TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES

Gente, recebi esse mail e compartilho agora com vocês. Eu adorei a ideia. Apesar de ainda acreditar na política e achar que temos bons parlamentares. Mas, pensando bem, olha o salto de qualidade que daríamos na educação com essa proposta abaixo:

“Prezado amigo!
Sou professor de Física, de ensino médio de uma escola pública em uma cidade do interior da Bahia e gostaria de expor a você o meu salário bruto mensal: R$650,00
 
Eu fico com vergonha até de dizer, mas meu salário é R$650,00. Isso mesmo! E olha que eu ganho mais que outros colegas de profissão que não possuem um curso superior como eu e recebem minguados R$440,00. Será que alguém acha que, com um salário assim, a rede de ensino poderá contar com professores competentes e dispostos a ensinar?

Não querendo generalizar, pois ainda existem bons professores lecionando, atualmente a regra é essa: o professor faz de conta que dá aula, o aluno faz de conta que aprende, o Governo faz de conta que paga e a escola aprova o aluno mal preparado. Incrível, mas é a pura verdade! Sinceramente, eu leciono porque sou um idealista e atualmente vejo a profissão como um trabalho social. Mas nessa semana, o soco que tomei na boca do estomago do meu idealismo foi duro!

Descobri que um parlamentar brasileiro custa para o país R$10,2 milhões por ano. São os parlamentares mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$11.545.

Na Itália, são gastos por ano com um parlamentar R$3,9 milhões, na França, pouco mais de R$2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa R$850 mil e na vizinha, Argentina, R$1,3 milhões.
Trocando em miúdos, um parlamentar custa ao país, por baixo, 688 professores com curso superior !

Diante dos fatos, gostaria muito, amigo, que você divulgasse minha campanha, na qual o lema será:
 
‘TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES’.”

E aí, como vamos votar de agora em diante?

Gente, vamos começar a troca? Eu topo! E você?

Valeska Andrade

Sobre Valeska Andrade

Formada em História pela Universidade Federal do Ceará e em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará. Especialista em Cultura Brasileira e Arte Educação. Coordenou o Programa O POVO na Educação até agosto de 2010. Pesquisadora, jornalista e orientadora do POVO na Educação de 2003 a 2010, desenvolveu, entre outras atividades, a leitura crítica e a educomunicação nas salas de aula, utilizando o jornal como principal ferramenta pedagógica. Atualmente, é professora de história da rede estadual de ensino. Pesquisadora do Maracatu Cearense e das práticas educacionais inovadoras. Sempre curiosa!!!

6 comentários sobre “TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES

  1. É bastante interessante a ideia. Contudo, devemos, como aqueles que possuem um pouco mais de contato com a cultura, inclusive, o nobre professor; atentar para as dimensões físicas do país. A quantidade de parlamentares pelo tamanho territorial do país. Somos imensamente maiores e possuimos toda espécie de distorções imaginadas e inimiginadas. O correto é NOS ENVOLVERMOS COMO PARTÍCIPES QUE SOMOS DAS REALIZAÇÕES SOCIAIS-POLÍTICAS DO NOSSO PAÍS. Acompanharmos as OPERAÇÕES SATIAGRAHAS da vida, as CPI´s, que não trazem resultados práticos algum…e buscar soluções. Mais uma vez, RESULTADOS! Como? Nos órgãos e ouvidorias. Quais? Analisem cada caso ao caso. O controle das contas públicas…onde seria? Nos tribunais de contas. Se federal: TCU. Se estadual: TCE. Se municipal: TCM. E por aí vai. As soluções ou ferramentas existem, ma, estamos cegos. Não encontramos a saída. Mas não será da noite para o dia. Temos que buscar soluções BÁSICAS e não mudarmos um paradigma sem resolver o anterior. Ou ainda, o que é pior, ficarmos apenas criticando, dando nos ombros, sem saber onde exigir A CORRETA APICAÇÃO DO QUE ESTAR PREVISTO NA LEI. Enquanto não tivermos essa consciência (é quase um condomínio intelectual) não vamos ter professores, educação. E um dia, quem sabe, nosso VALOROSO professor, um dia, poderá desistir da sua IDEOLOGIA. Ou será que ele sustentará uma família, DIGNAMENTE, com um salário assim?

    Pra refletir…

  2. Fabiano, quantas reflexões. Obrigada por contribuir nesse espaço com suas colocações. Que pena que, nem sempre, temos as informações necessárias sobre as leis. Não acho que sejamos desinteressados. O problema amior, ao meu ver, é a linguagem utilizada. Não é acessível. A população não precisa saber os termos técnicos dos advogados. Eles é que tem seus olhares treinados para o assunto. Como você disse temos que “buscar soluções básicas e não mudarmos um paradigma sem resolver o anterior”. Obrigada! Abraços, Valeska.

  3. Por demais interessante a idéia do nobre professor, afinal, um parlamentar tão oneroso assim para os cofres públicos, acrescentando-se o fato de alguns serem pouco produtivos e corruptos, só pode resultar em um deficit para os cofres e para a moral da Nação. Desse modo, mesmo que alguns colegas de trabalho se encontrarem em estado de profunda desmotivação, os 344 professores serão mais produtivos moralmente, do que esse “desconhecido parlamentar”
    Parabéns pela inusitada idéia.
    Eleonora

  4. O pior de tudo é q ñ se pode fazer absolutamente nada a respeito. Por mais q eles falem q o voto é uma arma, mas às vezes o tiro sai pela culatra. E o político no qual vc confiou se mostra tão corrupto quanto os outros. Não temos meios de punição direta para os maus políticos. Eles nunca vão aprovar uma lei que puna a eles mesmos! Na verdade o que precisa mudar é a consciência coletiva. Mais pessoas pensando coisas úteis e boas e fazendo coisas boas pra sociedade.

  5. O que esta idéia tem de incabível! inconcebível! impossível! É justamente o que tem de interessante.
    Muito válido envenenar a mídia (todas) até a campanha se esgotar.
    Um sarcasmo às vezes pode valer mais do que qualquer reflexão (incluso esta).
    Bela campanha, eu apoio (e já divulgo). É isso:
    TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES!
    Depois será preciso trocar os pms por algo menos pernicioso a sociedade. Por mais professores, quem sabe?

  6. TROQUE UM PALAMENTAR POR 344 PROFESSORES!!
    Pessoal não sou professor mas acredito que vcs podem potencializar esta campnha confeccionando camisas com esta frase além de enviarem ou melhor cobrarem da midia que falem mais sobre isto.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>