O absurdo da alienação romana

O século XXI continua à sombra dos dogmas alienantes da Idade Média. Sob subvenção estatal, travestida de movimento cultural ou folclórico, continuamos assistindo a boa fé do povo sendo usada para perpetuar a idolatria e difundir lendas sem nenhum fundamento histórico ou escriturístico.

Raciocine comigo, apenas por um momento! De onde retiraram a ideia de que Maria, mulher abençoada, elogiada, destacada na Bíblia como mãe de Jesus e serva do Senhor, teve uma IMACULADA CONCEIÇÃO, ou que ela tenha sido ASSUNTA AO CÉU?

Se seguimos a tradição de homens, a tradição da instituição chamada igreja, qualquer dogma inventado, idealizado por qualquer pessoa, vira verdade absoluta e dogma de fé, mesmo que não tenha sido registrado na Bíblia.

O que teria Jesus, Pedro, João, Tiago, Paulo e outros escritores canônicos dito a respeito da Imaculada Conceição ou a Assunção de Maria? Só não saberia responder quem nunca leu o Novo Testamento, ou, se leram, já não se recordam do conteúdo.

Se podemos inventar ou interpretar qualquer fato, dito “misterioso”, de modo a transformá-lo num dogma de fé capaz de levar pessoas a confiar seus bens, saúde, vida pós-morte a deuses e episódios que não passam de lendas incorporadas em estátuas e monumentos imóveis, não deveríamos chamar isso de Cristianismo.

Tenho a certeza de que a maioria dos sacerdotes romanos não creem em tais dogmas, mas advogam-no por não terem coragem para confrontar ou denunciar a falácia do que chamam de “crença popular”.  Não estamos dizendo que pessoas não tenham o direito de adorar ídolos de pau e pedra, fazer oferendas ou promover procissões. Mas, em se tratando da perspectiva bíblica de vida eterna, tem algo muito importante em jogo – a vida de cada ser humano, pelo qual Jesus morreu – só Ele foi o legítimo mediador e intercessor diante do Pai (cf. João 14:6). O que não podemos é deixar de argumentar, dizer, chamar a atenção para que não confundam romanismo com cristianismo, cuja essência está em Jesus e não em Maria.

Cristo morreu na cruz, Cristo ressuscitou, Cristo foi assunto ao céu, Cristo está à direita do Pai, Cristo voltará… verdades absolutas, bíblicas testemunhadas pela humilde serva do Senhor, Maria, simplesmente Maria.

Claro que tais assertivas provocam reações adversas em quem não está disposto a pensar, ou abrir o coração para a VERDADE. Jesus mesmo disse: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32). Mas, se você agir com bom senso e coração aberto, vai compreender a diferença entre cristianismo e crença popular, pois isso fará diferença quanto ao destino eterno e a sua relação com o Deus da Bíblia.

A imaculada conceição de Maria não tem fundamentação bíblica, tendo sido inventada por um decreto papal. Foi no dia 8 de dezembro de 1854, na presença de 54 cardeais e 140 bispos, que o papa Pio IX declarou na bula “INEFFABILIS DEUS” o seguinte dogma: “É de Deus revelada a doutrina que sustenta que a bem-aventurada Virgem Maria, no primeiro instante de sua conceição, por singular graça e privilégio do Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, o Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original, e dessa maneira deve ser crida por todos os fiéis.”

Deve ser crida por todos os fiéis, a quem? Ao Vaticano e não a Cristo, com certeza. A partir daí, oficialmente, os católicos romanos passaram a crer que Maria nasceu imaculada, sem pecado, não tendo herdado o pecado de Adão, comum a toda criatura.

Todavia, o que os católicos romanos ignoram é que essa crença foi rejeitada durante séculos por grandes líderes da própria Igreja Católica Apostólica Romana. Eles defendiam, o que a Bíblia ensina, que somente um ser humano poderia ter nascido sem pecado, e esse é JESUS CRISTO, o DEUS ENCARNADO. Ninguém mais!  Nem mesmo Maria.

Essa era a posição de SANTO ANSELMO que disse o seguinte: “Mesmo sendo imaculada a conceição de Cristo, não obstante, a mesma Virgem, da qual ele nasceu, foi concebida na iniquidade e nasceu com o pecado original, porque ela pecou em Adão, assim como por ele todos pecaram. “

SÃO TOMÁS DE AQUINO, o mais importante dos teólogos católicos, não aceitava essa doutrina. Ele disse: “A bem-aventurada Virgem foi santificada antes de receber vida? (…) se a bem-aventurada Virgem houvesse sido santificada de qualquer modo antes de receber a vida, nunca teria incorrido na mancha do pecado original; e, portanto, não teria necessidade da redenção e da salvação que é por Cristo, de quem se diz: Ele salvará o seu povo dos seus pecados. (…) logo a santificação da bem-aventurada Virgem foi depois de receber a vida”.

SÃO BERNARDO declarou que “Só o Senhor Jesus Cristo foi concebido do Espírito Santo, porque era o único santo antes da sua conceição.” Certamente, por causa desse dogma, a Igreja viu-se obrigada a criar e decretar um outro dogma quase cem anos depois, ou seja: O DA ASSUNÇÃO DE MARIA EM CORPO AO CÉU.

A Bíblia declara que o salário do pecado é a morte, e por causa do pecado o homem morrerá e seu corpo se desfará na terra voltando ao pó donde era (veja Romanos 6:23 e Eclesiastes 12:7); A questão levantada, então, era: Poderia o corpo de Maria corromper-se na sepultura após sua morte?

Se de fato ela era imaculada (sem pecado), poderia ela sofrer a penalidade do pecado? Por causa disso em 1º de novembro de 1950 a Igreja criou o dogma de que Maria foi assunta ao Céu em corpo, ou seja seu corpo não foi consumido na sepultura. E a Igreja ainda diz que tais dogmas são revelações de Deus que devem ser cridas por todos os fiéis, e que, se não o fizerem, naufragarão na fé e se condenarão a si mesmos!

Trata-se de uma ação autoritária, aleatória, infundada e que tem implicações para a eternidade. Se você conseguiu ler até o final deste artigo, reflita na possibilidade de crer no que a Bíblia ensina sobre Jesus e sobre Maria e não nas conjecturas romanas que induzem o povo ao erro e à observância de feriados que atrapalham o progresso de um povo que precisa mais de Cristo e menos de Roma.

49 thoughts on “O absurdo da alienação romana

  1. Excelente artigo, pastor! Bem fundamentado, bem escrito…Quem puder, encaminha para todos seus contatos. É isso que vou fazer!
    Deus o abençoe!

  2. Obrigada por esclarecer tão bem, pastor! A igreja romana, desde muito, cria dogmas que são convenientes a ela…

  3. Maravilhoso texto. Que pena que esta falácia está pretrificada nos corações e mentes de tanta gente. Mas conheço alguém capaz de mudar e amolecer o mais duro coração: Jesus Cristo! Creio que este texto servirá nem que seja para gerar dúvida e mais tarde a contestação da veracidade do mesmo!

  4. No dia que entendi essas verdades eu pude dizer não para a tradição romana e crê que só Jesus é soberano sobre todas as coisas.

  5. A igreja romana tomou como base escritos apócrifos antigos, anteriormente condenados como heréticos pelo Papa Gelásio, ainda no século VI, para criar a doutrina da “assunção” de Maria. Ou seja, numa “canetada” só, a Igreja Católica Romana não só passa por cima da autoridade das Escrituras como dá um “tiro no pé” da Infalibilidade Papal.
    Ótimo e esclarecedor artigo.

  6. “Joao eis ai tua mãe, mulher eis aí teu filho”,até o mais insandecido anti-católico sabe que o Joao Evangelista não é irmão de Jesus, se disser isso, nunca leu a pasagem da escolha dos 12 apóstolos.Pq Jesus disse isso?
    De repente sem motivo nehum…Será???

  7. Só uma dúvida:
    Pra que tanta raiva da Mãe do Filho de Deus?
    Será que o fato de AGRADECER a Ela, por nos ter dado quem nos deu, é tão pecaminoso?
    Meu Jesus não é filho de chocadeira, desculpem.

    PAZ E BEM!

  8. O moderador é lento, ou está censurando o post.
    Fico indignado, quando atacam a fé que nosso povo humilde e carente tem na mãe de nosso Senhor.
    Incomoda, diante de notícias, que a Igreja evangélica cresce abundantemente, a notícia que tivemos quase dois milhões de pessoas, marchando pela paz e por devoção a mãe daquele que veio para nos salvar.
    Os incomodados que se convertam, AINDA DÁ TEMPO.
    “AVE CHEIA DE GRAÇA, BENDITA SOIS VÓS ENTRE AS MULHERES, E BENDITO É O FRUTO DE TEU VENTRE”….

  9. Sr Pastor, a morte, penalidade do pecado a que o senhor se refere, é a morte eterna.Jesus, o SANTO DOS SANTOS, nunca pecou, ou o senhor divida, assim mesmo ele morreu(será a penalidade do pecado?), doravante após três dias RESSUSCITOU.
    O senhor se poerde facilmente, quando não se tem argumentos, é melhor não atacar fé ou crença nehuma.
    A vossa igreja, defende a “livre interpretação”da bíblia, desde que em tudo se concorde com o pastor.Ora se não vejamos, “uma mulher revestida de sol e na cabeça uma coroa”, a nova Eva, aquela que pisa a cabeça da serpente……Nenhum dos senhores, nunca refletiu com AMOR nessas passagens, pois se o tivessem feito, não ficaram falando abrobinha.

  10. Pq um dogma da Igreja católica incomoda tanto ?
    Pq que o ataque a Igreja católica continua sendo a arma protestante para adquirir “ädeptos”.A mesnagem de amor deixada por Nosso Senhor Jesus Cristo, sua palavra, não são sificientes para isso.Tem que ficar criticando a Igreja apostólica? Pq? Será esse dito “crescimento”evangélico tão grande mesmo? Como se explica dois milhoes de pessoas sairem de suas casas e participarem dessa caminhada, como se explica os eventos como Queremos Deus lotados, Igrejas católicas esbarrotando de gente TODO SANTO DOMINGO….
    Pq a igreja jamais será destruída, e aqs portas do Inferno, Jamais prevaleceram sobre ela.Não importa como o inimigo venha travestido, a Santa Madre Igreja resistirá, pois se “Deus é por nós, quem será contra nós?”

  11. 1- Como negar dogmas sem base bíblica pode ser confundido como “raiva” contra uma pessoa? O texto em nenhum momento se refere pejorativamente à pessoa bem-aventurada de Maria, nossa irmã em Cristo! E, a bem da verdade bíblica, não foi Maria quem nos deu seu Filho, mas Deus-Pai que tanto amou o mundo “que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
    2- O número de pessoas numa procissão não é motivo de incômodo para o cristão de verdade, mas de lamento. Isso só nos motiva a anunciar mais e mais o Evangelho da Graça de nosso senhor e salvador Jesus Cristo.
    3- Jesus morreu por nossos pecados. Ele não encarnou à toa, ou por acaso, mas para fazer a vontade do Pai, morrendo uma morte vicária e atraindo assim a muitos para si mesmo. A morte de Maria não produziu nenhum efeito salvífico para a humanidade perdida.

  12. Acalmem-se! Não se trata de ofensa à fé de ninguém! Muitos ‘evangélicos’ eram ‘católicos’ que simplesmente passaram a buscar mais na Palavra de Deus do que as mensagens prontas distribuídas a cada missa. Tal mudança acaba por propiciar mais consciência sobre os ensinamentos de Jesus, já que o buscamos direto na fonte (a Bíblia). Conhecer as escrituras nos ajuda a entender coisas que antes acreditávamos só por ouvir de geração a geração, sem discernir o porquê. Se somos Cristãos, devemos nos ater ao que Jesus Cristo nos ensinou e tudo está lá na Bíblia. Maria tem seu lugar e seu valor na história do cristianismo, mas nem ela mesma requer adoração para si, ela reconhece Jesus como seu Salvador e único de adoração! “Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador.” Lc 1:46,47.

  13. Que eu saiba, e se vc um dia foi católica, deveria também saber, é que católico algum ADORA MARIA, Maria, é objeto de venereção e respeito.
    Adoramos nosso Senhor Jesus Cristo, o filho de Maria, Verbo feito carne.
    Pq algumas passagens bíblicas são quase desprezadas pelos ditos “evangélicos”????..“Joao eis ai tua mãe, mulher eis aí teu filho”,até o mais insandecido anti-católico sabe que o Joao Evangelista não é irmão de Jesus, se disser isso, nunca leu a pasagem da escolha dos 12 apóstolos.Pq Jesus disse isso?
    De repente sem motivo nehum…Será???,passagens no apocalipse, a passagem da bodas de cannã…Enfim, temos evidências bíblicas e pastorais para prestarmos a venereção e o Respeito que fazenos a Mãe de Jesus.

  14. Faz tempo em Fabíola que vc não vai à Missa, e não desfruta da mesa da refeição, onde em Memória dele, e como ele nos mandou, partilhamos seu corpo e seu sangue, e fazemos marco do mistério Pacal de Cristo.
    Na missa conscientemente, peço Perdão a Deus, conscientemente e de livre arbítrio louvo a Deus no Glória, assim como escuto atenciosamente a procalamção da palavra de Deus, no seu antigo e novo testamento.
    Como ápice, recebo o Sacramento da Comunhão..enfim, posso passar horas e horas falando do rito da Missa.
    Viu, o que há de errado em rezar, pedir perdão dos pecados, escutar a palavra de Deus…fazer ação de graças..
    Enfim……
    Os incomodados que se convertam, pois a IGREJA não será destruída, Jesus disse a Pedro, que as “portas do Inferno”jamais, JAMAIS, prevaleceram sobre ela.
    Ela continua incomodando, e contiuará sempre…

  15. “O que teria Jesus, Pedro, João, Tiago, Paulo e outros escritores canônicos dito a respeito da Imaculada Conceição ou a Assunção de Maria?”
    Pastor….Mas pastor….Jesus, escritor canônico ?????????Quando???Onde?????Em que Bíblia.
    Está vendo como o senhor se perde facilmente, na ansia de atacar a Igreja….

  16. Caro Pimentel, não me perdi não. Jesus não escreveu nada a não ser na areia, os “outros escritores canônicos, referem aos que sucederiam na lista a Pedro, João, o evangelista, Tiago, irmão de Jesus e Paulo, o apóstolo fora dos 12.
    A “igreja” nunca incomodará tanto quanto a Verdade escrita.
    Sou Católico, apostólico, porém, não Romano, tampouco sigo dogmas e bulas do Estado do Vaticano, embora admire alguns posicionamentos pró vida e pró família da cúpula romana, simplesmente porque estão em conformidade com a Palavra de Deus.
    Ao Sr. Dogma, terei maior prazer em comentar sobre o texto mencionado que não diz absolutamente nada sobre veneração a Maria, fato que não encontra nenhum respaldo em nenhum evangelho, tampouco nas cartas e epístolas gerais.

  17. A maioria ds igrejas ditas evangélicas, realizam seus cultos dominicais, de acordo com a bíblia, esse culto não seria OBRIGATORIAMENTE no sábado?
    Criticar os católicos e agirem da mesma forma quando convém…..
    Eu sei pq vou a Missa aos Domingos, será que os evangélicos sabem pq não guardam o sábado Santo ???Seria um Dogma ???
    “Vaidade, vaidade, Tudo é vaidade…”

  18. Tiago irmão de Jesus, apóstolo…
    Prezado, releia a passagem da escolha dos doze apóstolos novamente
    “A lista dos escolhidos por Jesus para ser apóstolos não é muito impressionante do nosso ponto de vista. Jesus escolheu quatro pescadores (Pedro, André, Tiago e João)”
    “Jesus subiu um monte, chamou os que ele quis, e eles foram para perto dele. Então escolheu doze homens para ficar com ele e serem enviados para anunciar a mensagem de salvação. Chamou esses doze de apóstolos. Eles receberam também poder para expulsar espíritos maus. Os doze foram estes: Simão, a quem deu o nome de Pedro; Tiago e João, filhos de Zebedeu (a estes deu o nome de Boanerges, que quer dizer Filhos do Trovão); André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o nacionalista, e Judas Iscariotes, que traiu Jesus.” (Mc 3:13-19).
    O Tiago, apóstolo, era filho de Zebedeu, não de José.
    Agora vai dizer que Maria teve um filho de Zenedeu.
    Eita que a coisa só piora….

  19. “Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”. (João 8:31,32)
    Quem é Cristão, acredita e vive pela Palavra!

  20. O texto está muito bem escrito e fundamentado biblicamente. A verdade bíblica está acessível a todos, mas o discernimento vem pelo Espírito, e esse pela fé em Jesus, somente. “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça…”. Paz a todos.

  21. Interessante esse DOGMA. Pelo que escreve, pode-se notar que o mesmo é conhecedor das escrituras, no entanto, a verdade ainda não lhe foi revelada. É como diz o texto de Isaias 29 (11 a 13) que diz: Por isso toda a visão vos é como as palavras de um livro selado que se dá ao que sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não posso, porque está selado.
    Ou dá-se o livro ao que não sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não sei ler.
    Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído;
    Quanto às procissões, vejam o que diz Isaias 45, 20: Congregai-vos, e vinde; chegai-vos juntos, os que escapastes das nações; nada sabem os que conduzem em procissão as suas imagens de escultura, feitas de madeira, e rogam a um deus que não pode salvar

  22. Em contrapartida prezado “Bispo”, a bíblia condena a idolatria(adorar outros deuses) e não o respeito e veneração.
    Não existe, não exsitiu e nunca existirá, um único católico que fale que existe outro Deus, que não seja Deus.
    A Idolatria que existe hoje, e bem espalhada em todos os setores da sociedade, é a idolatria ao Deus dinheiro, poder, inveja, calúnia, ao deus mentira, e o senhor sabe quem é o pai da mentira né, se não sabe deveria saber.
    Termino esta desejando do fundo do Coração que o senhor fique com Deus.

  23. Mesmo o dicionário Aurélio afirmar que venerar é sinônimo de adorar, existe uma diferença realmente.
    Venerar: é aquele respeito que se tem pelo homem natural em virtude daquilo que ele pode e é capaz de fazer. Ex. O artista, o jogador de futebol, o político, o pai, a mãe, o esposo ou a esposa etc.
    Adorar: é justamente a veneração que se faz ao homem natural atribuindo-lhe atributos que só a Deus pertencem: onipresença, onisciência e onipotência. Só Deus pode está em vários lugares ao mesmo tempo; Só Deus sabe de tudo e; Só Deus pode tudo. Portanto, dirigir-se a qualquer uma outra entidade para pedir-lhe aquilo que só o Deus Trino pode realizar, é idolatria condenada veementemente nas Sagradas Escrituras. A respeito disso, o apóstolo Paulo falou em Romanos 01: 21 a 25: Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
    Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
    E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
    Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
    Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. As consequencias, leiam o restante do capítulo primeiro de Paulo aos próprios Romanos.

  24. O problema não é desconhecer Deus. Qualquer adepto de qualquer religião que se diga cristã, reconhece que Deus é Deus, no entanto, não o adoram como Deus, pois dividem a honra que lhe é devida com outras entidades, como por exemplo a Nossa Senhora. O novo testamento da bíblia sagrada esta cheio da expressão Nosso Senhor, enquanto que a expressão Nossa Senhora não existe em nenhuma passagem bíblica. Podem pesquisar na bíblia católica. Portanto, esse é um mito fabricado nos porões do Vaticano e que Maria, a mãe de Jesus, se viva fosse, jamais aprovaria essa idolatria em torno do seu nome.

    Isaías 42;8: Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.

  25. Como sempre, uma mentirinha pra não quebrar a regra. Dois milhões de pessoas na caminhada, quer dizer, 90% da população fortalezense estava lá, incluindo evangélicos, ateus, macumebeiros, espíritas. Nesse dia, os evangélicos não foram aos cultos, os mancubeiros não foram à praia depositar oferendas, os espíritas não não se reuniram, os ateus, de repente se converteram ao catolicismo. Resunmindo, a cidade ficou completamente vazia. Aliás, até a população carcerária, cuja religião da maioria ninguém sabe qual é, já qua a imprensa faz questão de divulgar a religião de quem comete delitos apenas daqueles que se dizem evangélicos, essa população carcerária foi liberada e também estavam todos lá. Impressionante!

  26. Pessoalmente não gosto muito de debates intermináveis. Nunca vi ninguém se converter a Cristo mediante um debate. Mas, se as pessoas fossem honestas e humildes, deveriam ao menos reconhecer que não conhecem as Escrituras e nem o Deus das Escrituras, ao invés de se entrincheirar por seus dogmas e tradições cujas origens desconhecem igualmente. Só Jesus proveu salvação para o homem, religando-o com o Criador mediante seu sacrifício vicário e por isso mesmo sendo o verdadeiro e único mediador entre o Santo Pai e o homem. Mas o que vemos? A religião romana usurpou todos os títulos de Cristo ou para si mesma ou para a pessoa de Maria. O Papa é chamado de “Vigário de Cristo”, Sumo Pontífice e de Santo Padre (Mas ninguém pode ser declarado substituto de Cristo, a ninguém devemos chamar de “PAI” no sentido espiritual e só Jesus é a ponte de ligação entre Deus e os homens, conf. Mateus 23:9 e 1Timóteo 2:5), e Maria é chamada de Porta do Céu (Jesus disse que ele era a porta – João 10:9), Advogada Nossa (O Novo Testamento nos diz que Jesus é o nosso advogado – 1João, 2:1), Mediatriz (Jesus é o único mediador – 1Timóteo 2:5), e mais recentemente Co-Redentora (Jesus é O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo – João 1:29). As pessoas deveriam pelo menos refletir sobre esses textos bíblicos e as situações criadas pela igreja romana que se contrapõem ao ensino apostólico.

  27. Vigário de Cristo agora é “substituto’, eita Aurélio esse einh prezado.
    Pra mim chega, pois já li aqui sobre um evangelho escrito por Jesus Cristo, e que Thiago filho de ALFEU era irmão de Jesus, e que o Tiago filho de Zebedeu, era outro irmão de Jesus…
    Por isso que cada semana existe uma igreja nova, quadrangular, hexagonal, pentagonal, do triangulo equilátero, Batista, Betesda, a empresa IURD, o do Kakákakaka.
    Enfim…Eu sei qual é a igreja católica, só existe uma, e qual a Evangélica????????????

    Ad Jesum per Mariam!

  28. Sousa, a palavra de Isaias, fala de rogar a outro Deus, vou repetir, o Deus que eu acredito, é o ÚNICO DEUS QUE EXISTE,a Igreja católica, NUNCA MENCIONOU,PROCALMOU, ADOROU outro Deus, agora parafaseando um colega nossa, uma mentirinha né, só pra variar.
    ´Ad Jesum per Mariam!

  29. Venerar é diferente de Adorar
    Como os católicos hoje, os cristãos dos primeiros séculos eram acusados de idolatria por venerarem os Santos. Mas, em vez dos grupos heréticos (que tanto se difundiram após o século XVI), quem propagava esta mentira era o rabinismo judaico, isto é, os judeus que não abraçaram a fé cristã.
    Talvez o primeiro texto que dá testemunho da veneração dos santos como ainda nós católicos praticamos hoje, com honra, homenagem, celebração dos heróis e modelos da fé, seja a Carta que a Igreja de Esmirna enviou à Igreja de Filomélio, narrando o Martírio de São Policarpo (Bispo de Esmirna e discípulo do Apóstolo São João). Este documento de meados do segundo século é o texto hagiográfico mais antigo que se tem notícia.
    A Carta nos dá testemunho que após o martírio de São Policarpo, os cristãos de Esmirna tentaram conseguir a posse de seu corpo, para dar ao mártir um sepultamento adequado. Mas, foram impedidos pelas autoridades que eram influenciadas pelos judeus rabínicos, que diziam que os cristãos queriam o corpo de São Policarpo para adorá-lo como faziam com Cristo.

    Na carta é interessante o comentário que os cristãos de Esmirna fazem por causa da ignorância que os judeus tinham sobre a diferença da adoração que os cristãos prestavam somente a Nosso Senhor Jesus Cristo e a veneração prestada aos Santos. Semelhantes a nós católicos dos últimos séculos, os católicos do passado escreveram:

    “Ignoravam eles que não poderíamos jamais abandonar Cristo, que sofreu pela salvação de todos aqueles que são salvos no mundo, como inocente em favor dos pecadores, nem prestamos culto a outro. Nós o adoramos porque é o Filho de Deus. Quanto aos mártires, nós os amamos justamente como discípulos e imitadores do Senhor, por causa da incomparável devoção que tinham para com seu rei e mestre. Pudéssemos nós também ser seus companheiros e condiscípulos!” (Martírio de Policarpo 17:2, 160?).

    E mais adiante esta importantíssima prova da fé primitiva, dá testemunho do costume que a Igreja tinha em guardar uma data, para celebrar a memória dos Santos, como Ela faz até hoje:
    “Vendo a rixa suscitada pelos judeus, o centurião colocou o corpo no meio e o fez queimar, como era costume. Desse modo, pudemos mais tarde recolher seus ossos [de Policarpo], mais preciosos do que pedras preciosas e mais valiosos do que o ouro, para colocá-lo em lugar conveniente. Quando possível, é aí que o Senhor nos permitirá reunir-nos, na alegria e contentamento, para celebrar o aniversário de seu martírio, em memória daqueles que combateram antes de nós, e para exercitar e preparar aqueles que deverão combater no futuro.” (Martírio de Policarpo 18 +- 160 D.C)

    Portanto, a Veneração dos Santos, não é idolatria e sim uma legítima e piedosa doutrina cristã que tem berço na Tradição da Igreja nascente

    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
    por
    Alessandro Lima (www.veritatis.com.br)

  30. Prezado “pastor” Armando,
    Gostaria que o sr. me esclarece onde diz a Bíblia que toda verdade se encontra nela?
    E onde diz a Bíblia que SOMENTE ela é norma de FÉ?

  31. Estou orando por voce, Pimentel, para que o Espíriro Santo possa iluminar seus caminhos e abrir seus ouvidos.

  32. Meu caro Pimentel, assim como muitos outros, voce é a prova viva da alienação Romana.

  33. Pimentel, se aquela caminhada com Maria não for idolatria, o que é idolatria então? Se aquilo é venerar, por que que não se veneram também a Jesus com a mesma intensidade? Nem no natal e nem na semana santa os Romanos fazem um celebração tão grande ao Cristo ressurreto, enquanto que para o ídolo é festa todo o mês (dia 13) sem se falar nas especiais como a da Assunção, da Aparecida, da Fátima e por aí vai. Enquanto Cristo não chega nem perto de receber tanto culto e tanta glória. Quanto às mentiras, saiba Pimentel que se existe um mentiroso nessa historia toda asseguro-lhe que não sou eu. Como já disse, não basta conhecer a Deus se não honrá-lo como tal. Repito Isaías 42;8: Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura. Quem é que fala: vamos louvar a Nossa Senhora por ventura sou eu?

  34. Cabral, eu não sou raomano, sou brasileiro.
    Sim sou católico, e sim aquilo é veneração.
    Você mentiu sim sim no post, se é mentiroso por causa disso não sei.
    Não fale do que vc não sabe, coo falar que não adoramos a Jesus se vc não é católcio ou se quer me conhece.Você nuinca participou de uma ADORAÇÃO numa capela comigo, não conhece meus atos, não sabes da minha vida, como podes me julgar?
    Não Cabral, não sou mentiroso, e não tem na bíblia dizendo “O PIMENTEL NÃO É MENTIROSO”, mas mesmo assim eu não sou.
    Estou com Deus, na minha vida e na vida da minha família, que é abencóada com sua graça TODOS OS DIAS, vc não imagina o quanto, vc pode até não acreditar…Enfim.
    Se vc não respeita a Igreja católica, e confunde Idolatria com respeito, é uma pena.Talvez não seja capaz de entender, que para existir idolatria, não necessariamente precisa existir imagem(Lutero que o diga), que a pior idolatria é a do próprio ego, é o do consumismo, da falta de humildade, da arrogância, da presunção…
    Criticando o catolicismo, por causa da expressão Vigário de Cristo, que NUNCA quiz dizer que era o próprio Cristo, e querem poder julgar como DEUS.
    Quanto incoerência, falta de Piedade e Misericórdia, que o Deus lhe abençoe muito.

  35. Ia esquecendo prezado Cabral, todo DOMINGO, tratamos como dia do SENHOR, não apenas no Natal, ou Semana Santa.
    Outro detalhe importante, é que todo DOMINGO, de acrodo com recomendação do próprio JESUS,que manda em sua memória,comungamos e recebemos o próprio JESUS nas duas formas.
    “TOMAI E COMEI TODOS VÓS, ESSE É O MEU CORPO…, TOMAI E COMEI ESTE É O MEU SANGUE, FAZEI ISSO EM MEMÓRIA DE MIM.”.
    Fala do que tu sabe Cabral, se não tu fala besteira.

  36. “Tudo por Jesus. Nada sem Maria”? Ah! Se Maria estivesse viva com certeza diria: “Eles entenderam nada!” Leiam – Lc 1.46-47

  37. Não seria melhor se todos nos juntássemos para louvar ao Senhor e dá graças a ele pelas maravilhas que ele tem feito por cada um de nós do que ficar atirando pedras uns nos outros por causa do que cada um acha ? Será que essa guerra entre as igrejas não pode ter um fim ? Nós não acreditamos no mesmo Deus ? Não acreditamos que ele é nosso Salvador ? Porque então essa briga ?

  38. Ler Lucas 1:46,47

    Deus nos deu liberdade de escolha eu já fiz a minha e você? Já vivemos os últimos dias e percebemos que o homem cada vez mais tem se afastado de Deus, tem tentado buscar preencher o vazio com coisas passageiras (1 Timótio 4:1) ler o contexto para não gerar pretexto até porque Jesus fala em Oséias 4:06 o meu povo perece por não conhecer as escrituras.
    Também um dia já fui obrigada a ser católica pela minha mãe quando tinha uns 9 anos ela queria que eu fizesse catecismo e1° comunhão mais eu já tinha algo bem firme em meu coração mesmo ainda não conhecendo a verdade e nem tendo quem me influenciasse já sabia que só existe um Deus um único a quem rendo as minhas orações louvores e agradecimento. não entendia porque muitas pessoas adoram pedaço de gesso,concreto ou ate mesmo pessoas de carne e osso como eu e você que são completamente cheias de erros. tenho respeito por Maria, pois acredito que ela foi uma mulher bem aventurada porque ela foi escolhida por Deus pra carregar em seu ventre o nosso único e suficiente salvador, e escolhida acredito eu, não por méritos mais por amor e misericórdia é tanto que ela deixa bem claro que toda grandeza pertence ao nosso senhor e relata que Deus se lembrou dela uma humilde serva.
    Jesus é bom e maravilhoso e tenho certeza que se hoje estou aqui é porque ele me amou primeiro e tem misericórdia de min e hoje posso dizer a todos que sou uma mulher abençoada por Deus e serei eternamente grata por isso,pois sei que mesmo eu sendo cheia de pecados o meu pai me ama e me perdoa. só ele pode mudar o homem verdadeiramente e é por meio dele que alcançamos o amor verdadeiro, verdadeira adoração e quebrantamento.
    Ao rei eterno imortal invisível,o único Deus a ele seja dadas a honra e a gloria,para todo sempre!amem! ( 1 Timótio 1:17 )
    Eu sou o caminho a verdade e a vida ninguém vem ao pai a não ser por mim.
    Busque a Deus enquanto há tempo,se não amanha pode ser tarde de mais.

  39. Por pouco eu nasceria tendo outro pai ,pois o que me gerou foi salvo “pelo gongo”e largou a batina e se apaixonou pela dona Luzia…olha so no que deu …estou eu aqui teclando …. vejam so .
    Quando garoto meu pai me enviou para “Furtaleza” ,para estudar e trabalhar como coroinha e diga-se de passagem, tenho registros em minha carteira profissional assinada pela mitra arquidiocesana de Fortaleza .Eu estive do lado de la , vi com esses olhos e ouvidos ouviram o que nao devo escrever ,o quanto diverge da Biblia e de Cristo.
    Anos mais tarde fui alcançado pelo SALVADOR ,hoje sou seu servidor, no ensino da palavra,mas nao me atreveria a defende-lo como fez “Pedrao” pois ELE nao precisa ser defendido ,ELE e o centro da nossa fe ,e veja o que a religião faz ,tira o foco ,e quando saímos do foca ,polarizamos,polarizando acirra se os animos fazendo isto estamos interferindo na terra a ser semeada regada e quem sabe, o que estava do lado de la como eu muda o caminho.
    E nao perderia tempo a discutir com mortos ,conforme( efesios 2) . A propósito esse tipo de mensagem ela e bem apropriada, em uma sala de aula ,mesmo que o professor seja o renomado e amado Armando Bispo,que admiro muito.

  40. Maria foi um exemplo a ser seguido,mas quem sofreu até morrer na cruz por todos nós pecadores foi Jesus;o mesmo que mudou minha vida depois que eu o aceitei como senhor e salvador, o que eu posso dizer é que Jesus Cristo mudou meu viver! Graça e pazzzz

  41. Acessem o site “caiafarsa.com.br” e vejam as mentiras dos reformistas, que se transformaram em protestantes e depois em crentes e depois em evangelicos e depois em…, não sei qual será a proxima dedignação. Neste site vemos os evangelicos adorado um baú, se prostando no imagem de Lutero, Tem uma imagem do “esmiliguido” que é uma formiga que os evangelicos culktuam entre si.
    Vejo que os pastores prosperam e os seguidores não. Por que será? Algum evagelico conhece a casa onde o pastor mora? Porque existe a rotatividade de pastores nas igrejas? Será que os pastores declaram imposto de renda? e a igreja do pastor declara?
    Leiam “LUTERO E A IGREJA DO PECADO”. Entendam porque Lutero resolveu criar sua propria igreja.

  42. Caro Flávio,
    Gostaria de convidá-lo a conhecer a IBC, a minha casa, ver minha declaração de IR, e as exemplares rotinas contábeis da IBC.
    Embora não defenda os pastores da prosperidade, eles ainda estão longe da vergonhosa exploração do Estado do Vaticano e seu banco podre. Como testifica parte do artigo da USA TODAY de Dezembro de 2010:
    “CIDADE DO VATICANO (AP) – (sobre a fachada do Instituto) Este não é um banco normal: O ATMs estão em latim. Sacerdotes usam uma entrada privada. Um retrato em tamanho natural de Bento XVI está pendurado na parede.
    No entanto, o Instituto para Obras Religiosas é um banco, e passa por uma nova investigação em um caso envolvendo acusações de lavagem de dinheiro que levou a polícia a apreender $ 30 milhões em ativos do Vaticano em setembro. Críticos dizem que o caso mostra que o “Banco do Vaticano” nunca derramou seu pendor para o secretismo e escândalo.

    O Vaticano chama a apreensão dos bens de um “equívoco” e manifesta otimismo que será rapidamente resolvido. Mas os documentos do tribunal mostram que os promotores dizem que o Banco do Vaticano deliberadamente ignorava leis anti-branqueamento “, com o objectivo de ocultar a propriedade de destino e origem do capital.” Os documentos revelam também as suspeitas dos investigadores que o clero pode ter agido como fachadas para empresários corruptos e mafiosos.

  43. O pastor Armando, não está se referindo aos fiéis da igreja romana, ele está falando da alta hierarquia romana que sempre se associou ao Estado em busca de poder. Infelizmente ainda hoje, mesmo diante de tantos meios de se conhecer a Bíblia, como a Palavra de Deus, muitos ainda preferem dar crédito ao que os homens falam. A igreja romana é tão cruel, que ela não permite que seus fiéis creiam na coisa mais importante da Bíblia, que é a nossa Salvação na pessoa e obra do SENHOR JESUS CRISTO. Pode perguntar a qualquer caólico romano, se eles acreditam se estão salvos, a resposta vai ser sempre a mesma, só Deus é quem sabe, eu estou fazendo a minha parte. Se a salvação é por Fé como vão ser salvos se não creem. onde está a FÉ que o Senhor Jesus fala que farão obras maiores que as que Ele fez. A Bíblia diz que sem FÉ é IMPOSSÍVEL agradar a Deus. Mas infelizmente a fé dos católicos romanos está diluída em uma infindável galeria de santos. Falam ainda que o Apóstolo Pedro foi o primeiro Papa, isso é absolutamente IMPOSSÍVEL, sendo ele judeu, jamais faria ou aceitaria uma imagem de algo que está sobre a terra, ou seja, de alguma criatura. Também usam títulos eclesiásticos que a Bíblia condena, PAPA e padre por exemplo quer dizer pai, e a Bíblia diz que a ninguém chameis de pai, pois só um é o nosso PAI (Mateus 23,9). Na umbanda também, chamam o líder de pai e mãe. Outro título no mínimo absurdo, é monsenhor, que quer dizer, meu senhor, Meu Senhor é JESUS CRISTO.
    Quanto a Maria, serva do Senhor, como se auto-denominou em Lucas 1, 38 também estava no cenáculo, no dia que o Espírito Santo desceu sobre todos os que permaneciam unânimes em oração (Atos 1, 12-14 e 2, 1-4). Ou seja, ela também recebeu o Espírito Santo, pois como todos os apóstolos também obedeceu ao que Jesus falou, para que permanecessem não se ausentassem de Jerusalém, pois receberiam poder para serem suas testemunhas. Todos ali estavam no mesmo nível, esperando o poder do Espírito Santo. Como hoje, estamos no mesmo nível, quando recebemos o E. santo, recebemos poder para testemunhar a Jesus Cristo, somente a Ele, conforme suas palavras, como faziam os Apóstolos e Maria. Que essas poucas palavras possam trazer um pouco de luz para aquelas pessoas que ainda não desenvolveram um verdadeiro amor pela Palavra de Deus. “EXAMINAIS AS ESCRITURAS, PORQUE JULGAIS TER NELAS A VIDA ETERNA, E SÃO ELAS MESMAS QUE TESTIFICAM DE MIM” (João 5,39)

  44. Muito bom. Tem olhos mas não veêm, tem bocas, mas não falam, tem mãos, mas não apalpam. Tornem-se iguais aos que neles confiam e se prostam diante deles.
    Vão se tornar iguais as estátuas, as pessoas que nelas confiam e se prostam diante delas.
    Salmos 115.

  45. foi muito esclarecedor, só não entendi quem não quer mesmo entender.

  46. adoro as historias de roma meu professor ta dando essa materia na sala e eu estou amando esssas historias super importante para a educaçao das crianças de hoje

  47. http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/paguei-pra-ver

    Quando iniciei a minha pesquisa histórica acerca da origem do cristianismo senti-me profundamente incomodado com a historiografia oficial. Um não crente como eu percebe prontamente que essa historiografia está seriamente contaminada pela fé. O acatamento da Bíblia não é científico. Claro que o propósito da nossa cultura era lastrear a fé cristã e fortalecê-la constantemente. Para isso, serviu-se da história como um mero instrumento utilitário de convencimento. Se a Igreja dissesse que preto era branco, todos tinham que acreditar piamente. Especialmente os professores, que eram sustentados por ela. Não havia escola que não fosse cristã.

    Não é difícil imaginar o resultado disso séculos a fio. Desse modo, o absurdo passou a se tornar natural, pois a proteção à fé estava acima de tudo. É ai que surge uma questão moral da maior relevância pela sua contradição: a obrigação da academia seria zelar pelo ensino honesto de história [a honestidade é um dos valores basilares do cristianismo] ou dar guarida às necessidades da religião, por mais justificável que isso possa parecer?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *