ARQUIDIOCESE REALIZA ROMARIA DA SECA NOS SERTÕES DE CANINDÉ EM DEZEMBRO

Padre Dimas Gonçalves ao centro coordena romaria

Com o tema: ‘’Onde houver tristeza que eu leve a alegria, onde houver desespero, que eu leve a esperança, ‘’TENHO SEDE’’, Franciscanos, religiosos, fiéis, agricultores, lideranças comunitárias e membros de Conselhos Pastorais e moradores da região Sertão São Francisco das Chagas, no interior do Estado, realizam a Romaria dos 100 anos de seca no Ceará.

Os romeiros sairão dos municípios de Canindé, Caridade, Paramoti e Maranguape em direção ao santuário de São Francisco das Chagas de Canindé.

A concentração acontecerá no dia 19 de dezembro às 20 h com acolhida e uma hora depois a louvação e oração. Ás 3h horas da manhã em frente à Matriz de Santo Antônio em Caridade, após a solenidade eucarística, os integrantes pegam à rodovia BR-020, para seguirem em Caminhada de 19 quilômetros até o maior santuário franciscano das Américas.

O anuncio da romaria foi feita na santa missa das 9hs do domingo dia 8 de novembro na Quadra da Gruta de Nossa Senhora de Lurdes em Canindé.

A semana Eucarística na Região Sertão iniciou dia 8 de novembro, às 9h, na Quadra da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, integrando o calendário de comemoração do Centenário da Arquidiocese de Fortaleza, todas essas comemorações nas comunidades culminou com uma Celebração Eucarística, no dia 13 de novembro, às 17h, no CEU (Condomínio Espiritual Uirapuru) em Fortaleza.

A Área Pastoral de Caiçara, Campos Belos, Canindé, Caridade, Paramoti, Itapebuçu, são as paróquias que compõem a Região São Francisco das Chagas, conhecida como Região Sertão, às respectivas paróquias participaram às 9h, na Quadra de Nossa Senhora de Lourdes e celebraram a Semana Eucarística, que é uma ação do próprio Cristo.
“Quem celebra a Eucaristia não o faz porque quer parecer melhor que os outros, mas porque se reconhece sempre necessitado de ser acolhido pela misericórdia de Deus feita carne em Jesus Cristo. Devemos ir à Missa humildemente, como pecadores”. Palavras do Papa Francisco, que em uma de suas homilias na Praça da Basílica de São Pedro, nos chama atenção da necessidade de participar da Eucaristia.
Segundo o vigário episcopal da região, padre Dimas Gonçalves, a romaria pretende chamar atenção dos órgãos governamentais para uma realidade que “perdura ao longo dos anos”: a falta de acesso à água por famílias do sertão cearense.
“O sertão não precisa de esmola, de medidas paliativas. Precisa de quem governe e olhe para ele com determinação, coragem e empreendedorismo”, afirma.

 

Na viagem ao santuário, os romeiros irão portar cartazes e faixas, além de distribuir panfletos. O texto apresentará a motoristas e transeuntes da rodovia federal os impactos da seca às famílias rurais do Sertão de São Francisco.

Em seguida, os padres dos distritos participantes e o Conselho de Pastoral da região promovem uma santa missa.
Essa não será a primeira vez que os moradores de Caridade participam de uma manifestação dessa natureza.
Em 1983, o vigário da época frei Osmar da Silva organizou a comunidade e realizou um ato em frente a Matriz de Santo Antônio para chamar a atenção das autoridades em relação a falta de opção de trabalho no campo.
O Franciscano também fez referências à seca que chegou a causar muitos prejuízos para o povo sertanejo
Fotos e texto: ANTÔNIO CARLOS ALVES

Cleber Fernandes

Sobre Cleber Fernandes

Cleber Fernandes, canindeense, estudante de Tecnologia em Redes de Computadores no IFCE/Canindé, blogueiro e amante do mundo da tecnologia, executa a muito tempo o trabalho de criação e manutenção de Blogs/sites, empresário, dono da CJ Soluções Gráficas e Tecnológicas, atuando no desenvolvimento gráfico e soluções web em geral. No C4... Principal responsável pela parte de interação tecnológica do C4, executa ações de atualização de postagens, assim como manutenção e criação visual. Relacionado as mídias sociais, controla o compartilhamento das postagens na FanPage no Facebook e Twitter, além de realizar cobertura de eventos para o blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *