Eminência parda do Governo, Eudoro Santana é fiador da indicação de Maia Jr

A articulação de Camilo Santana (PT) para levar o empresário Francisco Maia Jr para a sua equipe nasceu da conclusão de que o Governo precisa de uma agenda operacional e pragmática. A experiência do tocador de obras (Castanhão, Pecém, aeroporto…) de Tasso Jereissati e estrategista administrativo de Lúcio Alcântara abriga o perfil que o governador quer agregar à sua gestão.maiajuniorr

Maia Jr não foi a primeira opção. Até por que se trata de um filiado do PSDB, com fortes ligações com o senador Tasso Jereissati. O nome inicialmente abordado foi o do vice-presidente do grupo M. Dias Branco, Geraldo Luciano. O relevante papel do executivo na maior empresa de massas e biscoitos da América Latina não permitiu sua ida para o Governo.

Porém, Geraldo Luciano sugeriu o nome de Maia Jr e foi intermediário das sondagens iniciais. Os dois são bastante próximos. Maia é membro do conselho administrativo do grupo Dias Branco. Segundo apuração do blog, a primeira conversa de sondagem ocorreu ainda no início de dezembro.

Desde então, foram muitas as sondagens sempre com relativa resistência de Maia Jr. De apelos a apelos, de não em não, enfim, há indicativos de que se chegou a um “sim”. Eminência parda e patriarcal do Governo, o ex-deputado estadual Eudoro Santana teve papel determinante nas negociações.

Maia e Eudoro foram cordiais oponentes nos tempos da gestão de Tasso Jereissati. Daquela época, ficou o respeito mútuo que permitiu a Eudoro trafego livre para aparar resistências internas e externas ao nome do engenheiro que construiu a maior parte de sua trajetória sob os auspícios da era tucana.

Qual a identidade política e administrativa de Maia com o governo de Camilo Santana? Nenhuma. Pelo menos na parte administrativa, é exatamente isso que interessa ao governador. No caso, um perfil oposto ao que o Governo hoje tem. Caso se confirme a indicação, que hoje terá etapa decisiva, o blog vai expor com mais detalhes o sólido perfil do indicado.

São duas as possibilidades: Casa Civil ou Planejamento. No caso em questão, não importa a opção escolhida. Qualquer que seja a secretaria, ela terá atribuições bastante abrangentes no campo administrativo, com poderes de coordenar a equipe e emanar as diretrizes da gestão.

Pelo que o blog apurou, quem vai para o Governo é a pessoa física com seu CPF. O profissional bem sucedido na área pública e privada e não o filiado ao PSDB. Bom, se é possível separar essas coisas, só o tempo será capaz de responder.

Caso se confirme, a chegada de Maia Jr ao Governo se desdobrará em fortes mudanças conceituais na administração. Apostem em um redesenho das expectativas e em uma reforma na estruturação da máquina. Mais: o termo austeridade ganha relevo. Planejamento entra em cena. Privatizações (concessões, para Camilo) serão aceleradas.

Quem disse? A simples dedução, caros leitores. Afinal, nas circunstâncias pessoais do cidadão Francisco Queiroz Maia Jr, ninguém sai de seu canto, onde estava quieto, no dolce far niente da vida bem resolvida, para aceitar a empreitada de voltar ao sacrificado serviço público se não lhe for concedida ampla liberdade de ação.

Ps. O blog continua acompanhando o caso. Em breve, novas postagens.

One thought on “Eminência parda do Governo, Eudoro Santana é fiador da indicação de Maia Jr

  1. Se concretizado o engajamento de Maia Junior no Governo, certamente Camilo oxigenará em muito suas ações em termo de secretariado .
    Maia tem serviços prestados ao Ceará em outras administrações estaduais. Como sempre a coluna e o blog são especialistas em notícias de primeira mão . Esperemos que os bons ventos soprem em direção ao Palácio do Governo . Jeronimo Sales .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *