FRANCISCOS REVERENCIAM O SANTO PADROEIRO DA FÉ NO SERTÃO DE CANINDÉ.

Promessas e agradecimentos influenciam na escolha do nome “Francisco” ou “Francisca”.

franciscosO Município de Canindé, localizado no Sertão do Ceará, é palco da maior romaria franciscana das Américas: três milhões de pessoas, segundo o Ministério do Turismo e Empresa Brasileira de Turismo – EMBRATUR visitam a cidade durante o ano para homenagear São Francisco de Assis, o padroeiro do lugar. No Município, a quantidade de moradores e visitantes batizados com o nome de Francisco e Francisca dá a dimensão da fé no santo que abdicou da riqueza para proteger os pobres e os animais.

Como uma “legião”, pessoas batizadas com o mesmo nome do padroeiro de Canindé chegam às caravanas ao Município, a exemplo da família residente em Ouricuri, em Pernambuco Só entre os dias 06 de setembro a 16 de outubro dia do santo, e quando se encerraram as principais celebrações, calcula-se que tenham passado por lá dois milhões de fiéis. Os eventos religiosos no Município seguem até três de fevereiro, quando se comemora o dia do Romeiro.

Francisca Samara, Francisco de Assis, Francisco José, Francisca Maria e Francisca Taís. Essa família de Franciscos e Franciscas, veio do Sertão Pernambucano pagar uma promessa ao santo. ‘’Segundo Francisco de Assis, os nomes foram dados pela sua mãe Francisca Tereza dos Santos que já faleceu.

francisco-1Outra família de Francisco veio da Parnaíba no estado do Piauí. Francisca Ângela, Francisco Antônio, Francisco Fábio, Francisca Maria e Francisco Arnaldo. Na foto eles posam ao lado do pároco e reitor do Santuário frei Marconi Lins. Curiosamente, a devoção aparece nos números segundo levantamento do Tribunal Superior Eleitoral, enquanto os Franciscos e Franciscas são 2,8% do eleitorado brasileiro, no Sertão de Canindé, a porcentagem salta para 21%. Se for usado como parâmetro o Cadastro Único de dezembro de 2015 para a Bolsa Família, cerca de 30% dos homens inscritos em Canindé se chama Francisco, recorde entre as cidades do País.

FUNDAÇÃO

Francisco também é o nome do padroeiro da cidade. Seu nome aparece em lojas, escolas, bebidas, lanchonetes, restaurantes, pousadas, bares, clubes de dança desde a fundação da cidade cearense no século XVIII.
Coincidência ou não, os números mostram que nos Estados do Nordeste a média de Francisco e Francisca supera de longe a média nacional.

No Ceará são 17,5%, no Piauí 11,5%, no Rio Grande do Norte, 10%. Já a média do Brasil é de 3,8%. Para o pároco e reitor do santuário de São Francisco das Chagas de Canindé, frei Marconi Lins a simples escolha do nome de Francisco pelo papa tem contribuído para o aumento da popularização do nome na pia do batismo.
Somente de janeiro a agosto DE 2016 foram batizados com os nomes de Francisco e Francisco, segundo a Pastoral do Batismo de Canindé 274 crianças.

Segundo o religioso franciscano, responsável pelo batismo na paróquia de Canindé, somente no período da romaria de 2015 foram 22 crianças que receberam o nome de Francisco e Francisca.

HISTÓRIA

Podemos dizer que a história de Canindé começou com outro Francisco Xavier de Medeiros que chegou à região em 1725, e fundou a hoje importante cidade de Canindé onde construiu uma capelinha, tendo como padroeiro o santo do milênio, como foi denominado pela Igreja Católica.

Com isso, Canindé tem uma relação imensa de filhos ilustres que levaram e levam o nome de Francisco mundo afora.
Na verdade, a romaria em Canindé data de 1775, com a chegada de frades franciscanos à cidade. Nessa época, fiéis já iam agradecer a São Francisco as graças alcançadas. Outra história colaborou para aumentar a crença nos poderes do santo. Conta a tradição local que um operário, ao trabalhar na construção da primeira capela do lugar, desprendeu-se de um andaime e na queda teria implorado a ajuda de São Francisco. Como um milagre, o homem teria sido suspenso pela camisa, presa na ponta de uma tábua, e salvo pelos outros operários.

Assim que chegam, os devotos protagonizam várias manifestações de fé. Ao lado da basílica, fiéis costumam cortar os cabelos num ato de agradecimento ou vestir roupas iguais aos hábitos franciscanos.

Os relatos de graça alcançadas, com a intermediação do santo padroeiro, são verificados por todos os cantos da cidade. Gente como a dona-de-casa cearense Francisca Antônia Gomes. Ela não sabe explicar a doença que atingiu seus filhos, mas crê que a ajuda do santo foi fundamental para a recuperação das crianças. ‘’Graças a Deus e a São Francisco meus filhos foram salvos. Um deles passou 20 dias em coma’’, disse emocionada.

MAIS INFORMAÇÕES:

Paróquia de São Francisco das Chagas
Praça da Basílica (Centro)
Canindé
Telefone: 3343. 0774

NOME DO NOVO PAPA EVIDENCIA A DEVOÇÃO.

A escolha do nome Francisco pelo papa Jorge Bergoglio colocou a cidade de Canindé em evidência mais uma vez no cenário religioso. De acordo como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Município tem 80 mil habitantes e desse total, 21% da população foram batizados com o nome de Francisco em homenagem ao santo dos pobres, dos humildes, defensor da natureza e o santo do milênio.
A romaria em Canindé é a segunda maior do mundo pela devoção dos franciscanos. Para especialistas, a fé dos cristãos católicos também influenciou na denominação do novo papa, como uma forma de manter maior identificação popular.

Além do padroeiro da cidade, levam o nome Francisco o prefeito da cidade, Francisco Celso Crisóstomo Secundino, um dos maiores comunicadores da região se chama Francisco de Assis Rodrigues Vieira.
Nenhum município brasileiro exemplifica tão bem a homenagem a esse nome que retrata a vida de São Francisco das Chagas, padroeiro de Canindé, no Sertão do Ceará.

O prefeito Francisco Celso Secundino lembra a importância do nome. “Veja bem, Canindé é conhecido internacionalmente pela romaria dedicada a São Francisco. Muitas famílias adotaram esse nome em homenagem ao santo. Agora, com a denominação do papa, as coisas ganham outro rumo. Canindé é sem dúvidas a terra dos Franciscos no mundo’’, observa.

DEVOTOS

A cidade realiza a segunda maior romaria de devotos franciscanos do mundo e detém o maior Santuário Franciscano das Américas.

Segundo Francisco de Assis Vieira, seu nome é uma promessa de sua mãe, porque ele nasceu no dia dedicado ao santo, quatro de outubro. “Foi um parto difícil, por se tratar do primeiro filho, eis a razão desse nome que muito me orgulha”, afirma ele. Para o comunicador Canindé, é um símbolo de fé sem limites. “Agora com essa denominação do papa, vamos ganhar muito com essa referência”, acredita.

Outro que carrega o nome é o hoteleiro Francisco de Assis Pereira. “Minha mãe era devota do santo e pediu uma graça para que eu tivesse um nascimento feliz e colocou meu nome de Francisco. Muitos me chamam de Chico, mas agora quero que chamem Francisco’’, brincou.

PROTEÇÃO

O agricultor Francisco de Assis Agostinho fez questão de ir até a estátua de Francisco, o Santo do Sertão para pedir proteção e que chova no campo para mudar esse quadro de miséria.

O ex-Secretário de Cultura e Esporte Francisco Jander Silva, cantor e compositor dono da banda Códigos de Barra, com várias músicas feitas em homenagem a São Francisco não esconde seu orgulho.

‘’Esse nome vale ouro. Somos privilegiados com a proteção de São Francisco e agora estamos na rota religiosa do mundo com a escolha do nome Francisco pelo maior homem católico do mundo’’.

Usando uma vestimenta sem adornos o primeiro papa das Américas denotou simplicidade e humildade pastoral em uma Igreja Católica ansiosa para superar suas crises internas. Francisco, o nome adotado refere-se a um adorado santo italiano identificado com a paz, a pobreza e um estilo de vida simples.

O cardeal Jorge Bergoglio se tornou o primeiro pontífice da América Latina e o primeiro a adotar o nome de Francisco, o jovem rico de Assis que renunciou à sua vida de luxo e fundou a Ordem Franciscana dos Frades em 1290.

A escolha do nome pode sinalizar algumas das prioridades do papa, como a tentativa de trazer serenidade nessa fase tão tumultuada da Igreja. São Francisco teria sido chamado por Deus para reparar uma Igreja em ruínas.
Para estudiosos da dinâmica no Vaticano e, por extensão, na Igreja Católica, a escolha por Francisco, um dos patronos dos santos italianos, também reforça os laços do atual do papa com a Itália.
Até na Assessoria de Romarias o nome Francisco dar a dimensão dessa força. Francisco Rodesio Silva e Francisco Helder Lopes receberam na pia batismal e no registro de nascimento esse nome em homenagem ao padroeiro da cidade.

Fotos e texto de Antônio Carlos Alves

Cleber Fernandes

Sobre Cleber Fernandes

Cleber Fernandes, canindeense, estudante de Tecnologia em Redes de Computadores no IFCE/Canindé, blogueiro e amante do mundo da tecnologia, executa a muito tempo o trabalho de criação e manutenção de Blogs/sites, empresário, dono da CJ Soluções Gráficas e Tecnológicas, atuando no desenvolvimento gráfico e soluções web em geral. No C4... Principal responsável pela parte de interação tecnológica do C4, executa ações de atualização de postagens, assim como manutenção e criação visual. Relacionado as mídias sociais, controla o compartilhamento das postagens na FanPage no Facebook e Twitter, além de realizar cobertura de eventos para o blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *