Ato Médico: Projeto não poderia ser aprovado da forma que foi.

COMUNICADO

Na última quinta-feira 29/09/11, às 09h30min teve início a Audiência Pública aprovada conforme requerimentos no. 6, 12 e 16 de 2011 – CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado Federal de iniciativa do Senador Randolfe Rodrigues e no. 76, de 2011 – CCJ, de iniciativa do Senador Inácio Arruda, referente ao Projeto de Lei (PL) 268 de 2002, também conhecido como “Ato Médico”.
Estiveram presentes os representantes de diversas entidades de classes, o CREFITO 1 esteve representado pelo seu presidente Dr. Silano Souto Mendes Barros e pela sua vice-presidente Dra. Luziana de Albuquerque Maranhão.
Tratava-se de uma audiência pública onde os Srs. Senadores queriam ouvir a sociedade frente a um tema tão polêmico.
Dessa forma é com a imensa satisfação que comunico aos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais da 1ª jurisdição (AL, PB, PE e RN) que nessa audiência todos os profissionais da área da saúde, ali representados por seus líderes, conquistaram mais uma vitória contra a representação médica, após caloroso debate e por fim, ouvindo do relator desse PL 268, o Senador Antônio Carlos Valadares que o projeto não poderia ser aprovado da forma que foi aprovado pela Câmara dos Deputados e que muito teria que ser feito para que o referido projeto pudesse satisfazer a todos os profissionais.
O ponto alto da audiência ocorreu quando o Senador José Pimentel, que presidia a sessão, chamou a atenção, de forma enérgica, por duas vezes a representação médica, inclusive o presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM) que insinuou que aquela audiência era uma “tramata”, sendo advertido pelo então Senador que aquela casa era a casa da vontade do povo e que a audiência em cena foi uma solicitação de um Senador eleito pelo povo e portanto merecia o respeito de todos os presentes e que dessa forma não permitiria aquele tipo de manifestação.
A luta ainda não terminou, mas conquistamos mais uma batalha.
Um forte abraço!!!

 Silano Souto Mendes Barros
Presidente do CREFITO 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *