Mesa-redonda discutirá avaliação de políticas públicas no Nordeste

Será lançada dia 6, mesa-redonda sobre Avaliação de Políticas Públicas no Nordeste acontecerá, das 14h às 18h, no auditório do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal do Ceará, no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, em Fortaleza.

Participam os professores Alcides Fernando Gussi e Carlos Américo Leite Moreira, do Programa de Pós-Graduação em Avaliação de Políticas Públicas da UFC; Alexandrina Sobreira e Cátia Lubambo, da Fundação Joaquim Nabuco (PE); Marcos Falcão Gonçalves, do Banco do Nordeste, e Maria Lúcia Carvalho, da Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia.

O evento integra a Jornada de Avaliação de Políticas Públicas no Nordeste do Brasil e faz parte da Agenda 2017 da Semana da Avaliação na América Latina e Caribe (EVAL 2017), organizada pelo Centro para el Aprendizaje en Evaluación y Resultados de América Latina y el Caribe (CLEAR-LAC),com apoio nacional da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação (RBMA).

A EVAL 2017 reúne setor público, sociedade civil e comunidade acadêmica na organização de diferentes atividades com o objetivo de gerar espaços de pesquisa e discussão sobre a importância do monitoramento e avaliação de políticas e programas públicos nos países da América Latina e Caribe.

Entre os objetivos está o compartilhamento e a discussão de enfoques, estratégias, metodologias, experiências e resultados de avaliações, visando à melhoria de políticas públicas no continente.

O evento é aberto ao público e não há necessidade de realizar inscrição prévia.

Fonte: Prof. Alcides Fernando Gussi, do Programa de Pós-Graduação em Avaliação de Políticas Públicas da UFC – fone: 85 3366 7435

Valeska Andrade

Sobre Valeska Andrade

Formada em História pela Universidade Federal do Ceará e em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará. Especialista em Cultura Brasileira e Arte Educação. Coordenou o Programa O POVO na Educação até agosto de 2010. Pesquisadora e orientadora do POVO na Educação de 2003 a 2010, desenvolveu, entre outras atividades, a leitura crítica e a educomunicação nas salas de aula, utilizando o jornal como principal ferramenta pedagógica. Atualmente, é professora de história da rede estadual de ensino. Pesquisadora do Maracatu Cearense e das práticas educacionais inovadoras. Sempre curiosa!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *