Chacina da Grande Messejana – Um ano depois

Há um ano, em 12 novembro de 2015, a maior chacina registrada no Ceará deixou 11 mortos e sete feridos. As dores daquela madrugada ainda pulsam na vida das famílias atingidas, de uma forma ou de outra, pela matança.

Neste webdoc, que integra a cobertura especial do O POVO para marcar a data, relatos de três pessoas cujas histórias se cruzaram para sempre naquela noite. O pai do jovem Jardel, a amiga de Álef e a esposa do soldado Fábio Paulo Gabriel, um dos acusados pelo crime e preso desde agosto, revelam as ausências sentidas no primeiro ano após a tragédia.

As entrevistas são dos jornalistas Thaís Brito e Thiago Paiva e a fotografia é de Fabio Lima (com imagens adicionais de Evilazio Bezerra, Tatiana Fortes e do próprio Fabio).
A edição é de Renato Ferreira, finalização de P.h. Diaz Smiths, e pós-produção de Germano Gomes. Roteiro e direção, deste vosso interlocutor virtual.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *