Basquete Cearense vence a segunda na prorrogação

Um ponto. 83 a 82. Foi na prorrogação que o Basquete Cearense conseguiu sua segunda vitória no NBB, em casa. Em uma partida disputada ponto a ponto, a estrela dos jogadores fizeram a diferença nos últimos segundos, com destaque para a forte marcação durante os 45 minutos de jogo. O time disputa agora duas partidas fora de casa, contra Tijuca e Flamengo. O Bauru amarga sua terceira derrota consecutiva.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=LBhqgxD5ENU[/youtube]

O JOGO

O Bauru começou impondo seu ritmo de jogo. As duas equipes erraram muitos passes, mérito de uma marcação que começava na linha de três pontos. Drudi empatou o jogo para o Basquete Cearense aos 5 minutos e Felipe virou o placar, pela primeira vez no jogo, em uma jogada de contra-ataque.  Mas o armador Larry Taylor converteu uma cesta de 3 pontos e deixou Bauru com a vantagem mais uma vez. Parcial de 17 x 22.

No segundo quarto Bauru dominou a partida até os 5 minutos quando Felipe deixou tudo igual no ginásio da Unifor com uma cesta de 3. Pouco tempo depois o ala virou numa roubada de bola, 31 x 29. Foi o suficiente para incendiar ainda mais a torcida. O Basquete Cearense passou a marcar individual. O ala/armador André conseguiu anular as tentativas de 3 pontos de Fischer e Drudi fez com que a equipe do Ceará terminasse o primeiro tempo com a vantagem de 2 pontos, 38 x 36.

No terceiro quarto Bauru abriu 10 pontos de diferença. O armador Matheus não desgrudou de Larry e o impediu de arriscar arremessos. Rogério foi quem colocou o Basquete Cearense no jogo diminuindo a diferença com uma cesta de 3 pontos. Davi foi quem virou a partida. O time cearense ficou na frente no placara pela primeira vez no quarto,  55 x 54. A equipe conseguiu segurar a vantagem e o placar ficou em  57 x 56.

O placar oscilou durante todo o último quarto. O Basquete Cearense estourou as cinco faltas coletivas e o Bauru se aproveitou para forçar falta e marcar no lance livre. Dragovic e Rogério ajudaram a manter o equilíbrio no marcador. Resultado: 74 x 74 e prorrogação.

Na prorrogação, mais um teste para o coração da torcida cearense. A marcação das duas equipes forte até o fim fez com que o talento individual fizesse a diferença. Fischer  marcou de três e colocou o Bauru na frente, 81×82, até que no ataque seguinte, Felipe deu a vitória ao Basquete Cearense. 83x 82.

Cestinhas do Basquete Cearense

Felipe – 21 pontos

Drudi – 13 pontos

Rogério – 12 pontos

Cestinhas do Bauru

Jeff – 24 pontos

Fischer – 16 pontos

Larry – 11 pontos

 

Allana Alves

Sobre Allana Alves

Jornalista. Jogou basquete durante 11 anos e foi campeã cearense escolar, vice-campeã brasileira escolar e campeã cearense universitária. Atualmente, trabalha como Assessora de Comunicação, tem experiência como Relações Públicas e foi repórter e editora de esportes na TV O Povo.

2 thoughts on “Basquete Cearense vence a segunda na prorrogação

  1. Muito boa a partida! Rebote providencial do Felipe salvou o dia.
    Já está dando para conhecer melhor o time. Gostei bastante do Davi Rosseto. Jogou pouco tempo, mas acho que ganhará bem mais minutos em breve (acho que o Matheus força muito algumas jogadas). Basta lembrar dele no mundial sub-19: muito bom jogador. O Robinson ainda está perdido em quadra, o que é natural para quem chegou tão tarde, mas foi bem na primeira partida por aqui. Já o Dragovic mostrou que pode ser bem útil nos arremessos de perímetro e de média distância. Drudi, Rogério e Felipe seguem jogando bem.
    No mais, a torcida não só compareceu como foi fundamental. Espero que continue assim, mas que no Paulo Sarasate.
    Abs!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *