Encontrando esperança em Jesus

“Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor.”
(Jeremias 17:7)

Acredito fortemente que a Igreja como instituição, sempre fará diferença quando o seu povo entender-se como A Igreja. Este entendimento, sendo claro e vivido na prática, gerará frutos inimagináveis, a começar pela integralidade do evangelho.

De que forma?
Nossa sociedade está doente, mazelada, envolta em traumas, perdida em meio aos mais diversos conceitos e teorias e sem uma liderança em quem possa confiar. Estamos quebrados e precisamos entender como Jesus fará, na prática, diferença em meio a esse caos.

Sendo assim, sermos e termos um lugar onde os quebrados, aflitos e esgotados possam encontrar esperança, consolo e uma nova vida é fundamental.

Jesus sempre foi a esperança para o mundo. Os profetas falaram d’Ele durante toda a história da humanidade. Ele veio e foi a esperança do seu povo. Ele retornou para o Pai deixando a esperança no coração dos seus discípulos e continua sendo a nossa maior esperança.Um dos grandes problemas é quando tiramos Jesus do foco e o deixamos à margem da nossa vida.

Vamos passear rapidamente por 3 acontecimentos da vida de Jesus, através dos quais aprendemos que n’Ele encontramos esperança:

A mulher do fluxo de sangue (Mc. 5:24-34)

A bíblia deixa bem claro que a única esperança dessa mulher era Jesus. Já tinha tentado tudo e nada dava certo. No desespero, ela vai ao seu encontro na esperança de que, se apenas tocasse n’Ele, seria curada. Não precisava nem ver, muito menos falar, apenas tocar. O resultado? Ela não foi só curada, mas falou com Ele e recebeu uma palavra de esperança e salvação!

De que forma podemos “tocar” em Jesus nos nossos dias?
Lendo a sua Palavra, orando e partilhando a vida com seus filhos e filhas, ou seja, através de relacionamentos com Ele e com o nosso próximo.

Marta e Maria (Lc. 10:38-42)

O mais importante dessa passagem é responder a seguinte pergunta: O que é melhor, escutar Jesus ou hospedá-lo bem?

Marta recebe Jesus em sua casa, mas não consegue escutá-lo.
O cotidiano, a superficialidade e a mesmices da vida cristã nos levam a não mais nos importar com a presença d’Ele. Sabemos que Ele está ali ou lá, mas não nos importamos mais. Trabalhamos demais, nos estressamos demais, nos comprometemos demais, etc., e Jesus está falando, falando, falando e não escutamos.

Maria senta para ouvi-lo falar.

A esperança que encontramos em Jesus é saber que, para a maioria de nós, Martas, é possível ser Maria. Jesus diz para a Marta que está dentro de nós:

– Pare! A melhor parte do seu dia, da sua vida, está comigo. Escolha essa parte.

É possível escolher.

Lázaro (Jo. 11:1-44)

Nessa passagem registra-se uma situação que não parece ter mais jeito. Lázaro já estava morto, acabou. A morte tinha vencido.

Às vezes estamos enfrentando uma situação que também parece não ter mais jeito: Um relacionamento quebrado por traições, um(a) filho(a) rebelde e perdido(a) na vida, uma doença grave, um sonho destruído, etc.

Do verso 38 ao 43 dessa mesma passagem Jesus mostra para nós que o fim pode ser o início. Ele nos mostra que há esperança para o ferido (a família de Lázaro estava ferida pela dor da perda); há vida para o morto espiritual.

Mas, A MAIOR DE TODAS AS ESPERANÇAS é saber que Ele voltará (At 1:9-11) e que todo esse
sofrimento, desespero, medo, dor, dúvidas irá acabar:

Não vi templo algum na cidade, pois o Senhor Deus todo-poderoso e o Cordeiro são o seu templo. A cidade não precisa de sol nem de lua para brilharem sobre ela, pois a glória de Deus a ilumina, e o Cordeiro é a sua candeia. As nações andarão em sua luz, e os reis da terra lhe trarão a sua glória. Suas portas jamais se fecharão de dia, pois ali não haverá noite. A glória e a honra das nações lhe serão trazidas. Nela jamais entrará algo impuro, nem ninguém que pratique o que é vergonhoso ou enganoso, mas unicamente aqueles cujos nomes estão escritos no livro da vida do Cordeiro.
(Apocalipse 21:22-27).

Lucas Ferreira

Sobre Lucas Ferreira

Marido de Roberta, pai do Davizinho e do Pedrinho. Amigo e servo de Jesus sendo formado por Ele através da vida e para a Vida. Profissional de TI e atualmente empresário. Servindo apaixonadamente na amada IBC.
Como definição faço das palavras do Apóstolo Paulo as minhas: “Mas de nada faço questão, nem tenho minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da Graça de Deus.” Atos 20:24

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *