Com muita superação, veteranos destacam-se no Circuito Cross Urbano Caixa / DF.

Fortaleza, 01/04/2017 – Quando participei do Circuito Cross Urbano Caixa (DF) em 2016, senti na pele a força dos atletas veteranos no Distrito Federal.

Na verdade, comparando com as condições climáticas que temos em Fortaleza, acho que alguns fatores contribuem para este rendimento acima da média em Brasília, como: Clima ameno durante alguns meses no ano; opções de treinos com terrenos variados; espaço apropriado para treinos, como o esplendoroso Parque da Cidade. Com esses diferenciais, não fico surpreso em termos alguns dos melhores corredores brasileiros de todos os tempos oriundos do Planalto Central, como: Marilson Gomes dos Santos e Valdenor Pereira dos Santos.

Para muitos, Marilson Gomes dos Santos ainda está na memória de milhares de brasileiros, (duas conquistas na Maratona de Nova York e três conquistas na Corrida Internacional de São Silvestre), mas Valdenor, pode passar despercebido entre tantos estreantes que temos no segmento de corridas de rua nos últimos anos.

Valdenor, possui o quarto melhor tempo brasileiro na história dos 5.000 metros, 13min 33 seg,  e 28min 29seg nos 10.000 metros. Em ambos os casos,  o seu conterrâneo Marilson Gomes (DF), ainda acumula os melhores tempos brasileiros nas duas distâncias, 13min 19seg nos 5.000 metros e 27min 28seg nos 10.000 metros.

Mas apesar do tempo e da idade, Valdenor Pereira dos Santos (48), demostrou neste sábado que ainda possui um condicionamento físico invejável, pois o atleta venceu novamente em sua categoria etária,  com o tempo de 20min 26seg. No entanto, após retificação, o melhor tempo deste ano no Circuito Cross Urbano Caixa de Brasília foi registrado pelo atleta Lindenbergue Gomes Nunes (54), que cravou 18min 16seg. Entre as mulheres, a melhor marca foi da atleta Cecília Rafaela da Silva (36), com o tempo de 26min 32seg.

O Circuito Cross Urbano Caixa, acontece exclusivamente em Arenas da Copa, e por enquanto, além de Brasília, estão confirmadas as etapas de Belo Horizonte (15/07), e Fortaleza (26/08), mas podemos ter novidades!

Os percursos do Circuito Cross Urbano Caixa possuem aproximadamente 6 km, e podem passar por trechos que contemplam: rampas, asfalto, grama sintética, corredores, escadas, estacionamentos, cascalho ou areia. Com essas adversidades, os tempos finais registrados na prova costumam ser maiores que os habituais registrados no asfalto, portanto, vamos treinar força!

Na foto acima, estou ao lado do veterano Roberth Machado (45), um dos melhores atletas em sua categoria etária no país, e considerado o corredor mais tatuado do Distrito Federal, ou quiça, do Brasil. Na mesma foto, destacamos Valdenor Pereira do Santos, com a sua filha  no podium em Brasília.

Acompanhem a cobertura deste grande evento nacional em nosso site e redes sociais (Portal do Corredor). Nos próximos dias, teremos uma promoção especial para Fortaleza. Fiquem atentos as nossas publicações.

 

Confiram esta breve entrevista que gravamos com Valdenor Pereira dos Santos, durante o Circuito Cross Urbano Caixa de Brasília em 2016.

 

ERRATA: Melhores tempos do Circuito Cross Urbano Caixa de Brasília em 2017: Lindenbergue Gomes Nunes, 18min 16seg; Cecília Rafaela da Silva, 26min 32seg.

 

Confiram o resultado do Circuito Cross Urbano Caixa / DF 2017, link…

Site oficial do evento: www.crossurbanocaixa.com.br

Nossa cobertura: www.portaldocorredor.com.br

 

 

Felix Luis

Sobre Felix Luis

Desportista e atleta amador, com passagens pelo futebol de campo e futsal. Participou das primeiras corridas de rua no início da década de 90, e até o final de 2017, deverá chegar a marca de 370 competições. Profissional da área de informática, e proprietário do site Portal do Corredor, (o pioneiro web na divulgação de corridas de rua no norte e nordeste brasileiro, 2004 / 2017). www.portaldocorredor.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *