Stephen Hawking exclui Deus como criador do universo

Deus não foi o criador do universo, afirma o astrofísico britânico Stephen Hawking em seu novo livro, que será publicado exatamente uma semana antes da visita do papa Bento 16 ao Reino Unido.

O famoso cientista britânico argumenta em “The Grand Design” [O grandioso projeto] que o Big Bang, isto é, a grande explosão inicial do universo, foi “uma consequência inevitável” das leis da física e que o cosmo “se criou do nada”, segundo trechos do livro publicados pelo jornal “The Times”.

Essa ideia de que Deus é redundante na explicação da origem do universo é, de certo modo, uma retificação das opiniões que o próprio Hawking formulou em “Uma Breve História do Tempo” (1988). Enquanto ali o cientista não via uma incompatibilidade entre a existência de um Deus criador e a compreensão científica do universo, agora o descarta: “Porque existe uma lei como a da gravidade: o universo pode e poderia se criar por si mesmo do nada. A criação espontânea é a razão pela qual se torna redundante o papel de um criador”. O Big Bang, portanto, é uma consequência inevitável das leis da física, raciocina em seu novo livro.

“The Grand Design”, assinado com o físico americano Leonard Mlodinow, rebate a hipótese de Isaac Newton, convencido de que o universo não poderia nascer do caos a partir das meras leis da natureza e que teve de ser criado por Deus. Hawking já não considera possível conciliar a causa da fé com a compreensão científica do universo.

A descoberta em 1992 de um planeta orbitando outra estrela diferente do Sol o ajudou a questionar a visão do pai da física. Considera provável, além disso, que assim como outros planetas também existam outros universos (conhecidos em seu conjunto como o multiuniverso), nos quais não descarta que exista vida. Se a intenção de Deus foi criar o homem, esses outros universos não teriam sentido.

Até apenas um ano atrás, o cientista de 68 anos desempenhava o mesmo cargo que Newton ocupou na cátedra Lucasiana de matemáticas da Universidade de Cambridge. Agora está aposentado. O novo livro, que chegará às livrarias na próxima quinta-feira, explica que a comunidade científica está perto de elaborar uma teoria do tudo, um sistema que pode ser capaz de explicar as propriedades da natureza unindo as duas grandes teorias da física contemporânea, que por enquanto são incompatíveis em níveis fundamentais: a da Relatividade Geral de Einstein e a Mecânica Quântica.

Por enquanto, pelo menos do ponto de vista do impacto público e publicitário, essa rejeição de Deus como criador já começou a provocar reações contrárias. Enquanto o biólogo Richard Dawkins, conhecido por seus postulados ateus, acolhe com entusiasmo a posição de Hawking, o presidente da Sociedade Internacional para a Ciência e a Religião, George Ellis, critica o fato de se apresentar ao público um dilema que ele considera falso: escolher entre religião e ciência.

O grande problema para vozes como a de Ellis, estimam vários analistas, é que em questões de religião Hawking sempre adotou uma posição comedida (“enquanto não decifrarmos a teoria completa do Big Bang, devemos levar em conta a importância de Deus”, escreveu um dia), e isso dá credibilidade a suas novas hipóteses em “The Grand Design”.

Não se deve esquecer, porém, que a mente científica de Hawking sempre imperou sobre qualquer outra consideração, como reflete uma de suas frases: “Há uma diferença fundamental entre a religião, que se baseia na autoridade, e a ciência, que se baseia na observação e na razão. Esta última ganhará, porque funciona”.

Hawking sofre uma grave doença neurodegenerativa, esclerose lateral amiotrófica, e por isso tem praticamente o corpo inteiro paralisado e necessita de cuidados médicos constantes.

Fonte: Folha Gospel

13 thoughts on “Stephen Hawking exclui Deus como criador do universo

  1. Impossivel essa teoria eu não acredito que eu fui criada do nada se hoje tenho vida posso respirar é porque tem um grande criador por tras disso, meu coração pulsa 60 batidas por minuto 360 batidas por hora e 8000 batidas por dia isso é fantastico é inesplicavel,eu fui escolhida quando estava dentro do ventre da minha mãe.oh gloria!!!

  2. Esses cientistas são uns pernósticos, o que eles não conseguem explicar, dizem que é assim mesmo.
    Deus criou o mundo, não me importa como, nem a partir de onde, ele é o criador de todas as coisas vivísveis e invisíveis .

  3. Puxa… pela foto se vê que ele está quase “nas ultimas” e ainda fica dizendo esses absurdos?
    São Paulo em sua carta aos Romanos já falou (com grande tristeza) dessas pessoas que não são capazes de tranceder os sentidos para chegar à existência do Criador.

  4. Os céus manifestam Tua glória Senhor… E todo o universo proclamam Teu louvor… E ao Deus que tudo criou nós exaltamos, criador Deus de amor… Tuas obras manifestam, Tuas maravilhas, Senhor!!! O meu desejo é que esse cientista tenha vida suficiente para se arrepender e reconhecer a existência de Deus.

  5. Esse cara é inteligentíssimo. Todos nós que temos um pingo de senso e inteligência e os que estudam sobre origem da vida, como eu que sou uma Biologa, sabemos que não existe Deus criando o Universo e a Terra e sim processos e reações químicas e físicas dos átomos que geraram as primeiras células e com a Evolução chegou até esse ser burro e despresível que é o Homem. Stephen Hawking está mais que certo no que diz.
    Deixem de ser uns fanáticos bitolados Deus é apenas uma energia cósmica, nada mais que isso e não tem capacidade de criar nada sozinho!

  6. Juliana ele pode ser inteligente o quanto ele for, mas foi Deus que criou o mundo sim, de onde vc tirou essa idéia de “energia cósmica”.
    “burro e desprwzível”, nem você prezada Juliana.
    É a difenreça entre quem acredita e quem não acredita em Deus, quem acredita em Deus, JAMAIS vai se achar um Burro desprezível, já quem não acredita…..
    Não me importa, nem me interessa como, DEUS CRIOU O MUNDO, E TODAS AS COISAS VISÍVEIS E INVISÍVEIS.
    Tudo que vc disser em contrário, não consegirá ser definitiva, pois semre haverá a pergunta, e de onde veio o Big qualquer coiosa, e de onde veio o nada, e o antes do nada….enfim, os cintistas nuca vão conseguir descobrir o que a nossa fé nos tem dito faz tempo….DEUS CRIOU O MUNDO, inclusive vc.
    Antes que se formasse no ceio de tua mãe…..

  7. Juliana,
    Uma coisa é ser inteligente e outra muito distinta é ser SÁBIO. Os inteligentes aos olhos do mundo nada valem para Deus. Sábio é quem caminha seguindo os mandamentos do Senhor.
    Outra coisa: Se um relógio precisa de um relojoeiro… Quanto mais o nosso mundo com suas leis e sua ordem. Só um insensato não percebe isto. Alias, a insensatez é um pecado no qual Deus deixa cair os que rejeitam a verdade.
    Deus existe sim , ainda que seja uma “energia cósmica” como você diz. Isso já é um grande passo de sua parte… pois quem sabe está “energia cósmica” tenha pena e misericórdia de sua alma.
    Vou rezar por você (ainda que você não queira).
    Grande abraço,
    Vagner

  8. Querida Juliana:

    Como biólogo e paleontólogo, pesquisador de campo sobre dinossauros brasileiros, professor de evolução com trabalho publicado sobre evolução comparada do crânio de serpentes da família Boidae, havendo descrito fósseis de répteis do cretáceo e novas espécies da herpetofauna atual, entre outras ações, também já pensei como você.

    De fato há muitos criacionistas e adeptos do Intelligent Design que são, sim, “bitolados” como você falou. Porém, após anos de pesquisa intensa e profunda sobre essa polêmica, e avaliando as pesquisas e os trabalhos de cientistas seríssimos em todo o mundo que defendem a Criação (nem todos são religiosos, mas todos são censurados e boicotados em suas pesquisas, publicações e palestras pelo establishment científico que domina hoje a ciência e as mídias), posso garantir-lhe que os cientistas e pensadores evolucionistas, salvo raras exceções, são muito, mas muito mais bitolados e dogmáticos do que os religiosos que ele tanto condenam.

    Hoje compreendo como eu era cego e burro, e não sabia. Ao contrário, me achava mais inteligente e “superior” a todos os “tapados” religiosos que ficam imaginando um criador para explicar aquilo que, imagina minha mente reducionista, era mero produto do acaso cósmico. Mas tive honestidade e coerência suficientes para buscar além das fronteiras da “ciência oficial” fortemente dogmática e ideologicamente controlada. Nessa busca, descobri muita sujeira e desconfiei de tudo e de todos em ambos os lados da polêmica.

    Pelo menos consegui me dar conta de que a evolução tornou-se uma postura muito mais uma crença motivada por posturas anticristãs beligerantes dom que propriamente uma ciência. Tornou-se uma postura muito mais religiosa, manipulada e mentirosa do que os abusos que sabemos ser perpetrados pela religião. Tornou-se objeto de controle ideológico muito mais do que o controle ideológico que algumas religiões fazem sobre seus adeptos.

    Como tantos outros cientistas sérios, mas que não são ouvidos nem lidos pelos evolucionistas sectários, atestei que a essência do criacionismo está bem mais próxima da verdade do fatos do que os dogmas evolucionistas que não admitem contestação, simplesmente porque, de verdade, a muito bem arquitetada e complexa teoria evolucionista não suporta uma análise científica e filosoficamente mais honesta e justa.

    Leia meu artigo sobre Richard Dawkins aqui no blog (como é meio longo, consta o começo, com um link para o meu blog, onde o artigo está completo). Entenderá um pouquinho melhor o que eu quero dizer, ainda que, numa discussão dessas, é preciso uma interação bem mais direta e profunda, onde se possa apresentar e debater pontos decisivos impossíveis de ser tratados numa área de comentários de um blog, como esta em que estamos.

    Se desejar mais detalhes sobre esse assunto, não hesite em me escrever, está bem?

    Grande abraço! E que o Deus em que ainda não acredita a abençoe, pois Ele a ama mesmo assim.

    Ricardo.

  9. Pimentel
    E ele pergunta para você, de onde veio Deus?
    ¨Esses cientiastas, o que eles não conseguem explicar, dizem que é assim mesmo.¨
    É exatamente ao contrário amigo, você simplesmete diz que Deus criou o universo e é porque é assim mesmo.
    Estamos falando de Stephen Hawking! Quanto tempo você acha que eles estudou e pesquisou para afirmar o que ele afirma?
    Acha que ele simplemente acha uma coisa e afirma isso para o público? Me poupe né ignorante.

  10. A ESSENCIA DE DEUS
    A “ESSENCIA DE DEUS” é composta de: “ESPAÇO FISICOU DO UNIVERSO” ocupado por uma “INTELIGENCIA” do mais alto grau de perfeição, para dar a origem no tempo e no espaço de todas as formas de “ENERGIAS”, que movimentam, desde o átomo, com suas estruturas infinitesimais dimensões, até todos os corpos celestes, que compõe o Cosmo em perfeita harmonia e equilíbrio em seus movimentos, e a pureza de seus sentimentos de “AMOR” constituído de “PIEDADE”, “JUSTIÇA” e “AMOR”, nos dá a existência da vida

  11. Eu quero ver é a ciencia curar ele,mas só DEus poderia cura-ló

  12. Tudo na nossa vida tem que ter fé, se você acredita em Big bang você tem fé nessa teoria. eu tenho fé em Deus porque ele nos criou e nos ama da forma que nós somos, para aqueles que não acredita em Deus me responde como um pessoa é curada ? .. Se você acredita na Ciência , deve saber que a Ciência comprovou que pessoas são verdadeiramente curadas pela fé em Deus me explique isto?
    como pessoas ficam possessas por demônios ? e como profecias da bíblia se comprem no dia de hoje ? Ainda é tempo de voltar e pedir perdão a Deus queridos..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *