Felipe Ribeiro vive sua melhor fase no Basquete Cearense

(Foto: Luiz Pires/LNB)
(Foto: Luiz Pires/LNB)

Determinado, guerreiro e certeiro. Felipe Ribeiro é um dos destaques do Basquete Cearense e desta temporada do NBB5. O ala/pivô é o cestinha do time com a média de 15,8 pontos por partida, e o que mais pega rebotes, 9 por jogo. Sua vibração contagia o torcedor cearense que já o tem como ídolo. O Bola ao Alto conversou com Felipe sobre o seu momento no NBB e o desempenho do Basquete Cearense na competição.

Bola ao Alto – Você está vivendo uma excelente fase aqui no Basquete Cearense. De que forma você procura incentivar algum companheiro que, de repente, oscila muito no desempenho durante os jogos? Como contagiar o time com a garra que você também demonstra nas partidas?

Felipe – Estou fazendo a melhor temporada da minha carreira, mais isso não é apenas um mérito meu. Tenho muito a agradecer ao Bial que foi quem confiou em mim e me deu a oportunidade de estar aqui nesse projeto histórico. Outra pessoa que me treinou muito na pré-temporada e todo dia me cobra é o Espiga, nosso assistente técnico, ele é uma pessoa muito importante na minha evolução, assim como o Dannyel Russo, o Ótono e o Júlio César que formam a comissão técnica, além dos meus companheiros de equipe que são de um caráter diferenciado e estão sempre me apoiando. Por tudo isso, eu tenho que corresponder com muita raça e luta dentro de quadra , nossa torcida merece uma equipe guerreira que não desiste nunca.

B.A. – Quais as maiores dificuldades que vocês tiveram nesses últimos três jogos (Joinville, Limeira e Palmeiras)?

Felipe – Em Joinville saímos totalmente do nosso padrão de jogo no segundo tempo e pagamos um preço alto por isso, já em Limeira o jogo foi bem melhor e pegamos uma equipe que naquela noite estava muito bem nos arremessos. Voltamos a Fortaleza e trabalhamos muito nossa defesa para não sofrer mais uma derrota em casa contra o Palmeiras. Nosso principal foco agora é recuperar a nossa defesa, pois nosso ataque esta indo bem.

 B.A. – Faltando poucos jogos para o fim desta primeira fase do NBB5, como você avalia o desempenho do Basquete Cearense?

Felipe – Acho que essa avaliação tem que ser feita mais pra frente, pois acredito que nós ainda vamos longe. Até aqui estamos fazendo um campeonato com altos e baixos mais sempre ficamos dentro da zona dos playoffs, jogamos de igual pra igual com praticamente todas as equipes do NBB, isso sem contar o nosso trabalho fora da quadra. Conseguimos um apoio muito grande da população de Fortaleza e viramos referência nacional para que outros estados entrem no NBB .

B.A. – Como o técnico Alberto Bial tem pensado, juntamente com a equipe, uma forma de vencer o máximo de jogos até o fim desta fase, para não correr o risco de ficar fora da zona de classificação? Qual a principal cobrança dele hoje com vocês?

Felipe – Bial é treinador que está ligado em tudo que acontece dentro de quadra e fora também. Ele todo dia me cobra uma coisa diferente, não deixando nenhum jogador entrar em uma zona de conforto. Ele cobra muito o foco no trabalho e o comprometimento com a equipe, se você não tiver isso, não consegue fazer parte de uma equipe comandada por ele .

Allana Alves

Sobre Allana Alves

Jornalista. Jogou basquete durante 11 anos e foi campeã cearense escolar, vice-campeã brasileira escolar e campeã cearense universitária. Atualmente, trabalha como Assessora de Comunicação, tem experiência como Relações Públicas e foi repórter e editora de esportes na TV O Povo.

One thought on “Felipe Ribeiro vive sua melhor fase no Basquete Cearense

  1. Joga MUUUITO! Espero que ele possa contagiar o time pra gente ganhar a maioria ou todas até o fim do campeonato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *