Ceará 1×1 Oeste – Caminhando para o inferno

Ao contrário do time, Victor Luis tem mostrado regularidade (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)
Ao contrário do time, Victor Luis tem mostrado regularidade (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Começa rodada, termina rodada, a gente olha pra tabela e acha que ainda dá, mas, na pratica as coisas não acontecem de forma favorável e só resta deixar a coisa fluir na base da fé, pois, com esse futebol que o time vem apresentando, reverter a situação vai ficando a cada rodada mais complicado.

Conversa bonita não ganha jogo, por isso, mais uma vez vou botar na conta do Marcelo Cabo estes dois pontos desperdiçados. É impressionante como ele não consegue ver o obvio e com suas decisões tardias e equivocadas complica e faz o fácil se tornar difícil.

Mesmo com suas fragilidades exposta na partida, o time tinha o jogo sob controle até Marcelo Cabo entrar em ação, tirando Guilherme Andrade e deixando Júlio Cesar, que já se mostrava morto dentro das calças, isso por volta dos trinta minutos do segundo tempo, quando, até então, o Oeste só havia ameaçado no início da etapa em um chute da entrada da área.

Se com Guilherme Andrade a proteção defensiva já não era lá essas coisas toda, sem ele em campo e com Júlio Cesar não conseguindo ficar de pé, o Oeste cresceu e não fosse o goleiro Luís Carlos e o travessão a coisa poderia ter sido pior.

Com um time fraco, um treinador fraquíssimo, sem conseguir vencer seus jogos em casa e com uma Diretoria parecendo já ter assimilado na pratica o rebaixamento, fica muito difícil, e a cada mau resultado o torcedor vai diminuindo suas esperanças e se agarrando aos deuses da bola para que o time escape do rebaixamento.

Dois pontos conquistados em doze disputados, muito pouco para quem quer se livrar do rebaixamento. Estamos repetindo o mesmo rendimento do primeiro turno e a continuar assim… bom, melhor nem pensar.

E só pra constar, tenho apontado o treinador como responsável pelos maus resultados, mas, na verdade, o principal e maior culpado por tudo chama-se DIRETORIA.

O esmorecer jamais vai sendo vencido na medida em que a competição vai se aproximando do fim, mas, enquanto houver chances, a luta tem que continuar.

Sigamos em frente pra ver até onde isso vai dar.

Confira os gols da partida:

[youtube]https://youtu.be/xu9Swquheq8[/youtube]

Confira a ficha técnica da partida clicando aqui

Saudações Alvinegras!

Weiber Castro

Sobre Weiber Castro

Natural de Itapiúna-CE, torcedor do CEARÁ SPORTING CLUB, único Clube Penta-Campeão Cearense, detentor do maior numero de títulos do estado, único clube cearense a participar de competições internacionais chanceladas pela FIFA, campeão invicto do Copa do Nordeste, e por ai vai.

52 thoughts on “Ceará 1×1 Oeste – Caminhando para o inferno

  1. Alvinegros amigos é incrível o que ouço falarem do nosso querido Vozão e, pior, refletindo e assistindo as partidas do nosso time tenho a certeza do absurdo que transformou-se essa nossa diretoria. Não se concebe manter-se um técnico que, ou é burro, ou é um “pau mandado”. O time não tem uma jogada ensaiada, ou melhor, acho que o nosso time não treina, não tem preparador físico e, muito menos, departamento médico. No jogo contra o Oeste, foi brincadeira, começar com o Fabinho, deixando o Mazola e o Alex Amado no banco. Já inicia a partida com uma substituição certa. Mais ainda tinha uma pior, tira-se o Guilherme Andrade, e, não o Júlio César; tudo bem pois tinha cartão amarelo, mas coloca-se o Eninho, sem ritmo de jogo. Só pode ser coisa de empresário ou de diretoria mercenária.

  2. Aí que mora o perigo, ele treina um time e entra com outro. Só rezando mesmo.

    Outra coisa, eu acho que já matei a charada da situação… Deve ter (ninguém sabe) um grupo dissidente dentro do CD que não compactua com a “brilhante” administração do E…. Leitão e por algum motivo vão apontar um candidato à última hora que não é bem visto pelo deputado-presidente. Resultado: só de pirraça ele está fazendo de tudo para entregar o time na CZONA. Só pode.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + doze =