[Entrevista] Johnny Hooker fala sobre a carreira e as novidades que virão em 2016

1435861341-737590295

Foi quase preciso fazer uma macumba para conseguir uma entrevista com o Johnny Hooker, mas enfim deu tudo certo. Na última sexta-feira (8), o cantor, compositor e ator, John Donovan, mas conhecido como Johnny Hooker,  fez um show eletrizante aqui na capital cearense com direito a homenagens e tudo o mais, ele cantou hits como “Garçom”, de Reginaldo Rossi, “Back to Black, de Amy Winehouse  e fez uma singela homenagem ao 69° aniversário do lendário do rock, David Bowie. Antes de começar o seu show, Hooker deu uma palavrinha com  blog sobre as novidades para este ano novo. Foram três minutos de entrevista, pois o Johnny estava se preparando para subir ao palco do Anfiteatro do Dragão do Mar, então não é uma entrevista muuuito longa. Foi muito atencioso e simpático, nada de fazer a linha blasé com a imprensa, como outros cantores fazem. O artista subiu ao palco às 22h50 e fez um espetáculo bárbaro, levando o público ao delírio. Com os hits, “Eu Vou Fazer Uma Macumba Pra Amarrar Maldito”, “Volta”, “Segunda Chance”, “Alma Sebosa”, entre outros, Hooker fez uma performance esplendorosa, digno de um muso. (Sou fã mesmo, desculpem).

Johnny Hooker em entrevista para o blog.
Johnny Hooker em entrevista para o blog.

IMG_2394

IMG_2395

Leia a entrevista na íntegra, abaixo:

Blog- Johnny o que você acha do público fortalezense, como é estar novamente em Fortaleza?

Johnny- Fortaleza é uma das minhas cidades favoritas do Brasil, eu amo demais, o público aqui é sempre muito intenso, muito entregue, muito incrível,  muito amor e cada vez que eu volto aqui o show fica melhor, eu amo muito vir para essa cidade. Então toda vida que estiver em turnê, Fortaleza estará inclusa.

Blog-Fizemos uma pesquisa com a hastag #Euvoufazerumamacumbaprateamarrarmaldito e foi possível ver uma ligação grande dos fãs, diversas pessoas fazem vídeos, cantam sua música que dá nome ao seu álbum, enfim. Como é a sua relação com os fãs no mundo online?

Johnny- Imagino que nas pesquisas você deve ter encontrado várias coisas engraçadas (risos), mas enfim,  a minha relação com o público no mundo online é muito intensa, até porque o disco foi lançado principalmente nas plataformas online, não tem versão física, e as pessoas vão acessando nessas plataformas. Foi um sucesso muito maior do que a gente esperava, inclusive o disco físico vai sair agora no final de janeiro. Eu gosto muito de interagir no Twitter, lá a galera é muito engraçada. Acompanho tudo no Instagram também, o povo cantando as minhas músicas, curto e tal estou sempre vendo o que estão achando etc.

Blog- Você acha que quando a sua música foi para a novela global teve uma mudança na sua carreira, você acha que seu nome caiu na boca do povo após a novela?

Johnny- Com certeza, pois a primeira novela que teve a música é a do Leandro Hassum, que é muito conhecido pela galera, que era Alma Sebosa e quando a música saiu na novela das nove, já é outro status né, porque todo mundo assiste, o alcance chegar a ser maior, chegou até tocar na abertura da novela. Isso abriu várias portas para mim, além do prêmio da música brasileira, ganhei mais espaço nos programas de tv, e os olhos foram se voltando para mim. Teremos uma música em uma outra novela também, mas não posso revelar agora, mas é isso.

Blog- Para finalizar a entrevista, o que os fãs podem esperar de Johnny Hooker em 2016? 

Johnny- Em 2016 tem DVD, tem a turnê do DVD passando pelas principais capitais brasileiras, Fortaleza está inclusa, teremos mais clipe do álbum, uns três clipes e no final do ano, eu vou me enfurnar dentro do estúdio para fazer um novo disco.

Para além da música, Johnny Hooker também desdobra-se como ator (interpretou o personagem Thales Salgado, da novel Geração Brasil), roteirista e diretor. É de sua autoria a música “Volta”, inserida na trilha sonora do premiado filme Tatuagem (2013), do diretor Hilton Lacerda. Na novela Babilônia, também marca presença com a execução de “Amor Marginal”. Considerado um dos nomes de destaques da música contemporânea de Pernambuco, Johnny Hooker já dividiu o palco com nomes como Lenine e o baiano Caetano Veloso. Além disso, concorreu a artista revelação pelo canal Multishow.

Para a alegria dos fãs, assim como o autor deste blog, o que resta é esperar por mais um lindo show desse pernambucano de alma linda para fazermos novamente um desbunde geral. No próximo show, prometo uma entrevista mais completinha, com mais fotos, vídeos e mais novidades. Abaixo tem uma pequena palhinha da entrevista que foi gravada por um outro blogueiro, mas que dá pra ver um pouquinho. É isso, au revoir.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=RNO9pWez83U[/youtube]

(Textos e Fotos: Eduardo Sousa)

Eduardo Sousa

Sobre Eduardo Sousa

Eduardo Sousa é jornalista por formação, mas também adora e estuda moda. Faz serviços de assessoria de imprensa, gerenciamento de mídias digitais, figurino e personal stylist. Adora ler e escrever uma boa crônica, um simples retrato do cotidiano. "Cores de Almodóvar, cores de Frida Kahlo, cores".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *