Ponto.CE: show do Planet Hemp, que seria na Biruta, tem lugar alterado

Foto: Divulgação

A última e, talvez, mais esperada data do Ponto.CE acontece neste sábado, 18, como todos sabem. Afinal, é bem provável que os shows de Planet HempSupercombo e Braza, por exemplo, sejam os shows mais esperados do festival. Mas há uma novidade relacionada ao evento: uma mudança no lugar, que seria, inicialmente, a Barraca Biruta e agora vai para a Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

O evento ocorre desde o dia 3 de novembro e já contou com grandes atrações do cenário local e nacional, além de um nome internacional, como Vanguart, Vivendo Do Ócio, Dot Legacy (França), Far From Alaska, Medulla. Outros nomes que fariam parte do evento são os das bandas Ego Kill Talent, que cancelou por problemas na agenda, e Accept e Korzus, que tiveram problema com o voo. Problemas alheios à produção do festival.

Planet Hemp
Criado no início dos anos 90 por Marcelo D2 e Skunk, o Planet Hemp já nasceu fazendo muito barulho, seja pelo seu nome, pelas ideias pregadas nas canções ou simplesmente pelo estilo musical da banda, com uma fusão bombástica entre vários gêneros, extraído da guitarra de Rafael Crespo, do baixo de Formigão, da bateria de Bacalhau e de participantes igualmente inovadores, como o DJ Zé Gonzales ou os vocalistas BNegão e Black Alien.

Entre os vários momentos polêmicos do grupo, destaca-se a prisão por apologia às drogas. Na época, a banda já era perseguida por diversos grupos conservadores, mas a prisão deles acabou sendo um tiro no pé desses grupos, pois muito setores a favor do movimento pró-despenalização ou descriminalização dos consumidores de drogas leves, como políticos, ONG’s, artistas e comunicação social, levantaram-se contra aquela arbitrariedade.

Em 2001, a banda decide encerrar as atividades por conta das brigas entre seus membros. D2, já com carreira solo em andamento, seguiu fazendo seus shows. Nesse período, o grupo se reuniu em algumas ocasiões, como em 2003, em Portugal, e em 2010, para o VMB, da MTV. No segundo semestre de 2012, a banda anuncia uma reunião “definitiva”, com apresentações por todo Brasil.

Em toda a trajetória, o Planet Hemp lançou três discos de estúdio e dois ao vivos: Usuário (1995), Os Cães Ladram mas a Caravana Não Pára (1997), A Invasão do Sagaz Homem Fumaça (2000), MTV ao Vivo: Planet Hemp (2001) e O Ritmo e a Raiva: Ao vivo (2013). Atualmente, o grupo é formado por Marcelo D2 (vocal), BNegão (vocal), Nobru Pederneiras (guitarra), Formigão (baixo) e Pedro Garcia (bateria).

Foto: divulgação

Supercombo
Um dos principais nomes da nova safra do rock nacional, o Supercombo já tinha bom destaque no cenário independente, mas ganhou enorme projeção após participação no programa SuperStar, da Rede Globo. O grupo é formado por Leonardo Ramos (Voz, Guitarra, Violão), Pedro Ramos “Toledo” (Voz, Guitarra, Violão, Bateria), Carol Navarro (Voz, Contrabaixo Elétrico), e Paulo Vaz (Teclados, Piano Digital, Programações, Efeitos).

Em atividade desde 2007, o Supercombo possui quatro discos lançados: Festa? (2007), Sal Grosso (2011), Amianto (2014) e Rogério (2016); além de três EPs: Supercombo (2010), Jovem (2017) e Bonsai (2017).

Confira a programação completa:
Guetto Roots (CE)
CID (CE)
Carranca (RJ)
DJ Felipe BK (CE)
Supercombo (ES)
Drenna (RJ)
Rocca Vegas (CE)
DJ Giby The Comics (CE)
Braza (RJ)
Planet Hemp (RJ)

Serviço – XI Festival Ponto.CE
Dia 18 de novembro, Planet Hemp na Praça Verde do Dragão do Mar
Ingressos: Pista – R$ 50 (meia), R$ 60 (inteira social, com 2kg de alimento não-perecível), R$ 100 (inteira)
Fronstage – R$ 80 (meia), R$ 100 (inteira social, com 2kg de alimento não-perecível), R$ 160 (inteira)
Camarote – R$ 100 (meia), R$ 140 (inteira social, com 2kg de alimento não-perecível), R$ 200 (inteira)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *