Após ser retirado do UFC Austrália, Mark Hunt dispara contra Dana White

O lutador peso-pesado do UFC, Mark Hunt, soltou o verbo contra o presidente Dana White, após ser substituído por Fabrício Werdum na luta principal do UFC Austrália, em Sydney, no dia 18 de novembro. Em comunicado feito nesta quarta-feira, 11, a organização alegou que o neozelandês deixou o card por ‘problemas médicos’. Com a mudança, quem irá enfrentar Marcin Tybura será o brasileiro.

“Seu m*** filho da p***! Por que vocês m*** me tiraram da luta? Vocês vão receber outro processo, seu filho da p***. Vai à m*** seu careca babaca. Se você colocar aquele frango frouxo de m***, vai se f*** filho da p***” disse o lutador por meio de sua conta no Instagram.

De acordo com o jornal australiano “Daily Telegraph”, o Ultimate decidiu retirar o lutador do card do UFC Austrália por conta as declarações de Hunt em um artigo publicado em primeira pessoa no site “Player’s Voice”. Na ocasião, Mark disse que sofre de perda de memória e dificuldade para articular palavras, sintomas de uma possível encefalopatia crônica – desordem neurológica causada por traumas repetidos na cabeça.

 

Neto Ribeiro

Sobre Neto Ribeiro

Cearense; 20 anos; Estudante de jornalismo e repórter do Núcleo de Esportes do Jornal O POVO; Faixa azul de Jiu-Jitsu e praticante de Muay Thai, Judô e Karatê; Amante dos mais variados tipos de esportes; Escritor por vocação, católico por devoção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *