3º Desafio Jeri Beach Run, foi difícil, mas valeu pelo desafio!

Fortaleza, 20/03/2017 – Como comentei em nosso instagram in loco no sábado (Jericoacoara), de todas as 347 corridas que participei até o momento, o Desafio Jeri Beach Run, com certeza está entre as mais difíceis.

No sábado, mesmo com percursos menores de 7km e 12km, alguns atletas já sentiram a dureza deste percurso cross, e no domingo, a 1ª Meia Maratona Jeri Beach Run ratificou esta previsão, com um percurso exuberante e ao mesmo tempo desafiador.

No começo, a volta ao redor da Lagoa do Paraíso foi bem tranquila mas extensa, e no final, um longo trecho pela praia dava a impressão de que chegaríamos rápido ao Morro do Serrote, mas de tão grande, ele parecia estar sempre próximo, gerando uma ilusão que castigou o nosso planejamento durante vários minutos.

Em termos de comparação (asfalto e cross), a conclusão desta meia em Jericoacoara com tempo maiores foi normal para todos (profissionais e amadores). No caso de Dicson Peixoto, campeão da prova, o seu tempo em Jericoacoara foi 1h 30min, contra 1h 09min (sua melhor marca no asfalto). No meu caso, registrei 1h 57min, contra 1h 33min no asfalto.

E você, qual foi a sua diferença de tempo?

Vejam a matéria do 3º Desafio Jeri Beach Run em nosso site,
www.portaldocorredor.com.br

 

 

28
Felix Luis

Sobre Felix Luis

Desportista e atleta amador, com passagens pelo futebol de campo e futsal. Participou das primeiras corridas de rua no início da década de 90, e até o final de 2017, deverá chegar a marca de 370 competições. Profissional da área de informática, e proprietário do site Portal do Corredor, (o pioneiro web na divulgação de corridas de rua no norte e nordeste brasileiro, 2004 / 2017). www.portaldocorredor.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *