Gilbert Durinho se prepara para revanche contra Leandro Lo em luta sem tempo: “é matar ou morrer”

Durinho é pupilo de Vitor Belfort | Foto: Divulgação/UFC
Durinho é pupilo de Vitor Belfort | Foto: Divulgação/UFC

Vivendo a melhor fase da carreira, Gilbert “Durinho” Burns vem atropelando seus adversários em todas as competições que participa. Com excelente currículo no jiu-jitsu, o faixa-preta estreou no MMA em 2012 e está em invicto com nove vitórias, sendo as duas últimas no UFC. Sedento por desafios, o carioca dá uma pausa nas artes marciais mistas para voltar as origens e enfrentar um velho conhecido: Leandro Lo. No dia 22 de novembro, os dois se enfrentam em uma luta sem tempo pela Copa Pódio, que será disputada no Ginásio do Botafogo de Futebol e Regatas, no Rio de Janeiro (RJ).

Campeão mundial de kimono e bicampeão mundial sem kimono, Durinho faz uma revanche aguardada contra Leandro Lo, um dos maiores nomes do jiu-jitsu na atualidade. Em 2013, eles se enfrentaram no Mundial Sem Kimono, em Long Beach, Califórnia (EUA). Na ocasião, Burns cumpriu uma missão quase impossível: passar a guarda de Lo. Depois de vencer Leandro por pontos, Gilbert triunfou diante de Vitor Oliveira na grande final e ficou com o ouro.

“Na verdade, eu amo treinar, ainda mais se for jiu-jitsu. Sempre depois das minhas lutas gosto de treinar muito com kimono e dessa vez não vai ser diferente. Já voltei às atividades e no dia 22 de novembro vou fazer uma superluta de jiu-jitsu aqui no Rio de Janeiro. O mais legal é que a luta será sem limite de tempo, então é matar ou morrer. Isso vem me deixando ainda mais motivado”, disse Durinho.

+ Vitor Belfort aposta no pupilo Gilbert Durinho para ser campeão leve do UFC: “É questão de tempo”

Treinador de chão das feras Vitor Belfort e Cezar Mutante, o lutador vai contar com a ajuda de velhos conhecidos na preparação para o combate no fim do mês. “Eu tenho muitos amigos no jiu-jitsu e quando estiver no Rio vou treinar muito na Fortfit (academia do amigo Vitor Belfort) e em Niterói. Além disso, quero ir até Santos, na Matriz da Zenith, para trabalhar um pouco com o professor Rodrigo Cavaca. É a equipe de jiu-jitsu que represento e aprendi muito por lá”.

+ Após vitória no UFC 179, Durinho pede para lutar em Barueri

Mesmo focado no importante duelo contra Leandro Lo, Gilbert Durinho não esquece do UFC. Empolgado com o excelente começo na organização, o atleta, que é patrocinado pela Koral Fight Co., comentou sobre a boa impressão deixada em sua última aparição no evento e já inicia o planejamento para retornar o mais breve possível ao octógono mais famoso do mundo.

“Foi inesquecível, foi uma luta dura, mas eu sabia que se eu precisasse colocar ele para baixo, eu iria impor meu jogo. Coloquei muita pressão no Giagos até pegá-lo e finalizá-lo. Acho que deixei uma boa impressão na nova divisão, o Lorenzo me parabenizou muito e Joe Silva também. Planejo lutar em breve, estou com apetite, mas prezo muito por uma boa preparação. Retorno para a Flórida em um mês e lá começarei os treinamentos visando minha próxima luta”, concluiu.

Reveja o duelo entre Durinho e Lo em 2013:

[youtube]http://youtu.be/niM5fm5mOW0[/youtube]

6
Lucas Mota

Sobre Lucas Mota

Jornalista do Grupo de Comunicação O POVO desde 2012, praticante de jiu-jítsu e fanático por MMA. Atualmente, integra o Núcleo do Portal O POVO Online. Formado em jornalismo pela Faculdade 7 de Setembro (FA7).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *