Os 8 últimos vencedores do Oscar de Melhor Filme, do melhor para o pior

Todo ano é a mesma coisa. Há o favorito da crítica e, às vezes, do grande público, quase sempre puxado pelo hype ou pela bilheteria (beijo grande, Avatar!). A verdade é que a Academia é facilmente seduzida por quem segue à risca suas diretrizes, seja por obras de cunho social e/ou histórico importantes ou quando Hollywood escolhe […]

Continue lendo

Março na Netflix: veja as datas das estreias e programe-se

Antes de aproveitar a folia do Carnaval ou os quatro dias de descanso, os brasileiros já podem se programar para acompanhar os lançamentos da Netflix para o mês de março. A empresa anunciou as próximas estreias de filmes e séries para o mês de março. A grande estreia é o quarto título da parceria com […]

Continue lendo

Oscar 2017: Nossas apostas

Estamos às vésperas da 89º edição do Oscar! Marcada pelas 14 indicações de “La La Land” e pelo protagonismo absoluto do musical, os editores do Cinema às 8 escolheram, respectivamente, suas apostas nas 13 categorias principais da premiação. Ainda que o filme de Damien Chazelle lidere as indicações, nós apostamos que “Moonlight”, de Barry Jenkins, pode surpreender e levar a estatueta mais importante da noite para casa. Continue lendo

“Moonlight: Sob a Luz do Luar”: O que constrói um homem

Uma pessoa não se constrói só. “Moonlight: Sob a Luz do Luar”, de Barry Jenkins, é tanto sobre Chiron, garoto negro e homossexual que cresce em um bairro pobre de Miami, quanto é sobre os fatores que o fazem ser quem ele é. Como o ambicioso “Boyhood: Da Infância à Juventude” (2014), de Richard Linklater, […]

Continue lendo

“John Wick: Um Novo Dia Para Matar” é uma sequência digna de seu protagonista

Em dado momento de “John Wick: Um Novo Dia Para Matar”, um personagem fala para outro que “Wick é um homem determinado”. E essa é uma mensagem constantemente reafirmada durante as duas horas de duração deste novo filme. Se no primeiro longa os fãs de filmes de ação foram pegos de surpresa por um filme cujas montagem e direção não apelavam para cortes que emulavam um falso dinamismo, sua sequência traz todos os elementos de sucesso do antecessor, ao passo em que continua a explorar o universo criminoso do personagem. Continue lendo

“Um Limite Entre Nós”: sentimento corroído pela amargura

“Eu já nasci com dois strikes”, diz Troy Maxson (Denzel Washington) ao filho Cory (Jovan Adepo), referenciando o baseball, no qual três strikes significam a eliminação do jogador. Ele, um ex-jogador do esporte. Cory, um aspirante a jogador universitário de futebol americano. Entre os dois, como uma cerca, uma sociedade cujas decisões são feitas por […]

Continue lendo

“Manchester à Beira Mar”: vazio palpável

Lee Chandler (Casey Affleck) vive em Boston, alguns quilômetros longe da família. Traumatizado, ele se constrói como uma figura estoica, antipática, que trabalha como zelador de quatro prédios. Até que ele recebe uma ligação e precisa se reencontrar com o passado. Em linhas gerais, “Manchester à Beira Mar”, de Kenneth Lonergan, tem todos os ingredientes […]

Continue lendo

‘Moonlight: Sob a Luz do Luar’ é um importante e delicado olhar sobre o enfrentamento à sociedade

Uma das mais autênticas possibilidades do cinema é realizar um recorte social do seu tempo. Produções recentes como Spotlight (2015), Her (2013) e, trazendo para mais próximo da nossa realidade, o pernambucano Aquarius (2016), fizeram isso brilhantemente. Cada um à sua maneira e à medida do que o cerne narrativo exigia. São filmes com debates legítimos, […]

Continue lendo

“A Cidade Onde Envelheço”: desencontros e desenlaces

Duas cidades, duas moças portuguesas de 20 e muitos, 30 e poucos anos, muita vida pela frente, mas uma bela carga de bagagem acumulada. “A Cidade Onde Envelheço”, primeiro longa de ficção de Marília Rocha, se localiza entre dois potenciais de conflito para se debruçar sobre a famosa crise dos 30. Francisca (Francisca Manuel) e […]

Continue lendo

“Lion”: Um jornada construída para emocionar

A expressão “baseado em fatos reais” é candidata a maior muleta do cinema mundial. A Sétima Arte praticamente nasceu da magia e dos truques de um mágico, Georges Méliès, no fim do século XIX. Ou seja, é da mentira que o cinema de ficção se move. Ou pelo menos assim prefiro. Hoje, o selo “baseado em fatos […]

Continue lendo