Com tantas corridas em tão pouco tempo: eventos solidários, treinos entre amigos e corridas de baixo custo, estão em alta!

j23

Neste domingo, não tivemos corridas oficiais em Fortaleza, no entanto, oportunidades não faltaram para aqueles que não quiseram ficar em casa parados.

Entre os eventos disponíveis neste final de semana, destacamos o Treino Solidário do Clube de Corridas, no Bairro João XXIII; Treino Solidário do José Walter, em prol do abrigo Vó Estefânia; Campanha Sônia pela Vida, que aconteceu em Pindoretama; e o passeio ciclístico urbano promovido pela UNIMED Fortaleza. Além desses eventos maiores, muitos realizaram treinos alternativos entre amigos, como um grupo que foi para o difícil percurso serrano da Pedra Rajada em Maranguape, e outros que optaram pelo passeio de bike no amplo espaço verde do Terra na Veia em Maracanaú.

Na foto acima, um registro dos amigos da Plenativ, durante o treino do Clube de Corridas no Bairro João XXIII. Neste treino, foram arrecadadas latas de leite em pó, que foram doadas ao Lar Santa Mônica.

pedra

Saindo do convencional, sem mí mí mí, o que você acha de subir 920 metros de altitude e fazer um lanche entre amigos no topo da Pedra Rajada em Maranguape? Para esse grupo, que faz isso com regularidade, isso não é incomum, e Lorena Jardim, uma das mais experientes desta turma, sempre convida amigos para este desafio em Maranguape. A subida, pode ser feita entre 01h e 2h 30min aproximadamente, isso dependerá do seu condicionamento físico ou objetivo.

lar

Como citamos no título desta matéria, os eventos solidários, treinos alternativos entre amigos e corridas pequenas, estão em alta, pois com tantas corridas em tão pouco tempo, o orçamento de muitos corredores já não comportam tantas inscrições.

A Corrida do Lar Santa Mônica, prevista para o próximo dia 19 de junho, é um exemplo. Neste evento, são esperadas mais de 700 pessoas, e a inscrição custou apenas R$ 20,00.

Neste contexto de corridas de baixo custo, destaco algumas que são tradicionais, (acontecem com regularidade nos últimos anos): Caprius Cross, ASES Adventure e Longão Noturno Caprius; Corridas rústicas de Maranguape; Corridas de São José, Padre Cícero e Santo Antônio, (Juazeiro do Norte); Circuito Pague Menos; Circuito Nacional SESC, (Juazeiro do Norte, Crato, Iguatu, Sobral e Fortaleza); Maratona Pão de Açúcar de Revezamento; Circuito Nacional Caixa, (desconto para correntistas); Corrida O POVO, (desconto para assinantes do Jornal); Corrida do Fogo, (Corpo de Bombeiros).

Lembramos, que em alguns casos, as corridas mais simples e com menor estrutura, são as que oferecem a melhor premiação ultimamente, (troféus e dinheiro no geral e categorias etárias), como as pequenas rústicas de Maranguape, e algumas de Juazeiro do Norte.

Vejam em nosso site, informações sobre algumas dessas corridas, como a próxima rústica maranguapense que acontece no próximo dia 26 de junho no distrito de Amanari, e a 31º edição do Caprius Cross. www.portaldocorredor.com.br

passeio

Primeiros momentos do passeio ciclístico UNIMED, realizado neste final de semana em Fortaleza, a largada aconteceu na Praça Luiza Távora.

sonia

No caso da Campanha, Sônia pela Vida, você ainda pode interagir com ela. Vejam todas as informações acima e participe!

  • Acessem o Portal do Corredor e vejam outras corridas, link…
  • Curtam a fanpage Portal do Corredor & CIA, interaja conosco, link…

 

 

Felix Luis

Sobre Felix Luis

Desportista e atleta amador, com passagens pelo futebol de campo e futsal. Participou das primeiras corridas de rua no início da década de 90, e até o final de 2017, deverá chegar a marca de 370 competições. Profissional da área de informática, e proprietário do site Portal do Corredor, (o pioneiro web na divulgação de corridas de rua no norte e nordeste brasileiro, 2004 / 2017). www.portaldocorredor.com.br

12 thoughts on “Com tantas corridas em tão pouco tempo: eventos solidários, treinos entre amigos e corridas de baixo custo, estão em alta!

  1. Parabéns pela matéria Félix. Retratou fielmente o momento atual do esporte. Inscrições caras para o atual momento do País. E concomitamente fica claro que se pode fazer corridas de qualidade com preços mais acessíveis.

    1. Sim Régis, como sempre conversamos, elas são poucas mas felizmente ainda existem. No entanto, gosto sempre de ressaltar que a organização de uma corrida de rua hoje é bem mais complexa do que parece ser aos olhos de um corredor, (que isso não sirva de justificativa). Como você bem conhece, no caso das pequenas rústicas maranguapenses, o apoio é ínfimo, a inscrição custa em média 30 reais, e a organização ainda oferece dinheiro e troféus no geral e categorias etárias. Ou seja, quando você quer, você faz! Que saudade das corridas da Teleceará, (minha primeira corrida), e algumas da Polícia Militar.

  2. Tá de parabéns o Felix o amigo ziziu que está explorando muito bem essa área de Maranguape que tem uma linda paisagem .

    1. Verdade Teófilo, o Ziziu não perde uma, e ainda dá cambalhotas correndo. As rústicas de Maranguape são bem simples, feitas praticamente sem apoio, e ainda são uma alternativa para nós, precisamos valorizar mais corridas deste tipo.

  3. Muito bom Felix, parabéns pela iniciativa. Eu particularmente opto em participar das corridas rústicas e com baixo custo, não participo de corridas caras aqui no Estado, prefiro treinos diferenciados com amigos.

    1. Lorena, vou me programar para ir a Pedra Rajada com vocês. Quando mais jovem, fiz isso algumas vezes em Maranguape, mas de uma forma bem mais radical, acampávamos e virávamos a noite, mas hoje, a segurança para este tipo de aventura está bem mais complicada.

  4. Com certeza Félix, com tantas corridas os atletas não consequem mais pagar o preço cobrado pelos os organizadores das provas. As chamadas corridas grandes tipo Meia Maratona e outras tantas não mais premiam as faixas-etarias, mas de consolo divulgam no resultado. Eu não tenho duvida são caras… #@#$%&#.

    1. Bosco, ninguém melhor do que você para sentir na pele este tipo de mudança, (a sua experiência e o seu histórico de corridas são um exemplo para a nossa nova geração). Infelizmente, de uns 10 anos para cá, as categorias estão cada vez mais escassas, salvo as que comentei acima. Mas vale lembrar que este fenômeno não é local, isso vem acontecendo em muitas corridas Brasil afora, e em outros países também, só nos resta pesquisar e ir atrás.

  5. Muito Obrigado Felix pela notícia. Parabéns por enfatizar as corridas e eventos esportivos que tem em seu objetivo uma causa maior. Sou o organizador das corridas do Lar Santa Mônica e me orgulho em fazer parte desta história. Vamos correr. Vamos correr para um mundo melhor.

    1. Boa tarde Renata. No seu caso, recomendo que você procure uma assessoria esportiva. Como exemplo, compareça ao Aterro da Praia de Iracema ou Shopping Iguatemi de manhã cedo, ou Cambeba a noite. Nesses locais você irá encontrar várias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *