogados (q se acham os Doutores) não têm esse direito.. Faço fisioterapia na “Ortopedia Sudoeste” em Brasília e não suporto ficar ouvindo as secretárias chamarem os fisioterapeutas de doutores!!! É ridículo, parece q é p impor uma competência q eles NÃO têm, não têm pq a habilidade deles é outra. Mas não são doutores!

  31. Pensem aonde vocês iriam primeiro para afastar possíveis diagnósticos. O médico é primeiro formado generalista e é por isso que tem a capacidade de identificar possíveis patologias. E como dar o diagnóstico do “bem estar” ou “saudável” se não souber, por exemplo, se não puder dar o diagnóstico do “não estar bem” ou “não saudável”? A história é bem mais complicada. O Ato Médico é pra defender o direito do cidadão, principalmente aquele mais pobre. Porque você, fisioterapeuta, psicólogo ou nutricionista, vai ter um colega médico pra dar uma olhada nos seus exames, vai ter dinheiro pra afastar certas patologias. Muitos cânceres por exemplo começam com queixas musculares apenas, e é sim preciso passar pelo médico; a conversa é outra. Não vamos prescrever qual fisioterapia fazer, não se trata disso. Agora vamos encaminhar sim. É simples assim! Acontece que quem quer ser médico, deveria fazer medicina e não fisioterapia! Deveria ser fisiatra e não fisioterapeuta, isso não torna uma profissão submissa a outra necessariamente; mas são competências diferentes. Somos todos submissos a Lei; e nem a própria Lei consegue se impor na medicina, é isso que queremos, a Lei.

  32. A FISIOTERAPIA É UMA REALIDADE, CONSOLIDADA E EMBASADA NO CONHECIMENTO CIENTIFICO. QUE GANHA ESPAÇO NA SOCIEDADE E CHAMA ATENÇÃO DA REALIDADE DA SAÚDE NO BRASIL. ONDE OS MÉDICOS NÃO CUMPREM O SEU VERDADEIRO PAPEL SOCIAL E JUSTIFICAM OS SEUS ERROS AGREDINDO OUTRAS PROFISSÕES. SERÁ QUE ESTE SENHOR QUE SE DIZ PRESIDENTE DO CONSELHO DE MEDICINA , CONHECE O VERDADEIRO PAPEL DO FISIOTERAPEUTA NA SOCIEDADE?
    E GOSTARIA DE SABER, SE UM DIA ELE PRECISAR DE UM FISIOTERAPEUTA, QUAL SERIA A CONDUTA DELE?

    ESTAS CRÍTICAS VAZIAS E SEM FUNDAMENTO SÓ FORTALECE A UNIÃO DOS FISIOTERAPEUTAS E OS DEMAIS PROFISSIONAIS DA SAÚDE.

  33. JUÍZES RESPEITAM ADVOGADOS, ADVOGADOS RESPEITAM ESTAGIÁRIOS TUPO PELO UMA BOA JUSTIÇA! E A NOSSA SAÚDE COMO FICA SE MÉDICOS NÃO RESPEITAM FISIOTERAPEUTAS E MUITO MENOS PSICÓLOGOS ONDE VAMOS PARAR DESSE JEITO COM ESSA QUEDA DE BRAÇO E PODER…!

  34. Que médico sem conhecimento!!! Que absurdo falar que os fisios não podem saber o tipo de fisioterapia a fazer no paciente. Então eles tem dentro do curso de medicina um curso de fisioterapia incluido? Acho que ele bateu a cabeça antes de dar a entrevista só pode. Cade o coffito para processar ele pode difamação ou qualquer outra coisa?Sinceramente, os médicos devem achar que os fisioterapeutas vão a faculdade para aprender a fazer massagem, acho que nunca tiveram o trabalho de ver a grade curricular que compõe o curso. Ao contrario dos médicos, os fisioterapeutas avaliam os pacientes, fazem anamnese, exame físico, testes específicos e só depois fazem o diagnostico funcional e determinam a sua contaduta. Quando vamos ao médico, mal perguntam o que sentem e já estão com as receitas prontas. Acho que os Doutores, quer dizer graduados em medicina, que se acham os doutores, não tem nem capacidade de fazer o diagnóstico clínico sozinho, quem dirá fazer protocolo de tratamento fisioterapeutico, acho que ele queria fazer todo mundo rir com as declarações.

  35. Que idiota, imbecil…
    Os fisioterapeutas tem a capacidade de prescrever uma exercício, fazer uma conduta para seu paciente, quantas e quantas vezes se ver prescrições de Médicos Merdas, totalmente erradas, são absurdos os tipos de prescrições de exercícios que chega aos fisioterapeutas, estudem mais uns 10 anos, para saber o minimo que esses tantos profissionais que vcs estão querendo rebaixar a qualquer custo sabem… Respeite as profissões as escolhas, contenham-se ao que cabe a vocês, egoismo não leva ao sucesso… Seu presidente de Merda.

  36. Antes do paciente passar pelo fisioterapeuta, o ideal seria que passasse antes no médico ortopedista, sempre foi assim.

    Verdade seja dita: Muitos estão fazendo alarde a respeito do ato médico, mas estão deixando passar despercebido o ATO DOS FISIOTERAPEUTAS, que atualmente, por meio dos crefitos, têm procurado abocanhar com uma fome voraz o trabalho das esteticistas, de massoterapeutas e dos educadores físicos; estética é com esteticista, massagem com massoterapeuta, mas como ambas as profissões são lucrativas, começaram a fazer propaganda negativa na internet, por culpa do crefito 3 que fez apologia a isso, afirmando que apenas massoterapia e drenagem são atos privativos da fisio. Apareceram com a “fisioterapia estética” que legalmente não pode existir, já que não é atribuição da fisioterapia segundo a própria lei que a regulamenta. Também começaram a invadir a EF, prescrevendo ginástica laboral, ato de exclusividade do educador físico, já que a mesma não é utilizada para reabilitar, mas apenas como forma de melhorar a qualidade de vida de um indivíduo saudável, melhorando seu condicionamento físico.

    Ao meu ver, os fisioterapeutas que abusaram de suas atribuições estão colhendo o que plantaram. Falam em uma perseguição que eles mesmos praticam contra outras classes profissionais, estão cheios de atitudes abusivas.

  37. Como um Presidente do Conselho Federal de Medicina fala tantas asneiras… De onde ele tira conclusoes tao infundadas, inclusive a que o psicólogo quer medicar como o psiquiatra? essa NUNCA foi uma posição que os psicologos colocaram em pauta, inclusive há um respeito pelo psiquiatra qdo os mesmos encaminham o paciente para avaliação e CONDUTA do paciente.
    Ah e por favor o que acontece qdo o médico faz um diagnostico tao rapido, alguns em minutos, para diagnosticas transtornos psiquiatricos? ah faça me o favor… Caro presidente volte primeiro para a faculdade de medicina e estude por favor, os 05 anos e mais as especializações que estudamos…

  38. Eu acho que quando um procedimento invasivo tem que ser feita por médicos altamente especializado;porque tal procedimento precisa de pratica e técnica especifica para tal procedimento; mais em certa condições não invasiva pode ser feito por outro profissional com grau de conhecimento na área pertinente a sua formação( psicologo , fisioterapia;biomédicos;massagista e outro; que tem uma formação mais profunda em sua área;portanto o medico mais que tenha conhecimento e qualificação não pode fazer toda as área da medicina se o fazer corre risco de cometer falar no use diagnostico ou precrever uma medicação errada;o medico é um profissional de grande importância para medicina insubtuivel mais não é DEU;nâo pode fazer tudo por favor respeite outro profissional que tanto invete com trabalho e dedicaçâo para saúde da população

  39. Doutor é quem possui doutorado, fato, essa de fisioterapeuta querer título de doutor só com bacharelado é total dor de cotovelo, inveja do médico.

    Cuidado, a fisioterapia brasileira anda desviando o foco para o ato médico, para que ninguém perceba a fisioterapia abocanhando outras profissões. Acupuntura, massoterapia, estética, educação física e agora andam querendo prescrever drogas para pacientes.

  40. É verdade, vejo que a maioria dos médicos não são doutores, se julgarmos por um doutorado. Pelo menos 90% deles não tem nem mestrado! e são chamados de doutores! Pra mim, doutor é aquele que resolve o problema do paciente, porque apenas título não quer dizer nada aposto que você chama de doutor um monte de residente que ainda nem terminaram de estudar, e já se sentem! Não sou fisioterapeuta, mas já precisei da fisioterapia!
    Fisioterapeutas façam como os médicos, terminem a faculdade e usem o título, sem barreira e sem vergonha, melhor ser chamado de doutor do que de menina, moço, coleguinha, “massagista”!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>