Vacina contra a malária fracassa em testes com bebês

O teste de uma das principais vacinas experimentais contra malária teve resultados decepcionantes, segundo artigo na revista especializada New England Journal of Medicine.

Apesar de dados iniciais encorajadores, a imunização conseguiu diminuir em apenas 30% o risco de as crianças vacinadas desenvolverem a doença. O teste foi feito com cerca de 6.500 bebês, com idades entre seis e 12 semanas.

A maioria dos especialistas avalia que, com esse nível de sucesso, não vale a pena produzir a vacina para uso mais amplo. A GSK, empresa que criou a imunização, disse que vai intensificar os estudos para entender o que aconteceu.

Fonte: Folha de S. Paulo

Valeska Andrade

Sobre Valeska Andrade

Formada em História pela Universidade Federal do Ceará e em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará. Especialista em Cultura Brasileira e Arte Educação. Coordenou o Programa O POVO na Educação até agosto de 2010. Pesquisadora e orientadora do POVO na Educação de 2003 a 2010, desenvolveu, entre outras atividades, a leitura crítica e a educomunicação nas salas de aula, utilizando o jornal como principal ferramenta pedagógica. Atualmente, é professora de história da rede estadual de ensino. Pesquisadora do Maracatu Cearense e das práticas educacionais inovadoras. Sempre curiosa!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *